Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Posts de maio 2014

Hora de oficializar o caos

31 de maio de 2014 0

O Bar Mr. Bean, no bairro Fátima, recebe neste domingo (1º), a partir das 16 horas, Cadaveric Hotel, Ramonescentes, Olho de Cabra, Nirvana dos Pobre, Disbiopsia, entre outras bandas. A justificativa, além de uma tarde/noite cheia de punk rock, é lançar o Coletivo SC Kaos, que mesmo sem estar “oficializado”, já produziu o Punk Rock Festival e os shows de Olho Seco e Terveet Kadet (Finlândia) e será responsável pelas vindas de Calibre 12 e Inocentes ao Norte do Estado. A entrada custa R$ 5 e pede-se a doação de um agasalho.

Uma dança para Pina

30 de maio de 2014 0

Denis Natan, divulgação
A alemã Pina Bausch (1940-2009), lendária coreógrafa, dançarina, pedagoga de dança e diretora de balé, era conhecida principalmente por contar histórias em suas coreografias, criadas em conjunto com os bailarinos. Entre os seus temas recorrentes estavam as interações entre masculino e feminino – uma inspiração para Pedro Almodóvar, em cujo filme, Fale com Ela, Pina aparece dançando. A artista também é grande referência para a Escola de Dança da Scar, de Jaraguá do Sul, que criou o espetáculo P.I.N.A. (Processo Interativo No Amar-se) no mesmo esquema de coletividade. Com direção geral de Daniel Malagoli, o trabalho estreia neste sábado (31), às 20 horas. Os ingressos custam R$ 10 e R$ 5.

Tapumes para reduzir riscos na Cidadela Cultural

30 de maio de 2014 0

rodrigo philipps
Não era bem o que os frequentadores da Cidadela Cultural Antarctica pensavam quando se falava em renovar o visual do lugar. Mas a precaução fez o Instituto Schwanke providenciar tapumes para restringir o acesso ao antigo prédio da cervejaria, onde há planos futuros de instalar o Museu de Arte Contemporânea Luiz Henrique Schwanke (MAC Schwanke). A instalação das placas começou na quarta-feira (25), depois que a entidade considerou elevados os riscos de desabamento do telhado, corroído por infiltrações e cupins. A edificação está interditada desde o deslizamento do morro às suas costas, em 2008.
Em fevereiro, Invasores armados de maçarico recortaram placas de metal dos grandes tonéis que antigamente armazenavam a produção da Antarctica, o que motivou o instituto a instalar alarmes nas imediações. Agora, os tapumes – cuja colocação deve terminar na segunda-feira (2) – irão reforçar a segurança, já que cercarão toda a fachada do prédio. Segundo Ricardo Kolb, presidente da entidade, há possibilidade de convocar uma intervenção artística nas placas de madeira, amenizando, assim, o prejuízo visual que elas trarão.
Ainda de acordo com Kolb, o Ministério da Cultura receberá nos próximos meses o projeto finalizado do museu para então dar início a captação de recursos para as obras. Na quarta-feira passada, em reunião na Prefeitura, o instituto recebeu a notícia de que um geólogo irá verificar a situação atual do morro, além de ouvir do prefeito Udo Döehler o desejo dele de vistoriar pessoalmente o velho prédio da Antarctica.

Ouça "La La", faixa inédita do Zeppelin

30 de maio de 2014 0

Deu as caras na web uma faixa inédita do Led Zeppelin. La La, que estará na nova versão do Led Zeppelin II (a ser lançada em junho, junto com as reedições dos dois primeiros discos da banda), é um instrumental repleta de nuances e mudanças de ritmo, indo da psicodelia sessentista ao peso típico do grupo, passando por atmosferas folk. Hora de ouvi-la, então:

Casa Tilp a caminho da restauração

30 de maio de 2014 0

germano rorato
O imóvel onde “nas antigas” ficava o comércio Casa Tilp, na rua João Colin, em Joinville, que há quatro anos espera pela autorização de restauro (como o Anexo mostrou na edição de 23 de maio), terá o aval da Fundação Catarinense de Cultura para as obras. Na terça-feira (27), uma comissão da FCC verificou que as condições são favoráveis para a reforma do telhado, já bem prejudicado. Agora, exames mais minuciosos serão feitos, numa tentativa de conservar a cobertura original. O imóvel é patrimônio estadual desde 2001 e completará cem anos em breve.

Schwanke bate um bolão

30 de maio de 2014 0

divulgaçãoDuas décadas depois de sua morte, Luiz Henrique Schwanke continua sendo convocado para entrar em campo, desta vez, em um evento diretamente ligado à Copa do Mundo. A mandala azul que o artista joinvilense produziu em 1989 fará parte da exposição O Artista e a Bola, que inaugura no dia 5 de junho na Oca – Museu da Cidade, em São Paulo. Com carimbo do Ministério da Cultura, a mostra se desdobrará seguirá em julho para diferentes destinos, entre eles o Museu Nacional de Belas Artes, no Rio de Janeiro, onde a obra de Schwanke também está escalada.

Revoada instrumental

30 de maio de 2014 1

arquivo pessoal
Uma turma boa e calejada de músicos de Joinville arrumaram mais “sarna para se coçar” e formaram o Quinteto Revoada, adendo significativo ao crescente cenário da música instrumental de Joinville. Sob esse batismo, Fábio Deiverson (saxofone), Rogério Leitum (trompete, foto), Fábio Oliveira (piano), Michel Falcão (baixo) e Cadu Floriani (bateria) estreiam nesta sexta-feira (30) no teatro do Sesc, às 20 horas, com entrada gratuita. O repertório passa por standards jazzísticos e exemplares da diversidade rítmica brasileira.

"Desgracêra!"

30 de maio de 2014 0

Vou dizer uma coisa para vocês: não tem tempo ruim para The Orwells, banda de Illinois (EUA) que lança na terça-feira (3) seu segundo disco, Disgraceland. A “graça” começa no título e segue pelo garage rock na sublime linhagem MC5/Monomen/Mudhoney. Ô, beleza!!



Nudez castigada

29 de maio de 2014 0

Mesmo velada, a nudez de Eva Green no mais recente pôster do filme Sin City: a Dame to Kill for (estreia em setembro no Brasil) acabou vetada pela agência que regulamenta o cinema nos EUA. Foi considerado ousado demais pelos conservadores censores daquele país. Ora, ora…
Concorda, leitor?

divulgação

Chegando aos cinemas... 29/5

29 de maio de 2014 0

Malévola - É a adaptação roots do conto da Bela Adormecida? E daí, se tem Angelina Jolie vivendo uma bruxa má de lábios carnudos e dois chifres enormes na cabeça? A imagem é o maior chamariz do filme, no qual Malévola se vinga do rei enfeitiçando a filha dele, deixando-a indecisa entre defender o reino dos homens e os habitantes da floresta. Um possível acordo de paz não está nos planos da feiticeira.

No Limite do Amanhã – Doug Liman, que tem o bom O Ultimato Bourne (2007) no currículo, auxilia Tom Cruise em mais de suas imersões na ficção científica. Em ritmo de videogame, Cruise vive um soldado que se apresenta às forças que lutam contra alienígenas que tomaram a Terra. Por motivos inexplicáveis, ele repete esse dia cada vez que morre, e sempre renasce mais forte e consciente dos próximos movimentos dos ETs. A soldado interpretada por Emily Blunt o ajuda nesta “travessia”.

Os Homens são de Marte… e é pra Lá que Eu Vou - A peça de teatro escrita, produzida e protagonizada por Mônica Martelli ficou quase dez anos em cartaz, prova de seu imenso sucesso. A própria Mônica adapta a história para o cinema, em forma de comédia romântica. Ela é Fernanda, uma mulher de 39 anos que  organiza casamentos, mas que, por ironia, raramente tem sorte nos relacionamentos. Sempre em busca do namorado ideal, ela vive cercada de todos os tipos de homens.