Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Editorial| O SAQUE DA PETROBRAS

08 de setembro de 2014 13

EditAlvo de duas ações penais por corrupção e uma outra por destruição de documentos, o ex-diretor de Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa denunciou à Polícia Federal e ao Ministério Público a participação de três governadores, um ministro, seis senadores e pelo menos 25 deputados federais num esquema de recebimento de propinas subtraídas dos cofres da estatal. As revelações fazem parte de um acordo de delação premiada proposto por Costa para reduzir sua pena, o que ainda depende de aprovação do Supremo Tribunal Federal. Mas as informações já conhecidas, embora ainda carentes de comprovação, têm potencial para se transformar num escândalo sem precedentes, com impacto direto na campanha eleitoral em andamento.

Conforme a denúncia, grandes empreiteiras do país formaram um cartel dentro da Petrobras, pelo qual compartilhavam contratos milionários e repassavam o equivalente a 3% de comissão aos políticos e a seus partidos _ todos integrantes da base aliada do governo. Costa ocupou a diretoria de Abastecimento da estatal de 2004 a 2012 e foi preso por facilitar negócios para o doleiro Alberto Youssef, que também está na cadeia desde março último, sob a acusação de comandar um esquema de lavagem de dinheiro que movimentou cerca de R$ 10 bilhões em quatro anos, com ramificações na Petrobras, no Ministério da Saúde e nos partidos políticos.

A roubalheira existe, não é invenção do marketing político destinado a causar prejuízos eleitorais aos denunciados. Foi descoberta pela Polícia Federal, a partir de uma investigação de lavagem de dinheiro e evasão de divisas no Paraná, que acabou se estendendo a outros Estados na chamada operação Lava Jato. Lamentavelmente, confirma o saque à maior empresa estatal do país, que já vinha sofrendo desgaste por causa da má gestão e, principalmente, por causa do prejuízo de US$ 792 milhões decorrentes da equivocada compra da refinaria de Pasadena, nos Estados Unidos _ operação que, segundo o delator, também envolveu pagamento de propinas.

Diante do novo escândalo, justifica-se plenamente o pedido da oposição para que a Comissão Parlamentar Mista de Inquérito que investiga a Petrobras convoque o ex-diretor denunciante, a fim de que detalhe o nome dos beneficiados pelo esquema de corrupção, o que se recusou a fazer em depoimento anterior. Mais do que isso, é impositivo que o Supremo Tribunal Federal e o Tribunal Superior Eleitoral também se pronunciem sobre a delação premiada e sobre os políticos suspeitos, pois a população brasileira precisa de respostas rápidas no momento em que se prepara para eleger novos governantes e parlamentares.

Comentários (13)

  • FLAVIO FAGUNDES DA SILVEIRA diz: 8 de setembro de 2014

    A CORRUPÇÃO E ROUBALHEIRA DO PT ESTA CADA VEZ MAIS EM ALTA, A ÚNICA COISA QUE AUMENTA NO BRASIL ALÉM DA INFLAÇÃO E SALÁRIOS

  • Alceu S Grandi diz: 8 de setembro de 2014

    Parece que desta vez o PMDB será vasculhado, de cabo a rabo, já que sempre foi governo (e sempre será?). Seus maiores dirigentes estão, até prova em contrário, envolvidos diretamente, já que comandam mais da metade do Governo e a PETROBRAS.
    Por outro lado o saque e a roubalheira nos Metrô e Trens de São Paulo, administração dos tucanos Alckimin e Serra, tem “passe livre” na imprensa: qual seria a motivação???

  • Alemão Americano diz: 8 de setembro de 2014

    Que lambada no PSB, hein? O ex-governador de PE, falecido há poucos dias, Eduardo Campos, seria um dos maiores beneficiados. E o PMDB (este é contumaz, sangue-suga de todos os governos), além dos petebas: repeteco? Ou apenas mais um escandalo criado por causa das eleições, já que o tal Paulo Roberto é cria do PSDB, da gestão de FHC, e tem “contatos e contratos” com TODOS os partidos?
    Sendo tudo real, não escapa ninguém: até o senador Alvaro Dias, do PR, estaria envolvido (são conterrâneos), além de ministros, deputados, senadores…
    a única dúvida: como os depoimentos são sigilosos e criptografados, como a veja tem “aprte” deles – a parte que involucra o PMDB, fortemente, o PT e o PSB e nem um pio do PSDB???
    Esperar uns dias e ver que “mistérios” tem neste caixaço 2 ao quadrado…

  • FLAVIO FAGUNDES DA SILVEIRA diz: 8 de setembro de 2014

    Alceu Grandi, quer saber a motivação: POR ENQUANTO FALTA DE PROVAS, espero que estas provas sejam buscadas, ao contrário do mensalão cujos culpados estão presos.

  • Luis diz: 8 de setembro de 2014

    Me prestei a ler toda a Vejinha e, só pra variar, nenhuma prova foi apresentada pela revista. Mesmo não apresentando prova alguma eu tenho certeza que a imprensa vai martelar diariamente esse assunto na cabeça dos brasileiros. A tentativa é ressuscitar o Aécio. A mídia não esperava que Marina subisse tanto nas pesquisas a ponto de tirar o Aécinho da jogada. Isso não estava no script. O escândalo Petrobras é a última tentativa de reverter o quadro, mas acontece que esse quadro é irreversível. Aécio já era. Nas pesquisas realizadas em Minas o sujeito conseguiu a façanha de ficar em terceiro lugar. Aécio, descanse em paz. R.I.P. PSDB.
    Vejam só!!! Até o da Silveira concordando que o poder de compra no Brasil aumentou. E inflação de 0,25% ao mês é pra matar, né? País com zero de desemprego também é horrível. Não sei onde vamos parar. Estou com muito medo. A TV repete todo dia que o Brasil está em Recessão. Ai, que medo!!! Não consigo nem dormir de noite.

  • FLAVIO FAGUNDES DA SILVEIRA diz: 8 de setembro de 2014

    Luis, a “Vejinha” que você se refere é a Revista de maior circulação e credibilidade do país, como sempre vocês colocam a culpa nos outros e procuram desqualificar quem diverge de vocês. Para vocês a revista que conta as “versades” é a revista do partido, só que o PT só mente e engana a população, essa “revistinha” sim não tem credibilidade. Para vocês toda a mídia é comprada e mentirosa. Parem de falar e comparar FHC com o governo de vocês, ele não é candidato a nada (que pena), parem de MENTIR.

  • Joel Segalla Robinson diz: 8 de setembro de 2014

    Eu, cidadão brasileiro, que pago imposto todo o dia, que não tenho segurança, saúde e educação, que estaou sendo roubado e espoliado,declaro, baseado na Constituição e no Código Civil que;
    1- As eleições estão suspensas,
    2-Impeachment de todos do executivo e legislativo e dos sindicatos,
    3-Todos presidentes de estatais devem ser demitidos e colocados no lugar funcionários de carreira das empresas,
    4- Bloqueio de todo o dinheiros “doado” par as campanhas eleitorais,
    5-Não precisamos de militares ou similares para organizar o Brasil,
    6- O povo deve investigar e julgar…

  • FLAVIO FAGUNDES DA SILVEIRA diz: 8 de setembro de 2014

    Joel Segalla Robbinson: vou acrescentar mais um item:

    7 – O Congresso deverá ser fechado, e o povo tomará a decisão de como reorganizar o país de maneira decente e correta.

  • Milton Munaro diz: 8 de setembro de 2014

    Faltou dizer dos contratos secretos, da entrega do petróleo pra China, da remessa de bilhões pra Cuba… Pasadena… e a há quem duvide da corrupção corrente que engendraram em que até Deus enganaram. Não a mim.

  • Clailton Kitter Ferreira diz: 8 de setembro de 2014

    Esses cabras a tal Abin não persegue 11 (onze) anos difamando, caluniando, tripudiando, injuriando…Claro, são os TUBARÕES do Brasil. Mas miserável igual a eu eles se prevalecem – deitam e rolam sem nada acontecer. Dois – 2 bilhões de prejuízo mais a desvalorização da empresa. Que país é esse?

  • FLAVIO FAGUNDES DA SILVEIRA diz: 8 de setembro de 2014

    POR MUITO MENOS COLLOR FOI MANDADO EMBORA, E AGORA POR QUE NÃO PODE? RESPOSTA, NAQUELA ÉPOCA EXISTIA STJ OU TEM UMA GANGUE.

  • Alceu S Grandi diz: 8 de setembro de 2014

    De acordo, Flávio.
    As provas existem, porém. O caso é bem grave: as empresas Alstom (e outras) estão colaborando, mas nesse caso não temos vazamento “seletivo” – a não ser contra o Serra, que sendo mais sujo que pau-de-galinheiro, não pega nada, como o maluf.
    O caso atual, da PETROBRAS, gravíssimo, apresenta contradições, convenhamos: o vazamento parece ser mais uma “seleção” de nomes, pela Veja, que é sensacionalista e não é Imprensa (é oposição ao desGoverno, já que o principal ‘opositor’, Aécio, é bem comprometido com aecioportos, desvios de verbas da Saúde em MG, bloqueio e censura da Imprensa Mineira e outros mal feitos!). A Veja até que faz “bem o papel de oposição, na falta de legítimos, mas não é confiável – está quebrando e, assim como o Paulo Roberto Costa, 50 anos de prisão, vai delatar até o Papa (aguarde: além do PMDB e do PSB, alvos prioritários da Veja, e o PT, seu carrasco, temos o PSDB: PRCosta iniciou sua “carreira” de mal feitos no desGoverno FHC! Ano que vem, todos veremos!).

  • Rubem Prates diz: 8 de setembro de 2014

    O repertório de escândalos patrocinados pelo PT sucedem-se em ondas tal qual um tsunami: mensalão, Pasadena, Abreu Lima, Petrobras, porto de Mariales em Cuba, e que tem causado a nós, brasileiros – brasileiros que ainda possuem massa encefálica, é claro – a sensação de flagelo e desamparo. A desfaçatez com que mentem os faz tropeçar nas próprias mentiras (que o diga o apedeuta, em seu último comício em Salvador). Na antiga Roma, um senador chamado Cícero fez uma série de quatro discursos que bem se aplicam à nossa situação atual: Até quando, ó Catilina, abusarás da nossa paciência? Por quanto tempo ainda há-de zombar de nós essa tua loucura? A que extremos se há-de precipitar a tua audácia sem freio?

Envie seu Comentário