Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Dupla da Colômbia vence na montanha e lidera classificação geral na Volta de Gravataí

15 de abril de 2010 0

Antonio Nascimento é o melhor brasileiro na terceira colocação

A equipe colombiana mostrou sua força e emplacou cinco atletas entre os 10 primeiros na segunda etapa da sétima edição da Volta Ciclística Internacional de Gravataí.

A vitória foi de Juan Suarez de 24 anos, que cruzou a meta de mãos dadas com seu companheiro de equipe Jaime Castañeda, quinto colocado na primeira etapa. Juarez é o novo líder geral da competição.

“Foi uma etapa dura e muito exigente. Eu vim no pelotão até metade da subida e ataquei. Alcancei a fuga (de Eduardo Pinheiro e de Rogério Paulista) depois da serra, já no trecho do planalto. Revezamos eu, meu companheiro Castañeda e o Antonio Nascimento. Então, atacamos faltando 3 km e viemos até chegada”, resumiu o vencedor Juarez, que tem no seu currículo um total de sete títulos continentais entre Pan-americanos, Sul-americanos e Bolivarianos.

A segunda etapa foi disputada nessa quinta-feira, dia 15 de abril, e a dupla da equipe EPM-UNE – habituada ao relevo andino e com altas montanhas da cidade de Medellín – pedalou os 135,1 km entre a cidade de Torres no litoral norte gaúcho e a cidade serrana de Cambará do Sul, a 1.050 metros sobre o nível do mar, em 3h42min34s.

Na terceira colocação, a 1min27s dos colombianos, chegou Antonio Nascimento, atleta da equipe GREC Memorial-Santos-Giant que reside em Guarulhos, na Grande São Paulo.

“Eu ataquei logo depois do primeiro túnel e alcancei os colombianos. O ciclismo deles é forte por natureza”, reconheceu Tonho, que assumiu a terceira colocação na classificação geral, a 1min35s de Juarez.

A quarta disputa de meta volante da Volta de Gravataí teve como vencedor Eduardo Pinheiro, o Volverine. O atleta da equipe GREC Memorial-Santos-Giant sustentou uma longa fuga até o alto da serra e teve como companhia o ciclista da categoria Sub-23 Patrick Oyakaua (CESC-Kuruma-Calypso-Maxxis-DKS) até o primeiro prêmio de montanha. Oyakaua foi segundo colocado na meta volante e também no prêmio de montanha.

Volverine venceu os dois prêmios de montanha e assumiu a camisa branca com bolas vermelhas de líder de montanha com 17 pontos, contra 7 pontos de Rogério Silva (CESC-Kuruma-Calypso-Maxxis-DKS), o Paulista.

A equipe colombiana EPM-UNE lidera a disputa da camisa azul, de classificação por pontos. A liderança é de Juan Juarez com 10 pontos, seguido por Julian Muñoz também com 10 pontos e por Castañeda com 9 pontos na terceira colocação.

A EPM-UNE é líder também da classificação por equipes, com 4min55s de vantagem sobre a GREC Memorial-Santos-Giant e com 7min58s sobre a Scott-Marcondes César-S.J. Campos.

OS 10 PRIMEIROS DA 2ª ETAPA

1 – Juan Suarez (COL) – EPM-UNE – 3h42min34s – 36,4 km/h

2 – Jaime Castañeda (COL) – EPM-UNE – mt

3 – Antonio Nascimento – GREC Memorial-Santos-Giant – a 1min27s

4 – Giovanni Baez (COL) – EPM-UNE – a 1min37s

5 – Renato Seabra – Clube DataRo de Ciclismo – a 1min41s

6 – Wagner Alves – Xpro-IB Factoring-União Ciclística MG – a 1min53s

7 – Julian Muñoz (COL) – EPM-UNE – a 2min00s

8 – Stiver Ortiz – (COL) – EPM-UNE – mt

9 – Mauricio Morandi – Scott-Marcondes César-S.J. Campos – a 2min17s

10 – André Pulini – GREC Memorial-Santos-Giant – mt

OS 10 PRIMEIROS DA GERAL INDIVIDUAL

1 – Juan Suarez (COL) – EPM-UNE – 8h24min49s

2 – Jaime Castañeda (COL) – EPM-UNE – a 5s

3 – Antonio Nascimento – GREC Memorial-Santos-Giant – a 1min35s

4 – Giovanni Baez (COL) – EPM-UNE – a 1mn50s

5 – Renato Seabra – Clube DataRo de Ciclismo – a 1min54s

6 – Julian Muñoz (COL) – EPM-UNE – a 2min03s

7 – Wagner Alves – Xpro-IB Factoring-União Ciclística MG – a 2min06s

8 – Stiver Ortiz – (COL) – EPM-UNE – a 2min13s

9 – André Pulini – GREC Memorial-Santos-Giant – a 2min30s

10 – Mauricio Morandi – Scott-Marcondes César-S.J. Campos – mt

META VOLANTE – KM 49,5

1 – Eduardo Pinheiro – GREC Memorial-Santos-Giant

2 – Patrick Oyakaua (Sub-23) – CESC-Kuruma-Calypso-Maxxis-DKS

3 – Gabriel Richard (URU) – Porongos

CLASSIFICAÇÃO DE METAS VOLANTES

1 – Juan Suarez (COL) – EPM-UNE – 10 pontos

2 – Julian Muñoz (COL) – EPM-UNE – 10 pontos

3 – Jaime Castañeda (COL) – EPM-UNE – 9 pontos

1º PRÊMIO DE MONTANHA – KM 80,1

1 – Eduardo Pinheiro – GREC Memorial-Santos-Giant

2 – Patrick Oyakaua (Sub-23) – CESC-Kuruma-Calypso-Maxxis-DKS

3 – Fernando Mendez (Sub-23 URU) – Start Under 23 (Argentina)

2º PRÊMIO DE MONTANHA – KM 88,1

1 – Eduardo Pinheiro – GREC Memorial-Santos-Giant

2 – Rogério Silva – CESC-Kuruma-Calypso-Maxxis-DKS

3 – Álvaro Tardáguila (URU) – Porongos

CLASSIFICAÇÃO DE MONTANHAS

1 – Eduardo Pinheiro – GREC Memorial-Santos-Giant – 17 pontos

2 – Rogério Silva – CESC-Kuruma-Calypso-Maxxis-DKS – 7 pontos

3 – Álvaro Tardáguila (URU) – Porongos – 5 pontos

TERCEIRA ETAPA

A terceira etapa também será muito exigente, com 160,9 km e início em Cambará do Sul, passando por São Francisco de Paula, de onde descem a serra até Taquara, via Igrejinha e Três Coroas, para subir a serra de Gramado até chegarem a Canela.

No sábado, os atletas terão uma etapa mais tranqüila, com 107 km entre Canela e Gravataí.

O último dia começa em Gravataí e terá 148,2 km de percurso misto, com subidas, descidas e trechos planos. Os atletas vão passar por Taquara, Rolante, Santo Antonio da Patrulha, Glorinha e fazem a última chegada em Gravataí onde serão conhecidos os campeões.

Todas as etapas terão início às 9 horas.

ETAPAS – TOTAL – 730 km

16/04 – 3ª – Cambará do Sul-Canela – 160,9 km

17/04 – 4ª – Canela-Gravataí – 107 km

18/04 – 5ª – Gravataí-Taquara-Rolante-Sto Antônio-Glorinha-Gravataí – 148,2 km

A sétima edição da Volta Ciclística Internacional de Gravataí é uma realização da Federação Gaúcha de Ciclismo, Confederação Brasileira de Ciclismo e da União Ciclística Internacional com o apoio da Brigada Militar Comando Rodoviário, DAER, Governo do Estado do Rio Grande do Sul, Prefeitura Municipal de Cambará do Sul, Prefeitura Municipal de Torres e Prefeitura Municipal de Canela, com a promoção da Prefeitura Municipal de Gravataí. O patrocínio é do Banco do Brasil com o apoio do Ministério dos Esportes.

Mais informações no site oficial do evento: http://voltainternacional.wordpress.com

Envie seu Comentário