Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Bianca Bin rouba a cena e vira heroína no final de Boogie Oogie

06 de março de 2015 22
Divulgação, TV Globo

Divulgação, TV Globo

Boogie Oogie chegou ao fim com muita ação, vilões se dando bem, mas…sem casamento! Pra quem esperava cenas românticas de Sandra (Isis Valverde) e Rafael (Marco Pigossi), deve ter se decepcionado. O final foi corrido, com muito mais ação do que amor. Porém, nas redes sociais, o público parece ter gostado do que viu.

A cena mais impactante do capítulo foi quando Sandra, depois de ser sequestrada por Pedro (José Loreto), acaba sendo salva por sua grande rival, Vitória. Bianca Bin roubou a cena da mocinha nos momentos finais, mas terminou sozinha. Ou quase… O autor Rui Vilhena deu a entender que havia um clima entre Vitória e Beto (Rodrigo Simas), o que ficou bem estranho, já que eles foram criados como irmãos. No Twitter, muita gente protestou contra o “quase incesto”.

Os vilões escaparam quase todos impunes. Homero (Oswaldo Mil) pagou o pato pelos atropelamentos, mas a culpada era Ágata (Pepita Rodrigues). O “Corvo” escapou ileso de qualquer castigo. Fernando (Marco Ricca) e Susana (Alessandra Negrini) também ficaram juntos e felizes, provando que se merecem mesmo. Dois pilantras!

Carlota (Giulia Gam), ao fim de tudo, também não foi castigada, e ainda mandou um “que se dane o amor” no final. Parece ter sido este, aliás, o recado do autor ao “esquecer” de mostrar o casamento dos protagonistas. Sandra e Rafa mereciam mais espaço no último capítulo.

Boogie Oogie começou bem, enrolou um pouco e ficou devendo no final, mas valeu a pena pela reconstrução de época, ótimo elenco e trilha sonora nostálgica. Foi uma trama diferente, apesar dos clichês, arrebatou muitos fãs. Pela movimentação nas redes sociais, nota-se que vai deixar saudades.

Bookmark and Share

Comentários (22)

  • Vanessa diz: 6 de março de 2015

    Achei incrível que o autor acha que a gente é idiota, como Rafael descobriu que Sandra estava com Pedro em um avião, telepatia???? E Vitória, como adivinhou que o avião ia em direção ao aeroclube? decepcionante para um autor que fez uma trama tão boa no início. Sem falar que Vitória merecia um novo amor, mas Beto foi criado como irmão. E o sonho de Tadeu ser diplomata? Poderiam ter mostrado ele passando em um concurso, assumindo a embaixada do Brasil nos EUA e ficando com a Inês. Uma pena, a novela foi muito boa, mas o final deixou mesmo a desejar.

  • Clau diz: 6 de março de 2015

    Michele Vaz Pradella, eu não assisti aos capítulos de 4ª, 5ª e de hoje 6ª. Como assisto pela internet (prefiro), vou ver todos juntos pra dar mais emoção. rsrs… Mas então quer dizer que o atropelador não era Ivan??? e o homem que estava dirigindo o carro que quase atropelou Fernando? Seria uma falha na gravação?? credo! Apareceu nitidamente um cara dirigindo o Corcel. E nem parecia ser o Homero, nem de longe!
    Mas vou assistir os capítulos e depois venho “encher” vocês com meus comentários. Porém, já estou triste… A novelinha acabou. buááá!!!!!
    Tomara que Sete Vidas seja boa assim como foi A Vida da Gente. Vamos futricar mais ainda! hehe

  • Carlos Meneses diz: 6 de março de 2015

    Como vc disse o povo da internet gostou do final e AQUI EM CASA TB, alis foi um dos melhores finais de novela

    1 – não teve cenas romanticas bestas, essa historia de todo mundo feliz no ultimo capitulo é a pior besteira q fazem, ponto para Boogie!!!

    2 – Nada de casamentos, todo mundo se casar é horrivel, mais um ponto pra novela

    3 – ALELUIA, NAO TEVE NENHUM NASCIMENTO!!!! Aquelas cenas forçadas de nascimento não tiveram AINDA BEMM, mais um ponto

    4 – Teve ação, revelação, perdão, Carlota nao precisava ser castigada, existem pessoas sem sorte, q tem a vida ruim q são traidas por todas e ficam amargas e ruim e Carlota era assim, q se dane o amor, ela nao conseguiu ser amada por ninguem, foi traida por qm amou e se tornou uma pessima pessoa, vai ficar rica e sozinha, não sei se é ser feliz, vai ter momentos de felicidade, alias como todos q acabaram

    5 – Nota 9,5 para 10 só faltou mostrar a Vitoria dentro do aviao tirando a Sandra kkkkkkk

    E ainda bem q nao teve mais cenas do Rafael e Sandra eles ficaram toda novela grudados (mais uma inovação) nhenhenhe no ultimo cap nao neh kkkkk

    enfim foi mt bom, q as outras novelas sigam o exemplo, e olha a ironia Boggie Oogie considerada por muitos uma historia cheia de cliches acabou mostrando um otimo final, prova q pode inovar mesmo com historias tradicionais!!!

    E quem queria ver casamento, nascimento e romantismo com todos com cara de bobo e felizes olehm o final das ultimas 4 novelas das 6 é td igual kkkkkk (Tirando Meu Pedacinho e Paraiso q tb tiveram otimos finais)

  • de diz: 6 de março de 2015

    eu vi muita gente no twitter shippando beto e vitoria.. eles queria q tivesse acontecido antes… ja q nao sao irmãos de verdade…poucos q foram contra… so digitar na pesquisar do twitter como a maioria gostou..se tivesse criado uma historia legal p casal na metade da novela p final seria um dos melhores casais da novela.. O beto hj explicou q a família nem considerava ele como sobrinho, filho ou neto q por isso ele ajudou a carlota, mais se arrependeu.

  • Fernando Clemente diz: 7 de março de 2015

    esse final foi muito ruim! Como assim a Vitória ouviu sobre o sequestro da Sandra no rádio?? Quem contou pra rádio que o Pedro,aprendiz de piloto sequestrou uma noiva?? Os caras da cabine ligaram pra rádio e avisaram??? Como ela descobriu onde o avião ia pousar? Como o Pedro não morreu? O final foi qual? Preso???

  • Tina diz: 7 de março de 2015

    O final foi incrível justamente pq não teve o clichê do casamento, gravidez e um FIM escrito em cima do casal feliz. Criminosos impunes, alguns vilões pagando como Pedro e Arthur, achei ótimo.

    O Rafa soube pela Beatriz e Elísio que o Pedro provavelmente sequestrou Sandra. Como todo mundo sabe que o Pedro estudava pra ser piloto, logo ele se mandou pro aeroclube pra tentar contato com a aeronave.

    Já Vitória deduzir que eles estariam lá, acho que tem a ver com a notícia na rádio, não lembro agora.

    E ainda tem gente que acha que o autor ia colocar o personagem assassino pra dirigir e matar por aí. Bom, se não foi o garçom naquele corcel, com certeza foi um dublê, um ator de fora do elenco pra despistar mesmo.
    E eu tb notei o clima entre Beto e Vitória. Estranho por eles terem sido criados juntos, mas enfim…Me emocionei em td, principalmente quando as luzes da discoteca apagaram. Pena que o Ricardo não inventou algo bacana. Esperava mt por isso.

  • Clau diz: 7 de março de 2015

    Acabei de assistir aos três últimos capítulos. Já estou triste pelo fim da novelinha… Que pena…. Mas olha, concordo com vocês. O final não foi o que eu esperava. Faltou mais emoção do que ação. Também penso que Sandra e Rafa mereciam mais espaço no último capítulo. Sandra foi salva, mas e depois? Só surgiram na festa da BO e comunicaram que se casarão em Las Vegas. Poderia ter mostrados ambos no aeroporto ou dentro do avião já viajando e fazendo planos.

    Pedro acabou preso mas pode ser solto e responder em liberdade. Falta acontecer o que para se darem conta de que ele é psicótico? Ele bem poderia ficar num manicômio judicial. Vicente ainda fala que Pedro está muto bem! de onde??? Deveriam ter mostrado ele preso, arrependido do que fez ou maluco mesmo, mas internado.

    Vitória e Beto. Totalmente descabido! É irritante ver Vitória como um “encosto”, grudada em Rafael, como se não tivesse outro homem no mundo. Ainda mais ela, rica, dona de butique, escolada, agindo como uma adolescente sofrendo pelo primeiro namorado. E no fim, recebe um “prêmio de consolação” ficando com um cara que ela conhece desde bebê e o vê como irmão pois se criou com ele. Ridículo!

    Susana e Fernando se merecem, e até é coerente que fiquem juntos. Mas Susana chamar Madalena de Vovó Biruta e dizer que quando Madalena voltar de viagem verá a piscina da casa com as inicias do nome de Susana, e que a mansão estará bem diferente?? Já deixou claro que Fernando trocou seis por meia dúzia. Sai Carlota e entra Susana. OUTRA que se acha a dona da casa, mandando e desmandando em todos. E Luísa e Ricardo? vão novamente viver sob o mesmo teto que outra doida? Essa atitude de Madalena, de Paz e Amor, já está demais!

    A casa de Augusta? vai apodrecer abandonada? E Carlota que escondia as pedras verdadeiras no túmulo do Ivan? Então todas as pedras eram falsas? Réplicas apenas? Ágata está com jóias de mentira o tempo todo? Mortes ocorreram por pedras falsas? E Leonor que passou a novela inteira como um “rabo” de Carlota? Ela leu a verdadeira história de Carlota e não vai mostrar pra mais ninguém? Novamente sera cúmplice de toda patifaria de Carlota?

    Tadeu recebe um equipamento de VHS de Inês. Nota-se que o aparelho é importado. Em 1979 não existia VHS no Brasil. E os aparelhos que aqui chegaram foi somente depois de 1980, mais precisamente 1982. Tal aparelho, precisava fazer uma conversão para os aparelhos de TV brasileiros. Meu pai tinha um na década de 80 e precisou fazer isso. E não era em toda TV que podia ser feito. Não sei se ali não foi uma falha na trama, mas tudo bem. Afinal são mais de 30 anos, mais precisamente 36 anos, se contarmos com 2015.

    Homero foi preso no lugar de Ágata. Também não gostei. Homero era bandido mas dei muita risada com ele e o jeitão dele, assim como com Susana. Só acho que Susana deveria viver em outro lugar com Fernando.
    Ágata que foi a assassina, acabou impune. Pedro que fez tudo o que fez, pode ser liberado pra responder em liberdade. Susana também fica livre pra tomar banho de piscina na mansão dos Fraga. Mas os crimes de ambos são bem diferentes, no caso Susana não estava respondendo pela troca dos bebês pois tal crime já foi prescrito. Mas o de Pedro, como sequestro e o acidente, jamais pode ser libertado pra responder em liberdade sua pena!
    E Carlota que não vale nada, só fez mal a muitos, humilhou empregados, é arrogante, prepotente e no entanto sai vitoriosa com suas jóias. Que absurdo! E só uma pergunta: Se ela sabia o tempo todo que as joias estavam ali, por que somente no final ela resolveu pegá-las??? Juro que não entendi isso… Ok, ela queria a Vip, mas as joias não bastavam? Quando ela sumiu por exemplo? Sinceramente não entendi ela fazer tudo o que fez por um punhado de réplicas???? A cena dela no cemitério eram reais? Ou seja, ela saiu do aeroporto e foi para o cemitério ou as cenas eram antigas? E foi apenas para mostrar o que ela fez há anos atrás? Não entendi nada daquilo. Só sei que a mensagem que Rui Vilhena passou foi de que o crime compensa. Afinal os maiores culpados saíram impunes, um malandro foi preso, um psicopata pode ser solto, outra doida vingativa acaba bem com seu amante eterno e ainda na mansão dele. Ou seja, ser criminoso, psicótico e vingativo, vale a pena. É esta a mensagem Rui??? Não gostei.

    Mas adorei a trama como um todo. Os atores e atrizes trabalharam muto bem. Giulia Gam está excelente a cada atuação. Ísis também trabalha muito bem, Bianca Bin, Heloísa Perissé… Thaís de Campos!!! E claro, Betty Faria, Joana Fomm e Pepita Rodriguez.

    Amei BO! Saudade!!!! Músicas, roupas, carros, modismos… Mateia saudade de uma época que curti muito. Dancei muito em discotecas, era um tempo muito bom!

    Obrigada Rui Vilhena! Vou sentir muita saudade… Só não entendi o final a respeito de Carlota e seu passado. E não gostei do último capítulo pois foi tudo muito rápido e confuso. Pra dizer que incoerente. Esperava mais. Um bom castigo pra quem de fato merecia. Mas amei a novela. Obrigada.

  • Clau diz: 7 de março de 2015

    Me expressei mal. Pedro não é psicopata. Este não sente remorso e é frio. Pedro não é frio. É amoroso com a mãe, sabe que erra, mas vive num mundo fora da realidade. Cria a sua realidade e não mede consequências. é movido pelo ciúme e inveja de Rafael. Como tinha do irmão, Alex. Então Pedro é psicótico, não psicopata. Precisa de tratamento da mesma maneira.

    Outra coisa que esqueci de comentar é que de fato a equipe técnica falhou tremendamente na imagem do atropelamento de Fernando. Ali mostrou nitidamente um homem bem diferente de Homero. E como o atropelador era Ágata, a coisa ficou pior. Poderiam ter colocado Wilson. Aliás este também não foi punido como cúmplice da delegada. Mas ficou bem estranho alia, a cara do motorista pra todos verem e depois este ser Ágata. Por favor! Cuidado com as imagens! E olha que não costumo perceber essas coisas.

    Quero fazer justiça também ao talendo de Giovanna Ríspolo. Claudia era uma peste mesmo! E essa atriz mirim, promete!
    Quanto ao careca Artur? Bem feito pra ele! Gostei de Célia! Até que enfim ela se libertou e se liberou.

  • Thaís diz: 7 de março de 2015

    Dentre todas as críticas que vi aqui, a maioria eu concordo… Menos no que tange à Vitória e o Beto. Os dois sabem que não são irmãos, sempre tiveram um relacionamento bastante aberto, sincero, um capaz de apoiar o outro quando precisava (sempre achei, desde o começo a relação estranha.). No entanto, o Rui foi sensato em só “dar o sinal” e não empurrar logo um beijo, uma declaração de amor ou coisa parecida. Deixou ao tempo! E cá entre nós, pela virada emocional de ambos, que par melhor existiria?

  • Ana Paula diz: 7 de março de 2015

    Não tinha pensando nisso, que não teve casamento, nem bebê.
    Mas não gostei que a Leonor, tão bacana, ficou sozinha, nem que a Augusta além de perder um filho, terminou com o outro preso.
    Acho que nas últimas semanas Pedro e Vitória poderiam cair na real.
    Fora o filho da Dani com o primo, conheci mais de um casal de primos que tiveram filhos com doenças genéticas graves, devido ao parentesco consanguineo. Espero que ninguém se ofenda com isso, mas são casos que presenciei.
    Rafael terminou sem saber quem realmente matou a tia.
    A história da Carlota na noite do roubo da Vogue ficou mal contada.
    E o atropelador até poderia ser alguém inédito, de repente a Leonor, que sabia o segredo e já que não ficou com o Elisio mesmo, poderia ter interesse nos diamantes.
    A cena do Beto e da Vitória achei estranha, mas não tinha me ocorrido isso deles ficarem juntos, opção horrível essa.

  • Yasmin diz: 7 de março de 2015

    Eu gostei do último capítulo, de um modo geral.
    A Carlota, quem diria, se deu bem! Por essa eu não esperava.
    As cenas do sequestro da Sandra foram emocionantes. Pigossi e Isis deram show!
    Tive a impressão de que fizeram alguns cortes na edição. Algumas partes ficaram bem corridas.
    A única coisa que eu ODIEI nesse final foi aquela insinuação do Beto de que ele poderia ter algo com a Vitória. Que nojo!! Mesmo não sendo “irmãos de sangue”, foram criados como tal. Podia ter passado sem essa!!

  • Yasmin diz: 7 de março de 2015

    Esqueci de dizer:
    Até o irmão do Rafa, o Serginho, seria uma opção melhor para a Vitória do que ficar com o próprio irmão! Pq mesmo não sendo irmãos biológicos, a relação deles sempre foi essa. Simplesmente ridículo esse final. E teve gente que gostou, como pode???

  • Joana diz: 7 de março de 2015

    A Vitória roubava todas as cenas em que aparecia, a interpretação da atriz foi excelente. Acho que ela conseguiu se sobressair até mais do que a Sandra. Gostei do final que repetiu o primeiro capítulo, foi um final bastante criativo. Só lamento que a Carlota se saiu bem. Gostaria de ver outras novelas do mesmo ritmo que a Boogie Oogie.

  • gaia pieta diz: 7 de março de 2015

    Só um detalhe,o ATOR que fez o personagem Fernando é Marco Ricca,e não Pigossi.

  • Leila diz: 7 de março de 2015

    Achei o final muah. Podia ter sido melhor. Que a bela Isis V. e Bianca B. descansem por um bom tempo.Apesar de achar Isis uma atriz maravilhosa, nos ultimos 3/4 anos trabalhou sem descansar.

  • Tina diz: 7 de março de 2015

    Corrige o erro ai, Fernando (Marco Pigossi). Tambem achei um final mediocre.
    O ponto alto foi o sequestro de Sandra. E foi mesmo corrido. Mas ao meu ver, essa é a melhor novela do ano.

  • Débora Cademartori diz: 8 de março de 2015

    Obrigada, Gaia!

  • marcinha diz: 8 de março de 2015

    Melhor novela desde Avenida Brasil ! Ótimo elenco , musica , roupas ! Adorei ! Chorei muito no final vou sentir falta

  • Ri diz: 9 de março de 2015

    Queria que no final Carlota pedisse perdão a Sandra e tentasse viver de maneira amigável com a filha, não entendi o porque de tanta raiva que Carlota sentia pela Sandra e até o Fernando por exemplo nem deu tanta importância a sua filha verdadeira. Já a Vitoria foi bem legal a adaptação dela com os pais verdadeiros apesar dela que ela já tava acostumada em viver cercada de luxo.

  • Lucas diz: 9 de março de 2015

    Adorei, o último capítulo de Boogie Oogie. Principalmente a sequência da queda do avião. Foi um show de atuação de Marco Pigossi. Ele correndo chorando para tentar salvar a Sandra foi muito emocionante. Isis e Bin mandaram muito bem. Concordo que Vitória e Beto ficou estranho e forçado. Eles foram criados como irmãos e sempre se trataram assim. Totalmente desnecessária essa cena. Acho que inclusive a Bianca Bin ficou desconfortável em cena. Não tinha nada ver. Bom mesmo não sendo um grande novela, sentirei falta de Boogie Oogie. A novela me transportou a uma época, a qual eu não conhecia. Elenco, direção e trilha sonora maravilhosos. Foi muito gostoso a companhar essa novela ao longo de sete meses. Vai deixar saudades. Parabéns ao Rui Vilhena, que estreou com o pé direito. Que venha mais novelas dele aqui no Brasil.

  • Eloiza diz: 14 de março de 2015

    Essa novela deveria ser exibida às 21 hrs. Teria envolvido de tal forma o público, que tomaria extraordinária dimensão! Excelente, como um todo!

Envie seu Comentário