Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts na categoria "Amor à Vida"

Amor à Vida foi a novela mais buscada no Google em 2014

17 de dezembro de 2014 1
Estevam Avellar, TV Globo

Estevam Avellar, TV Globo

Na reta final de 2014, o Google divulgou várias listas com os assuntos mais pesquisados durante o ano. Como o nosso assunto aqui é novelas, você imagina qual foi a trama mais pesquisada?

Apesar de ter acabado lá no final de janeiro, Amor à Vida lidera o ranking. Para desgosto de Aguinaldo Silva, Walcyr Carrasco levou a melhor nessa disputa e deixou os colegas para trás. Em Família vem logo em seguida, como a segunda novela mais procurada pelos internautas. A lista traz ainda Chiquititas, do SBT, e a minissérie Amores Roubados. Império só aparece na quinta colocação.

Analisando os resultados, não é muito difícil de descobrir o motivo de Amor à Vida estar em primeiro no ranking do site. O nome do sucesso é Félix Khoury, ou Mateus Solano, no caso. Mesmo quem apontava os erros da trama, na reta final deve ter grudado na telinha para conferir o destino do vilão mais amado dos últimos tempos. A expectativa em torno do beijo gay de Félix e Niko (Thiago Fragoso) certamente foi um dos fatores que influenciou as buscas pela novela no Google. Em um mês, Amor à Vida foi mais comentada na web do que outras tramas que ficaram o resto do ano no ar.

Já a segunda colocada da lista, Em Família, também tinha um casal gay querido pelo público. Clara (Giovanna Antonelli) e Marina (Tainá Müller) conquistaram uma legião de fãs nas redes sociais e, neste caso, pouco importava a exibição ou não do tão falado beijo, bastavam as cenas de puro romance para arrancar suspiros de quem torcia por “Clarina”.

Paulo Belote, TV Globo

Paulo Belote, TV Globo

Bookmark and Share

Maria Casadevall recusa contrato fixo com a Globo

24 de abril de 2014 4
Raphael Dias, TV Globo

Raphael Dias, TV Globo

Depois do sucesso como a Patrícia na novela Amor à Vida, era de se esperar que Maria Casadevall virasse uma das queridinhas da Globo. A emissora bem que tentou fechar um contrato longo, mas a atriz esnobou a proposta.

Segundo o Na Telinha, a proposta era de um contrato fixo por três anos, mas a moça preferiu ficar livre para escolher seus próximos trabalhos. Se for o caso, ela terá apenas contrato por obra, sem vínculo maior com a Globo.

Enquanto fica livre, leve e solta, Maria Casadevall vem recebendo convites de outras emissoras. A Record já acenou com uma boa proposta, mas por enquanto o futuro da atriz ainda é incerto.

Bookmark and Share

Amor à Vida leva quase todos os prêmios no Melhores do Ano do Faustão

17 de março de 2014 24
Fotos: Alex Carvalho, TV Globo

Fotos: Alex Carvalho, TV Globo

Quem assistiu à premiação dos Melhores do Ano no Domingão do Faustão de ontem já sabe que Amor à Vida levou quase todos os prêmios. Não poderia ser diferente, afinal, quase todos os concorrentes eram da trama de Walcyr Carrasco.

Sobre isso, tenho uma crítica e acho que muita gente vai concordar comigo. Todo ano é a mesma coisa, a novela das 21h acaba sendo o foco principal da premiação, como se não tivessem sido exibidas outras tramas tão boas (ou até melhores) quanto a do horário nobre. Foi assim no ano passado, com Salve Jorge, no ano anterior, com Avenida Brasil, e assim por diante. As novelas das 18h, 19h, os remakes das 23h, a Malhação e ótimos seriados produzidos durante o ano são praticamente esquecidos.

Enfim, vamos aos premiados:

MELHOR ATOR

Não tinha como ser diferente, né? Apesar dos três concorrentes serem ótimos, o ano foi de Mateus Solano, ou melhor, de Félix. Eu daria menção honrosa a Antonio Fagundes, afinal, o vilão de Amor à Vida não existiria sem o “papi soberano”.

mateus

 

MELHOR ATRIZ

Sinceramente, eu já esperava (e temia) por essa. Paolla Oliveira, por mim, seria a “pior atriz” do ano, mas como foi o grande público que escolheu… Injustiça do tamanho do mundo com Vanessa Giácomo, incrível como a vilã Aline. Mas o que esperar de uma premiação que já teve Murilo Benício como melhor ator várias vezes? Sem mais.

paolla

 

MELHOR ATOR COADJUVANTE

Morri de medo que as menininhas tivessem votado em peso no Caio Castro, mas ufa, o resultado foi mais do que justo. Thiago Fragoso foi um dos grandes destaques de Amor à Vida, prêmio mais do que merecido. Vibrei na poltrona!

thiago

 

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE

Outro resultado justíssimo. Elizabeth Savalla roubou todas as cenas como a ex-chacrete Márcia, tinha que ser ela. Só achei injusta a ausência de Bruna Linzmeyer, eu colocaria ela no lugar de Fabiana Karla entre as três finalistas.

beth

 

ATOR REVELAÇÃO

Por um erro grotesco de indicação, Anderson Di Rizzi apareceu entre os finalistas. Gente, o cara já está na terceira novela, não é mais “revelação” coisa nenhuma. Mas enfim, como o mais popular entre os três concorrentes, acabou levando a melhor.

anderson

 

ATRIZ REVELAÇÃO

O ano foi de Tatá Werneck, não teve pra ninguém! Diante das concorrentes, ela parecia pequena no tamanho, mas tem um talento enorme e um carisma inigualável. Mereceu a consagração.

tata

 

ATOR/ATRIZ MIRIM

Como eu já esperava, JP Rufino levou o troféu. Eu torcia para a pequena notável Mel Maia, cada vez melhor em sua atuação na novela Joia Rara. Klara Castanho já está bem grandinha pra concorrer, espero que tenha sido o último ano.

jp

 

Nas categorias que não são de teledramaturgia, também houve poucas surpresas.

WILLIAM BONNER ganhou na categoria “Jornalismo”. Esse já deveria dar nome ao troféu, é até covardia com os concorrentes. Pra mim, o ano foi de Renata Vasconcellos, uma simpatia à frente do Fantástico.

bonner

 

IVETE SANGALO também deveria ser proibida de concorrer, não sobra nada pra concorrência. Amo Ivete, mas tenho que admitir que o ano foi de Anitta.

ivete

 

LUAN SANTANA superou Daniel e Thiaguinho e levou o prêmio. Eu não escolheria nenhum dos três, mas ok.

luan

 

SHOW DAS PODEROSAS foi a música do ano, justíssimo (gente, não estou julgando qualidade ou preferência pessoal, mas sim popularidade). Prêmio de consolação para Anitta, que foi ao programa mesmo recém-operada.

musica

 

LEANDRO HASSUM foi o destaque na categoria “Comédia”. Esperava que fosse Fábio Porchat, mas Hassum deve ter mais apelo popular.

hassum

>>> E AÍ, O QUE VOCÊS ACHARAM DO RESULTADO DA PREMIAÇÃO?

Bookmark and Share

Aguinaldo Silva sobre Félix e Niko: "Nada de beijo gay nas minhas novelas"

03 de fevereiro de 2014 36

Depois do beijo gay entre Félix (Mateus Solano) e Niko (Thiago Fragoso) em Amor à Vida, muitos intelectuais e artistas do Brasil se posicionam nas redes sociais. Entre eles Aguinaldo Silva.

O autor que escreveu Tieta, Senhora do Destino, entre outras novelas , foi categórico em afirmar que em tramas escritas por ele não haverá o falado beijo gay – que a propósito já estava na hora de aparecer nas novelas da Globo.

Divulgação

Divulgação

“Quanto a mim, continuo mantendo o que sempre disse: nada de beijo gay nas minhas novelas, beijo gay só se for aqui em casa”, manifestou.

Lembrando que o mesmo Aguinaldo Silva foi quem escreveu Fina Estampa. Na história o personagem Crô, vivido por Marcelo Serrado, era homossexual e também caiu nas graças do público. Contudo, em nenhum momento foi mostrado cena de beijo entre ele e qualquer outro personagem masculino.

Aguinaldo precisa cuidar com as declarações sobre esse assunto. Ainda mais nesse momento em que a polêmica do beijo gay está fervilhando no Brasil.

Bookmark and Share

Com direito a beijo gay, Amor à Vida foi a novela do Félix do primeiro ao último capítulo

31 de janeiro de 2014 64

Amor à Vida foi a novela de Mateus Solano do primeiro ao último capítulo, não teve pra ninguém. Logo na estreia, o vilão Félix apareceu conspirando contra a irmã e jogou a própria sobrinha numa caçamba de lixo. Quem diria, lá no dia 20 de maio de 2013, que essa criatura perversa teria um final feliz?

Muitas águas rolaram de lá pra cá e Félix foi o personagem mais mutante da trama. O grande vilão se tornou o maior herói da novela, ganhou até um grande amor e teve um belo final feliz. Sua redenção ficou comprovada ao negar o convite de Paloma de trabalhar no Hospital San Magno. Félix optou por uma vida mais simples ao lado de Niko na praia. Juntos, os dois protagonizaram o primeiro beijo gay exibido em uma novela da TV Globo e entram para a história da teledramaturgia. Foi um beijo e vááários selinhos, para alegria de quem esperava ansiosamente pela tão esperada cena.

Félix ganhou a torcida do público graças a seus bordões como “salguei a Santa Ceia” e assemelhados, seus trejeitos afetadérrimos, suas tiradas irônicas, mas principalmente, graças ao talento desse grande ator que é Mateus Solano.

Já os mocinhos da história, quem se lembra? Malvino Salvador e Paolla Oliveira não prenderam a atenção do público, só conseguiram irritar com tanta ingenuidade. Bruno até era mais espertinho (apesar de Malvino sempre interpretar ele mesmo), mas Paloma/Pamonha testou a nossa paciência com tanta ingenuidade. Ela era sempre a última a saber das armações, não acreditou em seu grande amor após uma armação ridícula e ainda teve ideias nada brilhantes para tentar resgatar o pai. Mas como todo casal protagonista, Bruno e Paloma ganharam um final feliz ao lado de Paulinha e de um novo bebê. O nascimento do menino é complicado, mas tudo acaba bem.

César (Antonio Fagundes), para muitos o grande vilão da trama, teve um belo castigo. Após ouvir poucas e boas de Aline (Vanessa Giácomo), o médico sofreu um AVC e ficou com um lado do corpo paralisado. Em um gesto de extrema grandeza, Félix se ofereceu para levar o pai para morar com ele e Niko na praia. César, um homofóbico ao extremo, ficou sob os cuidados de um casal gay, quem diria? Na última cena, um belo acerto de contas entre pai e filho encerrou a novela, emocionando o público.

Aline também teve o final que merecia, ao morrer eletrocutada na tentativa de fuga da cadeia. Vanessa Giácomo surpreendeu em cada cena, com a frieza e mudança de tom de sua personagem em poucos segundos. Assim como Aline estava maltratando o filho ou praguejando contra César, no minuto seguinte se derretia pelo maridinho. Essas nuances só são bem executadas por quem tem talento, e isso a atriz já mostrou ter de sobra.

Pra quem ainda não sabia, foi revelado no último capítulo que Pilar (Susana Vieira) foi indiretamente responsável por todo o mal que aconteceu nos últimos meses. Ao confessar que provocou o acidente de Mariah (Lúcia Veríssimo), ela justifica sua culpa pelo que aconteceu a César e recebe o perdão da família. Muita gente achava que ela merecia um bom castigo ao invés do perdão, mas acho que tudo o que passou com o filho e o ex-marido já foram suficientes. Félix fez coisas ainda piores e escapou lépido e contente.

Não é à toa que a novela se chamaria “Em Nome do Pai”, já que tudo girou em torno da relação de César com Félix e Paloma. Ao endeusar a filha caçula, o médico acabou jogando Félix contra a irmã. A disputa entre os irmãos, no caso, não era pela presidência do Hospital San Magno, mas pelo amor do pai. Um péssimo pai, diga-se de passagem. César criou dois monstros: uma menina mimada e desequilibrada, capaz de largar tudo pra fugir com um hippie vagabundo, e um homem frio e invejoso, disposto a tudo para tirar a irmãzinha ou quem quer que fosse de seu caminho.

Amor à Vida chega ao fim como uma novela problemática, mas com certos méritos. Walcyr Carrasco errou a mão em muitos pontos, abandonou assuntos que poderiam ter sido melhor abordados, deixou a vaidade tomar conta e acabou mudando muitas coisas por pura birra com alguns atores.

Mas se existe algo para lembrar e que vai deixar saudades, só tenho uma palavra: Félix! Nunca vi um vilão cruel ser amado pelo público desde o início, ter uma redenção tão emocionante e ganhar um belo final, com direito a torcida por um casal gay! O inesquecível Félix quebrou tabus, ganhou o coração dos telespectadores e entrou para a história, com certeza!

E que venha Manoel Carlos, Helena e o Leblon! A partir de segunda-feira, deixaremos de ouvir “Vida, vida, vidaaaaaa” para escutar “Eu sei que vou te amar”. Grande progresso!

E aí, curtiu o último capítulo de Amor à Vida? Deixe sua opinião nos comentários!

Bookmark and Share

Elenco de Amor à Vida se reúne em restaurante para assistir ao último capítulo

31 de janeiro de 2014 2

A expectativa para o último capítulo de Amor à Vida é grande! Haverá o beijo entre Niko (Thiago Fragoso) e Félix (Mateus Solano)? Será que  Félix vai aceitar o cargo no hospital? Qual será a grande revelação de Aline (Vanessa Giácomo)? E como ficará Pilar (Susana Vieira)?

O elenco da trama se reuniu em uma churrascaria no Rio de Janeiro para assistir ao último capítulo. Confira as imagens! (Clique na foto para ampliar)

Bookmark and Share

Amor à Vida terminará com beijo entre Félix e Niko, diz colunista

31 de janeiro de 2014 4
Foto: Estevam Avellar, TV Globo

Foto: Estevam Avellar, TV Globo

Uma das maiores polêmicas do final de Amor à Vida será resolvida no capítulo desta sexta-feira: o beijo entre Félix (Mateus Solano) e Niko (Thiago Fragoso). Caso se confirme, será o primeiro beijo entre pessoas do mesmo sexo exibido em uma novela da TV Globo. De acordo com o colunista Daniel Castro, do Uol, o casal trocará um beijo apaixonado, que será mais do que um selinho e menos do que um beijo de língua, em uma casa de praia.

A exibição da cena foi autorizada pela cúpula da TV Globo ainda no final da tarde de sexta-feira – o que foi confirmado por um executivo ao colunista.

Para a direção da Globo, pesou o fato de que a novela discutir a homofobia durante toda a sua trama e o casal Niko e Félix já trocaram carinhos na novela.

E você, acha que a audiência está preparada para ver o primeiro beijo gay da história da TV Globo?

Bookmark and Share

Walcyr Carrasco faz balanço de Amor à Vida e elogia Mateus Solano

31 de janeiro de 2014 7
Rogério Lorenzoni, TV Globo

Rogério Lorenzoni, TV Globo

Chega ao fim hoje à noite a longa saga de Amor à Vida. Foram oito meses no ar, muitas críticas, quase cem personagens e vários furos na história. Entre mortos e feridos, só os talentosos (e os que não reclamaram) se salvaram.

De férias há alguns dias após colocar o ponto final na sua história, Walcyr Carrasco fez um balanço da novela e elogiou alguns atores que se destacaram durante a trama.

Como não poderia deixar de ser, Mateus Solano virou o queridinho do autor após sua performance como Félix. Os dois já haviam trabalhado juntos em Morde & Assopra e Gabriela, mas foi em Amor à Vida que Mateus se destacou:

- Foi um prazer trabalhar para ele. Se o Mateus falou três cacos a novela inteira foi muito. Ele respeitou o texto. E fez bem demais o papel. O grande ator da televisão brasileira naquela faixa etária é ele – derrete-se Walcyr.

O autor explica também na coluna da Patrícia Kogut a redenção de Félix, que foi de vilão a grande herói em poucos capítulos. E fala também sobre o par romântico de Félix e Niko (Thiago Fragoso):

- Sou um sujeito que acredito na redenção. Quando senti que o público estava amando e perdoando o Félix, aproximei o personagem daquele que foi bom desde o primeiro capítulo, Niko.  O mau e o bom resultaram numa química inesperada! Aliás, esse também foi um destaque da novela. O público comprou a “gravidez” do Niko. Acho que o Niko foi a heroína dessa novela. Quando percebi isso, liguei por Thiago para comentar.

Ao fim da entrevista, Walcyr elogia também os veteranos Antonio Fagundes e Elizabeth Savalla, ambos ótimos como César e Márcia:

- Fiquei muito feliz com o Fagundes nesse papel. E pensar que o personagem dele morreria no capítulo 80. Teria sido ruim. Ele é um grande ator, assim como Elizabeth Savalla, que é uma estrela e explodiu.

Concordo com o autor. Mateus Solano, Thiago Fragoso, Antonio Fagundes e Elizabeth Savalla foram os grandes nomes dessa novela. Destaco também o ótimo trabalho de Vanessa Giácomo, Tatá Werneck, Bárbara Paz, Bruna Linzmeyer, Nathalia Timberg e Ary Fontoura.

Bookmark and Share

Final de Amor à Vida: Beijo de Félix e Niko já foi gravado. Será que vai ao ar?

31 de janeiro de 2014 48
Estevam Avellar, TV Globo

Estevam Avellar, TV Globo

Passei a semana comentando aqui que faltou o tão esperado beijo gay entre Félix (Mateus Solano) e Niko (Thiago Fragoso) em Amor à Vida. O romance dos dois esquentou esta semana, mas em todas as cenas parecia estar faltando alguma coisa…

O capítulo final vai ao ar hoje à noite, portanto, é a última chance de quebrar esse tabu. E a cena já foi gravada, segundo o Uol. Mateus Solano e Thiago Fragoso foram a Angra dos Reis para rodar o desfecho de seus personagens. Cercado de sigilo, o tal beijo gay foi gravado. Agora, se irá ao ar ou não, é um mistério…

Vale lembrar que quase dez anos atrás, em América, Bruno Gagliasso e Eron Cordeiro também chegaram a gravar um beijo entre seus personagens, mas a cena foi cortada e acabou não sendo exibida.

Porém, os tempos são outros, o casal em questão é outro e está mais do que na hora de quebrar essa barreira. Dificilmente teremos gays tão amados pelo público quanto Félix e Niko, o momento é perfeito e será uma decepção se novamente a Globo vetar a cena.

Gente, ninguém está falando em um beijo de língua entre dois homens no horário nobre! Um simples selinho, diante do pôr do sol na praia, mesmo que com um jogo de luz pra mostrar só as sombras, nas últimas cenas da novela, seria perfeito pra coroar a história dos personagens mais queridos dos últimos tempos.

E AÍ, FÉLIX E NIKO DEVEM SE BEIJAR NO ÚLTIMO CAPÍTULO?

Bookmark and Share

Palmas pra eles! Amor à Vida é a novela de Mateus Solano e Thiago Fragoso

30 de janeiro de 2014 13
Estevam Avellar. TV Globo

Estevam Avellar. TV Globo

Como é possível que um vilão gay que joga a própria sobrinha no lixo seja amado pelo público? Ou um personagem afetado e de uma trama bem secundária acabe roubando a cena e se tornando “a mocinha” da novela? A resposta é uma só: TALENTO!

Na reta final de Amor à Vida, quem se importa se Bruno (Malvino Salvador) e Paloma (Paolla Oliveira) terão outro filho, se Aline (Vanessa Giácomo) morrerá ou se César (Antonio Fagundes) terá o castigo que merece?

A grande torcida do público que acompanha a novela nesses últimos capítulos é para o final feliz de Félix (Mateus Solano) e Niko (Thiago Fragoso). Já sabemos que os acabarão se rendendo ao amor, mesmo que sem o tão falado beijo gay.

Sobre isso, já comentei no Facebook mais cedo e volto a desaafar aqui minha indignação. No capítulo de ontem, Michel (Caio Castro) e Patrícia (Maria Casadevall) executaram todas as posições do Kama Sutra antes das 22h. Já um beijo, um selinho que fosse, entre Félix e Niko, não rolou. E olha que chances não faltaram, várias cenas pediam um beijinho no final. Nem que fosse na penumbra, com pouca luz, atrás de uma cortina e mostrando apenas as sombras dos dois. Não importa, deveria ter ido ao ar. Eu esperava mais de você, Walcyr Carrasco!

Mas voltando a esses dois atores maravilhosos, é impossível não se emocionar quando eles estão em cena. Mateus Solano e Thiago Fragoso falam com os olhos, expressam uma emoção tão verdadeira que quase esquecemos de que aquilo tudo é uma obra de ficção. Fico inebriada com as cenas de carinho desse casal, que já se tornou o protagonista da novela e apagou totalmente o casal “BruLoma”.

Lembro de ter me sentido assim com um casal de novela poucas vezes nessa minha longa carreira de noveleira de plantão. Em Viver a Vida, as cenas de Miguel e Luciana eram as mais emocionantes, mesmo antes do romance entre os personagens engrenar de vez. Era tanta verdade, brilho no olhar, palavras não ditas mas que diziam tudo que era impossível não se emocionar. Alinne Moraes é uma ótima atriz, mas o mérito desse casal lindo foi do intérprete de Miguel, que era… Mateus Solano! Aliás, vivendo gêmeos nessa novela, em seu primeiro trabalho de maior importância na TV, ele deixou o público de boca aberta. Pareciam dois atores diferentes, lembram?

Outro casal que ganhou meu coração nos últimos anos foi Edgar e Laura, de Lado a Lado. Sou fã do trabalho de Marjorie Estiano e torço para que deem mais papéis de destaque a ela. E o mocinho dessa história, que deixava os fãs da novela derretidos de amor era ninguém menos que Thiago Fragoso. Poucos meses depois, o ator encarou o desafio de viver o gay Niko em Amor à Vida, novamente arrasando. Ou seja, ele é o tipo de profissional que mostra seu talento nos mais diversos papéis.

Tudo isso pra deixar bem claro minha admiração e dizer sem medo de errar: Mateus Solano e Thiago Fragoso são os melhores atores da nova geração. Não há papel difícil pra eles, são capazes de arrasar como mocinhos (sem cair na chatice), vilões, gays, enfim… Quando há talento em jogo, podemos esperar sempre pelo melhor.

Malvino Salvador e Paolla Oliveira… prefiro nem comentar.

Bookmark and Share