Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Morre a jornalista Suzana Braga

20 de setembro de 2014 0
Pena Filho, BD

Pena Filho, BD

A dança perdeu uma de suas vozes mais apaixonadas. A jornalista e crítica de dança Suzana Braga, coautora de duas publicações sobre o Festival de Dança de Joinville, morreu na manhã desta sexta-feira no Rio de Janeiro. Ela lutava desde 2010 contra uma doença degenerativa.
Suzana foi bailarina do Theatro Municipal do Rio de Janeiro e professora na Academia Tatiana Leskova, Teatro Tablado, Núcleo de Dança Contemporâneo, Escola Superior de Propaganda e Marketing e Balé Stagium (SP). Também atuou como coordenadora artística e diretora de produção do Balé Contemporâneo do Rio de Janeiro e dirigiu o Balé Teatro Guaíra de 1999 a julho de 2003.
Como crítica de dança, deu uma importante contribuição para o Festival de Dança de Joinville, escrevendo para o caderno especial do evento em “A Notícia”. Em parceria com o jornalista Joel Gehlen, Suzana participou da produção dos livros comemorativos do 15º e do 30º aniversários do Festival de Dança de Joinville.

**********

  • Laudelino Pereira de Assunção, 95 anos, faleceu no dia 18. Foi sepultado neste dia 19, no Cemitério Nossa Senhora de Fátima. Deixa oito filhos.
  • Aroldo Lopes Oliveira, 55 anos, faleceu no dia 18. Foi sepultado neste dia 19, no Cemitério Nossa Senhora de Fátima. Deixa mulher e três filhos.
  • Hugo Stange, 55 anos, faleceu no dia 18. Foi sepultado neste dia 19, no Cemitério Nossa Senhora de Fátima. Deixa mulher e três filhos.
  • Reinhold Schimidt, 84 anos, faleceu no dia 18. Foi sepultado neste dia 19, no Cemitério Municipal. Deixa dois filhos.
  • Orfelindo Lemos da Rosa, 51 anos, faleceu neste dia 19. Foi sepultado no mesmo dia, em Araquari. Deixa mulher e seis filhos.
  • Alcedina da Costa, 84 anos, faleceu neste dia 19. Foi sepultada no mesmo dia, em São Francisco do Sul. Deixa cinco filhos.
  • Geraldina Silva de Oliveira, 99 anos, faleceu neste dia 19. Será sepultada neste dia 20, no Cemitério São Sebastião. Deixa dois filhos.
  • Maria Terezinha Arnos, 67 anos, faleceu neste dia 19. Deixa seis filhos.
  • Carlos Alberto Pfutzenreuter, 42 anos, faleceu neste dia 19. Será sepultado neste dia 20, no Cemitério Municipal. Deixa um filho.
  • Jorge Orthey de Souza, 81 anos, faleceu neste dia 19. Será sepultado em São Francisco do Sul. Deixa seis filhos.
  • Renato Luiz de Oliveira, 53 anos, faleceu neste dia 19. Será sepultado em São Francisco do Sul. Deixa um filho.

Maroca era dedicada à família

19 de setembro de 2014 0
Arquivo pessoal

Arquivo pessoal

Faleceu na última sexta-feira, dia 12, Maura Pereira Viana da Luz, que tinha 84 anos. Alegre e dedicada, Maroca, como era carinhosamente conhecida, dedicou-se à família e aos amigos. Em momentos festivos, quando a família se reunia, não faltavam suas brincadeiras e trajes típicos.
Maroca era apaixonada por bordar e sempre presenteava os familiares com artesanatos feitos por ela mesma. Era justa com o rigor da honestidade e responsabilidade. Começou a trabalhar ainda nova para ajudar os pais e por mais de trinta anos como funcionária da Secretaria da Fazenda estadual.
Maura nasceu em Canasvieiras, na região Norte de Florianópolis. Era a filha do meio do casal de pescadores Anselmo Pedro Viana e Catarina Pereira. Ela deixa dois filhos, Murilo e Márcio, e cinco netos.

**********

  • Marilia Machado Dalmarco, 31 anos, faleceu no dia 17. Foi sepultada neste dia 18, no Cemitério Parque Jardim das Flores. Deixa marido e um filho.
  • Nautilia Matoso Ramos, 86 anos, faleceu no dia 17. Foi sepultada em Monte Castelo. Deixa 11 filhos.
  • Jania Silva, 38 anos, faleceu no dia 17. Foi sepultada neste dia 18, no Cemitério Nossa Senhora de Fátima. Deixa marido e um filho.
  • Angélica Basil Correia, 44 anos, faleceu no dia 17. Foi sepultada neste dia 18, no Cemitério Nossa Senhora de Fátima. Deixa marido e três filhos.
  • Terezinha Dutra Alves Retzlaff, faleceu no dia 17. Foi sepultada neste dia 18, no Cemitério Municipal. Deixa quatro filhos.
  • Erevencio Conink, 52 anos, faleceu no dia 17. Foi sepultado neste dia 18, no Cemitério Municipal. Deixa mulher e três filhos.
  • Adolso Baungartner, 52 anos, faleceu no dia 17. Foi sepultado em Rio Negro-PR. Deixa dois filhos.
  • Terezinha Goulart Doin, 84 anos, faleceu no dia 17. Foi sepultada em São Francisco do Sul. Deixa 13 filhos.
  • Yolanda Martins, 65 anos, faleceu no dia 17. Foi sepultada neste dia 18, no Cemitério São Sebastião. Deixa três filhos.
  • Alba Loureano Brun da Silveira, 83 anos, faleceu neste dia 18. Será sepultada neste dia 19, em Tupanciretã-RS. Deixa dois filhos.
  • Adriano Mizva, 27 anos, faleceu neste dia 18. Será sepultado neste dia 19, em Major Vieira.
  • Serafino Tambosi, 63 anos, faleceu neste dia 18. Foi sepultado no mesmo dia, no Cemitério Municipal. Deixa dois filhos.
  • Frida Fucker, 100 anos, faleceu neste dia 18. Será sepultada neste dia 19, em Campo Alegre. Deixa três filhos.
  • Cacilda Fagundes, 73 anos, faleceu neste dia 18. Será sepultado neste dia 19, no Cemitério da Comunidade Luterana. Deixa seis filhos.
  • Salesio Cristiano, 63 anos, faleceu neste dia 18. Será sepultado em Urussanga. Deixa dois filhos.

Família se despede de Seu Natinho

18 de setembro de 2014 0
Arquivo pessoal

Arquivo pessoal

Faleceu no dia 16, em São João do Itaperiú, Emmanuel Furtunato Delmonego. O popular Seu Natinho nasceu no dia 28 de dezembro de 1942, em São João do Itaperiú, na localidade da Toca. Era um dos dez filhos de Furtunato Delmonego e Luiza de Borba Delmonego. Trabalhou com os pais e irmãos na agricultura, na olaria e no engenho de farinha que pertenciam à família. A vida profissional apenas começava: foi sapateiro, barbeiro e vendedor. Com esta última atividade, tornou-se mais conhecido na comunidade e municípios da região. Foi vendedor autônomo de roupas e por último vendedor das Lojas Koerich. Ia de casa em casa oferecendo seus produtos para as famílias, com habilidade de quem sabia vender e contar boas histórias. Como atividade social, foi um dos fundadores do São João Esporte Clube. Já idoso, gostava de participar ativamente dos bailes da terceira idade. Casado há 48 anos com Ivone Delmonego, deixa quatro filhos: Gilvâni, Rovâni (prefeito do município), Silvana e Fernando e seis netos. Ele foi sepultado neste dia 17, no Cemitério São João Batista, em São João do Itaperiú.

**********

  • Ivonita Alves de Lima, 68 anos, faleceu no dia 16. Será sepultada neste dia 18, às 9 horas, no Cemitério São Sebastião. Deixa marido e cinco filhos.
  • Deoronildo da Silva, 63 anos, faleceu no dia 16. Foi sepultado neste dia 17, no Cemitério Nossa Senhora de Fátima. Deixa três filhos.
  • Elaine de Moraes Santana, 30 anos, faleceu neste dia 17. Será sepultada neste dia 18, às 15h30, no Cemitério do Cubatão. Deixa marido e dois filhos.
  • Carlos Kuster, 81 anos, faleceu neste dia 17. Será sepultado neste dia 18, à 9h30, no Cemitério Municipal. Deixa três filhos.
  • Hilda Dollmi, 87 anos, faleceu neste dia 17. Será sepultada neste dia 18, às 9 horas, no Cemitério Cristo Rei. Deixa três filhos.

Morre o empresário Plínio Linhares

17 de setembro de 2014 0

Plínio Linhares
Plínio Linhares, empresário e presidente do Center Fábricas Araranguá, faleceu na madrugada da última quinta-feira, dia 11, em decorrência de um infarto. Ele tinha 59 anos.
Natural de Araranguá, Plínio nasceu e cresceu no bairro Urussanguinha. Iniciou a vida profissional em 1970, como auxiliar contábil no escritório Américo Rabelo. Em 1981, passou a ajudar sua esposa, Fátima da Silva Linhares, de Criciúma, na empresa Angy Fashion. Plínio viajava pelo Rio Grande do Sul com um mostruário das roupas para vendê-las e, voltado à área de contabilidade, nunca pensou que um dia viria a ser proprietário de uma loja, o que aconteceu em 1999. Empenhado, Plínio aposentou-se em 2008, mas considerava não ter alcançado tudo o que queria na vida.
Ele deixa a esposa, os filhos Angela, 33 naos; Iara, 29 anos; e Renan, 20 anos, dois genros, e dois netos. O corpo foi velado e sepultado no Cemitério Cruz das Almas de Araranguá, dia 12.

********
- Maria Aparecida do Carmo Moreira, 51 anos, faleceu no dia 15. Deixa marido.

- Luiza Zuco Visentainer, 73 anos, faleceu no dia 15. Foi sepultada neste dia 16, no Cemitério Nossa Senhora de Fátima. Ela deixa marido e dois filhos.

- Apolônia Heinz Tonn, 88 anos, faleceu no dia 15. Foi sepultada neste dia 16, no Cemitério da Estrada da Ilha. Deixa dois filhos.

- José Rodrigues de Souza, 44 anos, faleceu neste dia 16. Será sepultado neste dia 17, no Cemitério Nossa Senhora de Fátima. Deixa uma filha.

- André Dias Rosário, 23 anos, faleceu no dia 6. Foi sepultado neste dia 16, no Cemitério Nossa Senhora de Fátima. Deixa um filho.

- José Joaquim da Rosa, 66 anos, faleceu neste dia 16. Será sepultado neste dia 17, no Cemitério Cristo Rei.  Deixa mulher e dois filhos.

- Reginaldo João Zaferino Neto, 54 anos, faleceu neste dia 16. Deixa mulher e uma filha.

- Manoel Vicente Pereira, 73 anos, faleceu neste dia 16. Deixa mulher e dez filhos.

Educação perde Vera Brant

16 de setembro de 2014 0

Vera Brant
Morreu, aos 87 anos, no dia 14, Vera Brant. Ex-docente da Universidade de Brasília (UnB), lutava contra um câncer na laringe. A mineira de Diamantina chegou a Brasília em 1960 e foi uma das colaboradoras de Darcy Ribeiro na tarefa de criar a UnB.
Conterrânea e confidente de Juscelino Kubitschek, Vera chegou a recebê-lo em sua casa no ano de 1973, quando o ex-presidente voltou do exílio.

**********

O adeus de Graciano 

Graciano Giovanella foi um homem do campo. Morava em Rio dos Cedros e lá, na zona rural, tinha uma propriedade onde cultivava fumo, milho, banana, entre outros produtos, e depois os vendia a clientes espalhados pela cidade. Era o mais alegre e extrovertido da família, para quem quase nada apagava o sorriso no rosto.
Há uns dez anos, resolveu vender a casa onde morava por estar muito afastada do Centro e, já aposentado, se mudou para Timbó. Casado com Beatriz Giovanella, teve quatro filhos e seis netos. Graciano sofreu um infarto, que o levou a ficar 15 dias internado no Hospital Santa Isabel, em Blumenau. Mas não resistiu às consequências da doença e morreu no dia 3, aos 76 anos. O sepultamento foi no Jardim da Paz, em Timbó.

**********

- Leonor Rittes do Nascimento, 73 anos, faleceu no dia 14. Foi sepultada neste dia 15 , no Cemitério Municipal. Deixa marido e seis filhos.

- Evanilson Emidio Soares, 20 anos, faleceu no dia 14. Foi sepultado em Garuva.

- Catia Aparecida Ferreira, 51 anos, faleceu no dia 14. Foi sepultada neste dia 15, no Cemitério São Sebastião. Ela deixa um filho.

- Afonso Schmockel, 92 anos, faleceu no dia 14. Foi sepultado neste dia 154, no Cemitério Cristo Rei. Deixa mulher e dois filhos.

- Maria Altair de Souza Lapa, 85 anos, faleceu no dia 14. Foi cremada neste dia 15. Ela deixa um filho.

- Paul Wilhelm Matthes, 94 anos, faleceu neste dia 15. Deixa mulher e seis filhos.

- Rosivaldo dos Santos Bonfim, 25 anos, faleceu neste dia 15. Será sepultado neste dia 16, no Cemitério do Rio Bonito.

- Sadoque José Passaura, 95 anos, faleceu neste dia 15. Será sepultado neste dia 16, no Cemitério São Sebastião. Deixa três filhos.

- Eliane Fortunato Gonçalves, 45 anos, faleceu no dia 15. Será sepultada neste dia 16, no Cemitério São Sebastião. Deixa marido e uma filha.

- Lilian Jahn, 62 anos, faleceu neste dia 15. Será sepultada neste dia 16.

Adeus a Júlio Doin Vieira

15 de setembro de 2014 0

Júlio Doin Vieira

Faleceu na madrugada de quinta-feira no Hospital de Caridade, em Florianópolis, o médico oftalmologista Júlio Doin Vieira, aos 89 anos. Além da medicina, Júlio dedicou sua vida à maçonaria e ao espiritismo. Foi professor da Faculdade Federal de Santa Catarina e escreveu mais de dez livros. Casado há 24 anos com a assistente social Maria Bernardete Doin Vieira, deixa cinco filhos de um primeiro casamento, e dez netos e quatro bisnetos. A família resolveu esperar 72 horas antes de realizar a cerimônia de cremação do corpo de Júlio Doin Vieira, em respeito à uma tradição espírita. Por isso, seu corpo está sendo velado no necrotério do Cemitério São Francisco de Assis, no Itacorubi, e será cremado na manhã desta segunda-feira, em Balneário Camboriú.

*************

- Josué dos Santos, 45 anos, morreu sábado. Foi sepultado ontem em Joinville.

- Maria Geny Dias, 90 anos, morreu sábado. Foi enterrada no sábado em Corupá.

- Ivone Lemos dos Santos, 55 anos, morreu sábado. Foi sepultada ontem em Joinville.

- Sidnei Carneiro, 32 anos, morreu sábado. Foi sepultado ontem em Joinville.

- Adriano Diego Ferreira Marcelino, 27 anos, morreu sábado. Foi enterrado ontem em Chapecó.

- Leonita Schwarz Lopes, 71 anos, morreu sábado. Foi sepultada ontem em Jaraguá do Sul.

-Maria da Luz Viella Veiga, 94 anos, morreu sábado. Foi sepultada hoje em Guaramirim.

- Adilson de Jesus, 45 anos, morreu sexta-feira. Será sepultado hoje, às 14h, em Pirabeiraba.

- Maria Moura, 71 anos, morreu sábado. Será sepultada hoje, às 16h30, no Cemitério Nossa Senhora de Fátima.

- Nemézio Pereira Filho, 66 anos, morreu sábado. Será sepultado hoje, Pas 16h30 no Cemitério Municipal.

- Manoel Carvalho, 58 anos, morreu sábado. Será sepultado hoje, às 16h, na Vila da Glória.

- João Domingos da Silva, 69 anos, morreu ontem. Será sepultado hoje, às 9h, no Cemitério Nossa Senhora de Fátima.

Um atleta por natureza

12 de setembro de 2014 0

Ainda jovem, Raulino Manoel da Silva e a mãe saíram de São José para morar em Blumenau. À época, Raulino era servidor público, onde ficou por um tempo até se tornar vidraceiro. Foi ele quem colocou os vidros nas janelas da Catedral São Paulo Apóstolo, no Grande Hotel, e em outros edifícios importantes da arquitetura da cidade. Lado a lado com a profissão, também era atleta. Corredor do Clube Olímpico, competiu na primeira edição dos Jogos Abertos de SC e esteve na Corrida de São Silvestre. Aos 46 anos, sofreu um acidente de trabalho e se aposentou. Casado por 64 anos com Ondina da Silva, teve cinco filhos, sete netos e três bisnetos. Morreu aos 89 anos, no dia 1º de setembro.

***************
Carinho pelas laranjeiras

Boa parte dos 74 anos de vida de Octavio Souza foram de muito trabalho. Dedica, trabalhou dos 14 aos 39 anos, quando se aposentou, na área de produção da empresa Artex. Depois, ainda em plena vida produtiva, trabalhou até os 65 anos, como ascensorista e zelador. Viúvo há nove anos, nas horas de folga Octavio gostava de contemplar a natureza. Aproveitava para cuidar das laranjeiras que tinha no quintal e também para passear. Porém, depois de tanto trabalhar, o coração de Souza enfraqueceu. Após 59 dias no hospital, 14 deles na Unidade de Terapia Intensiva devido a uma cirurgia no órgão, ele sofreu uma parada cardíaca e faleceu no dia 18 de agosto. Para a filha Isaura, fica a herança da boa educação, da moral e do amor que Souza dedicou a vida inteira aos cinco filhos e aos oito netos.

**************
- Edwirges Vieira Baptista, 59 anos, morreu ontem. Deixou mulher e três filhos. Será sepultado hoje, ás 15 horas, no Cemitério São Sebastião.

- Maria Dolinda Luiz, 79 anos, morreu ontem. Será sepultada em Barra Velha.

- Antonio Carlos Maia, 40 anos, morreu ontem. Deixou a mulher e quatro filhos. Será sepultado hoje, às 16h30, no Cemitério São Sebastião.

- Iraci Packer Kreutzfeld, 62 anos, morreu ontem. Deixou cinco filhos. Sepultamento ocorrerá hoje, às 14 horas, no Cemitério Nossa Senhora de Fátima.

- Mario Brhun, 68 anos, morreu ontem. Será sepultado hoje na Comunidade Luterana.

- Elenir Wehrmeister Soares, 51 anos, morreu ontem. Deixou a mulher e dois filhos. Sepultamento será hoje, às 10 horas, no Cemitério Municipal.

- Irenea dos Anjos Reis, 78 anos, morreu ontem. Deixou três filhos. Sepultamento ocorreu ontem, no Cemitério Nossa Senhora de Fátima.

- Dionisio Cuchi, 70 anos, morreu ontem. Deixou um filho. Foi cremado ontem.

Uma trajetória de sucesso

11 de setembro de 2014 0

Jimi Jamison

O vocalista da banda norte americana Survivor, Jimi Jamison, faleceu no dia 31 de agosto, em sua no Mamephis, estado do Tennessee, nos Estados Unidos, aos 63 anos. A causa da morte foi um ataque cardíaco. Jamison e o Survivor tinham feito um show no estado da Califórnia na noite anterior. Ele juntou-se à banda em 1984 (um ano depois do lançamento do maior sucesso do grupo, Eye of the Tiger, música tema do filme Rocky, um lutador), mas foi Jamison quem deu voz a outros clássicos, como The Moment of Truth (que foi trilha do Karate Kid) e I’m Always Here (trilha do filme Baywatch, como artista solo).
A banda escreveu uma mensagem em sua página oficial do Facebook:
- Toda a família Survivor está muito chocada e entristecida com o falecimento do nosso irmão Jimi Jamison. Nossos pensamentos, amor e orações vão com sua família e amigos – disseram.

************
Seis meses sem Josué

“Já se passaram seis meses que você nos deixou. Uma morte repentina, que abalou as estruturas de uma família feliz. Esse tempo que tivemos sem você só reforça a certeza do quão importante você era para a família. Tinha solução para tudo, não media esforços e acalentava nossos corações. Uma pessoa transparente, que amava todos da mesma forma e com simplicidade”. Familiares e amigos de Josué Tobis convidam para a missa de seis meses de falecimento que será realizada hoje, às 19h30, no Santuário Sagrado Coração de Jesus, no bairro Bucarein.

************

- Lidio Vicente Dacaz, 65 anos, morreu ontem. Deixou mulher e dois filhos. Sepultamento será em Joaçaba.

- Jonatha de Oliveira Barbosa, 20 anos, morreu ontem. Sepultamento ocorreu ontem, no Cemitério São Sebastião.

- Manoel João Reinert, 80 anos, morreu ontem. Deixou a mulher e um filho. Sepultamento ocorreu no Cemitério Nossa Senhora de Fátima.

- Juliana da Rocha Popp, 47 anos, morreu ontem. Deixou a mulher e dois filhos. Sepultamento será hoje, às 10h30, no Dona Francisca.

***********
CORREÇÃO: 

No obituário de ontem do jornal impresso, informamos errado o nome do esposo da falecida Erna Schulz – o correto é Heinz. Na mesma nota, erramos também ao dizer que o sepultamento seria realizado na tarde de ontem, no Cemitério Municipal. O sepultamento de dona Erna ocorreu um dia antes, no mesmo local. Pedimos desculpas aos familiares e amigos de Erna Schulz pelos erros de informação.

Professor Héctor Ricardo Leis morre aos 71 anos

10 de setembro de 2014 0

O professor da UFSC Héctor Ricardo Leis, nascido em Buenos Aires, na Argentina, faleceu no dia 6 de setembro, aos 71 anos. Estudou matemática, psicologia e filosofia na Universidade de Buenos Aires (UBA). Em 1977, veio para o Brasil, onde se licenciou pela PUC- RJ. Vinculado ao Departamento de ciências sociais da UFSC desde 1992, quando fez a cidadania brasileira, dava aulas na graduação e pós-graduação em sociologia política. Leis teve participação política na Argentina, primeiro no Partido Comunista, depois no peronismo e, finalmente, numa organização revolucionária que optou pela luta armada. Foi exilado e tornou-se refugiado político das Nações Unidas.

************
- Acelina Wittiz, 81 anos, morreu segunda-feira. Deixou dois filhos. Foi sepultada ontem, no Cemitério Municipal.

- Romão Paulo Massignam, 73 anos, morreu na segunda-feira. Deixou a mulher e cinco filhos. Será sepultado hoje, às 9 horas, no Cemitério Municipal.

- Edson Geremias, 62 anos, morreu ontem. Deixou a mulher e dois filhos. Será sepultado hoje, às 17 horas, em Lauro Muller.

- Brandina dos Santos, 96 anos, morreu ontem. Deixou nove filhos. Será sepultada hoje, às 16h30, no Cemitério Cristo Rei.

- Guilherme Alfredo Clemente, 56 anos, morreu ontem. Será sepultado hoje, às 16h30, no Cemitério São Sebastião.

Morre aos 86 anos Erna Anna Schulz, sócia-fundadora da Schulz S.A.

09 de setembro de 2014 0

FUNEBRE (2)

Faleceu em Joinville a senhora Erna Anna Schulz, esposa de Heinz Schulz. Os dois eram sócio-fundadores da empresa que leva o sobrenome da família em Joinville. Dona Erna tinha 86 anos e contribuiu significativamente para a história da Schulz S.A. Ela deixou três filhos, nove netos e oito bisnetos. Ela foi sepultada no dia 9 de setembro no Cemitério Municipal de Joinville.