Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Os Depira viraram história

31 de março de 2010 19

Prestem bem atenção nessa foto aí em cima, porque ela não será vista outra vez tão cedo e, muito possivelmente, nunca mais. Sim, amigos, me dói ser o portador da má notícia, mas Os Depira não existem mais. Uma das mais adoradas e talentosas bandas autorais que Joinville já produziu não resistiu ao indócil passar dos anos e resolveu encerrar as atividades. Claro, a culpa não é somente da pouca produtividade – em 11 anos de vida, foram dois EPs, um CD e um registro ao vivo disponibilizado pra download. A falta de perspectivas, a inexistência de um empresário/produtor, a incapacidade de romper os limites regionais e, principalmente, rachas internos aceleraram um fim que pareceu iminente algumas vezes.
Nada sobrou, como afirma o título da melhor canção d’Os Depira? Não. Além da discografia, ficam as memórias visuais de uma exuberante banda que durante uma década remexeu no baú dos anos 60 e 70 pra fazer um rock ora dançante, ora soturno, mas sempre de personalidade forte, potente, vibrante e bom de cantar junto. Qualidades que renderam um fã-clube crescente e um respeito que cruzou, e muito, as fronteiras do distrito de Pirabeiraba. Foram muitos os shows memoráveis, nos mais variados palcos, alguns bem ermos, como o Zeppa.
Mas é aquela coisa: vão-se os dedos, ficam os anéis. O que há, por enquanto, é que Marcelo Rizzatti (guitarra), Parffit (baixo) e Rafael (bateria) seguem com o projeto Let it Jam e dando suporte ao mestre Celso Blues Boy. Outras maquinações sonoras, especialmente pelos lados do guitarrista, ainda estão em estágio inicial. Mas isso é assunto pra mais tarde. Agora, uma salva de palmas para os depirianos…


Comentários (19)

  • Anny diz: 31 de março de 2010

    Nãaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaooooooooooooooooooooooooooooooooooo!!!!!!! :(
    Esta foi para mim a pior notícia. Como amiga, seguidora e depirete oficial (hehehe) me choca e me entristece muito essa notícia. Joinville perde e o Rock perde mais ainda.

  • Robeth diz: 1 de abril de 2010

    Putzzzz que tristeza!!!!

    E como ficaremos nós, os fãs?! Agora órfãos, sem a maior e melhor banda de rock que essa cidade já teve!!
    Grande perda, é difícil de acreditar que “o trecho está chegando ao fim agora” para os Depira!!
    Com certeza vão deixar muita saudades e uma grande lacuna no cenário musical da cidade!!

  • Helliot diz: 1 de abril de 2010

    isso é bizzness!!! Pra rolar uma “reunion” daqui um tempo… rs. Brincadeira a parte… vai deixar saudades!!! Hj é dia de ensaio… tomar cerveja no bar do Ivo……. Piracity!!!!!!

  • Roberto diz: 1 de abril de 2010

    nunca ouvi fala disso ai, nao vai fazer falta. viraram história rsrsrsr

  • Helder Sylverdale diz: 1 de abril de 2010

    Simplesmente NÃO DÁ pra falar de música Joinvillense sem falar d’Os Depira. Uma pena a banda acabar mas o legado deles vai continuar por um longo tempo. Foi uma honra poder tocar com esses caras. Enfim, parabéns pra eles, pelo lindo trabalho que fizeram.

  • Helder Sylverdale diz: 1 de abril de 2010

    Putz, 1º de abril! Bah mas eu NÃO retiro o que eu disse sobre os caras =P

    Quisera eu que fosse uma piada, Helder.

  • Gargamel diz: 1 de abril de 2010

    É uma grande lástima o fim d´os Depira porém não muito surpreendente, É uma Banda que com certeza não marcou somente a histórica da cena musical em Joinville mas também a vida de muitas pessoas, Fica a esperança de um dia um Reunion no Zeppa pra matar a saudade.

  • Alice diz: 1 de abril de 2010

    Também me entristece muito essa notícia. Mas como acompanho bem de perto a banda nos últimos 2 anos, entendo que talvez essa fosse a melhor forma de cada um seguir seu rumo de maneira saudável. Desejo muita sorte e sucesso para cada um dos meninos, em tudo o que fizerem, principalmente ao Parffit, que agora além de tudo também será papai. :)
    Ps: O fato de ele ser papai não tem nada a ver com o fim da banda, viu? Antes que alguém me chame de Yoko Ono. :P

  • adilson diz: 1 de abril de 2010

    opa…

    sera que isso ai nao estorinha de primeiro de abril… se for, blz, eu ri um bocado… agora se nao for, oq podemos fazer… tudo um dia acaba

  • Rafael Zimath diz: 1 de abril de 2010

    Puxa vida…não chega a ser uma surpresa, mas é certamente uma pena. A banda era realmente sensacional e marcou muita gente e a história da música joinvilense. No mais, desejo tudo de bom aos ex-integrantes e sorte em futuros projetos (parabéns pelo filhote, Parfitt e Alice), não é mesmo Rizza?

  • Parffit diz: 1 de abril de 2010

    Na verdade, o Marcelo Rizzatti vai começar um projeto de sertanejo universitário (ou seria pagode analfabeto?), seguindo os passos do cara da Relespública.

    (essa é pra quem pediu história de 1º de abril…)

    Sobre a banda, o tempo vai mostrar que durou o quanto tinha que durar, o tempo certo pra deixar alguma coisa gravada na memória de quem curtiu.

  • Diego Gouveia diz: 1 de abril de 2010

    Pohh Meu melhor dia de curtição foi a 1 vez que fui ao Zeppa curtir Os Depira e depois virei um deperiano e la estava praticamente em todos os shows, Desejo sucesso a Todos, so que vamos criar um movimento:

    Volte os Depira ha [1]

    Abração Galera!!!

  • Geovane Loretto diz: 1 de abril de 2010

    Os bons morren jovens como disse o Renato, mas acredito que se foi assim, se e é inevitavel que seja, desejo o bem desta trupp que inspirou a rockeirada de Joinville, o Zeppa nunca mais sera o mesmo… que cada um encontre seu caminho com muita paz e tranquilidade porque Deus salva mas o rock alivia….

    Vida longa ao Depira mesmo que em nossas recordações
    Vida Longa ao rock n Roll de Joinville

    Geovane Loretto
    Garagem Joinville
    http://www.meumosh.blogspot.com

  • Alexandre diz: 1 de abril de 2010

    bom começo de ano (modo ironico on). primeiro os karadura acabam, depois os depira. mas é isto aí. viraram história.

    Um aparte: segundo o baixista Germano, o Karadura não acabou, só tá dando um tempo. Abs.

  • Keit diz: 1 de abril de 2010

    há!
    rubão se superando na piadinha de primeiro de abril!!!!!!

    beijao

    Beijão, Keit, mas não é pegadinha, infelizmente.

  • Hélio diz: 1 de abril de 2010

    Um “passarinho” me contou que Os Depira tinha acabado, mas agora é oficial. Triste, pois comecei a frequentar os shows e ouvir os discos após o efeito dominó que provocou o fim das bandas Schnaps, Medíocres, Os Carademarte, Butt Spencer, Graduação Alcoólica… Na época, eu só ouvia punk rock e hardcore. Foi aí que comecei a acompanhar Reino Fungi, Lopez e Os Depira no Cais 90, Double Phase e Zeppa. No último, vi ótimos shows dos representantes do rock de PIRACITY, certo LOBISOMIADA? Desejo sucesso ao Nuno, Parffit (Papai? Parabéns! Para a Alice também!), Marcelo Rizzatti e Rafael Vieira. Na minha opinião, Os Depira se junta ao Butt Spencer como bandas clássicas da cidade.

  • Marcelo Rizzatti diz: 4 de abril de 2010

    Obrigado pela simpatia e consideração de todos os amigos, fãs e ex-integrantes pelo tempo em que a banda “pirou” por aí…eu também lamento pelo fim da banda mas, por motivos diversos já mencionados pelo amigo e jornalista Rubens decidimos que esta seria a melhor decisão a ser tomada. A banda/projeto LET IT JAM com o amigo/guitarrista/vocalista Xande deve continuar se divertindo com releituras de clássicos lado B do cancioneiro roqueiro e novas bandas/projetos devem pintar em breve…porque a música tá na veia, certo?
    Forte abraço a todos! E “vamo que vamo”…

  • chipas diz: 5 de abril de 2010

    PERDA IRREPARAVEL PARA O ROCK CATARINENSE!! GRANDES MUSICOS!!! GRANDES AMIGOS!!! TIVE O PRAZER E A HONRA DE FAZER PARTE DA BANDA NA EPOCA (DE 2000 A 2002) DA GRAVAÇÃO DOS 2 CDS DEMOS!!!
    AS MUSICAS COM CERTEZA JA ESTÃO ETERNIZADAS!!!
    INDEPENDENTE DOS PORQUES, ESPERO E TORÇO PRA QUE AS AMIZADES CONTINUEM E QUE CADA UM SIGA UM BOM CAMINHO NA MUSICA E NA VIDA!!!!
    “”””NUNO, RIZATTI E O MEU IRMÃO PARFFIT””” VCS MORAM NO MEU CORAÇÃO!!!!

  • XAnde diz: 8 de abril de 2010

    Não poderia de deixar aqui minha nota solidária e lastimável em face de tantos ótimos amigos que fiz e que postam acima.
    Mas o que precisamos agora pelo que percebo é “pé na tábua”. O ano já começa no primeiro semestre com três baixas inestimáveis: Karadura, Os Depira e Black Huxley.
    O negócio é essa galera se unir cada vez mais e zelar pelos ótimos talentos que ainda persistem na Manchester Catarinense!
    Abraço e paz a todos! Keep on rockin’ meu primo Nuno, Parffit, Rizza e Rafa!

Envie seu Comentário