Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts com a tag "Avenida Brasil"

Argentinos pararam para assistir ao final de Avenida Brasil

08 de julho de 2014 4
Reprodução, Twitter

Reprodução, Twitter

Estádio lotado, milhares de pessoas ansiosas por cada lance, cartazes e camisetas homenageando seus ídolos… Parecia final de Copa do Mundo, mas era a exibição do último capítulo de Avenida Brasil, a novela que fez brasileiros e argentinas torcerem pelo mesmo time: o Divino Futebol Clube.

Cerca de seis mil pessoas foram ao Luna Park na noite de ontem, em Buenos Aires. Além das emoções finais da novela que parou a Argentina nos últimos meses, o momento mais esperado era a chegada dos atores Cauã Reymond, Débora Falabella, Marcos Caruso, Vera Holtz e Alexandre Borges. Representando o elenco da trama, eles foram recebidos com festa pelos hermanos.

O mais amado, é claro, é Cauã. O “Jorgito” ganhou o coração da mulherada argentina. No Luna Park, muitas meninas levaram cartazes e choraram por causa do galã.

Quem também conquistou o público argentino foi Alexandre Borges, o Carlitos (Cadinho para nós). Apesar de já ter três mulheres na novela, o ator foi surpreendido por pedidos de casamento das fãs mais exaltadas.

Avenida Brasil arrebatou até mesmo quem não costumava ver novelas. Segundo o G1, muita gente que passava longe de tramas estrangeiras acabou se encantando por Avenida Brasil. Foi o caso de Mari Sapienza:

- Não me lembro de ter visto uma novela assim. A minha filha insistiu muito. Comecei a ver e não consegui parar. É realmente muito boa.

Nos últimos minutos do capítulo, o gol de Adauto “Chupetinha” (Juliano Cazarré) pelo Divino foi comemorado como se fosse marcado por Messi na final da Copa. Graças a uma novela, a rivalidade Brasil x Argentina ficou de lado por uma noite.

O sucesso pode render ótimos frutos para os atores brasileiros, principalmente Cauã Reymond. Após o final do evento, ele ficou mais algumas horas em Buenos Aires, pois pretendia negociar uma proposta com o cinema argentino.

Raphael Dias, TV Globo

Raphael Dias, TV Globo

Avenida Brasil foi um fenômeno tão grande por aqui que serve de exemplo quando se fala em uma boa novela. Dois anos depois, ainda não houve um autor que alcançou o mesmo sucesso de João Emanuel Carneiro, e olha que tivemos toda a experiência de Gloria Perez, Walcyr Carrasco e Manoel Carlos, mas nenhum conquistou audiência e público como a trama de Carminha.

Bookmark and Share

É Copa do Mundo? Não, é novela! Argentinos aguardam com ansiedade final de Avenida Brasil

04 de julho de 2014 2
Divulgação, TV Globo

Divulgação, TV Globo

Que Avenida Brasil foi um fenômeno aqui no Brasil, todo mundo já está cansado de saber. Mas você sabia que a novela também está batendo recordes de audiência no exterior?

Na Argentina, o último capítulo da saga de Carminha (Adriana Esteves) e Nina (Débora Falabella) será exibido na próxima segunda-feira. Segundo o jornal O Dia, o clima é de final de Copa do Mundo, com ingressos esgotados e quase dez mil pessoas prontas para assistir ao final da trama em uma casa de shows de Buenos Aires.

O ator Cauã Reymond acompanhará o final da novela com os hermanos. Por lá, a mulherada anda enlouquecida com “Jorgito”. Depois do capítulo, o ator participará de uma coletiva de imprensa para comentar o sucesso da novela.

É, dois anos depois a equipe de Avenida Brasil continua colhendo os frutos desse sucesso. Tem muito autor de novela precisando aprender com João Emanuel Carneiro, inclusive (e principalmente), os mais velhos…

Bookmark and Share

Avenida Brasil e Lado a Lado são finalistas do prêmio Emmy Internacional

07 de outubro de 2013 3

Alex Carvalho, TV Globo

As novelas brasileiras são referência em teledramaturgia e sempre estão bem cotadas em premiações internacionais. O Emmy, mais importante prêmio da televisão mundial, já consagrou produções como Caminho das Índias, O Astro e A Mulher Invisível.

No Emmy 2013, o Brasil tem grandes chances de levar o troféu. Segundo a colunista Patrícia Kogut, Avenida Brasil, trama de João Emanuel Carneiro que foi fenômeno de audiência, concorre na categoria “Melhor Novela”. Será que Carminha, Tufão e cia. também farão sucesso lá fora?

Lado a Lado também é concorrente na mesma categoria. Escrita por João Ximenes Braga e Cláudia Lage, a trama teve uma belíssima reconstrução de época e uma história fascinante.

João Cotta, TV Globo

E tem mais brasileiros na disputa! Marcos Palmeira concorre como melhor ator pelo seriado Mandrake, da HBO. Os seriados Como Aproveitar o Fim do Mundo e O Brado Retumbante também estão concorrendo. A maravilhosa Fernanda Montenegro foi indicada a melhor atriz pelo especial Doce de Mãe.

A premiação do Emmy ocorre dia 25 de novembro, em Nova York.

E AÍ, SERÁ QUE ESSE ANO O BRASIL TRAZ MAIS UM EMMY PRA CASA? ACREDITO QUE AVENIDA BRASIL TEM GRANDES CHANCES, VAMOS TORCER!

Bookmark and Share

Sangue Bom x Avenida Brasil: Bento é o novo Tufão? E Amora, é igual a Carminha?

04 de setembro de 2013 13

Divulgação, TV Globo

Mocinho de novela costuma ser ingênuo, mas Bento (Marco Pigossi) já está passando do limite. O protagonista de Sangue Bom é o único que não enxerga a falta de caráter de Amora (Sophie Charlotte) e acredita que no fundo ela é uma boa pessoa… Não é à toa que já vi nos comentários o rapaz ser carinhosamente chamado de “Lento”.

Toda essa cegueira de Bento me fez lembrar de Tufão (Murilo Benício), o corno-mor de Avenida Brasil. Carminha (Adriana Esteves) manipulava o marido com a maior facilidade, da mesma forma que Amora faz com Bento. Tufão só acordou no final da novela e expulsou a vilã de casa, em uma cena que lavou a alma dos telespectadores.

As semelhanças entre as duas novelas não param por aí. Amora e Carminha tiveram uma infância sofrida e usam isso para justificar suas maldades. A megera de Avenida Brasil morou no lixão e sofria abusos do pai. Já Amora foi menina de rua, andava descalça e foi abandonada pela própria irmã.

Carminha acabou se regenerando após passar alguns anos na cadeia. Ao ser posta em liberdade, ela foi morar no lixão com mãe Lucinda (Vera Holtz) e até fez as pazes com Nina (Débora Falabella). É possível, portanto, que Amora siga por esse caminho nos últimos capítulos da trama. Depois de pagar por seus crimes, ela poderia ficar na miséria, mendigando e sem um par de sapatos pra chamar de seu. Não acredito em um final feliz para a personagem, a não ser que ela sofra bastante e se arrependa de tudo o que fez. Isso inclui um pedido de desculpas a Malu (Fernanda Vasconcellos), que foi a mais prejudicada nessa história toda.

Bookmark and Share

Duelo de vilões: Félix conseguirá superar Carminha?

26 de maio de 2013 8

Com apenas alguns capítulos no ar, Amor à Vida já consagrou Félix Khoury como um dos maiores vilões dos últimos tempos. Mateus Solano mostrou logo nas primeiras cenas que veio pra ficar e merece figurar entre os grandes malvadões da teledramaturgia.

Cruel, irônico, elegante e afetadérrimo, Félix mais parece filho de Nazaré e irmão de Carminha. Mas ao contrário das vilãs de Senhora do Destino e Avenida Brasil, o mau caráter de Amor à Vida não demonstra o menor sentimento por ninguém e é falso até o último fio de cabelo.

Nazaré (Renata Sorrah) tinha um amor profundo pela filha adotiva Isabel (Carolina Dieckmann), a menina que roubou dos braços da mãe, Maria do Carmo (Susana Vieira). Já Carminha (Adriana Esteves) idolatrava o filho Jorginho (Cauã Reymond) e tinha uma louca paixão por Max (Marcello Novaes). Além disso, a vilã de Avenida Brasil justificava suas maldades com a infância sofrida no lixão e os abusos do pai. Carminha era, na verdade, uma vítima, tanto que acabou se redimindo no final.

Com Félix, o buraco é bem mais embaixo. Rico, bonito e mimado pela mãe, ele tentou se livrar da irmã e jogou a própria sobrinha recém-nascida no lixo. Para conquistar o posto de “filho único”, o pilantra será capaz de muito mais atrocidades no último capítulo. Tudo isso sem um pingo de remorso e sem um ponto fraco aparente.

O que diferencia Félix dos outros vilões da telinha é a sexualidade. Gay enrustido, ele vive um casamento de aparências com Edith (Bárbara Paz) e tentará de tudo para manter a pose de homem sério e respeitável. Por baixo dos panos, ele se encontra secretamente com seus amantes.

Mateus Solano tem um verdadeiro presente nas mãos e já mostrou que está à altura de um personagem tão polêmico. As tiradas sarcásticas de Félix fazem sucesso nas redes sociais, mostrando que ele é o vilão mais amado do momento.

Vejam como são as coisas… Em apenas um capítulo, Mateus Solano conseguiu o que Claudia Raia passou meses tentando: mostrar ao público o que é um bom (ou mau, no caso) vilão de novela.

Os “órfãos” de Carminha já elegeram um novo queridinho. Do jeito que o personagem ficou popular em poucos dias, até a vilã de Avenida Brasil ficará pra trás nessa disputa.

Vocês acham que Félix conseguirá ser mais popular do que Carminha?

Bookmark and Share

Adriana Esteves brinca: "Acho que Carminha diria a Félix: 'Mandou bem cara'"

23 de maio de 2013 3


Em entrevista ao jornal Extra, Adriana Esteves conta que não consegue tirar os olhos de
Amor à vida. E a intérprete da antológica Carminha, de Avenida Brasil, só tem elogios a fazer para Mateus Solano, o maléfico Félix.

Apesar de não estar nas redes sociais, a atriz conta que já ficou sabendo das brincadeiras comparando Félix a Carminha:

“É muito legal, olho isso com muito humor. Acho bacana as pessoas curtirem Félix como curtiram Carminha. É um grande personagem também, um presente para qualquer ator. Com certeza, Mateus vai deitar e rolar!”

A publicação perguntou o que Carminha diria ao conhecer o novo vilão das nove? Adriana ri e dispara:

“Acho que ela falaria: ‘Mandou bem, cara, mandou bem!’”

Bookmark and Share

Adriana Esteves faz suspense quanto ao retorno de Carminha às telas

14 de março de 2013 2


A atriz Adriana Esteves, nossa eterna Carminha de Avenida Brasil, recebeu o prêmio de melhor atriz de televisão de 2012 da APCA, Associação Paulista de Críticos de Artes.

“Fico muito orgulhosa de ter convivido com a Carminha e continuar convivendo agora, com esses prêmios”, disse ela na noite da última terça-feira, no Teatro Paulo Autran, no Sesc Pinheiros, em São Paulo.

Além de agradecer, fez questão de dizer que vê Salve Jorge:
“Eu assisto Salve Jorge, adoro a Nanda (Costa) , que é uma grande amiga e torço por ela”, disse.

O mais curioso foi o depoimento que Adriana deu ao ser questionada sobre possíveis produções com a personagem de Carminha:

“Eu voltarei”, disse ela, que emendou: “As pessoas sentem saudades, mas se vai ter série ou filme, tem que perguntar para o João Emanuel”.

Será que Carminha pode virar série ou filme, pessoal? Vocês acham que teria o mesmo sucesso?

>>> O Noveleiros também tem um espaço no Facebook. Clique aqui, curta, compartilhe e comente.

Bookmark and Share

Revista americana sugere que Avenida Brasil vire série nos Estados Unidos

04 de março de 2013 4

A novela Avenida Brasil já terminou há quase seis meses, mas ainda é lembrada com carinho pelo público e pela crítica. Prova disso foi o Troféu Melhores do Ano do Domingão do Faustão, no qual a trama de João Emanuel Carneiro consagrou-se como a grande vencedora em quase todas as categorias.

Mas não é só no Brasil que a história de Nina (Débora Falabella) e Carminha (Adriana Esteves) é um fenômeno. Os americanos também curtiram a novela, tanto que a revista “Entertainment Weekly” sugere que Avenida Brasil seja transformada em série nos Estados Unidos.

A matéria cita algumas produções internacionais que poderiam ser reeditadas na forma de seriados. Para o remake americano de Avenida Brasil, há até a sugestão de duas atrizes para os papéis principais: Odette Annable (de “House”) e a ex-pantera Jaclyn Smith.

A trama poderia mesmo render uma boa série, não acham?

>>> O Noveleiros também tem um espaço no Facebook. Clique aqui, curta, compartilhe e comente.

Bookmark and Share

Prêmio Noveleiros 2012: Qual foi a melhor cena do ano?

26 de dezembro de 2012 10

O ano foi repleto de cenas marcantes nas novelas, por isso não foi fácil escolher apenas algumas para a nossa enquete. Momentos dramáticos, surra, ousadia, assassinatos e clipes musicais prenderam o telespectador diante da telinha este ano. Confiram algumas cenas marcantes e votem na sua favorita:


NINA ENTERRADA VIVA

Ao descobrir que havia abrigado a ex-enteada em sua própria casa, Carminha resolveu dar o troco. Sem dó nem piedade, a vilã mandou Lúcio enterrar Nina em uma cova e ameaçou matá-la ali mesmo. Debaixo da terra, quase sem forças de se mexer e ainda tonta por ter sido dopada pela megera, Nina foi se arrastando, literalmente, até a rua e pediu socorro. Após sobreviver a isso, nada mais poderia ser pior para a mocinha de Avenida Brasil.



CARMINHA HUMILHADA

A volta triunfal de Nina após ter sido enterrada viva deixou Carminha apavorada. De posse das tais fotos que mostravam a loira má na cama com Max, Nina começou a chantagear a vilã. Foi o momento de o telespectador se divertir vendo Carminha sendo tratada como empregada pela ex-enteada. A megera teve que limpar o banheiro, cozinhar e limpar toda a casa, enquanto Nina posava de patroa. Mas o ápice foi quando a mocinha vingativa resolveu cortar e pintar o cabelo da rival. Deu até pena da Carminha!



CARMINHA EXPULSA DA MANSÃO

Ela bem que tentou manter sua farsa até o último minuto, mas chegou um momento em que Carminha não teve mais como negar suas armações. Tufão descobriu que era traído dentro de sua própria casa e perdeu a paciência com a esposa. Tufão, Muricy, Ivana e Monalisa fizeram fila pra dar uns tapas na megera. Já que não tinha mais nada a perder, Carminha aproveitou pra despejar todo seu veneno contra a família que sempre odiou e disse tudo o que pensava sobre o maridão, a sogra e a cunhada mala. Inesquecível!



A MORTE DE MAX

Depois de surtar nos últimos capítulos, Max teve um fim trágico ao levar um golpe de enxada. As cenas de suspense mostraram os últimos momentos do vilão de forma eletrizante. As ameaças de Max à família no lixão, a tentativa de violentar Nina, os suspeitos circulando pelo local do crime e, finalmente, o grito de horror de Nina ao se deparar com o cadáver de Max. Do início ao fim da sequência, o público mal conseguiu respirar.



GABRIELA E O BANHO NA FONTE

A morena já chegou a Ilhéus causando polêmica. Após uma longa viagem pelo sertão nordestino, Gabriela resolveu se banhar na fonte da cidade e deixou os moradores de boca aberta. Os homens ficaram babando pela moça, enquanto as mulheres ficaram escandalizadas com a cena.



A VINGANÇA DE JESUÍNO

Em Gabriela, Coronel Jesuíno sempre tratou a esposa Sinhazinha da pior forma possível. Por isso, ela acabou buscando carinho e conforto nos braços do dentista Osmundo. Após manterem um romance secreto por vários capítulos, os amantes foram descobertos pelo marido traído e foram mortos a tiros. O Coronel lavou sua honra e dividiu opiniões na cidade. Apoiado por alguns, condenado por outros, Jesuíno se tornou o assunto principal de Ilhéus.



O CLIPE DAS EMPREGUETES

O que era pra ser uma brincadeira acabou mudando para sempre a vida de Penha, Rosário e Cida. Após gravarem um clipe da música “Vida de Empreguete” na mansão de Chayene, as três amigas viraram mania nacional quando o vídeo caiu na rede. A grande sacada da novela foi ter lançado o clipe primeiro na internet, para só no dia seguinte ser exibido na telinha da TV.



A SURRA MERECIDA DE WANDA

Salve Jorge tem pouco tempo no ar, mas uma cena já ficou marcada na memória do público. Morena caiu na conversa de Wanda e acabou sendo traficada para a Turquia. Ao descobrir o golpe, a mocinha não deixou por menos e deu a maior surra na bandidona. Até os cúmplices Russo e Irina se divertiram com a cena. E nós também!


Qual foi a melhor cena do ano?

>>> O Noveleiros também tem um espaço no Facebook. Clique aqui, curta, compartilhe e comente.

Bookmark and Share

Prêmio Noveleiros 2012: Qual foi a melhor novela do ano?

19 de dezembro de 2012 7

O ano foi de muitas histórias de amor, vingança, traições, asssassinatos e muita emoção na telinha. Por isso, chegou a hora de escolher a melhor novela de 2012. Confira as candidatas e vote na sua favorita:


AMOR ETERNO AMOR


Uma história de amor que atravessou os séculos, maior do que a vida e a morte. Esse era o foco principal da trama de Elizabeth Jhin, que trouxe a temática espírita de volta à telinha. Depois de viver o vilão Léo, em Insensato Coração, Gabriel Braga Nunes conquistou o público na pele do mocinho Rodrigo. Letícia Persiles, estreando como protagonista, também fez bonito na novela.


AVENIDA BRASIL


Quando a gente achava que já tinha visto de tudo na telinha, veio João Emanuel Carneiro nos surpreender novamente. Em Avenida Brasil, tivemos uma mocinha capaz de agir como vilã e uma vilã que não passava de uma grande vítima de um passado trágico. Os embates de Carminha e Nina pararam o Brasil e o “Oi Oi Oi” foi o assunto mais comentado do ano.


CHEIAS DE CHARME


Quem não dançou junto com as Empreguetes em frente à TV? Taís Araújo, Leandra Leal e Isabelle Drummond brilharam na pele das protagonistas, cada uma à sua maneira. Destaque também para Cláudia Abreu, divertidíssima na pele da vilã Chayene. A novela das 19h marcou época também por fazer um “casamento” perfeito entre televisão e internet. Antes de serem mostrados na telinha, os clipes musicais eram divulgados na internet, aumentando o interesse do público pela trama, uma inovação que agradou o público.


GABRIELA


A clássica história da morena que causou furor em Ilhéus voltou à telinha em 2012. Juliana Paes teve a difícil missão de viver a personagem imortalizada por Sônia Braga, e deu conta do recado direitinho. O horário de exibição possibilitou a exibição de cenas quentes e muita violência, com destaque para o cruel Jesuíno, que matou a mulher Sinhazinha ao flagrá-la na cama com o amante.


MALHAÇÃO 2012


Depois de uma temporada morna e confusa, Malhação mudou novamente e voltou às suas origens. O colégio Quadrante serve como cenário para as confusões da galerinha. A grande novidade foi a presença de atores bem mais jovens, adequados às idades de seus personagens. No núcleo adulto, estão Léo Jaime, Danielle Winits e Maria Paula.


LADO A LADO


O Rio de Janeiro do início do século XX serve como pano de fundo para os casais Zé Maria e Isabel, Edgar e Laura. As mocinhas à frente de seu tempo e “mal-vistas” pela sociedade contrastam com famílias tradicionais, que prezam os valores familiares da época. A trama mostra momentos históricos importantes, como a Revolta da Vacina e a Revolta da Chibata e é uma verdadeira aula de história do Brasil.


GUERRA DOS SEXOS


Sílvio de Abreu trouxe de volta um grande sucesso de sua autoria, exibido pela primeira vez em 1983. Quase 30 anos depois, a nova versão não emplacou como se esperava, apesar de ter no elenco nomes como Irene Ravache, Tony Ramos e Mariana Ximenes. Ainda assim, a novela tem momentos divertidos e traz para a telinha um velho tipo de comédia.


SALVE JORGE


Depois do sucesso de Avenida Brasil, Gloria Perez teve a difícil missão de tentar segurar a audiência do horário. Salve Jorge traz a mesma fórmula de outras novelas da autora: culturas estrangeiras, polêmicas e belas histórias de amor. A grande sacada da trama é o núcleo do tráfico de seres humanos, que vem causando polêmica dentro e fora da telinha.

Qual foi a melhor novela do ano?

>>> O Noveleiros também tem um espaço no Facebook. Clique aqui, curta, compartilhe e comente.

Bookmark and Share