Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Enferrujados, mas e daí?

06 de fevereiro de 2013 0

O nome é Fritz da Puta, e não há motivo para escandalizar-se nem imaginar que se trata de uma sátira em cima das bandas que tocam marchinhas alemãs. Edson Souza e Dinho as adoram, o que não impediu o trocadilho germânico que dá nome ao duo jaraguaense, que acaba de soltar o EP Rust is not a Crime. Outro batismo bem sacado: a “ferrugem não criminosa” remete aos 16 anos que Edson, ex-The Power of the Bira, passou sem integrar uma banda e os quase 20 sem aventurar-se na bateria. A pouca prática aliada à inexperiência de Dinho (batera da finada A Repelent Band) na guitarra surgem nas seis faixas do disquinho, gravado na cara e na coragem durante um ensaio no Estúdio Vox, no dia 9 de janeiro. A vontade suplanta as condições técnicas, e a trombada entre o psychobilly e o punk/hardcore mobilização a diversão de Sete Corpos, Flathead e Lá no Meu Quintal, por exemplo. Rust… está para audição e download no Soundcloud. E caso você esteja curioso: os meninos na capa do EP são dois primos de Edson, cujos nomes ele não revela nem sob tortura.

Envie seu Comentário