Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Clovis Stenzel

29 de julho de 2014 0

Aos 90 anos, Clovis Stenzel morreu em 9 de julho, em Gramado. Foi vítima de uma pneumonia.
Ao longo da vida profissional, Clovis desenvolveu diferentes carreiras de êxito. Foi professor universitário em Porto Alegre, São Leopoldo, Rio de Janeiro e Espírito Santo. Amava a profissão. Também atuou como advogado criminal, colunista de jornais, escritor, psicólogo - ajudou, inclusive, a fundar o Conselho Federal de Psicologia - e foi um conferencista brilhante.
Ocupou importantes cargos políticos nas décadas de 1950, 1960 e no começo dos anos 1970. Deputado Estadual do Espírito Santo pelo PSD e Federal do Rio Grande do Sul pela extinta Arena, foi membro da Comissão de Segurança da Câmara Federal. Desempenhou, ainda, os cargos de secretário do Interior e Justiça do Governo do Espírito Santo e secretário no governo do prefeito Loureiro da Silva em Porto Alegre.
Em 1983, foi diretor-presidente da TVE de Porto Alegre, onde criou o primeiro programa educativo de televisão.
Nos últimos anos, trabalhava como psicólogo humanista. Orgulhava-se da função, dizendo que se tratava da profissão que mais ajudava o próximo.
De acordo com a mulher, Marina, era um homem lutador, idealista, correto, muito generoso e cristão. Não vivia sem música e leitura um dia sequer, tinha uma cultura invejável e era um orador nato. Gostava de dançar e de cinema.
Deixa, além da mulher, com a qual viveu por 48 anos, sete filhos e nove netos.

Envie seu Comentário