Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

É oficial: guitarrista do Manic S. Preachers morto

24 de novembro de 2008 1

Richey James sumiu em fevereiro de 95, mas seu corpo nunca foi achado/PA Photos

E só porque o blog hoje está bem anos 90, chega a notícia de que Richey James, guitarrista e co-fundador da banda galesa Manic Streets Preachers, foi declarado oficialmente morto pela Justiça britânica. O cara está desaparecido desde o dia 1º de fevereiro de 95, depois que seu carro foi encontrado abandonado perto de uma ponte conhecida entre os suicidas. A crença geral é de que ele deu cabo da própria vida, o problema é que o corpo nunca foi encontrado. E como é normal nestes casos, foram 13 anos de gente garantindo ter visto James comprando jornal ou tomando café na esquina de casa.

Na Inglaterra, uma pessoa pode ser declarada morta após sete anos de sumiço, mas a família do guitarrista nunca aceitou essa opção. Segundo o advogado dos parentes, essa mudança tem a ver com “a aceitação de que as coisas dele precisam ser esclarecidas”, mas não significa que os familiares se convenceram da morte do músico.

Antes da notícia, o boato mais corriqueiro envolvendo James era de que o Manic Street Preachers estava preparando um disco inteiro com suas letras. Seria, de fato, uma bela homenagem a alguém que ajudou a dar à banda a cara de had rock de arena que tinha em seus três primeiros discos, além de chamar a atenção para ela com seus desvarios, como escrever “4 real” em seu braço com uma navalha, durante uma entrevista.

O grande estouro de popularidade de qualidade, porém, veio quando os Preachers viraram um trio, após o sumiço do guitarrista. Foi aí que eles partiram para um som mais emocional e particular e gravaram discaços como “Everything Must Go” (96), “This is my Thuth Tell Me Yours” (98) e “Know Your Enemy” (2001). De qualquer forma, vale ver James em ação no Festival de Reading de 92, durante a execução de “You Love Us”.

Postado por rubensherbst

Comentários (1)

  • pablo diz: 24 de novembro de 2008

    uma das minhas bandas prediletas. um dia eles virao para o brasil, tenho certeza. o mais legal nesta historia eh que a banda continua recolhendo a grana dos direitos que o richey deveria receber e entregando para a familia do cara. isso eh amizade e respeito!!!!!

Envie seu Comentário