Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Registro na rede: Fugazi em Joinville

05 de dezembro de 2011 15

Infelizmente, a memória falha e não me lembro de muita coisa que aconteceu no dia 15 de agosto de 1997. Só sei que à noite estava, junto com mais uma porção de gente, na Liga de Sociedade pra testemunhar a passagem do Fugazi por Joinville. Exemplo de integridade, independente por excelência e opção e ícone sonoro do hardcore americano, a banda liderada por Ian MacKaye (na foto ao lado) se materializou por aqui dentro de uma turnê brasileira de duas semanas, deixando os rockers locais em êxtase. “Na época, as letras do Fugazi eram intraduzíveis, pouca coisa era compreensível de entender, porém, a falta do conhecimento na língua dos caras não deixava de sentir toda a raiva e a vontade do Fugazi fazer uma apresentação musical única naquela noite na Liga. A noite foi marcante para mim, acredito que para outros amigos também, mas não foi um divisor de águas no cenário musical da cidade. Serviu para entender um pouco mais sobre música, até mesmo sobre a maneira de levar a vida”, relembra Maikon Duarte, historiador, autor de teatro e cabeça do blog Do Trilho pra Cá.
Outro que viu (bem) de perto a coisa toda foi Rafael Zimath (Alva, Somaa), ex-guitarrista do Butt Spencer, que abriu para os gringos. “Eu tinha 17 anos quando soube que o Fugazi estaria em Joinville e dividiríamos o mesmo palco. Faz quase 15 anos que isto aconteceu e o impacto ainda é muito vívido em mim. Assistir a maneira passional e articulada com que o Fugazi misturava feedbacks e refrões hínicos, ter presenciado a riqueza da dinâmica e a improvisação de sua música ao vivo foi uma das experiências mais marcantes da minha vida. Boa parte destes conceitos formaram a minha identidade musical e são  encontrados em todos os projetos e bandas que participei até hoje. Tudo já teria sido sensacional o suficiente se ficasse só nisso. No entanto, ao final do show do Butt Spencer, (o vocalista/guitarrista) Guy Picciotto me chamou em um canto e disse ‘great guitar playing, man!’. Não me ocorreu nada a não ser mandar um ‘thank you’”, garante o moço.
O próprio Fugazi deve ter gostado, já que incluiu a apresentação em Joinville entre os cerca de 800 registros de áudio ao vivo que colocou há pouco tempo pra venda on-line, via gravadora Dischord. Pra adquirir, passe aqui e encomende, até porque os comentários indicam que a qualidade é muito boa.
A seguir, quatro fotos do show feitas pelo Rodrigo Falk Brum (na época, vocalista do Butt Spencer) e, na sequência, imagens do encarte de um disco do Fugazi que o Zimath bota fé serem da apresentação joinvilense. Que, até onde não sei, não foi gravada em vídeo, então, segue mais abaixo o do show completo da banda em Piracicaba (SP), no mesmo ano.

Comentários (15)

  • leonardo diz: 5 de dezembro de 2011

    Eu estava lá.

  • Helliot diz: 6 de dezembro de 2011

    Nesse dia aconteceu uma cena linda… Que só o underground nos propicia… A correia do baixo do JR (MAGNETICOSs) saiu e o roldie apoiou o instrumento até acabar a música… grande show, grande noite…

  • Playmobil diz: 6 de dezembro de 2011

    Animal esse show. Realmente foi marcante para época. Skatistas e outras tribos ao mesmo som…………

  • Marcos M Moraes diz: 6 de dezembro de 2011

    Fugazi, uma banda genial ! Além de ótimos discos, os shows eram verdadeiras obras de arte. É dificil imaginar que a banda sequer fazia Set List e tocavam tudo tão perfeitamente, com seus ótimos timbres, sonoridade perfeita. Esta época do show de Joinville era a época do disco “Red Medicine”, talvez o disco com maior dose de experimentalismo (e/ou ousadia), disco que premeditou as duas maiores obras primas da banda, na minha opinião, End hits e The Argument, este último, o único disco que eu tenho conhecimento que possui duas masterizações, uma para CD e outra para vinil. Fugazi foi uma banda que levou a sinceridade até as últimas consequências.

  • tiba diz: 6 de dezembro de 2011

    Marcos Maia sempre com comentários precisos e inteligentes. Por isso admiro muito esse cara, aqui em Jlle com certeza eh quem mais se assemelha a filosofia e honestidade do FUGAZI.

  • Hélio de Sousa diz: 7 de dezembro de 2011

    LENDA! Assim como o show do Dog Eat Dog! Tem gente que não acredita que essas duas bandas tocaram em Joinville. Haha

  • Marcos M Moraes diz: 7 de dezembro de 2011

    Cara, teve Dog Eat Dog, mas teve Tormento no mesmo dia, que foi melhor que o próprio Dog Eat Dog. Já o Fugazi foi monstruoso.

  • Rodrigo Falk Brum diz: 8 de dezembro de 2011

    Esse show foi massa! Mandei essas fotos pro site da dischord e o próprio Ian respondeu! hehehe! Fico me perguntando se o show do BS foi gravado também, seria legal ter esse registro.

  • gurcius gewdner diz: 10 de dezembro de 2011

    eu tenho um video comigo APANHANDO dos caras do dog eat dog no hotel deles, até já digitalizei, quando postar por aí te mando rubens! hahahaha eu tinha 14 anos.
    tbm fiz filmagens do Fugazi, que se não me engano, ficaram com o LEANDRO DIX. que não sei se guardou a fita.

  • gurcius gewdner diz: 10 de dezembro de 2011

    na época o canal 20 filmou umas musicas do FUGAZI, eu filmei duas, mas a fita , pelo que e leMbro, como já falei, ficou com o DIX.

  • Rafael Zimath diz: 13 de dezembro de 2011

    Rodrigo, a gente tem o audio do show do Butt Spencer gravado. E ficou bom cara!

  • Rodrigo Gerent diz: 14 de dezembro de 2015

    Acho que tenho o ingresso desse show guardado. Ajuda para o que você precisa?
    Além de Dog Eat Dog e Tormento dos Vizinhos tocou uma banda de Salvador.

Envie seu Comentário