Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

PIL desacorrentado

30 de agosto de 2012 1

“Você não consegue ficar bem. Você pode sufocá-lo por um determinado tempo, e duas décadas é muito tempo para suportar isso. É como uma sentença de prisão. Mas eu já fui para a cadeia, sei como lidar com ela”. O desabafo é de John Lydon, ex-Johnny Rotten dos Sex Pistols, falando à revista Spin sobre o sentimento que o acompanhou durante os 20 anos que passou sem gravar com o Public Image Ltd. por causa de uma dívida com a gravadora EMI. Agora livre e independente, Lydon lançou um novo disco com sua banda em maio. This is PIL não nega suas origens sem paradeiro defindo, o que significa dizer que os rasgos de pós-punk, new wave, reggae, funk torto e eletrônica voltaram – ou melhor, continuam – a nutrir a música de Lydon, pouco indicada a pessoas sensíveis (apesar de One Drop, por exemplo, ser perfeitamente “dançável”). Aliás, pegue algum disco do PIL dos anos 80, como Album ou Happy?, compare com as faixas novas e perceba uma sutil mudança na voz do líder, agora mais grave, só que ainda esquizofrênica.

Comentários (1)

  • walter carvalho diz: 15 de outubro de 2012

    Gostei do retorno de Johnny Rotten e sua trupe. Deixem ele soltar seus cachorros, cobras e largatos. Joãozinho podre é ótimo.
    Ah, o meu cdzinho já foi encomendado numa lojinha bacana aqui de Belô !

Envie seu Comentário