Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Dez vistas para a Alemanha

20 de fevereiro de 2014 0

divulgação
Ainda como um desdobramento do Ano do Brasil na Alemanha (que foi em 2013), unidades do Sesc em Santa Catarina dão a largada, nesta quinta-feira (20), a uma maratona de filmes que bem representam o cinema contemporâneo daquele país. São dez produções recentes que cavoucam feridas históricas, mas também retratam dilemas rotineiros da sociedade alemã. É o caso da revolta juvenil impressa em A Vida é um Canteiro de Obras (1997, foto), que abre a programação em Joinville, onde as sessões (gratuitas) vão até o dia 27. O título mais conhecido, porém, deve ser Adeus Lenin (2003), que será exibido no sábado. Mas espere – a agenda completa está logo abaixo, veja só.

dia 20 – 19h30A Vida é um Canteiro de Obras (Das Leben ist eine Baustelle). De Wolfgang Becker | 1997 | 118min. | 16 anos
dia 21 – 19h30 - Berlin is in Germany. De Hannes Stöhr | 2001 | 90 min. | 14 anos
dia 22
17h
- Nenhum Lugar para Ir (Die Unberührbare). De Oskar Roehler | 1999 | 100min. | 14 anos
19h30Adeus Lenin! (Good bye Lenin!). De Wolfgang Becker  |  2003 | 120min. | 12 anos
dia 23
17h
Sonnenallee. De Leander Haußmann | 1999 | 94min. | 14 anos
19h30 - 4 Dias em Maio (4 Tage im Mai). De Achim von Borries | 2011 | 95min. | 14 anos
dia 24 – 19h30Yella. De Christian Petzold | 2007 | 88 min | 14 anos
dia 25 – 19h30Bem-vindo à Alemanha (Almanya — Willkommen in Deutschland). De Yasemin Samdereli |2010 | 95 min | 12 anos
dia 26 – 19h30Todos os Outros (Alle anderen). De Maren Ade | 2008 | 119min. | 14 anos
dia 27 – 19h30O que Permanece (Was bleibt). De Hans-Christian Schmid | 2012 | 88 min | 12 anos

Envie seu Comentário