Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

O que a Bahia tem?

31 de janeiro de 2011 1

No próximo dia 9, minha amiga Katherine Funke, jornalista joinvilense radicada em Salvador, onde desponta como honorável escritora, lança sua coletânea de contos Notas Mínimas. Algumas passagens do livro são puro rock’n’roll, algo nada surpreendente pra quem conhece o background da moça, cujo talento não se restringe ao trato com as palavras – ela também se arrisca como vocalista. Mas o caso é que o lançamento na capital baiana, semana que vem, contará com a presença da banda local Pessoas Invisíveis, cujo álbum de estreia faturou o troféu Disco do Ano em 2008 no Prêmio Bahia de Todos os Rocks. O segundão acaba de sair – Fora do Eixo foi gravado ao vivo, com os integrantes tocando juntos numa sala do estúdio 60, em Salvador. Apesar de proclamar Helmet e Queens of the Stone Age como referências, a sonoridade da Pessoas Invisíveis cai mais pro indie com eflúvios sessentistas e britpop, reforçado por letras bacanas. Há vida inteligente na terra do axé.

Pessoas Invisíveis – Começo do Fim (Music Video) from gustavo_director on Vimeo.

Comentários (1)

  • katherine funke diz: 3 de fevereiro de 2011

    salve Rubens, gracias! pega esse avião…

Envie seu Comentário