Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

INSCRIÇÕES ABERTAS PARA MULTISPORT BRASIL E TRAIL RUNNING 2012

02 de fevereiro de 2012 0


O “triatlo das montanhas”, com 90km de corrida, mountain bike e canoagem, vai cruzar Florianópolis de Sul a Norte no dia 17 de março. Para os corredores, Trail Running de 5km e 9km vai explorar as belezas do Norte da ilha


Estão abertas as inscrições para a sexta edição do Multisport Brasil, uma competição de 90km que mistura corrida em trilha, mountain bike e canoagem passando pelas paisagens mais deslumbrantes de Florianópolis (SC). O desafio, marcado para 17 de março, pode ser disputado individualmente ou em equipes de revezamento com até dez participantes. “Além de correr com atletas de nível mundial, o Multisport permite competir na companhia de amigos pelo simples prazer de praticar esportes em meio à natureza”, diz o professor de educação física Anderson Roos, idealizador da prova no Brasil.

A prova, pioneira no País, recebe todos os anos atletas profissionais e amadores brasileiros e estrangeiros. O Multisport é inspirado na Coast to Coast, principal competição do gênero no mundo, realizada na Nova Zelândia, que cruza a ilha sul de costa a costa por 240km. “Florianópolis é o local ideal para sediar essa competição porque tem natureza privilegiada e boa estrutura para receber atletas, além de ser um destino turístico famoso e próximo de grandes centros”, avalia Anderson.

Percurso – O trajeto de 90km é balizado e dividido em oito trechos, passando por trilhas, dunas, praias, morros com desnível de até 320m, costões, estradas de terra, rio, mar e lagoa. São quatro etapas de corrida, duas de mountain bike outras duas de caiaque. O cenário foi selecionado a dedo: partindo da praia da Armação, os atletas passarão por praias como Matadeiro, Lagoinha do Leste, Pântano do Sul, Campeche, Joaquina, Daniela, do Forte e Jurerê Internacional, além de localidades como Rio Vermelho e Ratones e a Lagoa da Conceição.

Para todos – As categorias permitem a participação de atletas de elite, amadores e até dos especialistas em uma modalidade, que disputam a prova em trio reunindo os melhores da corrida, da canoagem e do ciclismo. “Não importa se você é iniciante ou atleta de ponta, se é ultramaratonista, canoísta ou prefere mountain bike. O formato da prova propicia a participação de grupos com diferentes especialidades e níveis de preparo físico”, explica o organizador, que lembra que quem corre 4km já é capaz de participar do desafio. “Essa é a distância do menor trecho do revezamento”.

Corrida em trilhas – Paralelamente à prova principal, uma corrida em montanhas pelas praias de Jurerê Internacional, do Forte e Daniela vai reunir corredores experientes e estreantes na festa do Multisport. O Trail Running será disputado individualmente nas distâncias de 5km e 9km passando por trilhas, um morro de onde se tem visão de 360° das paisagens da região, trechos urbanos e de areia. “A largada e chegada serão na arena do evento, em Jurerê Internacional, um local de fácil e rápido acesso e sem necessidade de apoio ou logística. É só chegar e correr”, diz o organizador. A prova de 5km será disputada em categoria única e a de 9km será dividida por idade.

Como participar – As inscrições para as duas provas já estão abertas no site www.multisportbrasil.com.br. O valor para quem se inscrever no Multisport até 10 de fevereiro varia de R$ 100 (atletas em equipes de revezamento de 6 a 10 integrantes) a R$ 200 (atletas individuais). O kit de prova inclui camiseta em poliamida, viseira, caramanhola e medalha de finisher. Os atletas também têm direito a caiaque recreacional com remo para participar da competição, hidratação e frutas no final da prova. As inscrições do Trail Running custam R$ 50 para quem garantir uma vaga ainda em janeiro e incluem camiseta em poliamida, medalha de finisher, chip e hidratação e frutas na chegada.

Programação – A largada do Multisport será em duas etapas, às 6h30 e às 7h30 na praia da Armação. Para os atletas do Trail Running, a competição inicia às 16h30 na Arena Multisport, em Jurerê Internacional. A premiação será às 18h30, quando os três primeiros colocados de cada categoria do Multisport receberão troféus. Além disso, o campeão geral individual receberá o troféu “O cara da aventura” e os melhores canoísta, corredor e ciclista receberão o Pingente de Prata, uma peça exclusiva para o atleta mais rápido de cada modalidade.

O Trail Running premiará com troféus os cinco primeiros colocados gerais nas distâncias 5km e 9km e os participantes dos 9km até o terceiro lugar em cada categoria. Além disso, os três atletas mais rápidos dos 9km nos naipes masculino e feminino receberão inscrição e hospedagem para participar do Campeonato Brasileiro Caixa de Corridas de Montanha, marcado para o dia 27 de maio em Santo Antônio do Pinhal (SP).

Multisport: o que é? – O Multisport Brasil é um desafio de vários estágios em que os atletas percorrem 90km pelos pontos mais fantásticos da Ilha de Santa Catarina cumprindo etapas de canoagem, ciclismo e corrida em trilha.

“Inicialmente, as provas multiesportivas podem ser definidas como competições que reúnem mais de uma modalidade esportiva, como triatlo, duatlo e corrida de aventura. Porém, o que se convencionou denominar Multisport pelo mundo são as provas que envolvem corrida, canoagem e ciclismo, ou ainda, que incluam natação ou esqui”, explica o professor Anderson Roos.


SERVIÇO

O quê: Multisport Brasil 2012 e Trail Running

Quando: 17 de março (sábado)

Onde: Florianópolis (SC)

Inscrições: No site www.multisportbrasil.com.br Regulamento e informações: www.multisportbrasil.com.br

8ª Etapa do Catarinense de DHI

13 de setembro de 2011 0



INFORMATIVO DHI

# 8 RK CATARINENSE

1. PROGRAMAÇÃO:

Local – Criciúma

Pista Nova (Morro da TV)

DIA – 17 de setembro (sábado)

09:00/17:00 – Inscrições DH

09:00/17:00 – Treinos

DIA – 18 de setembro (domingo)

08:00/09:30 – Treinos

10:00 – Qualify

FINAL – horário a definir de acordo com o número de participantes.

Premiação a definir

CATEGORIAS

Masculino

Elite: 19 a 29 anos ou critério técnico (nasc. em 1992 e anos anteriores)
Sub-30: 19 a 29 anos (nasc. em 1992 a 1982)
Junior: 16 a 18 anos (nasc. em 1995 a 1993)
Juvenil: 13 a 15 anos (nasc. em 1998 a 1996)
Master 30 a 39 anos (nasc. em 1981 a 1972)

Master 40 a 49 anos (nasc. Em 1971 a 1962)
Estreantes : Rígida I ( 15 a 18 anos)

Rígida II (acima de 18 anos)

Full (15 anos em diante)

Feminino
Elite: 16 anos acima (nasc. em 1995 e anos anteriores)

2. INSCRIÇÕES:

Os atletas federados e não federados (veja no site www.ciclismosc.com.br, em “Credenciamento 2011” como filiar-se), deverão se inscrever, confirmando sua participação até 15/09 (quinta – feira), pelo fone 47 3422-0137, pelo e-mail – fcc.joi@terra.com.br ou on-line no site www.ciclismosc.com.br . Os pilotos menores deverão estar acompanhados dos responsáveis, para autorizar a participação na prova.

O valor da inscrição será de R$ 40,00 para atletas federados e R$ 50,00 para não federados, se confirmado até o dia 15/09, após esta data será de R$ 50,00, para todos os atletas.

3. PREMIAÇÃO:

Serão premiados, com premiação em material os cinco primeiros em cada categoria. Os três primeiros na categoria Elite Masculino receberão R$ 500,00, R$ 300,00 e R$ 200,00, respectivamente ao Campeão, vice e 3º colocado.

OBS – Premiação em espécie somente se houver mínimo de 06 atletas.

4. HOSPEDAGEM

HOTÉIS

1. Hotel Zata – (48) 3437-1822

2. Hotel Ibis – (48) 2102 – 9000

3. Hotel Crisul – (48) 3437-4000

5 – RELAÇÃO DE HOSPITAIS DE CRICIUMA

HOSPITAL

FONE

Hospital São João Batista

(48) 3437-0111

Hospital São José

(48) 3431-1500

Hospital Municipal Santa Catarina

(48) 3431-0446

6 – SUPERVISÃO:

Federação Catarinense de Ciclismo




Att,
Eduardo Schaucoski

DESAFIO SERRA DO RIO DO RASTRO

13 de setembro de 2011 0



PARA CICLISTAS AMADORES – SPEED E MOUNTAIN BIKE


DIA 01 DE OUTUBRO DE 2011



GUATÁ – LAURO MÜLLER/BOM JARDIM DA SERRA


1. PROGRAMAÇÃO:

DIA –  01 de outubro (SAB)

LOCAL  DE LARGADA – Posto Polícia Militar Rodoviária – Guatá – Lauro Müller(Rodovia SC-438)

LOCAL DE CHEGADA – Posto Polícia Militar Rodoviária – Alto da Serra do Rio do Rastro – Bom Jardim da Serra

HORA – 10:00/13:30H – Retirada de Kits

HORA – 14:30H  – Largada Categorias Mountain Bike

HORA – 14:35H  – Largada Categorias Speed


2. CATEGORIAS:

MOUNTAIN BIKE

OPEN – ELITE + JUNIOR + SUB 23

SUB 30  – 23 A 29 (NASCIDOS EM 1988 A 1982)
JUVENIL – 15 A 16 ANOS (NASCIDOS EM 1996 A 1995)
FEMININO – CATEGORIA ÚNICA

MASTER A1 – 30 A 34 ANOS (NASC. EM 1981 A 1977)
MASTER A2 – 35 A 39 ANOS (NASC. EM 1976 A 1972)
MASTER B1 – 40 A 44 ANOS (NASC. EM 1971 A 1967)
MASTER B2 – 45 A 49 ANOS (NASC. EM 1966 A 1962)
MASTER C1 – 50 A 54 ANOS (NASC. EM 1961 A 1957)
MASTER C2 – 55 A 59 ANOS (NASC. EM 1956 A 1952)
VETERANO – 60 ANOS ACIMA (NASC. 1951 E ANOS ANTERIORES)

ESTRADA

OPEN – ELITE + JUNIOR + SUB 23

SUB 30  – 23 A 29 (NASCIDOS EM 1988 A 1982)
JUVENIL – 15 A 16 ANOS (NASCIDOS EM 1996 A 1995)
FEMININO – CATEGORIA ÚNICA

MASTER A1 – 30 A 34 ANOS (NASC. EM 1981 A 1977)
MASTER A2 – 35 A 39 ANOS (NASC. EM 1976 A 1972)
MASTER B1 – 40 A 44 ANOS (NASC. EM 1971 A 1967)
MASTER B2 – 45 A 49 ANOS (NASC. EM 1966 A 1962)
MASTER C1 – 50 A 54 ANOS (NASC. EM 1961 A 1957)
MASTER C2 – 55 A 59 ANOS (NASC. EM 1956 A 1952)
VETERANO – 60 ANOS ACIMA (NASC. 1951 E ANOS ANTERIORES)


3. INSCRIÇÕES:

O evento é destinado a ciclistas amadores ou não, que desejam desafiar os 18,7 km de uma das Estradas mais incríveis do mundo AS MAIS INCRÍVEIS RODOVIAS DO MUNDO CLIQUE AQUI,  deverão se inscrever confirmando sua participação até 28/09/2011 (quarta – feira), pelo fone 47 3422-0137, pelo e-mail – fcc.joi@terra.com.br, ou on- line no site www.ciclismosc.com.br.

O valor da inscrição é de R$ 30,00. Não serão aceitas inscrições após o dia 28/09.


4. PREMIAÇÃO:

Serão premiados os cinco primeiros em cada categoria. Haverá medalha de participação à todos os competidores.


5. HIDRATAÇÃO:

Haverão  03 postos de hidratação, no km 7, km 14 e na chegada.

6. INFORMAÇÕES:


História dos Municípios


Laüro Müller

A cidade de Lauro Müller, até o ano de 1905, recebeu vários nomes: Bom Retiro, Arraial da Mina e Mina dos Ingleses, esta última, comumente, chamada de Minas. Em 25 de setembro de 1905, passou a chamar-se Lauro Müller em homenagem ao catarinense Dr. Lauro Severiano Müller, que foi quatro vezes governador do Estado de Santa Catarina, senador, deputado federal, embaixador, ministro da Indústria, Viação, Obras Públicas e das Relações Exteriores. O município foi instalado em 20 de janeiro 1957.

Sua economia está ligada de maneira forte e direta à exploração de carvão, também possuem empresas no ramo avícola, bebidas, transportes, madeiras, frigorífico e grande presença na agricultura e no comércio em geral.

Tem uma natureza muito rica, com uma vegetação muito bonita e muitos animais silvestres, além, da magnífica Serra do Rio do Rastro. A beleza dos cânions da Serra Geral, as cachoeiras, os rios, os vales, as montanhas e o clima das estações, inclusive a neve, são paisagens de rara beleza.
Destaca-se também por seus recursos culturais, históricos e técnico científicos como a religião, a música, a arquitetura antiga, a coluna Whitte, as crenças, os sítios arqueológicos e a colonização, baseada na história do carvão, dos tropeiros e dos imigrantes italianos.

A produção de vinho, cachaça, melado, açúcar mascavo, leite e seus derivados, a carne suína, artesanato, o pão colonial e tantas outras atividades do meio rural, tornam-se ricos atrativos para quem busca a paz, o sossego do interior e a harmonia com a natureza. Alternativas culturais como o Museu do Carvão anexo à 1ª Mina de Carvão do Brasil, são potenciais atrações que no futuro serão encontradas em Lauro Muller.    www.lauromuller.sc.gov.br/turismo


Bom Jardim da Serra


O povoado da região onde hoje é o município de Bom Jardim da Serra iniciou-se com a vinda de algumas famílias do Rio Grande do Sul, em 1870, entre as quais destacam-se Manoel Pinto Ribeiro com seus dois filhos, João e Pedro Ribeiro, gaúchos de Dom Pedrito, que fixaram residência na Fazenda Pelotas. A história do Município cita também as famílias de Felipe Borges, Francisco Machado, José Caetano do Amaral, os  Vieiras e os Rodrigues. Estas famílias abriram uma trilha na Serra Geral, para possibilitar a passagem de pedestres e cavaleiros com suas tropas e mulas a fim de realizarem a troca de mercadorias no litoral, mais precisamente em Laguna.

Esta trilha foi denominada “Serra do  Doze”, passando posteriormente a chamar-se “Serra do Rio do Rastro”. As principais mercadorias que comercializavam era o charque, couro, queijo e o pinhão, que trocavam por sal, açúcar farinha e tecidos.

O povoado foi fundado em 1.905 e erguida uma capela em homenagem à Nossa Senhora do Perpétuo Socorro. No mesmo ano foi construída uma escola, tendo como primeiro professor Adolfo José Martins. O povoado passou à categoria de Vila em 1.921, com o nome de “Cambajuva”.

Bom Jardim da Serra originou-se pelas belezas naturais do Município e de uma imensa mata de araucária existente próximo à cidade. Os moradores chamavam e admiravam como um grande jardim. Como fica a 11 km da Cordilheira da Serra Geral, associa-se este jardim com a serra, formando o então nome de BOM JARDIM DA SERRA.

Alguns madeireiros que se dedicavam à extração da araucária, nas décadas de 40 e 50, instalaram um cabo aéreo, semelhante a um elevador nas proximidades da Serra do Rio do Rastro para descerem toda a produção e estas eram transportadas para o seu destino, geralmente Porto Alegre.

O Município de Bom Jardim da Serra foi criado em 29 de janeiro de 1.967, ocorrendo sua instalação oficial em 05 de março do mesmo ano, sendo nomeado para Prefeito o Sr. Venâncio Borges de Carvalho. www.bomjardimdaserra.sc.gov.br/home/index.php?


7. APOIADORES:

- Prefeitura Municipal de Lauro Müller

- Prefeitura Municipal de Bom Jardim da Serra

- Polícia Militar Rodoviária de Santa Catarina

- Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina

CANCELAMENTO

08 de setembro de 2011 0


INFORMAMOS O CANCELAMENTO DA 3ª ETAPA DO 1º TOUR DE SC MASTER DEVIDO A QUEDA DE BARREIRA NA ALTURA DO KM 95,000 DA BR-280 (SERRA DE CORUPÁ): INTERDIÇÃO COMPLETA DA PISTA. SEGUNDO A PRF, NÃO HÁ PREVISÃO PARA SUA LIBERAÇÃO. CHOVE MUITO NA REGIÃO. DIANTE DISSO, TODO ESSE FLUXO PASSA A TRAFEGAR PELA SC-301 (SERRA DONA FRANCISCA), QUE JÁ TEM UMA VMD DE 8.000 VEÍCULOS.

Soelito vai em busca do tri

02 de setembro de 2011 0


Neste domingo(04), o ciclista brasileiro SOELITO GOHR embarca para um grande desafio, se manter com a camisa de campeão mundial de ciclismo de estrada paraolímpico. O atleta é bi-campeão na modalidade, suas conquistas foram em dois anos consecutivos 2009 e 2010.

Neste ano a busca pelo “tri” será na Dinamarca. “Me preparei muito e estou me sentindo bem, mas a cada ano o nível da competição aumenta. Manter a camisa de campeão é muito difícil, pois agora já sou reconhecido pelos demais atletas e com isso fico mais marcado, mesmo assim estou confiante.” Desde já o atleta agradece a todas as instituições, apoiadores e conta com a torcida de todos.

1º Tour de Santa Catarina Master

02 de setembro de 2011 0



Estamos há anos tentando montar uma programação, para a realização de uma Volta Ciclística exclusivamente para a categoria master, digna da importância destes atletas para o ciclismo brasileiro.

Na prática não é uma solução fácil, mesmo para quem há 25 anos organiza a mais longeva competição de etapas do Brasil, o TOUR DE SANTA CATARINA.

Na organização de um evento desta natureza temos que atender a inúmeros quesitos, sendo imprescindível a SEGURANÇA.


  • Como colocar na estrada atletas de 30 a 60 anos em um único pelotão ?
  • É possível garantir a segurança à todos ?
  • Os usuários das rodovias aceitam bem esta situação em meio a um feriadão?
  • Os atletas da categoria master estão organizados em equipes ?


As respostas a estas e outras perguntas são difíceis.

Estamos inaugurando um novo evento, que na verdade já vem sendo feito há tempos, como a Copa Sul Master, a Copa Santa Catarina Master, mas nenhuma com tantos dias de duração.

Contamos com sua presença, sua família e a de seus amigos, para fazermos um grande evento e quem sabe termos no futuro o TOUR DE SANTA CATARINA MASTER como todos sonhamos.


P R O G R A  M  A  Ç  à O

QUA – 07/09

09:00 às12:00h      – entrega de  kits na sede da FCC

– Rua Max Colin 1640 (fone 47 3422 0137) – Joinville – SC





QUA   – 15:00h              # 1 – CIRCUITO

Av. Beira – Rio

CATEGORIA

KM

HORA

Master  A1 A2 B1 B2

50

15:00

Master C1 C2 e VETERANOS

45

16:30


QUI – 08/09 – 10:00h   # 2 – CONTRA RELÓGIO INDIVIDUAL

Estrada do Oeste

CATEGORIA

VOLTA

KM

HORA

Veteranos (ACIMA DE 60 ANOS)

1

6

10:00

Master  C1 C2

1

6

10:00

Master  B1 B2

1

6

10:00

Master  A1 A2

1

6

10:00

SEX – 09/09 – 10:00h    # 3  – MONTANHA

Serra Dona Francisca

SAB -10/09 – 14:00h    # 4 – ESTRADA

Rodovia do Arroz

CATEGORIA

VOLTA

KM

HORA

Veteranos (ACIMA DE 60 ANOS)

1

40

14:00

Master  C1 C2

2

80

14:00

Master  B1 B2

2

80

14:00

Master  A1 A2

3

120

14:00

DOM – 11/09 – 09:00h # 5 – CIRCUITO

Condomínio Perini Business Park

-13:00h                – Premiação



2. INSCRIÇÕES:

O valor da inscrição da prova será de R$ 150,00. Aos que confirmarem até o dia 31/08, após esta data o valor será de R$ 200,00. A inscrição poderá ser feita pelo fone 47 3422-0137,  e-mail – fcc.joi@terra.com.br e on-line no site www.ciclismosc.com.br,. BANCO DO BRASIL – AG. 5214-0 – CC. 1.069.538-9 – FEDERAÇÃO CATARINENSE DE CICLISMO – CNPJ 75.345.504/0001-42.


3. CATEGORIAS:

MASTER A1  – 30 A 34 ANOS (NASC. EM 1981 A 1977)
MASTER A2  – 35 A 39 ANOS (NASC. EM 1976 A 1972)
MASTER B1  – 40 A 44 ANOS (NASC. EM 1971 A 1967)
MASTER B2  – 45 A 49 ANOS (NASC. EM 1966 A 1962)
MASTER C1  – 50 A 54 ANOS (NASC. EM 1961 A 1957)
MASTER C2  – 55 A 59 ANOS (NASC. EM 1956 A 1952)
VETERANO   – 60 ANOS ACIMA (NASC. 1951 E ANOS ANTERIORES)

Nota: para a existência de uma categoria se faz  necessário um mínimo de 6 atletas inscritos.

4. PREMIAÇÃO:

Etapas –  de 1º ao 5º classificado  medalhas

Geral – 1º ao 3º classificado  troféus,  e do 4º ao 10º medalhas

Todos – medalha de participação

5. HOTEL OFICIAL:

HOLZ HOTEL – www.holzhotel.com.br

Rua XV De Novembro, 4195 Fone: (47) 3453-0735

(o ponto mais próximo dos locais de competição)

Aberta as inscrições para o II MATATHON COPA SÃO MARTINHO ALTO SIDERÓPOLIS/NOVA VENEZA

01 de setembro de 2011 0



A Associação Sul de Ciclismo e Aventura com o apoio da Prefeitura Municipal de Siderópolis irá realizar o II MATATHON COPA SÃO MARTINHO ALTO SIDERÓPOLIS/NOVA VENEZA valido pela terceira etapa do regional sul de marathon, a prova acontecera neste próximo fim de semana a largada para todas as categorias será próximo a Rotatória de acesso a comunidade Rio Jordão.


As inscrições já estão abertas veja todas as informações da prova e já confirme a sua inscrição para esse grande evento.


A PROVA


Dia –04/09 (domingo)

Horário – 9:00 às 11:00 h

Inscrições no local até 20 minutos antes da largada


Percurso – O inicio com a subida forte o destino será São Martinho Alto, decidas técnicas e veloz no centro de Nova Veneza, destino comunidade Rio Jordão sem subidas longas a chegada será no mesmo ponto da largada a reta final será de  sete quilômetros de asfalto totalizando 33 km de prova tempo estipulado uma hora e vinte minutos para o primeiros ciclistas.


Premiação de 1º, 2º e 3º em suas respectivas categorias.


Mais informações no site: www.vidaterrestre.com.br

Todas as categorias terão largadas juntas mesmo o passeio.


Att,
Eduardo Schaucoski

Relatos do Audax PARIS-BREST-PARIS

26 de agosto de 2011 0





A 17a. edição do Paris-Brest-Paris Randonée (PBP) teve largada no dia 21 de agosto de 2011, em Saint Quentin en Yvelines, sob muito sol e calor. Por algumas horas, uma sequência de largadas aconteceu com muita festa e apoio do impressionante público no local, até que os 6.000 ciclistas inscritos partiram rumo aos 1.230 km do percurso.

O PBP é a maior prova ciclística do mundo e existe desde 1924. Dela derivou o Tour de France com a separação dos ciclistas profissionais; a prova seguiu com seu caráter participativo e acontece a cada quatro anos.

Milton C. Della Giustina, ex-ciclista profissional com diversos títulos importantes no currículo, teve a companhia de mais três atletas de Florianópolis na empreitada, cada um com seu objetivo: Nilson Macedo, Jorge Rovetto e Luiz Pereira. A meta final era a mesma: completar o percurso abaixo do tempo limite de 90 horas.

Della seguiu à frente durante toda a madrugada e relatou que, ao longo do percurso, foi incrível o apoio da população das vilas por onde a prova passava, incentivando os randonneurs apesar do frio e da chuva que os acompanhou por muitas horas seguintes.

A equipe de apoio o encontrou no km 310, em Fougéres. Della fez uma parada mais longa, de quase 2 horas, e aproveitou para se hidratar, tomar banho e receber massagem. Partiu sozinho para o trecho seguinte, enquanto o apoio esperou pelo Pereira e o Jorge. Neste ponto, o Pereira já estava sofrendo mais devido a uma intoxicação alimentar desde o primeiro posto de controle (PC), mas seguiu adiante com o incentivo do Jorge.

À tarde, em Loudeac, aos 449 km da prova, novo apoio ao Della, que seguia firme e determinado a chegar em Brest ainda naquela noite de segunda-feira apesar do frio e da chuva que não diminuíram durante todo este primeiro dia de prova. No PC, parada rápida para hidratar, trocar a roupa e receber massagem nas costas que começavam a sofrer.

Pela noite, primeiro objetivo atingido: Della completou a primeira metade da prova ao chegar a Brest, nos 618 km de prova, com 27h57min horas de prova. Fazia muito frio e chovia, então a equipe de apoio que estava no meio do caminho entre ele e a dupla Jorge-Pereira deslocou-se rapidamente a Brest para que lá o Della fizesse sua primeira parada para dormir, devidamente aquecido, hidratado e alimentado. Depois de aproximadamente 3 horas de sono, ele partiu para completar o caminho de volta até a chegada. Um pouco antes, a equipe de apoio já havia se deslocado de volta para buscar o Pereira em Loudeac (km 449), pois não teve mais condições de seguir na prova devido à intoxicação. Sozinho, mas motivado a terminar, Jorge partiu rumo a Brest em ritmo mais forte e constante.

Novamente em Carhaix-Plouguer, o Jorge e o Della se encontraram pela primeira vez no percurso — um indo a Brest (km 525) e outro voltando (km 703). A equipe de apoio esteve com os dois neste PC para auxiliar com a alimentação, hidratação, troca de roupas, massagem e incentivo. O enorme público no local, como em todos os PCs, dá motivação extra a cada um dos participantes em suas passagens.

Deste ponto adiante, além do desgaste físico, Della pedalou com intensa dor nas costas e devido às assaduras provocadas pelo selim. Chegou a cair sozinho na pista após uma breve cochilada em cima da bicicleta! Por sorte, apenas uma escoriação no cotovelo e na mão. No apoio seguinte, novamente em Fougéres e já com 921 km acumulados, parada com direito a visita à enfermaria para tratar dos machucados, banho, massagem, alimentação mais forte e mais duas horas de sono. Apesar do desconforto e das dores, motivação e foco para terminar os quilômetros restantes da prova foram os maiores aliados para o levarem adiante. O Jorge vinha 200 km atrás em ritmo constante, forte e decidido a terminar.

Della e a equipe de apoio deveriam se encontrar novamente em Mortagne-au-Perche por volta das 12 horas da terça-feira. Entretanto, o aumento da dor nas costas, especialmente devido às tentativas de alterar a postura para minimizar o desconforto das assaduras que só pioravam, fez com que seu ritmo de pedaladas diminuísse drasticamente até o km 1009. Depois de novamente fechar os olhos em cima da bicicleta, Della parou por duas vezes para cochilar cerca de 30 minutos no asfalto mesmo. Com uma breve parada no PC, seguiu firme em direção aos 1090 km de prova, onde a equipe de apoio o aguardava às 14 horas. Alimentou-se, hidratou-se, recebeu massagem e dormiu por cerca de 30 minutos. Uma capa de gel para o selim, que o acompanhou a partir deste ponto, permitiu que o ritmo aumentasse rumo à chegada, o objetivo principal. A equipe de apoio, neste ponto já dividida em duas, foi auxiliar também o Jorge, que seguia no ritmo constante e decidido a terminar a prova dentro do tempo limite.

O Della aumentou tanto o ritmo a partir dos 1090 km que chegou mais cedo que o previsto em Dreux, último PC da prova, a 75 km da chegada. Daí para frente, tínhamos certeza de que, com sua experiência e muita garra, ele buscaria todo o seu melhor para completar o percurso antes do que previam os registros online de passagem da prova. O Jorge parou para descansar em Fougéres, recuperou-se e, dali, também seguiu adiante até novo apoio em Mortagne-au-Perche. De lá, a equipe de apoio correu de volta para Saint Quentin en Yvelines para receber o Della na chegada.

Às 22h48min locais de quarta-feira, dia 24 de agosto, Milton C. Della Giustina cruzou o tapete de chegada ao lado de outro brasileiro, paranaense, segurando a bandeira do Brasil. Sob muitos aplausos do público presente no local, completou os 1.230 km do Paris-Brest-Paris Randonée 2011 com o tempo de 75h57min, bem abaixo das 84 horas que previa inicialmente. Muita emoção, festa e, enfim, o merecido descanso. Jorge Rovetto seguiu mantendo o ritmo e, às 11h33min de quinta-feira, 25 de agosto, completou o PBP 2011 com o tempo de 88h43min e mais apoio.

Missão cumprida e muita festa para o Brasil na França, com 43 brasileiros inscritos (cerca de metade desistiu em diferentes pontos do duro percurso da prova). A próxima edição será em 2015.

Por Rafaella Della Giustina, de Paris.  Clique aqui, para mais informações

CICLISMO CONSEGUE O PRIMEIRO TROFEU PARA BRUSQUE NOS JOGUINHOS ABERTOS DE SANTA CATARINA

26 de agosto de 2011 0



Após cinco dias de competições envolvendo as disciplinas de Estrada, contra-relógio, bicicross e Mountain Bike cross country o ciclismo Brusquense conseguiu o inédito pódio com bronze por equipe nos Joguinhos Abertos de Santa Catarina realizado em Caçador entre os dias 20 a 24 de Agosto. Este resultado somente foi conseguido pela dedicação e superação dos ciclistas que competiram à maioria das provas sob condições climáticas (frio e chuva) não favoráveis para o ciclismo. Os Joguinhos Abertos é a porta de entrada para os Jogos Abertos e podem participar jovens entre 15 a 18 anos, mas a equipe Brusquense foi montada somente com ciclistas brusquense e a maioria com idade de 16 anos.

No ciclismo para ser definido o campeão é a somatória da pontuação das quatros provas sendo que os oitos primeiros tem maiores pontuações   (12, 9, 7, 6, 5, 4, 3, 2)e os demais que terminarem a prova  somam um ponto.

No primeiro dia na prova de estrada fomos vice-campeões por equipe com destaque para Áquila Roux terminando em sexto no sprint final com um pelotão compacto sendo que pela primeira vez Brusque conseguiu  terminar com quatro pontuando entre os cinco que largaram.

No segundo dia de prova na prova de Bicicross tínhamos grandes possibilidades de medalha com Ariel João da Silva, mas, infelizmente a prova foi realizada com um dia chuvoso tornando assim a pista muito lisa. Após o Ariel ter feito o melhor tempo individual na classificatória e passado fácil nas eliminatórias, na semifinal devido à pista estar escorregadia ele caiu e não conseguiu se classificar para a final.

No terceiro dia de na prova de contra-relógio individual pela primeira vez Brusque também colocou dois ciclistas entre os oitos com destaques para William Alves Ciceri em sexto e Áquila Roux em sétimo.

No quarto e último dia na prova de cross-country todos já estavam desgastados das provas anteriores mas, tínhamos condição de estarmos entre os cincos primeiros com Samuel Schmitz, mas infelizmente sua bike quebrou logo no inicio da prova e teve que terminar a prova competindo sem o selim conseguindo ainda terminar em 11º.

“Entramos nos Joguinhos com condições de  PRATA, chegamos a ocupar a segunda colocação, mas infelizmente a sorte não esteve do nosso lado e, mesmo assim conseguimos o inédito pódio para Brusque com o BRONZE; este resultado é de todo mérito destes vitoriosos ciclistas que superaram o frio, chuva, cansaço e em momento algum desistiram da provas”.


A Equipe foi composta pelos ciclistas:

Áquila Roux, Ariel João da silva, William Alves Ciceri, Willian Paza, Samuel Schmitz, Patrick Sapelli, Marlon Bonfante e Magno Antonio Ciceri como Coordenador Técnico


Por: Magno Antonio Ciceri – Coordenador Técnico do Ciclismo Brusquense nas categorias de Base

CIRCUITO VALE EUROPEU DE MTB

26 de agosto de 2011 0



Bem Vindo !

Estamos há anos na vanguarda do desenvolvimento do Mountain Bike do país.

Eventos como a VOLTA a SANTA CATARINA em MOUNTAIN BIKE, 1ª competição de MTB em etapas do país e realizada há 13 anos, passando pelas sedes das Copas do Mundo de Mountain Bike, Pan Americano e Mundiais, fazem de nosso Estado um ícone do Esporte.

O circuito Vale Europeu de Cicloturismo pioneiro no país e suas paisagens, serão o palco para a mais nova competição do Brasil, o 1º CIRCUITO VALE EUROPEU DE MOUNTAIN BIKE.

O apoio do Consórcio Intermunicipal foi fundamental para a realização do evento, assim como o apoio das Prefeituras Municipais e órgãos de Segurança como o Corpo de Bombeiros e Polícia Militar.

Diferente de outros eventos, o caráter desta competição é puramente amador para que cada participante desfrute quilômetro a quilômetro das paisagens do Vale Europeu.

Por isso reúna seus amigos e  venha …

Caso seu tempo seja menor, você ainda poderá participar das etapas de sábado e domingo.

Esteja presente ao evento, siga as informações abaixo e faça uma ótima prova …

Largada – com o intuito de manter a segurança haverá um deslocamento neutralizado até a saída do perímetro urbano das cidades. A largada oficial (quando neutralizado) se dará em movimento após o sinal do árbitro geral.


Horários e programação – os horários de largada e assinatura de súmula serão rigorosamente cumpridos, encerrando 30 minutos antes da largada.


Estradas e trilhas limpa – faça parte do pelotão da limpeza e  ajude a manter a imagem de desportista. Descarte seus resíduos nas áreas de abastecimento e apoio mecânico, faça o uso do porta gel,  multiplique esta idéia.


Identificação – Cada atleta receberá um kit contendo o número, que deverá ser usado:

A – 01 número nas costas;

B – 01 número na bicicleta;

C – 01 número capacete.

Premiação – a premiação de cada etapa (para todas as categorias) será realizada no início da etapa seguinte. Após o término da etapa será feito a premiação para a classificação geral da etapa (somente os 5 primeiros).

Súmula – Cada atleta deverá assinar a súmula 30 minutos antes do horário de largada

Procedimentos para a retirada do kit de atleta – dia 12/10, das 14 às 15:30 h

Restaurante Thapyoka em Timbó

:: Apresentar o original do comprovante de pagamento

:: Apresentar a Identidade

Duplas – será computado o tempo da categoria duplas, somente com a presença dos dois componentes no momento da chegada.

Sinalização – todas as etapas serão demarcadas, tendo como sinalização placas e cal, nas estradas e locais de risco. Respeite a sinalização não colocando em risco sua vida e dos demais competidores.

Obs.: a competição terá Policiais que cuidarão da segurança, mas você deve colaborar mantendo-se sempre a direita das vias.

Apoio geral – um mapa orientará sobre a localização das áreas de apoio, estude-o e siga para este local o mais rápido possível.

Segurança - na prova mantenha-se sempre à sua direita (tráfego normal de veículos da região no roteiro da competição). Caso utilize veículo próprio de apoio, utilize as rotas indicadas no programa de prova. Lembre-se !!! É  proibido o acompanhamento de veículos.

Presenciando um acidente, avise o apoio mais próximo. Em caso de abandono de prova não saia do roteiro. Espere para ser resgatado pela organização.

Todos os ciclistas deverão usar capacete, do início até o fim de cada etapa.



Não jogue lixo no  percurso !


Tenha uma ótima prova.


FEDERAÇÃO CATARINENSE DE CICLISMO

P  R  O  G  R  A  M  A  Ç  à O

QUA  -12/10 – 14:00 às15:30h      Entrega de  kits

Local – Restaurante Thapyoka – Timbó

QUA  -12/10 – 16:00                     Prólogo (Contra Relógio Individual)

1,9 km

- 20:00h                      Jantar de massas

QUI  – 13/10 – 10:00h                      # 1 Timbó/Benedito Novo/Rodeio/Timbó

34,3 km

Local – Sociedade São Roque (Rodovia SC 416)

SEX – 14/10 – 10:00h                      # 2 Pomerode/Rio dos Cedros/Timbó/Pomerode

69,5 km

Local – Portal Pomerode

SAB – 15/10 – 10:00h                      # 3 Rio dos Cedros/Alto Cedros/Pinhal/Benedito Novo/Dr.

67,9 km Pedrinho/Pinhal

Local – Restaurante Ess Haus

DOM – 16/10 – 10:00h                    # 4  Rio dos Cedros/Alto Cedros – Pinhal                                         41 km                                        .                                                           .                                                              .

Local – Casarão Paraíso das Ilhas

- 12:00h                     Premiação



2. INSCRIÇÕES:

O valor da inscrição da prova será de R$ 250,00. Os que confirmarem até o dia 24/09, terão um desconto de R$ 50,00 + 01 camisa de ciclista alusiva ao evento + 01 jantar do dia 12/10. Para competir nos dias 15 e 16/10 o valor da inscrição será de R$ 40,00 por etapa (mencionar na ficha a prova – dias 15 e/ou 16/10). A inscrição poderá ser feita através do link http://www.ciclismosc.com.br/valeeuropeu/2011/?page_id=174 – Informações –  fone 47 3422-0137,  e-mail – fcc.joi@terra.com.brBANCO DO BRASIL – AG. 5214-0 – CC. 1.069.538-9 – FEDERAÇÃO CATARINENSE DE CICLISMO – CNPJ 75.345.504/0001-42. APÓS EFETUADO O PAGAMENTO ENVIAR A FICHA DE INSCRIÇÃO PARA O FAX ACIMA OU E-MAIL. A CONFIRMAÇÃO DE INSCRIÇÃO SE DARÁ COM O PAGAMENTO.


3. CATEGORIAS:

ELITE: 23 A 29 ANOS OU CRITÉRIO TÉCNICO (NASC. EM 1986 E ANOS ANTERIORES)

JUNIOR: 17 A 18 ANOS (NASC. EM 1993 A 1992)

SUB-30: 23 A 29 ANOS (NASC. EM 1987 A 1981)

MASTER A1  – 30 A 34 ANOS (NASC. EM 1981 A 1977)
MASTER A2  – 35 A 39 ANOS (NASC. EM 1976 A 1972)
MASTER B1  – 40 A 44 ANOS (NASC. EM 1971 A 1967)
MASTER B2  – 45 A 49 ANOS (NASC. EM 1966 A 1962)
MASTER C1  – 50 A 54 ANOS (NASC. EM 1961 A 1957)
MASTER C2  – 55 A 59 ANOS (NASC. EM 1956 A 1952)
VETERANO   – 60 ANOS ACIMA (NASC. 1951 E ANOS ANTERIORES)

DUPLAS        – OPEN (atletas de qualquer categoria)

- MISTA (homen + mulher )

- + 40 anos

Nota: para a existência de uma categoria se faz  necessário um mínimo de 6 atletas inscritos, caso contrário será agrupado com a categoria acima.


PROVA ESPECIAL NOS DIAS 15 E 16/10

CATEGORIAS

SUB-30: 23 A 29 ANOS (NASC. EM 1987 A 1981)

MASTER A1  – 30 A 34 ANOS (NASC. EM 1981 A 1977)
MASTER A2  – 35 A 39 ANOS (NASC. EM 1976 A 1972)
MASTER B1  – 40 A 44 ANOS (NASC. EM 1971 A 1967)
MASTER B2  – 45 A 49 ANOS (NASC. EM 1966 A 1962)
MASTER C1  – 50 A 54 ANOS (NASC. EM 1961 A 1957)
MASTER C2  – 55 A 59 ANOS (NASC. EM 1956 A 1952)
VETERANO   – 60 ANOS ACIMA (NASC. 1951 E ANOS ANTERIORES)


Nota: para a existência de uma categoria se faz  necessário um mínimo de 6 atletas inscritos, caso contrário será agrupado com a categoria acima.

4. PREMIAÇÃO:

Etapas –  de 1º ao 5º classificado  - medalhas

Geral – 1º ao 3º classificado –  troféus,  e do 4º ao 10º – medalhas

Todos – medalha de participação