Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Artigo| ORAÇÃO PELA COPA

20 de junho de 2014 1

ESTHER PILLAR GROSSI
Doutora em Psicologia da Inteligência pela Universidade de Paris
Inspirada na prece de Roberto DaMatta na Copa de 1998, fiz esta oração fervorosa .
Para que o Brasil ganhe a Copa suplico a Nossa Senhora Aparecida, a Iemanjá e a todos os Orixás, ao querido Pade Ciço,
aos Encantados de Codó do Maranhão e diretamente ao Senhor Jesus que façam o Brasil ser campeão do mundo nesta Copa,
porque os brasileiros, para quem os estrangeiros eram sempre superiores, só começara a superar esta maldita ideia de inferioridade na primeira vez que o Brasil foi campeão do mundo;
porque o Brasil roubou da Inglaterra o futebol e se consagra internacionalmente como muito bom de bola, o que levou Nelson Rodrigues a chamá-lo de Pátria de Chuteiras.
O Brasil precisa ganhar esta Copa para que nos sintamos muito inspirados para construirmos uma saída para a crise que atravessamos, tão bem  sinalizada pelas manifestações.
Que nossa vitória reafirme nossa convicção de que o Brasil é mesmo grande e vale a pena.
Que ela nos auxilie a encontrar um novo jeito de fazer política; a aplicar uma nova pedagogia eficaz para todos; a garantir saúde democraticamente para ricos e para pobres e nos leve a bem conduzir outras coisas que também não funcionam, muito especialmente a segurança.
Que a força que nos unifica quando apaixonadamente torcemos pelo Brasil, a cada vez que ele entra em campo, sirva de reforço à nossa identidade como país, tomando consciência de que fazemos parte de uma nação que pode sair do momento crítico que estamos vivendo. Não se vislumbra como fazer política de um novo jeito. Muito poucos têm conhecimento científico de que é possível ensinar para que todos aprendam de verdade. Poucos se dão conta de que não aprender é instituir a violência.
Aprender indiscutivelmente é fonte de muito prazer e de um prazer obrigatoriamente integrador em um grupo que assegura pertencimento social muito necessário a qualquer um de nós. Não curtir o prazer de construir saberes no interior da turma escolar produz um desgarramento que leva a uma busca inexorável de prazer de outra maneira, normalmente na drogadição ou no exercício sexual desumano.
Ainda não é evidente que saúde, educação, segurança, justiça, … e economia funcionam em rede e há que ser levada em conta esta globalidade para sairmos do impasse.
Que superemos, portanto, visões parciais ou desconectadas frente à gama de nossos problemas para que atuemos harmoniosa e vigorosamente como uma boa equipe de futebol, decidida e confiante de que quer e de que pode vencer.
Que todas as energias de nossos desejos, os quais somente perseguem o impossível, se canalizem para a vitória do Brasil na Copa do futebol e na Copa de nossa trajetória como país.

Comentários (1)

  • Claudio diz: 20 de junho de 2014

    Quantas copas o braziu precisará ganhar para que não se sinta inferiorizado?
    Quem sabe se tivéssemos um governo menos corrupto e mais desenvolvimento, educação, escolaridade, quem sabe um Nobel, nem que seja de literatura.
    Será que só seremos um povo evoluído e nivelado por cima aos povos mais adiantados com 6, 7, 8 copas do mundo?

    Me poupe!!

Envie seu Comentário