Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Editorial| A RETOMADA DOS SERVIÇOS

12 de setembro de 2015 0

Agem com sensatez os servidores de áreas essenciais, como segurança pública e educação, ao decidirem suspender a paralisação que vinha se constituindo em motivo adicional de preocupação para a sociedade. A simples garantia de que as ocorrências policiais voltarão a ser atendidas, e não apenas as mais graves, e de que as aulas nas escolas estaduais serão retomadas na segunda-feira já significa um alento para a população. Ainda assim, é importante que o diálogo entre todas as partes envolvidas se mantenha de forma objetiva e sem emocionalismos, para evitar a perspectiva de futuras descontinuidades em serviços essenciais.
As decisões tomadas ontem estão longe de garantir a normalização das atividades em áreas de grande impacto no cotidiano dos cidadãos. E seria importante que pudessem inspirar outras categorias, para evitar prejuízos ainda maiores para os gaúchos.
A população gaúcha tem consciência tanto da gravidade da situação das finanças públicas do Estado quanto do quadro de penúria enfrentado pelo funcionalismo. Ao mesmo tempo, sabe que iniciativas tomadas pelo Piratini com o objetivo de enfrentar essa situação caótica impactam mais os servidores do Executivo, quando deveriam ser distribuídas de forma equânime entre todos os poderes.
Nos últimos dias, ficou evidente a abnegação de servidores que, mesmo compreensivelmente inconformados com o parcelamento de seus salários, continuaram atuando em áreas nas quais é impossível suspender as atividades. É importante que, ao ajustar suas contas, o Piratini leve isso devidamente em conta, comprometendo-se com a valorização constante de seu quadro funcional.

Envie seu Comentário