Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Morre o professor Adil Calomeno

29 de agosto de 2015 0
Jonas Pôrto, divulgação

Jonas Pôrto, divulgação

Morreu no dia 27, aos 86 anos, o físico e engenheiro civil Adil Calomeno, segundo diretor-geral da Udesc em Joinville, então Faculdade de Engenharia de Joinville (FEJ), entre os anos de 1966 e 1967. Calomeno fez parte da comissão de implantação da faculdade e foi professor da primeira turma de engenharia de operações – modalidade máquinas e motores, em 1965.

Além da contribuição à FEJ, Calomeno também foi um dos responsáveis pela construção das paróquias Santo Antônio e São Judas Tadeu. Mudou-se para Curitiba em 1978, onde lecionou até os 65 anos.

Em 2014, ele concedeu entrevista para a produção do livro sobre os 50 anos da Udesc Joinville, que deve ser lançado nos próximos meses. Ele falou do orgulho que sentia por ter participado da fundação da universidade e da boa imagem que a instituição construiu ao longo de seus 50 anos.

O aposentado foi sepultado no Cemitério Parque Iguaçu, em Curitiba. Casado com Jurema, Adil teve cinco filhos, sendo uma já falecida, e dez netos.

**********

  • Joatan de Jesus Geraldo, 44 anos, faleceu no dia 27. Foi sepultado em São Francisco do Sul. Deixa mulher e sete filhos.
  • Darcy Siebencichler, 76 anos, faleceu no dia 27. Foi sepultada neste dia 28, no Cemitério do Cubatão. Deixa seis filhos.
  • Valdir Mario Rainoldi, 74 anos, faleceu no dia 27. Foi sepultado neste dia 28, no Cemitério São Sebastião. Deixa mulher e sete filhos.
  • Marcelo Lenkulkul, 45 anos, faleceu neste dia 28. Foi sepultado no mesmo dia, no Cemitério Municipal vertical. Deixa mulher e dois filhos.
  • Geraldo Nass, 57 anos, faleceu neste dia 28. Será sepultado neste dia 29, no Cemitério Municipal vertical.
  • Adilson Fernandes Dias, 40 anos, faleceu neste dia 28. Será sepultado neste dia 29, no Cemitério do Rio Bonito. Deixa três filhos.
  • Rosa Marcondes Carneiro, 73 anos, faleceu neste dia 28. Será sepultada em Rio Branco do Ivaí-PR. Deixa nove filhos.

Elias era dedicado à família

28 de agosto de 2015 0
Arquivo pessoal

Arquivo pessoal

Faleceu no dia 24 de agosto Elias Maffei. Nascido na cidade de Orleans, ele perdeu sua mãe aos quatro anos. Conforme foi crescendo, ia ajudando a criar dois irmãos menores.

Junto com seu pai, irmãos e a madrasta, mudou-se para Alfredo Wagner, onde casou-se com Nilza Kalbush, com quem teve 11 filhos, 24 netos e nove bisnetos.

Homem do interior, ele sempre criou sua família com muito amor e carinho, trabalhando dia após dia para nada faltar aos seus filhos. Durante muitos anos, foi ministro da igreja católica e fez o casamento de todos os filhos.

Elias foi um exemplo de ser humano. Todos da pequena cidade gostavam muito dele. Deus tem agora mais um anjo chamado “Elias”.

Esta é uma homenagem de sua filha caçula Helena, que mora em Joinville.

**********

  • Cristopher Melo Schier, 25 anos, faleceu no dia 25. Foi sepultado em Rio Negrinho.
  • Alphons Ronald Albrecht Schmalz, 88 anos, faleceu no dia 25. Foi sepultado neste dia 27, no Cemitério Municipal. Deixa mulher e dois filhos.
  • José Hercilio Correa, 78 anos, faleceu no dia 26. Será sepultado neste dia 28, no Cemitério Nossa Senhora de Fátima. Deixa dois filhos.
  • Helia Aparecida Souza, 59 anos, faleceu neste dia 27. Será sepultada neste dia 28, no Cemitério Nossa Senhora de Fátima. Deixa marido e dois filhos.
  • Maria Casilda Venâncio, 81 anos, faleceu neste dia 27. Será sepultada neste dia 28, em Pirabeiraba. Deixa três filhos.
  • Ivone Mendes, 64 anos, faleceu neste dia 27. Será sepultada neste dia 28, em Itajaí. Deixa cinco filhos.
  • Bertoldo Zimmermann, 86 anos, faleceu neste dia 27. Será sepultada neste dia 28, no Cemitério Dona Francisca. Deixa quatro filhos.
  • Ruth Blodorn, 89 anos, faleceu neste dia 27. Será sepultada neste dia 28, no Cemitério Municipal. Deixa uma filha.
  • Marlene Aida Ziehmann, 81 anos, faleceu neste dia 27. Será sepultada neste dia 28, no Cemitério Municipal. Deixa marido e dois filhos.

Alda foi uma mulher guerreira

27 de agosto de 2015 0
Arquivo pessoal

Arquivo pessoal

“Tua mãe era uma guerreira” era o que mais os filhos de Alda Lucia de Oliveira Bropp escutavam. Não apenas por ter criado os seis filhos sozinha, mas também por ter, por mais de 30 anos, trabalhado para buscar eficiência em um ambiente pouco propício a isso: os hospitais públicos da Grande Florianópolis.

A enfermeira de 56 anos será lembrada como a “formiguinha” que subia e descia escadas quase correndo para acelerar o atendimento de quem dela precisava. Quando enxergava falta de estrutura ou de companheirismo, ela os reivindicava. Em casa, mantinha o senso de dever sobre o conforto dos pacientes: telefonava para saber como estavam. Por coisas assim, era comum receber presentes de agradecimento.

Como mãe e amiga, era do tipo que gostava de presentear e de ensinar o que sabia. Tinha um senso de humor peculiar e poderia parecer rígida, mas era uma rigidez que durava poucos minutos.

– Minha mãe era durona por fora, mas muito mole por dentro – lembra uma das filhas, Cláudia. Em sua memória, serão celebradas duas missas de sétimo dia: hoje, às 12h15, na Catedral Metropolitana; e sábado, às 19h30, na paróquia do Kobrasol.

**********

Família se despede de Carlos

Em boa parte da vida, Carlos Gustavo Kuhn dedicou-se a trabalhar com redes elétricas. Havia semanas em que passava de três a cinco dias longe de casa. Nascido em Blumenau, casou-se com Gisela Heess, com quem teve quatro filhos, sete netos e cinco bisnetos.

Carlos Kuhn morreu no último dia 17, aos 79 anos, em decorrência de falência múltipla de órgãos. O sepultamento foi no Cemitério São José, em Blumenau, em cuja capela ocorreu, às 18h30 de ontem, missa em sua homenagem.

 **********

  • Reinoldo Grudtner, 95 anos, faleceu no dia 25. Foi sepultada em Bom Retiro. Deixa quatro filhos.
  • Floriano Detzel, 78 anos, faleceu no dia 25. Foi sepultado neste dia 26, no Cemitério Municipal. Deixa cinco filhos.
  • Marlene Palmira de Paula, 60 anos, faleceu no dia 25. Foi sepultada neste dia 26, no Cemitério Municipal. Deixa três filhos.
  • Elsa Maria Ferreira dos Reis, 53 anos, faleceu no dia 25. Será sepultada neste dia 27, no Cemitério Municipal. Deixa marido e seis filhos.
  • Zenaide dos Santos, 50 anos, faleceu neste dia 26. Será sepultada neste dia 27, no Cemitério Municipal. Deixa três filhos.
  • Olindina Maria Reinert, 68 anos, faleceu neste dia 26. Será sepultada neste dia 27, no Cemitério Municipal. Deixa marido e uma filha.
  • Pedro Antunes das Neves, 63 anos, faleceu no dia 25. Foi sepultado neste dia 26, no Cemitério Nossa Senhora de Fátima. Deixa dois filhos.
  • Dulcineia Santos, 60 anos, faleceu neste dia 26. Será sepultada neste dia 27, no Cemitério Municipal. Deixa marido e três filhos.
  • Afonso Guilherme Guiesel Filho, 49 anos, faleceu no dia 25. Foi sepultado no Cemitério Nossa Senhora de Fátima.

Um ano sem Manoel

26 de agosto de 2015 0
Arquivo pessoal

Arquivo pessoal

“Pai, que a nossa dor pela perda possa ser diminuída um pouquinho a cada dia e que daqui para frente esta ausência seja capaz de fortalecer ainda mais os laços da nossa família.

O vazio que ficou jamais será preenchido, mas com a paz de Deus em nosso corações será bem menos difícil. O céu comemora hoje um ano da vida eterna de uma pessoa muito querida, meu pai, que para sempre estará em minha memória e influenciará eternamente a nossa história.

Pai, hoje faz um ano de sua partida aqui da Terra. Peço a Deus que esteja contigo onde estiver. Meu amor e gratidão por você serão eternos! Eu te amo muito, muito! Com amor, de sua filha Sônia Cristina de Carvalho.”

Esta é uma homenagem a Manoel Joaquim de Carvalho, que faleceu no dia 26 de agosto de 2014.

**********

Morre o tenor Marcos Liesenberg

Morreu no dia 23 o tenor Marcos Liesenberg. Aos 45 anos, ele foi vítima de infarto. O corpo foi velado na igreja da Comunidade Luterana da Itoupava Central, em Blumenau, onde ensaiava para os seus espetáculos. Marcos foi um dos principais nomes da música erudita em SC, com importante carreira em espetáculos na Europa e no Brasil, além de um forte incentivador do canto em Blumenau.

Solista, apresentava-se em eventos como o Advento de Natal, realizado anualmente em Blumenau, além de importantes operetas alemãs, como Uma Noite em Viena. Atualmente, trabalhava na produção de um recital de canções alemãs que seria apresentado em outubro.

**********

  • Vornei Nicoleit Rocha, 65 anos, faleceu no dia 24. Será sepultado neste dia 26, em Araranguá. Deixa mulher e três filhos.
  • Maria Aparecida Thiesen de Souza, 60 anos, faleceu no dia 24. Será sepultada neste dia 26, no Cemitério São Sebastião. Deixa três filhos.
  • Pompilio Pereira Porto, 86 anos, faleceu neste dia 25. Será sepultado neste dia 26, no Cemitério Parque Jardim das Flores.
  • Irmgard Popp, 84 anos, faleceu neste dia 25. Será sepultada neste dia 26. Deixa cinco filhos.
  • Rogério de Lima, 22 anos, faleceu neste dia 25. Será sepultado neste dia 26, no Cemitério Nossa Senhora de Fátima. Deixa um filho.
  • Servina Maria Siqueira, 87 anos, faleceu neste dia 25. Deixa sete filhos.
  • Pedro Fernandes, 74 anos, faleceu neste dia 25. Deixa mulher e cinco filhos.

Nelson deixou legado de amor e correção

25 de agosto de 2015 0
Arquivo pessoal

Arquivo pessoal

Aos 13 anos de idade, Nelson Krambeck deixou sua pequena Massaranduba em busca de melhores dias em Jaraguá do Sul. Foi cobrador no único coletivo da cidade. Tentou outras atividades, sem se adaptar. Em 1952, casou-se com Ilka, sua companheira até que a morte os separou. Naquele mesmo ano, mudou-se para Joinville e trabalhou em grandes empresas da cidade. Foi professor do Senac. Sua verve empreendedora o fez fundar o Restaurante Paineiras, na granja do “nosso” Batalhão de Infantaria, o Restaurante Wihnerwald (mais tarde Tante Frida), Pastelaria Japonesa, em frente ao Colégio Bom Jesus, e o Café Avenida, na Getúlio Vargas.

Mas foi no ramo de placas para automóveis (KN Placas) que se firmou, há 35 anos, entre os mais tradicionais empreendedores de Joinville, sendo um dos fundadores da Ajorpeme. Inovador, prestativo e atencioso, fez de cada cliente um amigo, e o negócio prosperou. Há algum tempo, em função do agravamento de seu estado de saúde, o empreendimento vem sendo tocado pelo filho único, Édson.

Nelson deixa um legado de amor aos amigos, à família e ao trabalho e a crença de que a ética nos relacionamentos é a melhor maneira de vencer e ser feliz. Ele faleceu no dia 22 e foi cremado no dia 23.

**********

  • Ronaldo Steffen, 57 anos, faleceu no dia 23. Deixa uma filha.
  • Marcos William Lohr, 16 anos, faleceu no dia 23. Será sepultado neste dia 25, no Cemitério Municipal.
  • Alcides Dalsenter, 82 anos, faleceu no dia 23. Foi sepultado neste dia 24, no Cemitério Nossa Senhora de Fátima. Deixa mulher e cinco filhos.
  • Maria de Lourdes Francisco Tomio, 50 anos, faleceu neste dia 24. Será sepultada neste dia 25, no Cemitério São Sebastião. Deixa marido e três filhos.
  • Ana Gonçalves Tobler, 71 anos, faleceu neste dia 24. Será sepultada neste dia 25, no Cemitério São Sebastião. Deixa sete filhos.
  • José dos Passos Domingos, 52 anos, faleceu neste dia 24. Será sepultado neste dia 25, no Cemitério Municipal. Deixa mulher e um filho.
  • Leonardo Wenk, 90 anos, faleceu neste dia 24. Será sepultado neste dia 25, no Cemitério Municipal. Deixa mulher e um filho.
  • Terezinha de Jesus, 53 anos, faleceu neste dia 24. Será sepultada neste dia 25, no Cemitério Municipal. Deixa uma filha.
  • Valta Piazera, 92 anos, faleceu neste dia 24. Será sepultada neste dia 25, no Cemitério Municipal. Deixa cinco filhos.
  • Berthold Hisi Filho, 51 anos, faleceu neste dia 24. Será sepultado em Gaspar. Deixa mulher e dois filhos.

Garcia era um grande líder

22 de agosto de 2015 0
Arquivo pessoal

Arquivo pessoal

Rubens Roberto Faria Garcia, o Garcia – como gostava de ser chamado e era conhecido por amigos e colegas trabalhadores da Petrobras – dedicou 38 anos de sua vida profissional exercendo, como engenheiro, funções operacionais em áreas de dutos e terminais da Petrobras na região Sul do Brasil. Com grande entusiasmo e vocação, Garcia destacou-se como gerente e líder de equipes de operação e manutenção, sendo autor de diversos trabalhos técnicos em manutenção industrial, em especial com aplicação direta em sistemas de transferência, bombeio e operações em monoboias oceânicas, sistemas essenciais para a logística de provimento de petróleo às refinarias do Sul do País. Além da dedicação à Petrobras, exerceu participação proativa em entidades externas, como Crea e Rotary.

Garcia consolidou grande liderança natural entre colegas e subordinados e reiterava a grande importância do reconhecimento e recompensa, bem como da comunicação sem restrições entre hierarquias funcionais nas organizações, fundamental para o bom resultado das equipes de manutenção e o reflexo final na disponibilidade de equipamentos e redução de custos de manutenção, como bem relata em seu livro Canal Subterrâneo de Comunicações.

Viúvo de Julia Garcia e casado desde 2012 com Vera Lucia Garcia, deixa cinco filhos e dois netos. Garcia faleceu no dia 15 de agosto, aos 68 anos, vítima de acidente vascular abdominal, em Joinville.

**********

  • Rafael Bernardo de Amorim, 72 anos, faleceu no dia 20. Foi sepultado neste dia 21, no Cemitério do Cubatão. Deixa mulher e seis filhos.
  • Ogentiles Ricardo da Luz, 90 anos, faleceu neste dia 21. Será sepultado neste dia 22, no Cemitério Municipal vertical. Deixa 13 filhos.
  • Leopoldo Frey, 89 anos, faleceu neste dia 21. Será cremado. Deixa mulher.
  • Margarida Maria da Silva, 82 anos, faleceu neste dia 21. Será sepultada neste dia 22, no Cemitério São Sebastião. Deixa um filho.
  • Mauro Luiz dos Santos, 60 anos, faleceu neste dia 21. Será sepultado em Paranaguá-PR. Deixa mulher e um filho.
  • João André da Cunha, 45 anos, faleceu neste dia 21. Será sepultado em São Francisco do Sul. Deixa cinco filhos.

Thereza foi uma mulher forte

21 de agosto de 2015 0
Arquivo pessoal

Arquivo pessoal

“Thereza Zattar, melhor dizendo… Tetê, nossa Tetê… Mãe, avó, bisavó, sogra, amiga, entre outras inúmeras qualidades que a senhora, minha querida vó, sempre desempenhou com muito amor.

Nesse dia que foi tão cinza, uma luz brilhou, que é a sua indo a caminho de Deus, descansar em paz, e livrar-te de todas as dores terrenas que estavas passando.

Sua estadia aqui nesta Terra não se resume em apenas mil caracteres, até porque as palavras não são suficientes para expressar todo sentimento que envolveu tua presença na nossa vida. Uma mulher forte, de garra, teimosa, diga-se de passagem, mas que levava uma doçura no coração e a deixava por onde passava. A senhora foi e sempre será lembrada por todos nós com muito amor, carinho, respeito… e tudo mais que merece.

Que o Reino de Deus a receba, proporcionando o encontro que esperavas por praticamente 15 anos… encontrar-te com o teu grande amor: vô Jacob.

Descanse em paz, minha linda… Te amamos pra sempre.”

Esta é uma homenagem da neta Aline, em nome de todos os familiares, a Thereza Zattar, que faleceu no dia 18, em Joinville.

**********

  • Fernanda Luiza de Oliveira, 74 anos, faleceu no dia 19. Foi sepultada neste dia 20, no Cemitério Nossa Senhora de Fátima. Deixa marido e cinco filhos.
  • José Martins Rengel, 63 anos, faleceu no dia 19. Foi sepultado neste dia 20, no Cemitério Cristo Rei. Deixa mulher e uma filha.
  • Julio Moreira, 88 anos, faleceu neste dia 20. Foi sepultado no mesmo dia, em Araquari. Deixa sete filhos.
  • Ondina Pereira, 62 anos, faleceu neste dia 20. Foi sepultada no mesmo dia, no Cemitério São Sebastião. Deixa um filho.
  • Dagmar Parucker, 92 anos, faleceu neste dia 20. Foi sepultada no mesmo dia, no Cemitério Municipal. Deixa três filhos.
  • Edmundo Jalgeu Kanzewski, 74 anos, faleceu neste dia 20. Será sepultado neste dia 21, no Cemitério São Sebastião. Deixa mulher e dois filhos.
  • Manoel Furtado, 78 anos, faleceu neste dia 20. Será sepultado neste dia 21, no Cemitério São Sebastião. Deixa quatro filhos.
  • Otilia Loch Scapari, 86 anos, faleceu neste dia 20. Será sepultada neste dia 21, no Cemitério Nossa Senhora de Fátima. Deixa marido e nove filhos.
  • Guiomar Beltrão Ferreira, 90 anos, faleceu neste dia 20. Será sepultada neste dia 21, no Cemitério Municipal. Deixa três filhos.

Valfrido foi amor e coragem

20 de agosto de 2015 0
Arquivo pessoal

Arquivo pessoal

Valfrido Março de Oliveira, ou carinhosamente chamado de Carioca, foi um exemplo de ser humano. Ele faleceu no dia 15 e deixou muitos exemplos. Com sua simplicidade, mostrou e compartilhou suas histórias, seus sentimentos, suas experiências com todos, independentemente se era fora ou dentro da família.

Tratava todos igualmente. Seu legado foi em alto nível. Sempre preocupado com as pessoas, não media esforços para ajudar e era solidário. Quem sabe até mudou a vida de muitas pessoas com seu jeito de ser. Nunca vimos expressões de tristeza, em qualquer situação, sempre conseguia tirar sorrisos das pessoas. Residia em Cascavel-PR, era pai de três filhas e avô e um neto. Casado com Nézia Leão de Oliveira, criou e sustentou com força e dedicação, sempre lutando para o melhor da família. Sentiremos saudades deste homem que nos ensinou muito. Samuel, Nézia, Magda (que mora em Joinville), Euclides, Sônia, Damião, Lucia e Jaime resumem em poucas palavras o homem que ele foi: amor e coragem.

**********

  • Maria Ivonete Ponick, 76 anos, faleceu no dia 18. Deixa sete filhos.
  • Rosalia Bezerra Barbosa, 74 anos, faleceu no dia 18. Foi sepultada em São Francisco do Sul. Deixa um filho.
  • Pascoal Dormino dos Santos, 71 anos, faleceu no dia 18. Foi sepultado neste dia 19, no Cemitério Municipal. Deixa mulher e três filhos.
  • Maria Mafra Dechering, 82 anos, faleceu neste dia 19. Será sepultado neste dia 20, no Cemitério do Cubatão. Deixa seis filhos.
  • Elita Pereira dos Santos, 82 anos, faleceu neste dia 19. Foi sepultada no mesmo dia, no Cemitério Municipal. Deixa cinco filhos.
  • Terezinha Postingher, 70 anos, faleceu neste dia 19. Será cremada. Deixa marido e dois filhos.

 

Morre o médico Aluísio Pires Condeixa Filho

19 de agosto de 2015 0
Arquivo pessoal

Arquivo pessoal

Morreu no início da tarde desta terça-feira o médico gastroenterologista Aluísio Pires Condeixa Filho. Ele tinha 68 anos e sofreu um infarto. Aluísio era joinvilense, filho do ginecologista Aluisio Pires Condeixa e de Maria Grazia Marchesini Condeixa, e irmão do cirurgião plástico Iberê Condeixa. Formado pela Universidade Federal de Santa Catarina, ele fez residência na Santa Casa de Misericórdia, no Rio de Janeiro, há 43 anos.

Aluísio deixa a esposa, Regina, dois filhos, Aluísio Neto e Letícia, e dois netos. Ele será velado na capela 1 da rua Borba Gato, no bairro Atiradores, até as 10 horas desta quarta-feira. Depois, a cerimônia de cremação ocorre em Balneário Camboriú.

**********

  • Anterio Martini de Souza, 68 anos, faleceu neste dia 18. Será sepultada neste dia 19, no Cemitério São Sebastião. Deixa quatro filhos.
  • Thereza Cecyn Zattar, 79 anos, faleceu neste dia 18. Será sepultada neste dia 19, no Cemitério Municipal. Deixa seis filhos.
  • Dirceu Mares de Souza Junior, 67 anos, faleceu neste dia 18. Foi sepultado no mesmo dia, no Cemitério Nossa Senhora de Fátima. Deixa cinco filhos.
  • Darcy Afonso, 76 anos, faleceu neste dia 18. Será cremado neste dia 19. Deixa seis filhos.
  • Veronica Kruger, 83 anos, faleceu neste dia 18. Será sepultada neste dia 19, no Cemitério Municipal. Deixa uma filha.
  • Pedro de Souza Machado, 63 anos, faleceu no dia 17. Será sepultado neste dia 19, no Cemitério do Rio Bonito. Deixa mulher e três filhos.
  • Aluisio Pires Condeixa Filho, 68 anos, faleceu neste dia 18. Será cremado neste dia 19. Deixa mulher e dois filhos.
  • Raimundo Herbst, 72 anos, faleceu neste dia 18. Será sepultado neste dia 19, no Cemitério São Sebastião. Deixa quatro filhos.

Morre, em Frei Rogério, Chiyo Ogawa

18 de agosto de 2015 0
Foto: Vani Boza

Foto: Vani Boza

Na última terça-feira, o município de Frei Rogério, na região do Contestado, em Santa Catarina, perdeu Chiyo Ogawa, de 84 anos, uma das últimas sobreviventes da bomba atômica que moravam no Estado.

Chiyo Ogawa, com o marido, Wataru Ogawa, e o irmão, Kazumi Ogawa, chegaram ao Brasil após o fim da 2ª Guerra Mundial, em 1946, se instalaram por dois anos no Rio Grande do Sul até chegar a Frei Rogério, onde fundaram a comunidade. Além deles, outros milhares de japoneses deixaram o país em busca de segurança para recomeçar a vida.

**********

José Vanderlei tinha talento para a música

Com seu talento para a música, José Vanderlei Alves inspirou toda a família. Fã da dupla sertaneja Milionário & José Rico, tocava violão e cantava em grupos ou duplas, alegrando festas e eventos. Fazia por paixão. E assim ensinou familiares e amigos a também dominar o instrumento.

Nascido na cidade mineira de Capetinga, morava em Blumenau havia cerca de 45 anos. Teve 11 filhos, 12 netos e três bisnetos. Foi funcionário de posto de gasolina e em seguida trabalhou na Altona por 18 anos, até se aposentar. José morreu no dia 9, aos 65 anos, por infarto. O sepultamento ocorreu no cemitério do bairro Progresso.

**********

  • Julio Giovanetti, 42 anos, faleceu no dia 16. Foi cremado. Deixa mulher e dois filhos.
  • Rogerio da Silva, 45 anos, faleceu neste dia 17. Será sepultado neste dia 18, no Cemitério Municipal. Deixa mulher e três filhos.
  • Iris Deuschle, 85 anos, faleceu no dia 16. Foi sepultada neste dia 17. Deixa três filhos.
  • Paulino João Berto, 91 anos, faleceu neste dia 17. Foi sepultado em Grão-Pará. Deixa mulher e 11 filhos.
  • Jaqueline Santa Maria Godinho Kohber, 38 anos, faleceu neste dia 17. Será cremada. Deixa marido e três filhos.