Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.

Ordem na biblioteca de Schwanke

05 de março de 2015 0

Hoje, mais de três mil títulos, entre livros de arte, catálogos e revistas, estão armazenados em caixas e armários na sede do Instituto Schwanke, na rua Dr. João Colin. É um volume considerável, acumulado ao longo da última década a partir da biblioteca do próprio Luiz Henrique Schwanke, maior nome da arte contemporânea joinvilense. As acomodações não são as ideais, mas o principal motivo para este material não estar à disposição do público é a falta de uma catalogação que detalhe seu conteúdo e facilite a consulte. Mas isso mudará, e o instituto espera que o caminho para isso passe pelo curso sobre o software Biblivre que a entidade promoverá no dia 17, no laboratório de informática da Univille. Desenvolvido pela Fundação Biblioteca Nacional, ele promove a automação de bibliotecas, possibilitando o gerenciamento de documentos e mídias e a inclusão à arte e cultura, além de incrementar a comunicação entre instituições. São 20 vagas, a serem preenchidas por meio do e-mail inscricao.schwanke@gmail.com.

Envie seu Comentário