Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts na categoria "A Favorita"

Ângela Vieira não sente saudades de "A Favorita"

10 de fevereiro de 2009 4

Divulgação/clicRBS

A atriz Ângela Viera sentiu frustração ao interpretar a secretária Arlete, em A Favorita.

Segundo a Contigo!, ela queria um papel de mais destaque e fez o desabafo no aniversário de um amigo:

- Não gostei de fazer, porque meu personagem se perdeu. Fiquei no playground e não brinquei muito. Não fiquei com saudade, fiquei com gostinho de quero mais.

A atriz, entretanto, diz que não ficou magoada.

- Não tenho mágoa e nem rancor, só ficou a vontade de ter feito mais.

Postado por Mariana Romais

Bookmark and Share

Ator fala sobre Orlandinho, de A Favorita

06 de fevereiro de 2009 1

Iran Malfitano fala do personagem gay Orlandinho/Divulgação/TV Globo

Confessa que você também ficou em dúvida! Iran Malfitano se saiu tão bem como o gay Orlandinho, na novela A Favorita, que chegou a levantar dúvidas na namorada e até no pai. Em entrevista ao Kzuka, o ator falou sobre a repercussão do personagem e o sucesso com as mulheres, relembrou sua adolescência e ainda contou, em primeira mão, que é o novo solteiro da praça.

Kzuka – Como está a “ressaca” desse personagem que foi tão legal?               Iran – Eu tô curtindo meu desemprego! Cara, o Orlandinho marcou muito, né? Foi um personagem que, graças a Deus, conseguiu agradar a gregos e troianos. Não teve nenhuma rejeição por parte de ninguém, nem por criança, nem por idoso. Os homossexuais aceitaram, os heteros também… Isso refletia bastante até nas enquetes que perguntavam com quem a Maria do Céu deveria terminar a novela.
O Orlandinho ganhou disparado, com mais de 80% de aprovação. Essa aceitação foi muito boa pra mim e isso reflete até hoje, ainda está fresco. Foi tão legal que até minha namorada falava: “Iran, trabalha um pouquinho pior, amor!”. Meu pai também me ligava e dizia: “Meu filho, tá complicado, cara, você tá trabalhando
bem demais!”.

Kzuka – Em Malhação, você fazia um galã. Mas, em A Favorita, tudo mudou. Como foi encarar essa transição?
Iran –
Não sabia que o personagem ia ter essa conduta. Pra mim, o Orlandinho sairia no 30º capítulo, pois eu ia para Guerra e Paz. Mas, de repente, ele tomou um corpo que eu não esperava. A reação das pessoas foi muito boa, todo mundo vinha falar do meu trabalho. Antes, as pessoas queriam tirar foto comigo porque eu aparecia na televisão, mas, depois do Orlandinho, elas me abordam simplesmente para falar do meu trabalho. Eu acho que a minha credibilidade
como ator aumentou. E esses são frutos que eu sempre quis colher, pois plantei muito para isso.

Kzuka – Você acha que esse foi o papel mais importante da sua carreira, então?
Iran –
Todos foram. Com o Gui, da Malhação, eu aprendi tudo. Mas era muita gente começando junto. Foi o primeiro contato que tive com a TV. Na verdade, já tinha feito outras participações, mas esse foi o primeiro personagem com casa, núcleo, cenário, quarto próprio. Dá um peso bem maior. Kubanakan foi importante, pois lá eu conheci o Carlos Lombardi, autor que veio depois a trabalhar comigo mais umas vezes. Trabalhei com muita gente grande, gente importante, o que dá um respaldo. Procuro sugar o máximo que posso dos atores com quem eu convivo. Acho que todos os personagens acrescentaram muito na minha vida. O legal é que, até então, eu era
tido como o “ator de rostinho bonito”. E eu ouvia isso de gente lá de dentro: “Você tá aqui porque é bonitinho, mas isso passa, viu?”. E passou mesmo.

Kzuka – Como você era quando adolescente?
Iran –
Ai, eu nunca fui pegador, sempre fui muito tímido. Sabe aquele tipo que tem que beber quatro, cinco cervejas e ainda fica: “Não, eu vou daqui a pouquinho, só daqui a pouquinho”? Então, alguém sempre ia antes de mim e eu ficava chupando o dedo. Agora, com o tempo, as coisas mudaram um pouquinho. (risos) Passa a vida e a gente se adapta melhor às coisas. Eu não sou bom de approach e, depois de famoso, piorou minha situação. Se eu fosse desconhecido, ia me dar melhor. Tem muita mulher que arrasta uma asa e, quando você vai falar uma gracinha, ela chega e diz: “O que você quer, meu filho?”. Eu tenho um amigo que sabe muito o que falar e leva todas. Mas eu não sou assim, não, sou bom na paquera, fico olhando, olhando…

Kzuka – Você está namorando, mas acha que o Orlandinho fez sucesso com as mulheres?
Iran –
Eu estava namorando, mas não estou mais. A mulherada ficava incomodada pra confirmar se eu era ou não gay, sabe? Na verdade, rolava uma coisa de “vou provar que ele não é gay”. Era engraçado!

Kzuka – E esse visual de cabelo comprido, você pretende manter?
Iran –
Tô cabeludo por causa da novela. Eu ia cortar, mas desisti, pois posso usar o cabelo em outro personagem. Se eu raspasse, como estava com vontade, teria que obrigatoriamente fazer um cara de cabelo raspado em outra novela. Tô maluco pra cortar esse negócio, dá muito trabalho. Cabelo curto é prático, porque, se não tem xampu, vai sabonete mesmo! Não precisa pentear e etc.

Postado por Kzuka – Diário Catarinense

Bookmark and Share

Os figurinos favoritos de A Favorita

27 de janeiro de 2009 0

Ao que tudo indica, se depender da novela Caminho das Índias, a moda agora será ao estilo indiano. Mas como a novela recém começou, ainda tem muita gente ligando para a Central de Atendimento ao Telespectador da Rede Globo (CAT) e pedindo dicas sobre os modelitos usados pelos personagens de A Favorita. Conheça o que eles querem saber:

Figurino: As camisas de Dodi (Murillo Benício) só perderam a liderança este mês para as calças jeans de Alicia (Taís Araújo) e uma blusa polo bordada de Lara. Outro destaque da trama foi um vestido florido usado por Maria do Céu (Deborah Secco).

Acessórios: O colar com um crucifixo usado por Orlandinho (Iran Malfitano)…

… os óculos escuros de Flora, Dodi e os usados por Donatela na primeira fase da novela são os mais populares. O anel azul de Cilene (Elizângela) também foi destaque…

… Maquiagem: Os longos cílios de Deborah Secco intrigam as telespectadoras, que querem saber que rímel é usado por ela.

Postado por Zero Hora

Bookmark and Share

Atores de "A Favorita" farão seriado policial

26 de janeiro de 2009 0

Murilo Benício será protagonista de seriado policial/Reprodução/TH News

Depois de viver o vilão Dodi, em A Favorita, Murilo Benício está escalado para ser o protagonista do seriado policial “P2″, da Rede Globo. Segundo a colunista Patrícia Kogut, Milton Gonçalves, que interpretou o político corrupto Romildo na mesma novela, também fará parte do elenco.

A direção do programa é de José Alvarenga e as gravações devem começar entre fevereiro e março. Quanto ao restante do elenco, a emissora prefere manter segredo.

Postado por Mariana Romais

Bookmark and Share

Caminho das Índias: Tônia tenta ficar mais sensual

25 de janeiro de 2009 3

Marjorie Estiano é a estudante Tônia, em Caminho das Índias/Divulgação/TV Globo
O grande desafio de Marjorie Estiano em Duas Caras (2007/2008) foi transformar a romântica e idealista Maria Paula em uma mulher vingativa. Agora, de volta ao horário nobre como a estudante Tônia, de Caminho das Índias, Marjorie tem outra missão nada fácil pela frente: deixar sua personagem mais bonita e sensual no decorrer da trama.
– Ela vai se encantar por Tarso (Bruno Gagliasso) e vai querer se ver mais mulher e feminina. Como ela não tem familiaridade com esse universo, vai se atrapalhar um pouco e ganhar uns toques de humor – conta a atriz, que nega semelhanças com a história da série e da novela Betty, a Feia.
Com longos cabelos ruivos, que inicialmente vão aparecer presos ou displicentemente soltos, e óculos pesados, que marcarão sua expressão, Tônia vai assumir seu lado mais feminino aos poucos, conforme seu interesse pelo bonitão Tarso for aumentando.
– Ela não vai da mulher travada à sensual. O que acontecerá com ela será uma mudança gradativa – explica Marjorie.
Antes da transformação, Tônia terá uma rotina tão desinteressante quanto seu visual inicial.
– De casa para a faculdade e da faculdade para casa. No máximo, uma visita aos amigos – conta.
Mas se engana quem acha que o maior problema dela será a dificuldade para lidar com sua aparência e com a paixão por Tarso. A bela enfrentará o fato de o amado sofrer de esquizofrenia.
– A partir daí, ela passará por outra mudança, já que terá de descobrir sua força para ajudá-lo e apoiá-lo quando ele descobrir a doença – adianta Marjorie.
Com menos cenas para gravar agora do que na época de Duas Caras – dá até para viver um pouquinho – diz –, ela já pensa no seu próximo álbum.
– Estou trabalhando o conceito do disco e buscando repertório.

Postado por TV+Show/Diário Catarinense

Bookmark and Share

A Favorita termina com final feliz e Flora é presa

16 de janeiro de 2009 84

Reprodução, TV Globo

O último capítulo da polêmica novela global A Favorita exibido nesta sexta-feira deixou algumas questões em aberto e não correspondeu a alguns fatos divulgados à imprensa. Por outro lado, superou expectativas nas cenas decisivas. O blog Noveleiros fez um acompanhamento em tempo real e traz para você agora a sinopse comentada do folhetim.

Surpresas

Leo seria o pai da filha de Mariana!
Leo
(Jackson Antunes) sai da cadeia e encontra a filha Mariana (Clarice Falcão). Ele tenta tocar no bebê, e ela não deixa. Mariana fala:

— Não toque nela. Não vou deixar você fazer com ela o que fez comigo.

Ou seja, ficou implícito que ele deve ser o pai de Úrsula! Mais Nelson Rodrigues, impossível! Para quem achava que era Damião (Malvino Salvador), que surpresa!

Catarina larga de Vanderlei e vai viajar com Stela
Que a maravilhosa Catarina (Lilia Cabral) iria desistir do casamento com Vanderlei (Alexandre Nero), isso nós tínhamos divulgado. Porém, a novidade é que ela resolveu experimentar a vida, como ela mesma disse, e foi para Buenos Aires com Stela (Paula Burlamaqui). Será que rolaria um romance? Pelo final, nunca saberemos.

Cassiano toma a iniciativa de terminar com Lara
Que o cantor não ficaria com a bela, nós divulgamos também, mas, para quem achava que Cassiano (Thiago Rodrigues) era uma mosca morta na novela, até que ele teve bastante coragem e dignidade, e terminou tudo com Lara (Mariana Ximenes). Como ele mesmo admitiu, a mocinha gostava mesmo de Halley (Cauã Reymond). De quebra, Cassiano ainda deu em cima de Alícia (Taís Araújo) e faturou a bela morena, com que já teve um caso no passado.

Fatos em aberto

Como sempre, os coadjuvantes ficaram à margem dos finais das novelas, e pouco se sabe sobre o que aconteceu com eles. Normal, visto que o elenco da novela é enorme. Algum palpite sobre que fim deu o Norton (Alexandre Schumacher)?

Final feliz

Toda novela sempre tem um casamento, e A Favorita não poderia ser diferente, não é mesmo? Cida (Claudia Ohana) e Juca (Bento Ribeiro) juntaram os trapinhos em grande festa.

Maria do Céu (Deborah Secco) deu à luz um menino e Halley ficou emocionado quando pegou o filho no colo. A criança se chamará Marcelo Edivaldo Donizete, em homenagem ao pai de Halley, ao pai de Céu e ao avô de Orlandinho (Iran Malfitano). Céu e o marido terminam felizes.

O casal-sensação também tem, lógico, um final feliz. Mas antes, há um dramazinho. Halley diz a Lara, ainda separado dela, que pretende morar na casinha onde os dois passaram um tempo. Lara fica balançada, mas volta para a faculdade e conversa com a amiga Luciana (Mitzi Evelyn), que diz que nunca namorou Halley. Surpresa, Lara decide se declarar para seu amado e o procura. Os dois fazem juras de amor e se beijam.

Assista à cena:

Sobre Copola (Tarcísio Meira) e Irene (Glória Menezes), alguém tinha dúvidas de que ficariam juntos? Era óbvio, não é mesmo?

Silveirinha (Ary Fontoura) volta aos tempos de empresário e vê uma apresentação de duas crianças talentosas. Ele conversa com o pai das meninas e se oferece para empresariar as garotas, que formam uma dupla sertaneja. O ex-mordono justifica dizendo ter muita experiência no assunto!

E o triângulo amoroso da vez, hein? Diva (Rosana) (Giulia Gam), que ficou pouco tempo encarcerada, saiu da prisão e foi recebida por Elias (Leonardo Medeiros), Shiva (Miguel Rômulo) e Augusto César (José Mayer). Eles disputaram Diva, e, pelo visto, ela ficou com seus dois amores.

 

Le Gran Finale

Depois de muita especulação, supostas mudanças e expectativa, foi incrível o confronto final entre Flora (Patrícia Pillar) e Donatela (Claudia Raia). A vilã invade a cozinha no Guarujá e ameaça Zé Bob (Carmo Dalla Vecchia) e Donatela com uma arma. Ela reclama que Donatela nunca gostou dela.

Flora atira em Zé Bob, um tiro de misericórdia, em câmera lenta e tudo! Donatela coloca-se na frente dele. Flora está prestes a atirar em Donatela, quando ouve barulho de helicóptero. Lara, Irene e Silveirinha chegam para resgatar os mocinhos recém-casados.

Irene havia trazido uma arma, por segurança, mas, boazinha como sempre, claro que não conseguiu atirar em Flora, apesar de, no fundo, querer vê-la morta.

Lara decide enfrentar Flora (e não é que foi a filha,mesmo?!). A cena é uma das mais eletrizantes de toda a novela!

— Você se acha muito boazinha, muito santinha, mas não se esqueça que é o meu sangue que você carrega. A tua vida, a tua história, o teu destino estão atrelados à mim — diz Flora, com a arma apontada para Lara.

— É mesmo, Flora? Então me faz um favor — Lara pega a arma da mão de Irene e encara Flora — Atira em mim, atira!

Donatela se desespera e tenta proteger a filha adotiva, que se esquiva e volta a enfretar Flora:

— Atira! Atira, ou eu atiro em você! — ameaça a moça.
— Mas olha só para isso, a vaquinha resolveu agir! — ironiza Flora.
— Não sou o seu purgantezinho, hein, mãe? Vai, acaba logo com isso, atira em mim!
— Atire, filhinha, aí você será uma assassina como eu. Atira na sua mãe.
— Você não é a minha mãe! A minha mãe é a Donatela! — Grita Lara, que dá um tiro no ombro de Flora.

Flora cai, segurando a arma. Ela bem que poderia atirar em todos, mas prefere apenas falar:
— Você é uma assassina, igual a mim! Vai, acaba com isso, mate a sua mãe, me mata! — pede Flora.

Irene intervém:
— Não faça isso!

Assista: Flora aterroriza Donatela e Zé Bob

 

 

Lara atira em Flora:

Lara, mais calma, desiste. Donatela pede socorro para ajudar Zé Bob. Ele e Flora são levados a um hospital.

Apesar de dar entrada em estado grave, após cirurgias Zé Bob se recupera e tem um final feliz com Donatela. Até ganha um cachorro da amada. Alguém duvidava do happy end?


O fim da grande vilã
Flora é presa e recebida com hostilidade no presídio. Lá, apanha, enlouquece de vez e finge se chamar Donatela. 

Assista à cena:

A última cena
Donatela relembra a infância com Flora. Flora, criança, diz que Donatela é sua favorita. Eis o título da trama.


Você gostou do último capítulo?
Deixe seu comentário sobre a novela!


Leia também:

- Colecionando crimes, Flora é a personagem do ano
- A Favorita é eleita a melhor novela de 2008
- Catarina, a revelação de A Favorita
- Patrícia Pillar tem ataque de estrelismo
- Briga entre Cauã Reymond e Thiago Rodrigues nos bastidores da novela
- Deborah Secco não se importa com as críticas
- Taís Araújo se estressa na gravação de A Favorita
- Thiago Rodrigues e Taís Araújo vivem romance na vida real
- Orlandinho causa polêmica entre gays
- Globo descobre quem divulgou final de A Favorita
- Autor de A Favorita confirma mudanças no final
- Atores e leitores sugerem o destino de Flora
- Morte de Dodi bate recordes de ibope
- Morte de Gonçalo: Uma das piores cenas de todos os tempos
- Baixe a música “Beijinho Doce“ para seu celular
- Versões e paródias de Beijinho Doce viram febre no Youtube
- Fã de A Favorita vende DVD contra Flora em leilão no Mercado Livre
- Todos os posts sobre a novela A Favorita

Postado por Juliana Herling

Bookmark and Share

A Favorita: Siga em tempo real o último capítulo

16 de janeiro de 2009 3

Depois de muitas disputas, assassinatos, suspenses, sequestro, prisões, fugas, romances, traições, intrigas e conciliações, finalmente chega hoje o último e eletrizante capítulo da supercomentada novela A Favorita

Noveleiros vai acompanhar cena a cena o desfecho desta história aqui no blog, ao vivo da redação. Participe do nosso minuto a minuto interativo a partir das 21h e fique ligado conosco!

Postado por Juliana Herling

Bookmark and Share

Globo descobre quem divulgou final de A Favorita

16 de janeiro de 2009 14

Fabrício Mota, TV Globo

Contamos aqui que o final de A Favorita precisou ser modificado pelo autor João Emanuel Carneiro já que as últimas cenas vazaram para a imprensa. Segundo a coluna Zapping, a Globo descobriu quem passou as informações para os jornalistas e deve demitir o responsável.

Para evitar que o segundo final também fosse descoberto, as gravações da novela ontem foram fechadas e com seguranças na porta. Ninguém entrava, ninguém saia. Hoje o trabalho continua durante o dia e a noite o elenco e a direção irão se reunir em uma churrascaria no Rio de Janeiro para assistir ao último capítulo.

Postado por Márcia Simões

Bookmark and Share

Flora será torturada por detentas

16 de janeiro de 2009 6

Divulgação/

Flora(Patrícia Pillar) voltará para a cadeia no final de A Favorita. Depois de interromper a noite de núpcias de Zé Bob(Carmo de La Vechia) e Donatela(Claudia Raia), a vilã será surpreendida com a chegada de Irene(Glória Menezes), Silveirinha(Ary Fontoura) e Lara(Mariana Ximenes). Eles a impedem de atirar em Donatela.

Se no final original  Lara iria atirar na própria mãe, no novo desfecho, o autor do disparo será Silveirinha ou Irene.

Ferida, Flora vai retornar para a prisão e será recepcionada por Diva(Giulia Gam) e outras detentas. Elas xingam a vilã e a agridem.

Depois de tantas maldades, Flora vai se transformar em um “saco de pancada” das prisioneiras.

Confira a programação de A Favorita no hagah

Atores e leitores sugerem o destino de Flora

 

 

Postado por Maitê Mendonça

Bookmark and Share

Atores e leitores sugerem o destino de Flora

16 de janeiro de 2009 12

Arte sobre foto de divulgação, TV Globo

Na contagem regressiva para o final de A Favorita, todos querem saber o que vai acontecer com Flora, a vilã psicopata que destruiu todos e tudo por onde passou. A pergunta que fica é: Flora será punida?

A expectativa de grande parte dos atores que participaram da trama é que o autor, João Emanuel Carneiro, que revelou a verdadeira vilã com apenas dois meses de novela, prepare uma punição surpreendente para a personagem.
O público opinou na enquete do Pioneiro.com e aposta que o final da vilã será a prisão ou a loucura para pagar pelos crimes que cometeu. Mas houve quem dissesse, também, que “vilã que é boa não acaba presa”.

Com alterações mais cosméticas do que de linguagem, a trama de João Emanuel Carneiro brincou em um primeiro momento com as fórmulas que escondiam a identidade da vilã e dando a entender que Flora era a vítima. Mas a novela ganhou mais interesse por parte do público quando Flora se revelou uma vilã maquiavélica.

A novela A Favorita tem conseguido reunir famílias inteiras para assistir ao folhetim. A psicóloga Luciane Frizzo acredita que a imprevisibilidade da trama fascina o público. A vida dos personagens e o enredo deram guinadas em vários momentos, instigando o telespectador.

- Há uma quebra de paradigma, pois quem parecia ser bom é, na verdade, mal. As pessoas tentam adivinhar o que vai ocorrer no final e tentam entender o porquê dos atos dos personagens - diz Luciane.

O QUE O ELENCO DESEJA

Lara (Mariana Ximenes):
“Ela tem de pagar por todos os crimes. Com a morte, ela não pagaria. Ela tem de sofrer e acho que será algo criativo.”

Giulia Gam (Diva):
“Existem três finais possíveis: ela ficar louca, alguém a matar ou ela morrer. Ela pode até morrer, mas seria de uma maneira surpreendente. Acho que ela tem de sofrer, com o medo que vem da própria cabeça dela. O inferno somos nós.”

Mauro Mendonça (Gonçalo):
“Eu queria que ela terminasse sofrendo muito, chorasse bastante, caísse de uma escada, tivesse uma diarreia (risos).”

Rosi Campos (Tuca):
“Morrer é pouco. Ela terá de sofrer bastante, apesar de que psicopatas como ela acabam não sofrendo muito. A cadeia hoje em dia não é tão ruim. Ela merece algo pior que cadeia.”

Angela Vieira (Arlete):
“A ideia que tenho é que ela vai fugir. Acho que ela consegue se safar dessa. Ela vai sair do país numa boa, com uma graninha, e viver tranquilamente lá fora, como acontece com muitos brasileiros.”

Taís Araújo (Alícia):
“Não gosto quando a vilã termina louca nem morre. Tem que pagar, sofrer. Queria que ela fosse presa e ficasse muito tempo na cadeia.”

Murilo Benício (Dodi):
“Eu acho que ela vai terminar maluca.”

Genézio de Barros (Pedro):
“Se ela morre, não vai pagar nada do que fez. Ficar louca também não seria castigo. O louco não sofre, quem sofre é a família, quem está ao redor. Acho que ela deveria sofrer um pouco. Ela ser presa seria o mais lógico, o ideal. De preferência, prisão perpétua. Seria o mais justo. Ela tem de sofrer.”

A opinião dos internautas

“Ela deveria se candidatar a um cargo em Brasília, de preferência no Congresso Nacional. Ladrão bom não vai preso, é eleito como político no Brasil. “
Cristian Rizzardi

“Acho que ela deveria começar a enxergar todos os que ela matou, ficar louca e ser internada. Assim ela vai pagar pelos erros dela.”
Suelen Nunes

“Fugir para uma ilha paradisíaca, e viver no “bem-bom”, fazendo vários trambiques. Vilã que é boa não acaba presa!”
Marcia E.

“Amanhecer no xilindró, vendo o sol nascer quadrado e com um balde na mão, pronta para faxinar as privadas imundas da carceragem. Apenas por algumas semanas, lógico. Tudo para depois armar uma fuga espetacular e dar uma banana pro povão!”
Nazaré Tedesco

O que você acha que deveria acontecer com Flora?

Veja o horário de A Favorita na grade de programação do hagah

Postado por O Pioneiro

Bookmark and Share