Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

E a ilha tremeu...

06 de março de 2009 16

Não fui, mas os relatos da passagem do Deep Purple por Floripa, quinta (5), indicam duas coisas: que, instrumentalmente, a banda ainda manda muito bem, e que Ian Gillian não vai longe. O aspecto do vocalista sessentão não é das melhores e sua voz aguenta cada vez menos os trancos do hard rock do Purple. Mas os fãs que foram ao Floripa Music Hall – aliás, lotado até o teto – estão aí pra me desmentir (ou não). Vejam aí um vídeo do show que já pipocou no YouTube.

Postado por rubensherbst

Comentários (16)

  • Marcelo Rizzatti diz: 12 de março de 2009

    Agora tu mandou bem meu caro! Chegamos finalmente num consenso (ixx escreve-se assim essa bagaça?). Acho que eu nunca disse que o Morse toca mal mas em todos os casos repito e admito que o cara toca pra caramba mas não me “toca”…pode ser assim? E eu já gosto do Satriani! Vai saber?!? Já do tal do Steve Vai…humm daí já é pedir demais hahaha…muita nota pra pouco “toque”, captaram!?!
    A respeito do que o Hendrix falou, eu já tinha ouvido essa história – o cara era interplanetário mesmo!

  • Marcelo Rizzatti diz: 10 de março de 2009

    Como eu me divirto destruindo o Morsa !!!hauahuauahauaua
    E pra tocar guitarra com alma nunca se precisou estudar arpejos e ficar se masturbando 24 horas por dia (Jimi Hendrix? B.B. King? Eric Clapton? só pra citar alguns…)
    Ahh…e é claro que eu toco melhor do que o Morsa!!! E muito menos pretendo ter a técnica dele…blaaarrrgh!!!
    Gillan cantando bem (gripado?) Into the fire? Que tal isso aqui:
    http://www.youtube.com/watch?v=BsTblmIAfwA

  • Moacir Visconti diz: 11 de março de 2009

    Opa,se um dia for tocar ai em Joinville terei o prazer de conhecer sua discoteca.EX:não gosto do Satriani e do Vai,mas nem por isso digo que eles tocam mal,sacas?Então o que é tocar com a alma?Uma vez perguntaram a Hendrix se o que ele toca está em sua imaginação e respondeu:o que imagino eu nao consigo tocar porque não tenho técnica e teoria o suficiente.A técnica esta a favor da musica e o Morse sabe usa-la muito bem e cabe a vc gostar ou não,mas não venha me disser que ele toca mal.Abraços

  • Moacir Visconti diz: 10 de março de 2009

    Pois é Marcelo vai ver que vc toca melhor que o Morse,talvez eu toque,vai nessa, ele anda substituindo muito bem o Blackmore e como disse sou fã absoluto do Blakmore e seu fraseado e estilo é animal mas será que o Blackmore susbstituiria tão bem o Morse nas composiçoes do atual guitarrista?Mas não sei porque estou comentando isso,os proprios não estão nem ai,ainda mais tenho que tratar meus cachorros,mas estou aberto a troca de idéias:orkut:Cachorro Marrom Visconti Experienciamusical@hotmail.com

  • Silvino diz: 10 de março de 2009

    So em ver o Paice já valeu o ingresso! Os caras ainda mandam muito bem. Lógico que não temos mais rapazes de 20 anos á frente. mas ainda é DP!!! valeu cada centavo e se eu pudesse, pagaria de novo!! Mesmo o Ian Gillian gripado, cantou “into the fire” muito foda!!!
    Pro s guitarristas ai com dor-de-cotovelo, estudem mais e critiquem menos, ok? Abraço

  • Marcelo Rizzatti diz: 9 de março de 2009

    Além do Morse ser ruim ele ainda toca rindo e cumprimentando a platéia…parece a Sandy!!! Na década de 70 ele tinha uma tal de Dixie Dregs Queen, certo? A banda mais chata do mundo!!! O cara é especialista em chatice…e sim, Blackmore é INSUBSTITUÍVEL, talvez Chris Duarte faria bonito…porque Tommy Bolin era tão chapado hein?!? Aquilo sim é que é guitarrista!
    E…putz, dá uma agonia ver o Gillan se retorcendo todo pra cantar como na década de 70…o que faz uma banda pra ganhar uns tutus!

  • gustavo steingraber diz: 9 de março de 2009

    Me causa repulsa quando alguém pega para falar que ” a voz já não é mais a mesma “. Seja do DD, seja do Led ou de qualquer outra banda ícone com mais de trinta anos. Por críticas assim ficamos privados de ter uma turnê do Led. Como é que alguém pode achar que o cara vai cantar igual?!?! Se sou fã, quero ter o prazer de ver a banda sabendo das limitações temporais, principalmente na voz. Depois dos 30, quando tomamos um porre, não ficamos mais de ressaca, nós ficamos doentes! Imagina com 60!!!!

     

    Anotadíssimo e valoroso seu comentário, Gustavo. Só uma coisa: o Led não volta por vontade do Plant, que diz preferir manter o passado intocável, sem decepcionar ninguém com turnês de volta, e olhar pra frente com seu projeto (muito bom, por sinal) ao lado da Alison Krauss. Abraços.

  • Silvino Cardoso diz: 10 de março de 2009

    Bem , quanto ao video citado, ja conhecia, tanto que o tenho gravado. Claro que o Gillian não está em boa forma, mas ta longe aindfa de ser ruim. Abraço

  • Moacir Visconti diz: 11 de março de 2009

    Mas só completando o comentário anterior,eu não quero mudar ninguém,sacas?simplismente não admito injustiça com um puta musico como ele só pelo fato do seu gosto musical não concordar com as composições dele,não é porque não gosta que tem que dizer que o cara toca mal,pura ironia,se fosse um saci truque não tocaria no DP ou talvez vc tocaria,ou vai me diser que o Edson Cardorini do Edson e Hudson toca guitarra mal?Foi bom debater.Moacir Visconti,guitarra dos Etilicos e Sedentos,abraços esucesso.

  • Marcelo Rizzatti diz: 10 de março de 2009

    Tapa olho? Agora tu viajou meu caro!!!
    Aproveito pra te convidar pra vir aqui em casa qualquer dia pra dar uma olhadinha na minha discoteca…ahh e eu não me acho “o” cara não…na verdade me considero bem limitado “tecnicamente” falando porém faço o MEU som!
    Ahh quer saber – cansei da brincadeira!
    Acho que cada um gosta do guitarrista que quiser…eu odeio os solos do Morse e ninguém vai mudar isso! E pra quê ficar discutindo com uma pessoa que gosta da mesma banda que eu…fui!

  • Marcelo Rizzatti diz: 9 de março de 2009

    Hey…tenho TODOS os discos do Deep Purple (inclusive os com Steve Morse!)…apesar do altos e baixos tenho todo o respeito pelos senhores da segunda banda favorita! Só os grooves rítmicos do Ian Paice já valem os discos!!!
    Mas acho que tá na hora de se aposentar…ou já passou do tempo?

  • Moacir Visconti diz: 10 de março de 2009

    E como eu me divirto com o tipo de pessoa que acha que rock é só atitude,ainda mais aquele tipo que anda com tapa olho de cavalo que só sabe olhar pra frente e que por saber tocar algumas pentatonicas acha que toca com alma.Aquela coisa,a eu sou o cara,tá ligado?Quem disse que Hendrix e a cia dos anos 70 não ficavam tocando horas a fio,ou vc acha que era tudo intuitivo?ai ai,vai estudar guitarra menino e abra sua mente,qualquer dia a gente se encontra nos palcos da vida,abraços.

  • Marcelo Rizzatti diz: 9 de março de 2009

    Pois é meu amigo Rubens…aí é que está o segredo – não viver do passado e surpreender os fãs com outros projetos, outras idéias como os sábios Robert Plant, Ritchie Blackmore entre outros…
    Uma dica pro Gillan – um disco solo evidenciando seus timbres mais graves numa linha mais folk/jazz/country/jazz…

  • Moacir diz: 9 de março de 2009

    Que mal tem o cara tocar sorrindo?prefiro assim do que um cara mal encarado e rabujento se achando o maximo,e pensarmos po o cara é fodão mas é um egocentrico,o Morse é um musico carismatico e feliz de fazer o que gosta.Tommy Bolin era um puta guitarra e vivia chapado porque era um louco e muita gente vem dizer que ele saiu da banda porque tocava mal,porra o cara compos e gravou a maioria das musicas do disco que participou.Você é substituivel,eu sou,todos somos msnExperienciamusical@hotmail.com

  • Doug diz: 6 de março de 2009

    Cara…
    que sonho um show desses!!!!
    Graças aos Deuses do Rock que eles tem bastante saúde e podem voltar!!!!

    Agora eu discordo do Rizzati num coments que ele fez a uns dias atraz…

    Stevie Morse é virado num sací truque!!! o Cara toca guitarra, cuida do filho recem nascido, frita um ovo e faz um Café ao mesmo tempo, bicho!!!

    Steve Morse é um dos poucos ultimos que conseguiu unir a técnica com o Feeling!!!

    isso aí é rock n roll purooooooo

  • Moacir diz: 8 de março de 2009

    Cara,ainda não caiu a ficha que consegui ver o Deep Purple,foi muito foda….verdadeira lenda viva,é claro que preferia ver o Blakmore na guitarra e John Lord nos teclados,mas o cara que disse que o Morse é um saci truque tá fora da casinha,um musico que merece respeito absoluto que por meados de 70 já colecionava discos com uma puta técnica arremetendo ao feeling……..puro preconceito por achar que ninguém é insubstituivel………abraços e força sempre,valeu.

Envie seu Comentário