Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Artigo| USE A INTERNET SEM CORRER RISCOS

13 de junho de 2015 1

Nelson MattosNELSON MATTOS

nelson.m.mattos@gmail.com
Doutor em Ciências da Computação, gaúcho, residente no Silicon Valley, Califórnia
Recentemente recebi inúmeros e-mails de leitores da minha coluna procupados com os riscos que corremos quando postamos informações a nosso respeito. Assustada, a grande maioria concluiu erroneamente que o melhor é não ter uma conta no Facebook, LinkedIn, Google+, ou Twitter. Boicotar as redes sociais não é a solução. Se você não tem uma identidade digital, você está permitindo que outros criem uma pra você e a usem para atividades criminosas como no caso do secretário-geral da Interpol, Ron Noble. Notando que ele não tinha contas em redes sociais, criminosos criaram uma conta no nome dele no Facebook e começaram a se conectar com outros membros da Interpol obtendo informações sobre ações da polícia, operações secretas, etc.

A melhor solução é usar a internet controlando sua identidade e tomando as devidas precauções para minimizar seus riscos: cuidados básicos, bom senso e disciplina.
Os cuidados básicos são relevantes para qualquer uso da internet.
1 – Use uma senha robusta em vez de senhas óbvias como o seu aniversário ou o nome da sua mãe. Tenha pelo menos uma letra maiúscula, dois números e um símbolo. Quanto mais longa e complicada a senha, melhor.
2 – Mude sua senha regularmente. Isso diminui o tempo que alguém teria para usá-la caso esta seja descoberta.
3 – Nunca compartilhe sua senha com outras pessoas. Lembre-se que quanto mais gente souber sua senha, maior a chance dela ser descoberta.
4 – Certifique-se sempre que você está no site certo antes de digitar suas informações de login, verificando o URL (endereço do website) na barra de endereços do seu navegador: por exemplo www.bradesco.com.br ao invés de www.bradesko.com.br, que pode ser um site de phishing (para roubar credenciais e senha).
5 – Não responda a e-mails ou qualquer outro pedido que solicitem enviar sua senha ou confirmá-la. Ignore a mensagem. Com certeza é um golpe.
6 – Use reverificação de login se disponível (oferecido por bancos, Google e Twitter) como a verificação em duas etapas. Ela exige que você insira um código enviado para o seu celular quando você tentar acessar sua conta de outro computador ou telefone. Assim, mesmo que alguém descubra sua senha, não sera capaz de acessar sua conta.
7 – Não clique em links para sites que você não conhece e não baixe nada no seu computador ou celular se você não souber a origem. Esses sites ou downloads podem ser de ataque. Se você não tem certeza, não clique.
8 – Sempre saia da sua conta após usar um serviço da internet, seja seu banco, Facebook, etc., especialmente se estiver compartilhando o seu computador ou celular.
9 – Use opções de segurança que lhe estão disponíveis como HTTPS no seu browser (uma forma de comunicação mais segura onde os dados transmitidos são codificados protegendo ainda mais suas informações) ou o alerta de senha do Google.
As recomendações de bom senso são específicas para redes sociais:
10 – Mantenha dados pessoais como número de telefone, endereço, e-mail, ou qualquer coisa que possa ser usada para validar seus credenciais fora do seu perfil. Isso ajuda a melhorar a sua segurança e a prevenir o roubo da sua identidade
11 – Sua mãe não lhe ensinou a não falar com estranhos? Portanto ignore mensagens de pessoas que você não conhece. Antes de aceitar um pedido de comunicaçao, verifique as informações disponíveis sobre o solicitante analisando seu perfil, fotos, e amigos. Se não forem familiar, não aceite o pedido. Também bloqueie todos os que lhe ameacem, assediem, ofendam, ou simplesmente o incomodem.
12 – Evite aceitar pedidos de amizade de pessoas que no fundo não são realmente seus amigos. Não vejo como o acesso a sua vida pessoal por colegas de trabalho, professores, ou chefes possa ajudá-lo.
13 – Filtre quem pode ver suas mensagens. Todas as redes sociais têm configurações que lhe permitem definir quem pode ver suas postagens. Limite a visibilidade ao mínimo interagindo, não com o mundo inteiro, mas somente com quem você conhece.
14 – Controle quem pode lhe marcar para evitar problemas. Vá nas configurações de privacidade e escolha se você quer ser marcado por qualquer um, somente aqueles que você segue ou ninguém.
15 – Evite expor sua localização. Anunciar que você está viajando é um convite para sua casa ser roubada. Se você quiser postar detalhes da viagem, faça-o depois de voltar para casa. Além disso, certifique-se que a inserção automática da sua geolocalização pelas redes sociais que oferecem tal opção está desativada para evitar que tais redes exponham de onde você fez a postagem. E, finalmente, retire o geotag das fotos. Muitos telefones com câmera adicionam automaticamente o geotag nas fotos permitindo que aqueles com acesso a foto descubram a sua localização. Gente famosa revelou acidentalmente a localização de sua casa por não eliminar o geotags das fotos.
16 – Não poste fotos que possam envergonhá-lo no futuro.
As últimas precauções são aquelas que exigem uma disciplina mais rigorosa:
17 – Remova tudo que você ache inadequado. O que você pode ter achado engraçado ontem à noite pode não ser tão engraçado na manhã seguinte. Isto refere-se a fotos tiradas sob a influência de qualquer substância, em lugares duvidosos, fazendo coisas embaraçosas, etc.
18 – Remova todos os aplicativos que você não usa ou reconhece ou, no mínimo, revogue o acesso de tais aplicativos a sua conta. Há vários apps de spam por aí e ter apps desnecessários pode ser perigoso.
19 – Crie periodicamente uma cópia de suas postagens fora das redes sociais. Imagine se alguém conseguir acessar a sua conta e a delete. Todas suas fotos perdidas em um segundo!
20 – Regularmente remova suas postagens antigas ou, no mínimo, restrinja o compartilhamento dessas significativamente (e.g., só você pode vê-las). Ninguém precisa ter acesso eterno as suas fotos e postagens.
21 – Se seu filho (menor) esta ativo nas redes sociais, monitore-o para ver o que está acontecendo. Você pode respeitar a individualidade dele usando serviços de monitoramento online, como www.zoemob.com/pt/, que lhe mantém informado e o ajudam na proteção contra predadores, cyber-bullies, criminosos, etc. sem que você tenha que checar cada postagem.
Siga essas precauções e continue aproveitando as maravilhas da internet sem grandes riscos!

NELSON MATTOS ESCREVE MENSALMENTE NESTE ESPAÇO

 

Comentários (1)

  • Thiago Noll da Fontoura diz: 18 de junho de 2015

    Oi Nelson a poucos tempos a minha Professora Patrícia lhe mandou um e-mail mostrando o nosso trabalho a partir do seu outro texto “CRIMINOSOS DE OLHO NA REDE” foi um texto bem chamativo muito show, eu queria agradecer por aquela postagem e também por essa “USE A INTERNET SEM CORRER RISCOS” fizemos um trabalho sobre os textos lidos muito obrigado pelas dicas, cuidados e recomendações

Envie seu Comentário