Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

De volta à superfície

29 de abril de 2010 30

Engana-se redondamente quem acha que o rock joinvilense dos anos 80 tinha apenas Atrito, H2O, Núcleo Sul e Invasão Básica, bandas com um tempero pop ou inclinadas para o rock inglês. Os que vagavam pela noite da cidade na época vão lembrar (com saudade? Com asco?) do Tensão Superficial, quarteto que assombrava os muitos lugares – de boates a praças e casas de praia, quase sempre lotadas – que abriam as portas para o seu punk detalhista. Ao caminho trilhado por Camisa de Vênus, Inocentes e Replicantes a banda acrescentava um lado dark e poético herdado de U2, The Cure e Sisters of Mercy, resultando num som virulento, mas de musicalidade espantosa.
Mesmo assim, e com cerca de 50 composições na manga, o Tensão nunca chegou a lançar nada entre 1986 e 1992, período em que esteve na ativa. Algo chegou a ser registrado no célebre estúdio do Mug, mas não há pistas do paradeiro desse material. Um pedaço do pouco que sobrou tá bem aqui: alguns vídeos de shows (um deles na antiga boate Baturité) e o link pra download de uma apresentação em Floripa, por volta de 1987/1988. Um verdadeiro tesouro.
Em 2008, 16 anos depois de se separarem, Ado (guitarra e vocal), Mauro (guitarra), Tuí (baixo) e Otávio (bateria) se reencontraram pra relembrar os velhos tempos. Desde então, o trio básico, hoje quarentão, vem se reunindo mensalmente “pra tirar um som” – Mauro, que mora em Itajaí, costuma aparecer de vez em quando. Despretensão total, mas que Ado não descarta virar shows e gravações: “Eu gostaria muito, mas não posso falar pelos outros”. Tem gente louca pra ver esse revival.

Os vídeos:



E pra baixar o show é AQUI:

1. Seres Humanos
2. Jornal Prá Cabeça
3. Zona Proibida
4. A Cidade Vai Passar
5. Sua Fuga
6. A Melopia
7. Imagens
8. Sonhos e Pesadelos
9. Náuseas
10. Na Hora
11. Você Tá Linda
12. Minha Muralha
13. Paranóias de Quem Ama

Comentários (30)

  • phc diz: 29 de abril de 2010

    q blz hein? tá aí uma das melhores bandas locais q assisti show! do dark ao punk! coisa boa relembrar as músicas, infelizmente ficou de fora uma música q na minha opinião é a ‘Auto Expressão’ (é isso?). tomara q eles voltem e possam mostrar ao vivo, o bom rock q era feito aqui em Joinville na década de 80! dá-lhe TENSÃO!
    abs

  • Mauro Hansen diz: 29 de abril de 2010

    E ae Rubens . . . Gostei muito da matéria! Eu sou o Guitarrísta dessa Banda de Loucos e Afetados . . . Dê uma olhada no meu site e confira alguns de meus vídeos no YouTube (venho desenvolvendo um projeto com GHB – Great Highland Bagpipe, a gaita de fole escocesa), é bem legal . . . Tenho uma Escola de Música aqui em Itajaí (I.E.T.G. – Instituto de Estudos de Técnicas Guitarrísticas) . . . Se gostar, faça um comentário para divulgar o meu trabalho em sua coluna aí no AN!!! Mais uma vez obrigado por resgatar a memória do “TENSÃO” . . . Os doido agradece . . . rsrsrs . . . Abração!!!

  • Helliot Jr diz: 29 de abril de 2010

    Qdo escutei Tensão pela primeira vez me identifiquei de imediato. Punk e dark, perfeito! Achei bem blasè… Conversando com alguns amigos que conheciam a banda, TODOS, eu disse TODOS, unânime, me falaram ESSA SIM ERA BANDA, rsrsrs… Enfim, me tornei fã tbém e com certeza vamos fazer um cover em homenagem a essa jóia perdida da nossa manchester… abs!

  • pablo diz: 29 de abril de 2010

    era muito boa essa banda, tinha uma lado dark diferente das outras bandas de Joinville. realmente merecía ter algum material gravado pois faz parte da história musical da cidade.

  • Sandro diz: 29 de abril de 2010

    cara coisa boa, já havia enchido o saco do Ado várias vezs para conseguir o material da banda, boas lembranças. E tomara que venha o CD.

  • Sandro diz: 29 de abril de 2010

    Muito massa ler sobre estas bandas. Na época(86/90) tinha muitas bandas boas, caso do PARAFERNALHA, MANTHO, SINDROME LATINA, RESSURREIÇÃO, SOMBRAS, CASTELO DE CRISTAL e muitas outras. Grande abraço.

  • Rafael Zimath diz: 29 de abril de 2010

    Muito bacana mesmo. Os caras deviam encaminhar um projeto para o Edital para conseguir a verba e registrar o trabalho!

  • Germano Busch diz: 29 de abril de 2010

    Sensacional o resgate.. Vale também a busca por algo do Néctar, com o Luiz moendo nos vocais.. Lançado o desafio, Rubão…

  • Germano Busch diz: 29 de abril de 2010

    Ei, também tinha o Ecos do Suburbio, com o Saul, um dos primeiros ‘guitars’ que vi tocar..

  • Octávio H. L. Lobo diz: 29 de abril de 2010

    Olá Rubens, parabens pela matéria no jornal e obrigado pela lembrança dessa época tão especial para todos nós do Tensão. Eu toco bateria na banda (titico) e realmente nos encontramos de vez em quando nos finais de semana para tocar e relembrar. Por mim, tocávamos todo final de semana! rsrsrs. As músicas do Tensão tem uma energia muito forte até hoje e, nos anos 80 em Joinville, era um show diferente de tudo. Espero encontrarmos espaços para tocar novamente um dia para o público. Ia ser muito legal ver as pessoas que curtiam na época e a nova geração de hoje, juntos ouvindo as músicas do Tensão. Não só o Tensão, mas todas as bandas de Joinville dos anos 80. Seria memorável! grande abraço!

  • chipas diz: 29 de abril de 2010

    BOA RUBÃO!!! O TENSÃO FOI A BANDA QUE ME APRESENTOU O SOM DO THE CURE!!!! BEM NA EPOCA EM QUE EU MUDEI PRA JOINVILLE!!!LA DE CASA EU OUVIA ALGUNS ENSAIOS !!!! TEMPO BOM!!! ESSES DIAS REENCONTREI COM O TUI NO WOOD BAR!!!!!

  • Chipas diz: 29 de abril de 2010

    BOA RUBÃO!! FOI ATRAVES DO TENSÃO QUE EU CONHECI THE CURE!!!! VI ALGUNS DO TENSÃO EM JOINVILLE!!!! OUVI ALGUNS ENSAIOS TAMBÉM!!!! ISSO FOI LOGO QUANDO VIM MORAR EM JOINVILLE!!! ANOS 80 !!! TEMPO BOM!!!

  • Edson Luis diz: 29 de abril de 2010

    Foi eu quem ripou a fitinha e colocou na net. Essa Sony C-60 eu guardo até hoje como relínquia do rock de Joinville.

    Sim, é verdade. E fica aqui meu agradecimento – e, por tabela, de todos os que agora têm acesso a esse grande material – ao Edson, um incansável batalhador dos bons sons. E isso há muitos anos. Abração.

  • Edson Luis diz: 29 de abril de 2010

    Se me lembro bem, assisti a um show deles no Baturité em 1988 e ficava puto da vida porque a nossa primeira banda tocava com uma bateria montada de peças que roubamos do Osvaldo Aranha (levamos os instrumentos para casa para afinar no 7 de setembro e não devolvemos mais) e eles já tinham uma Yamaha!! Raro na época em que as bandas top da cidade tocavam com Pinguim.
    Mas a banda é maravilhosa, queria ter acesso as outras demos que eles gravaram na época. Aconselho tembém a vocês irem atrás de material das bandas KALS e NT30 que foram outros grupos que surgiram com o fim da Tensão.

  • Marcelo Rizzatti diz: 30 de abril de 2010

    Lembro dessa época e de algumas das bandas citadas. Que saudades!!!
    Inclusive pude ver os caras (Tensão Superficial) tocar no Baturité e lembro que a banda fazia ótimos shows. Eu tive, nessa mesma época uma banda chamada REBELIÃO OCULTA da qual tenho alguns registros em cassete gravados no antigo estúdio do MUG e algumas gravações caseiras…mas isso eu não teria coragem de disponibilizar hahahaha

  • RoGo diz: 30 de abril de 2010

    Além das múscias próprias, essa banda fez o melhor cover do The Cure no Brasil nos anos 80. Pena que não tenha nada disponível para os “novinhas” darem uma olhada. A influência está no arranjo da música Rastros lembra muito o “killing an arabe” do The Cure.

  • Theomar Lemos diz: 1 de maio de 2010

    Vou procurar para ver se acho alguma gravação que fiz.
    Foi bom saber que o pessoal está muito bem e que o Mauro continua o grande Mauro.

  • Rái Mein diz: 2 de maio de 2010

    Essa foi a dica mais foda que o blog já deu até hoje!

  • Luiz F. de Macedo – Tuí diz: 2 de maio de 2010

    E aí Rubens, quero agradecer pela matéria e ao Edson Luis, o cara que “ripou” nossa fita e a divulgou. Sou o Tuí, baixista da Banda Tensão. Espero em breve poder reunir a banda novamente para fazermos um som para essa galera e relembrar os bons tempos.
    Estamos no aguardo de um local.

    Abraço

  • Sandro Lenzi diz: 3 de maio de 2010

    Putz… só fera dando opinião aqui heim!!! Quero ver arrancar esse material da mão do Marcelo Rizzatti agora Rubens… hahahaha
    E o Edson Luíz heim… quem diria, desfalcando a fanfarra do nosso glorioso Osvaldo Aranha, lá no Glória, um dos bairros que sempre foram rock and roll em Joinville.
    Ahh se a Dona Janir fosse viva Edson Luis… ahauahauahauahauaha

  • Edson Luis diz: 3 de maio de 2010

    Fazer o que??
    Tudo pelo Rock’n’Roll!!!

  • Alex Püschel – Atrito diz: 3 de maio de 2010

    Sensacional. Foi através do Tensão Superficial, H2O e Impressão Digital(Walter,Mutly,Chileno e André Nass) que o rock de JOinville começou a mostrar sua cara. Cada um na sua praia, cada um no seu estilo, mas o Tensão tinha algo a mais, Baturité era o Palco, e quem não lembra o show antológico no salão do JAcob no Piraí na época. Primeira vez que vi uma bateria Yamaha na minha vida, com pratos Paiste. Conhecemos The Cure através deles em Joinville, só não tivemos o prazer de tocarmos juntos nos palcos de JOinville. Ado, Tuí, Mauro e Titico, grande abraço, e nos dêem o prazer de vê-los ao vivo novamente. Parabéns Rubens, resgate o cenário musical dos anos 80 em Joinville. Mantho, Sombras, Ecos do suburbio, Invasão Básica, BR 101, Parafernalha(Jerry/Nico)Sanches,Registro Civil, Tormento dos Vizinhos e por ái vai. Muita saudade de uma época mágica!
    Alex – Baterista Banda Atrito

  • ROBERT LEMKE – ATRITO diz: 3 de maio de 2010

    TENSÃO SUPERFICIAL ? Maravilha…a primeira banda que vi tocando em Jlle, antes do H20, Amizagem (Jackson & Cia) e demais.
    Então, obviamente, antes da ATRITO (a qual represento aqui).
    Igualmente, conheci THE CURE através da Tensão Superficial (os efeitos FLANGER da guitarra, e também do baixo do Tuí).
    “…E SAIR DA LAMA, E VOLTAR PRÁ CAMA”…são frase que povoam minha memória até os dias atuais.
    Tem material deles no youtube (alguma coisa)…já ouvi…e vale a pena, sem dúvida!
    Lembro deles tocando numa baixada que havia ali no MUSEU (Rua XV)….todo mundo em clima DARK, amando Cure e as próprias da Tensão Superficial !
    Este resgate da cultura Joinvilense serviu também para rever (reler) feras e expoentes da música, que aqui também apõem seus comentários.
    Então, parabéns á TENSÃO, ao Rubens, e, definitivamente, QUE VENHA A TENSÃO A SE APRESENTAR E REUNIR TODOS NOVAMENTE. Certamente, tocarão nos melhores e mais nobres locais, por merecimento. Mas também pode ser na praça, no Jacob (Piraí), etc.
    Reconheço, então, que a Tensão abriu meus ouvidos para o rock inglês, mesmo, e graças a isso a ATRITO existiu, e ainda respira nos dias atuais, com esse legado e herança cultural inegáveis.
    Abraços a todos !
    SUCESSO !
    ROBERT LEMKE – 38 anos
    BANDA ATRITO / BANDA BARÕES DO CAJU
    Joinville-SC

  • Edson Luis diz: 3 de maio de 2010

    Revirando minha coleção de Demo-tapes achei mais uma preciosidade que os fãns da banda irão adorar. Uma gravação de 18/09/1987 ao vivo na boate Baturité. Comecei a ripar hoje e acredito que ainda essa semana eu posto para vocês.

  • Edson Luis diz: 4 de maio de 2010

    Seguinte povo, a nova fitinha está convertida, contudo preciso da ajuda de vocês (principalmente do Tuí, Mauro, Octávio e Ado) para identificarmos algumas músicas. Ficou assim:
    Tensão Superficial
    Ao vivo Baturité – 18/09/1987

    Lado A
    01> ???
    02> ???
    03> ???
    04> Seres Humanos
    05> Jornal Prá Cabeça
    06> Zona Proibida
    07> A Cidade Vai Passar (incompleta)

    Lado B
    01> ???
    02> ???
    03> Sua Fuga
    04> Sonhos e Pesadelos
    05> ???
    06> Na Hora
    07> Paranóias de quem ama
    08> ???
    09> ??? (incompleta)

    O link traz os dois lados da fita sem intervalos. Quando identificarmos todas as músicas eu separo e posto um novo arquivo.
    http://www.mandamais.com.br/download/lkyb45201004925

  • phc diz: 4 de maio de 2010

    sensacional EDSON!!! estou baixando!
    abs
    phc – ex-vocal DISPLICÊNCIA/STEREOTROIA

  • Helliot Jr diz: 4 de maio de 2010

    Eu iria jogar no meu zine um texto do TENSÃO… Mas dae pensei assim: TÔ SENDO MESQUINHO, rsrsrs… TODOS vão ter que escutar isso… e joguei o vírus… Rubens captou… e fez-se a LUZ… rs. Agregou antigos e novos admiradores da banda… E o poder da comunicação e abrangência do blog… tbém acho que foi um dos melhores post até agora… show!

    Helliot Jr – 29 anos
    batera – blasè/ barões do cajú/sanchez

  • Sandro Lenzi diz: 4 de maio de 2010

    Rubão…
    Acho que a galera tá clamando por uma apresentação ao vivo da TENSÃO SUPERFICIAL, e eu naturalmente, engrosso o coro!!!
    Seria simplesmente demais!!!
    Sem contar que hoje os caras devem estar ainda melhores!!!!!

  • Osvaldo (Dado) diz: 23 de julho de 2010

    Estou procurando material sobre a banda Ecos do Suburbio de Joinville da década de 80 e 90, eu ficaria contente se pudessem compartilhar comigo, sou músico e gostava muito desses caras.

  • Fabian Marcel Schroeder diz: 14 de setembro de 2010

    Legal essa banda. Realmente merecia ter um material gravado pois faz parte da história musical da cidade de Jlle.

Envie seu Comentário