Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.

Tributo nacional a quem merece

17 de fevereiro de 2009 1

Se você tiver que comprar um único disco-tributo em 2009, fique com “March to Sickness”, uma homenagem mais do que justa pra maior de todas as bandas de Seattle, o Mudhoney (podem atirar as garrafas, fãs de Nirvana e Pearl Jam). Presença constante nos palcos nacionais, a turma de Mark Arm virou chapa do pessoal da Monstro Discos, de Goiânia, que organizou a coletânea pescando alguns dos nomes mais notáveis do rock independente nacional (fora a Pitty, que é de major, mas é do bem).

O respeito aos originais do Mudhoney se dá através da qualidade com que os 17 escalados executam o material. Ninguém se limita à reprodução fiel, o que já é um ponto a favor. O Detetives faz um instrumental bem parecido em “Blidding Sun”, mas canta a letra em espanhol (!!). Os florianopolitanos do Ambervisions viram o clássico “Touch me, I`m Sick” do avesso, estilhaçado em noise e eletrônica. Tanto Dead Rock quanto Autoramas levam suas faixas pro terreno da surf music, Lucy and the Popsonics faz um medley com seu divertidíssimo eletrorock e o Debate, uma zoeira desgraçada em “Good Enough”.

O resto – que é “apenas” Walverdes, Macaco Bong, MQN, Mechanics, Vamoz, Superguidis, entre outros – reflete com vigor o punk rock que faz do Mudhoney uma banda irrepreensível.

 

 

Postado por rubensherbst

Comentários (1)

  • Dinho diz: 17 de fevereiro de 2009

    Não dou garrafadas não hehehe! Sou fanzaço do Nirvana e o Pearl Jam mas, o Mudhoney e o Sound Garden eram as bandaças de lá.E com uma galera dessas reproduzindo tudo então…

Envie seu Comentário