Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts na categoria "Prêmio Noveleiros 2011"

Prêmio Noveleiros 2011: despedida de Dulce foi a morte do ano

30 de dezembro de 2011 0

Encerrando os resultados do Prêmio Noveleiros, hoje vamos anunciar qual foi a morte inesquecível de 2011. Apesar de cenas cheias de efeitos especiais, crimes misteriosos e belos castigos para grandes vilões, foi a simplicidade que tocou o coração dos telespectadores.

A emocionante cena da morte de Dulce (Cássia Kis Magro), em Morde & Assopra, foi a escolhida de 62,73% dos internautas. Nada de tiros, fogo ou bandidões em ação, apenas o talento daquela que foi a melhor atriz do ano.

Rodeada pelos amigos e pelaa família, Dulce teve uma despedida tranquila. Foi um belo desfecho para uma personagem que sofreu tantas decepções ao longo da trama. Após ver o filho Guilherme (Klebber Toledo) se tornar um homem de bem, assistir ao casamento do rapaz com Alice (Maria Ruy Barbosa) e trocar alianças com seu grande amor do passado, Dulce partiu serena e feliz, com a sensação de ter cumprido seu papel.

Confira o resultado final da nossa enquete:

Qual foi a morte do ano?

Dulce  62.73%

Léo  15.86%

Norma  7.53%

Timóteo  5.08%

Úrsula  4.76%

Salomão Hayalla  4.04%

Bookmark and Share

Prêmio Noveleiros 2011: "Pô, Bibi" é o bordão do ano

29 de dezembro de 2011 0

Essa era mais uma categoria de resultado previsível. Apesar de frases inesquecíveis nas novelas este ano, o que mais se ouvia nas ruas era: “Pô, Bibi!”

O bonitão Douglas (Ricardo Tozzi) vivia repetindo o bordão quando sua amada Bibi (Maria Clara Gueiros) o contrariava. Como ela tinha atitudes bem diferentes da maioria das mulheres, “Pô, Bibi” era um jeito de “Dãglas” mostrar sua indignação.

Foi assim quando ela recusou o convite de casamento do rapaz. Depois, quando Douglas propôs uma greve de sexo até o dia da cerimônia e a perua tentou romper o acordo a qualquer custo…

Mas o “Pô, Bibi” mais indignado foi mesmo no dia do casamento. De terno branco, Douglas esperava que a noiva se apresentasse com um vestido tradicional. Mas ao ver Bibi em um extravagante modelito vermelho, ele não se segurou:

- Pô, Bibi!

Confira o resultado final da nossa enquete:

Qual foi o bordão do ano?

“Pô, Bibi!” – 48.83%

“Volta pro armário, Áureo!” -  17.77%  

“Vamos cantar pra subir, bebê?” – 10.27%  

“Pronto, morri!” – 7.18%

“Babado bafônico” – 6.93%

“Bofe maravilha” – 5.8%

“Obrigada, Nazaré Tedesco” – 3.21%

Bookmark and Share

Prêmio Noveleiros 2011: Áureo é a biba do ano

28 de dezembro de 2011 0

Depois de levar o prêmio de Melhor Ator aqui no blog, André Gonçalves aparece de novo como um dos premiados, desta vez por seu personagem em Morde & Assopra. Áureo conquistou o público e foi eleito a Biba do Ano por 49% dos internautas.

Divertido e sem o menor pudor de exibir seu jeito “alegre”, o filho do prefeito de Preciosa escandalizou a família ao voltar à cidade. Anos depois de abandonar a noiva Celeste (Vanessa Giácomo), ele resolveu sair do armário e deixou os pais inconformados.

Apesar de ter ido pra cama com a ex-noiva, era do “bofe maravilha” Josué (Joaquim Lopes) que Áureo gostava. Mesmo assim, o rapaz chegou a pensar em assumir o filho e se tornar um pai de família. Mas na última hora, em uma das cenas mais divertidas do último capítulo, ele largou a noiva no altar mais uma vez e fugiu com Josué.

Destaque para as cenas em que Áureo, vestido de drag queen, realizou performances inesquecíveis no palco. Depois de viver um gay contido em A Próxima Vítima, André Gonçalves se despiu de qualquer pudor para dar vida ao afetadíssimo Áureo.



Menção honrosa para o segundo colocado na nossa votação, com 39% da preferência. Crodoaldo Valério, ou simplesmente Crô, trouxe Marcelo Serrado de volta à telinha da Globo em grande estilo. O fiel escudeiro de Tereza Cristina (Christiane Torloni) em Fina Estampa vem roubando a cena com seu jeito delicado, frases divertidas e figurino pra lá de colorido. Crô veio pra ficar e é uma das gratas surpresas da novela.

Confira o resultado final da nossa enquete:

Qual foi a biba do ano?

Áureo  49.87%

Crô  39.61%

Roni  8.36%

Zuzu  2.17%

Bookmark and Share

Prêmio Noveleiros 2011: Léo é o golpista do ano

27 de dezembro de 2011 0

Foi covardia colocar Léo (Gabriel Braga Nunes) nessa categoria, afinal, ele já arrebatou o prêmio de vilão do ano com a maior facilidade. Mas como ele não poderia ficar de fora da lista de golpistas do ano, acabou deixando os concorrentes pra trás sem o menor esforço.

Em Insensato Coração, ele aprontou todas, sem poupar pai, mãe, irmão, mulheres indefesas, prima grávida… Logo no primeiro capítulo, Léo já aparecia tentando tirar vantagem de um esquema de máquinas caça-níqueis. Para investir no negócio, ele mentiu para Raul (Antonio Fagundes) que pretendia comprar alguns terrenos.

O acidente de helicóptero que vitimou Luciana (Fernanda Machado) e deixou Pedro (Eriberto Leão) atrás das grades também foi obra do pilantra Léo. Ele pretendia roubar a carga, mas não contava com a explosão pouco depois da decolagem.

Ao longo da trama, Léo deu golpes em Norma (Gloria Pires), Carmem (Nívea Maria) e até no esperto Horácio Cortez (Herson Capri). E foi a armação pra cima do banqueiro que resultou na morte de Léo dentro da prisão. Ao descobrir a trapaça do ex-funcionário, Cortez mandou seus colegas de cela acabarem com a vida do malandro. Foi o fim do maior golpista do ano.

Confira o resultado final da nossa enquete:

Qual foi o golpista do ano?

Léo  81.45%

Guilherme  11.02%

Antenor  5.2%

Naomi  2.33%

Bookmark and Share

Prêmio Noveleiros 2011: Douglas e Bibi, o casal do ano

26 de dezembro de 2011 0

Em um ano cheio de grandes paixões na telinha, algumas dignas de contos de fadas, outras mais calientes, reais e com muitos conflitos, foi um casal inusitado que roubou a cena. Diante da falta de química entre os sonolentos protagonistas Pedro (Eriberto Leão) e Marina (Paola Oliveira), ficou fácil para que outros pombinhos roubassem a cena em Insensato Coração.

E o casal que conquistou o público este ano era formado por uma perua metida a pegadora e um bonitão ingênuo e meio burro. Bibi (Maria Clara Gueiros) e Douglas (Ricardo Tozzi) eram de mundos muito diferentes, mas a mistura deu certo e arrebatou o público.

Um dos ingredientes do sucesso do casal foi a inversão de papéis. Enquanto Bibi era independente, não queria se prender a um homem só e tinha aversão à palavra “casamento”, Douglas encarnava a “mocinha” da história. Romântico, ele não media esforços para levar a amada até o altar, fez questão de se vestir de branco durante a cerimônia (enquanto ela exibiu um vestido vermelho) e fez “greve de sexo” até o dia do casamento.

Por tudo isso, o povo amou cada cena de “Dãglas“, que caiu na boca do povo com o bordão “Pô, Bibi!”. Não teve pra ninguém, Bibi e Douglas formaram o casal mais fofo e apaixonante de 2011.

Confiram o resultado final da nossa enquete:

Qual foi o casal do ano?

Douglas e Bibi  52.68%

Felipe e Dora  16.57%

Rodrigo e Ana  9.45%

Jesuíno e Açucena  9.32%

Guilherme e Alice  7.21%

Herculano e Amanda  4.77%

Bookmark and Share

Prêmio Noveleiros 2011: Léo é o vilão do ano

25 de dezembro de 2011 0

Muita gente fez maldades esse ano na telinha. Foram armações, assassinatos, sequestros, falcatruas. As novelas que estiveram no ar mostraram uma galera do mal de primeira linha, mas só um ganhou disparado a nossa eleição, com 58,5% dos votos.

Só podia ser ele, Leonardo Brandão, mais conhecido como Léo. Ou Armando, como se apresentou a Norma (Gloria Pires). Ou ainda Fred, como disse a Carmem (Nívea Maria). Vários nomes e inúmeras facetas de personalidade formavam o vilão vivido por Gabriel Braga Nunes em Insensato Coração.

Capaz de roubar o próprio pai, tentar matar o irmão diversas vezes e até de atropelar uma moça grávida, ele não media esforços para conseguir alcançar seus objetivos. O que ele mais desejava, como a maioria dos vilões, era poder e dinheiro.

Mas no fundo, Léo sofria por não ser aceito pelo pai, Raul (Antonio Fagundes), era mimado demais por Wanda (Natália do Vale) e vivia à sombra do irmão “perfeitinho” Pedro (Eriberto Leão). Nada que justificasse tantas maldades, mas de certa forma foi possível entender algumas atitudes do rapaz.

O jeito sedutor e irônico chegou a conquistar os telespectadores, que chegaram a lamentar a morte do vilão, no último capítulo da novela. Léo faz falta na telinha, isso ninguém pode negar.

Confira o resultado final da nossa enquete:

Qual foi o vilão do ano?

Léo  58.5%

Timóteo  22.18%

Tereza Cristina  10.36%

Neco  3.26%

Úrsula  2.85%

Samir  2.85%

Bookmark and Share

Prêmio Noveleiros 2011: Natalie Lamour é a periguete do ano

24 de dezembro de 2011 0

O ano foi repleto de periguetes, mas nenhuma chegou aos pés da musa Natalie Lamour (Deborah Secco), de Insensato Coração. Ex-integrante de um reality show, ela tentava a todo custo aparecer na mídia.

Mas foi o casamento de Natalie com Horácio Cortez (Herson Capri) o ponto alto da trama. Ela se casou por amor, mas também aproveitou até o último minuto a vida luxuosa como esposa de banqueiro. Mesmo com o marido na prisão, a espertinha tentou lucrar com isso e adorou ser perseguida pela imprensa.

No último capítulo, a loira foi eleita a deputada mais deputada do país, com o slogan: “Pra descascar o abacaxi, vote em Natalie”. Um final feliz mais do que merecido para a periguete mais amada da teledramaturgia.

Confira o resultado final da nossa enquete:

Qual foi a periguete do ano?

Natalie Lamour  80.87%

Teodora  9.85%

Celeste  7.26%

Lilica  2.03%


Bookmark and Share

Prêmio Noveleiros 2011: Domingos Montagner é a revelação do ano

23 de dezembro de 2011 0

Ele chegou de mansinho, com uma participação de apenas dois episódios na série Divã. Mas foi o suficiente pra chamar a atenção da mulherada, que caiu de amores pelo charme maduro de Domingos Montagner.

O sucesso no seriado foi tanto que ele conquistou um papel de destaque em Cordel Encantado. Aí sim, caiu de vez nas graças do público ao interpretar o Capitão Herculano. O Rei do Cangaço era um personagem complexo, já que deveria manter a dureza ao comandar seu bando, mas sabia ser doce quando se tratava do filho Jesuíno (Cauã Reymond). Começando sua carreira na tevê, ele deu conta do recado e mostrou uma bela atuação.

Ao longo da trama, o personagem se revelou também um homem romântico, mesmo que a megera Úrsula (Débora Bloch) não merecesse tantos sacrifícios que o Capitão fez por amor.

Por tudo isso, Domingos conquistou o status de galã da Globo e já se prepara para entrar no ar novamente, como protagonista da série O Brado Retumbante, vivendo um personagem bem diferente do Rei do Cangaço. Refinado e cheio de bons princípios, o político Paulo Ventura se vê em maus lençóis ao virar Presidente da República. A série estreia em janeiro.

Confira o resultado final da nossa enquete:

Quem foi a revelação do ano?

Domingos Montagner – 43.4%

Giovanna Lancelotti – 16.86%

Klebber Toledo – 13.95%

Paulo Rocha – 11.88%

Juliano Cazarré – 10.48%

Bookmark and Share

Prêmio Noveleiros 2011: Carlos Casagrande é o bonitão do ano

22 de dezembro de 2011 2

Depois de passarmos o ano admirando os colírios que passaram pela telinha, nada melhor do que eleger aquele que mais nos fez suspirar, não é mesmo? Por isso, a mulherada teve a difícil missão de escolher o Bonitão do Ano. Vamos ao vencedor, que levou 42,49% dos votos!

Carlos Casagrande mostrou seus atributos logo no primeiro capítulo de Fina Estampa. Correndo sem camisa na praia, malhando na sacada do apartamento e pegando geral ao longo dos últimos meses, ele conquistou o título com louvor.

É uma pena que nas últimas semanas o personagem Juan anda mais comportado, após engrenar o namoro com Letícia (Tânia Khalil). Mas vestido ou descamisado, sempre faz bem aos olhos ver o bonitão em cena, né?



O vice-campeão também merece um espaço, já que foi um dos grandes destaques do ano. Ricardo Tozzi conquistou o público na pele do bobalhão Douglas. Cada vez que ele aparecia em trajes menores, era um alvoroço. Quem não lembra da propaganda de cuecas estrelada pelo rapaz? Sorte da Bibi (Maria Clara Gueiros), que ganhou o coração (e todo o resto) do moço.

Confira o resultado final da nossa enquete:

Qual foi o bonitão do ano?

Carlos Casagrande – 42.49%

Ricardo Tozzi – 36.44%

Malvino Salvador – 10.76%

Rodrigo Lombardi – 10.31%

Bookmark and Share

Prêmio Noveleiros 2011: André Gonçalves é o melhor ator do ano

21 de dezembro de 2011 0

A concorrência era grande, principalmente porque três dos candidatos viveram grandes vilões na telinha este ano. E como todos sabem, o vilão sempre chama mais atenção do que os mocinhos das novelas. Mas foi um ator responsável por um personagem cômico que levou o título de Melhor Ator do ano.

André Gonçalves foi o preferido de 43,52% dos internautas, que se apaixonaram pelo afetado Áureo de Morde & Assopra. Realmente, este foi o personagem mais marcante da carreira do ator e roubou a cena na trama de Walcyr Carrasco.

Os trejeitos, figurino espalhafatoso e termos que caíram na boca do povo, como “bofe maravilha”, foram alguns dos ingredientes de sucesso do personagem. André se entregou de corpo e alma, sem medo de ser julgado pelos exageros. E foi justamente o tom exagerado que deu certo e conquistou o público.


Mas não poderíamos deixar de destacar o vice-campeão da nossa pesquisa, Gabriel Braga Nunes, que levou 38,98% dos votos. O intérprete do vilão Léo voltou à Globo em grande estilo e consagrou-se como o melhor de Insensato Coração. Tanto que já está reservado para a próxima novela das seis, mas desta vez no papel de mocinho.

Confira o resultado final da nossa enquete:

Qual foi o melhor ator do ano?

André Gonçalves – 43.52%

Gabriel Braga Nunes – 38.98%

Bruno Gagliasso – 13.3%

Humberto Martins – 4.2%




Enquanto uns brilharam, outros causaram “vergonha alheia” nos telespectadores. A categoria Pior Ator foi a que teve menor diferença entre os concorrentes, mas o escolhido foi Sérgio Marone, por sua atuação sofrível como o Marcos, de Morde & Assopra. No caso dele, o prêmio valeria também pelo conjunto da obra, já que o ator nunca conseguiu se destacar em nenhum papel na telinha.


Por mais que já tenha brilhado em grandes papéis na tevê e no cinema, Lázaro Ramos foi o segundo colocado na lista dos piores do ano. Não por culpa dele, o problema foi o papel do pegador André, em Insensato Coração, que não convenceu nem um pouco. Mas Lázaro é ótimo e deve dar a volta por cima nos próximos papéis.

Confira o resultado final da nossa enquete:

Qual foi o pior ator do ano?

Sérgio Marone – 27.94%

Lázaro Ramos – 26.23%

Eriberto Leão – 24.72%

Luiz Fernando Guimarães – 21,11%

Bookmark and Share