Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts de novembro 2013

Sessão de cinema e maracatu

29 de novembro de 2013 0

Em setembro, integrantes do grupo de maracatu Morro do Ouro, de Joinville, pegaram um voo até Recife para conhecer a Noite do Dendê, importante festa organizada pelos moradores da comunidade do Bode, sede da Nação do Maracatu Porto Rico. O evento, cheio de significados culturais, marca a abertura dos preparativos para o Carnaval naquele lugar. O documentário resultante da viagem (patrocinada pelo Simdec) é um registro de imagens, sons e narrativas acerca da Noite do Dendê, algo que poderá ser visto neste sábado (30), às 19 horas, no anfiteatro do Bom Jesus/Ielusc. Como sempre, o ingresso no Clube de Cinema é gratuito.

O pulo do Blue

29 de novembro de 2013 0

A paixão por gatos e o vaivém de felinos, tanto em casa quanto das redondezas, incitaram a criatividade de Paulo Kielwagen. Com conhecimento de causa, ele transformou os bichanos em personagens em 2009, ano da criação da tira com as aventuras de Blue, o primeiro a ganhar a proteção do desenhista joinvilense e de sua esposa. Retomada agosto de 2012 no facebook.com/blueeosgatos, a produção virou o livro Blue e os Gatos, que reúne esse um ano de tiras virtuais, histórias inéditas e desenhistas convidados em 148 páginas. O lançamento será neste sábado (30), a partir das 9 horas, na Livraria O Sebo.

divulgação

I'm Not a Young Man Anymore - Velvet Underground

29 de novembro de 2013 0

Ouvir uma faixa “nova” do Velvet Underground, com seu apelo pop e sujeira característica,  é renovar o prazer do contato com banda tão original e importante para o rock. A gravação ao vivo de I’m Not a Young Man Anymore – registrada em um show em Nova York em 30 de abril de 1967 – entrará com destaque na edição celebrativa do segundo disco da banda, White Light/White Heat, que a Universal mandará para as lojas no início de dezembro.

Fundo do poço

29 de novembro de 2013 0

Todo o falatório em torno do polêmico WikiLeaks não foi suficiente para fazer deslanchar o filme sobre o criador do site, Julian Assange (que o renegou publicamente). Ainda inédito no Brasil (talvez por conta da má recepção nos EUA), O Quinto Poder é, segundo a revista de negócios Forbes, o maior fracasso do ano nos cinemas – custou US$ 28 milhões e faturou apenas US$ 6 milhões. Eis aí a lista dos dez maiores fiascos de do ano, segundo a Forbes, dos quais só assisti a R.I.P.D., com Jeff Bridges, filme plenamente merecedor do fiasco de bilheteria.

O Quinto Poder
Alvo Duplo
3º Conexão Perigosa
Parker
Linha de Ação
6º A Batalha do Ano
Resgate em Alta Velocidade
Peeples
R.I.P.D.: Agentes do Além
10º O Casamento do Ano

Dylan em todos os canais

29 de novembro de 2013 0

divulgação
Like a Rolling Stone
, uma das grandes músicas da história do rock, nunca ganhou um videoclipe nestas mais de quatro décadas que está por aí. Quando finalmente foi contemplada com um, veio logo com uma peça original e tecnicamente impressionante. Apostando na interatividade, ela permite que o espectador se veja diante de uma TV e escolha, a seu bel prazer, em qual canal deseja ouvir/assistir a música de Bob Dylan – todos a exibem simultaneamente, mas em situações distintas. A íntegra do vídeo está fácil, fácil AQUI. De fato, um gancho e tanto para chamar a atenção para a nova coletânea de Dylan.

Chegando aos cinemas... 29/11

28 de novembro de 2013 0

Crô – o Filme - O mordomo afetado que roubou a cena na novela Fina Estampa (2011/2012) vai para a telona, novamente interpretado por Marcelo Serrado. Mesmo milionário, Crô procura uma madame má para servir obsessivamente.

Ensaio - O terceiro longa da diretora catarinense Tânia Lamarca se passa nos bastidores de um espetáculo de dança sobre Anita Garibaldi, marcado por paixões turbulentas e dúvidas existenciais. O filme recebeu palmas e elogios no último Festival de Cinema do Rio.

Um Time Show de Bola – O diretor argentino Juan José Campanella (vencedor do Oscar por O Segredo dos Seus Olhos) se aventura no ramo da animação com esta história sobre um craque do pebolim (ou totó, como queiram) que vê seus “jogadores de mesa” ganharem vida para ajudá-lo numa partida decisiva.

Vovô Sem Vergonha - Outra da trupe do programa Jackass, sob medida para quem gosta de pegadinhas escrotas e escatologia. Aqui, Johnny Knoxville vive um senhor de 86 anos que viaja pelos EUA com o netinho, a quem ensina, entre outras coisas, a não ser um bom menino.




O movimento está parado

28 de novembro de 2013 0

divulgação
Nilton Tirotti deveria ter aberto ontem seu mais recente trabalho, Possíveis Fragmentos, na galeria do Sesc de Joinville, mas um desencontro de datas e questões técnicas impossibilitaram a montagem da instalação em vídeo, vista no começo do ano em Chapecó. O problema é que a unidade está com o calendário de 2014 lotado. Assim, enquanto resolve a questão com a direção regional, Tirotti analisa outras possibilidades de mostrar por aqui essa exposição de claro teor intimista, nascida de caminhadas e observações do cenário urbano da cidade. Em aparelhos de TV, projetores e painéis, o artista promove o diálogo da paisagem com pessoas, caminhos e seu próprio corpo, um movimento contínuo de imagens que, por ironia, se encontra estacionado. Esperamos que não por muito tempo.

Os bichos estranhos do Primal Scream

28 de novembro de 2013 0

divulgação
Depois de dois anos excursionando para celebrar o clássico-mor do Primal Scream, o Screamadelica, Bobby Gillespie conseguiu acessar o mesmo universo maluco no qual aquele disco foi gestado, duas décadas atrás. Mas More Light (Lab 344) oferece um tanto mais de portas e salas, cada uma habitada por um bicho estranho. A psicodelia das batidas lesadas de outrora se converteram em climas esquizofrênicos que capturam tudo pelo caminho – rock, dance, jazz, soul, acordes indianos, lisergia, noise. Para cada petardo dançante, como Invisible City e It’s Alright, it’s Ok, a banda inglesa oferece três ou quatro suntuosas peças viajandonas (River of Pain, Tenement Kid, Elimination Blues, Walking with the Beasts) ou cheias de sujeira e afronta (Sideman, Hit Void, Culturecide). Neurônios consumidos por alucinações também geram discaços como este.



5 anos de coluna Orelhada, com direito a baile

28 de novembro de 2013 0

divulgação
O dia 28 de novembro é marcante para este colunista/blogueiro. Foi neste dia, em 2008, que começou a ser publicada, na contracapa do caderno Anexo a coluna Orelhada, escrita e editada por mim. Desde então, a busca tem sido incessante para deixar os leitores do AN bem informados sobre o que acontece em matéria de música pop, cinema, teatro, quadrinhos, street art, etc pelo mundo afora, mas principalmente na região de Joinville.
Para comemorar os cinco anos da página diária, organizamos o 4º Baile Elétrico do Orelhada, evento que já teve edições em 2009 e 2010. Ele está marcado para esta sexta-feira (29), no Bovary, palco de outro evento organizado deste jornalista, a Noite Orelhada, que mensalmente promove o trabalho de bandas autorais da cidade e de fora dela.
Desta vez, o Baile Elétrico contará com o Lenzi Brothers, trio de Balneário Camboriú/Lages que consolidou-se o maior nome do blues rock catarinense após 15 anos de estrada – o DVD que marca a data, lançado há cerca de três meses, formará a base da apresentação. Outra atração é Ale & Os Astronautas, banda de rock clássico comandada por Alexandre Franz, nome veterano da cena musical local. O terceiro convidado é o público, que mais uma vez entrará em contato com os bons sons, algo que faço questão de apresentar todos os dias na coluna Orelhada.

Imagem da primeira coluna Orelhada, em 28 de novembro de 2008

Imagem da primeira coluna Orelhada, em 28 de novembro de 2008

Porto seguro

27 de novembro de 2013 0

O 13º Salão Nacional de Artes de Itajaí, que abriu no dia 16 e permanece até dia 15 de dezembro, resguardou a diversidade artística e espalhou-a por praças, parques e muros da cidade litorânea. E entre os 114 artistas de praticamente todos os Estados do Brasil estão três joinvilenses, todos adeptos de intervenções urbanas cuja leitura vai além do objeto exibido. Ale Mello aparece com dois trabalhos – num deles, se veste de branco, entrega moedas para os passantes e lhes diz “a arte esteja contigo”; Anderson Alberton espalhou bandeiras vermelhas de alerta em diferentes pontos de Itajaí; e Renato Veiga afixou coletes salva-vidas em bancos de praças “para servirem de socorro e outras leituras” (foto abaixo).

renato veiga, divulgação