Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Sete Vidas, nova novela das seis, terá meio-irmãos em busca da identidade do pai

11 de fevereiro de 2015 2

 

Foto: Estevam Avellar/Globo/Divulgação

Foto: Estevam Avellar/Globo/Divulgação

Vanessa Scalei, do Rio de Janeiro*
vanessa.scalei@zerohora.com.br

Uma novela na qual o vilão é a vida. Assim o diretor-geral Jayme Monjardim descreveu o próximo folhetim das seis da TV Globo. Sete Vidas, que estreia em 9 de março, reedita a parceria do diretor com a autora Lícia Manzo, que trabalharam juntos em A Vida da Gente (2011). As informações são do jornal Zero Hora.

Nesta terça-feira, autora, direção e elenco estiveram reunidos no Projac, no Rio de Janeiro, para a apresentação da novela à imprensa. Sete Vidas tem Domingos Montagner e Debora Bloch como protagonistas e uma trama que fala sobre a busca de seis jovens fruto de inseminação artificial para encontrar o pai. A autora define a novela como sendo um relato dos novos arranjos familiares e das relações humanas. Sem se basear em arquétipos, é uma novela sobre o cotidiano.

— A ideia é repensar a noção de família a partir de um fato real: um site onde meio-irmãos gerados via doador anônimo são capazes de se encontrar — explica Lícia.

Leia mais:
>>> Débora Bloch e Domingos Montagner repetirão par romântico em Sete Vidas
>>> Em Sete Vidas, Malu Galli será mulher obcecada pelo bebê da empregada

A história gira em torno de Miguel (Montagner), um ambientalista solitário que tenta se manter livre das amarras da vida. Desbravador, ele está sempre em alguma jornada pelo mundo. Mas a sua vida muda quando ele conhece Lígia (Debora), uma profissional bem-sucedida, por quem se apaixona. Incapaz de se entregar a esse amor, Miguel parte em uma arriscada expedição pela Antártida e, após um acidente, acaba sendo dado como morto. Ao perder o grande amor Lígia descobre que está grávida.

Ao mesmo tempo, Júlia (Isabelle Drummond), jovem gerada por inseminação artificial, está em busca de seu pai biológico. Ela descobre o número de registro do doador anônimo em um site e com ele que possui um meio-irmão, Pedro (Jayme Matarazzo). Os dois partem em busca de descobrir mais sobre o pai e acabam encontrando outros quatro meio-irmãos: Bernardo (Ghilherme Lobo), Laila (Maria Eduarda Carvalho), Luís (Thiago Rodrigues) e Felipe (Michel Noher).

— O que define uma família? São os laços de sangue, apenas? — indaga o protagonista.

Montagner acredita que esse seja o principal enredo da trama.

Após pequena participação em Império, Regina Duarte retorna às novelas como Esther, uma educadora que teve dois filhos, Luís e Laila, ao lado de sua mulher Vivian, já falecida. Passando longe de possíveis polêmicas, a atriz afirma que sua personagem não pode ser reduzida a sua orientação sexual:

— Esther é solar. Uma mulher cheia de vida. Não podemos dizer somente que ela é gay. Ninguém descreve alguém apenas como: “Esse é fulano, ele é gay”. Esther é muito mais ampla e complexa do que isso.

Outros nomes do elenco de Sete Vidas são Vanessa Gerbelli, Maria Flor, Malu Galli, Bianca Comparato, Angelo Antonio, Fernanda Rodrigues e Leonardo Medeiros.

* A jornalista viajou a convite da TV Globo

 

Bookmark and Share

Comentários (2)

  • Felipe diz: 11 de fevereiro de 2015

    Muito ansioso pra estreia da novela!

    Lícia Manzo já acertou muito com A Vida da Gente, simplesmente a melhor novela que eu já vi, e parece que vai continuar acertando com a nova trama. Toda essa história de meio-irmãos gerados por inseminação artificial que se encontram e começam a conviver é muito interessante. E pelo clipe divulgado com as primeiras cenas já dá pra ver que promete ser um novelão!

    Que venha Sete Vidas!!

  • Clau diz: 12 de fevereiro de 2015

    Também ansiosa. Só assisto as novelas das 18 horas. As das 21 já perderam a graça pra mim, depois de Em Família, principalmente. Acreditei em Império e me desiludi como andamento da trama. Mas esta deve ser boa. E espero que haja mais notas sobre tal novela, que em breve vai começar, mas aqui só se vê notinhas sobre Império, Império, Império…. A água que Alexandre Nero bebe, a marca do absorvente de Marjorie Estiano…. kkkkkkkkkkkkk……. Brincadeira!

Envie seu Comentário