Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Quando o sol bater...

29 de maio de 2015 0

Mauro Artur Schlieck, divulgação
A apresentação na Feira do Livro de Joinville, em abril, foi um petisco da transposição do livro de imagens Cidade da Chuva para o teatro, algo que Humberto Soares oficializa desta sexta (29, 20h30) até domingo (31, 16 horas e 20 horas) no galpão da Ajote. Agora solo – o parceiro Alex Nascimento assumiu a direção do trabalho -, o desenhista/roteirista/ator se lança à contação da história sobre a mudança nos hábitos da cidade em questão com a chegada do sol e, depois, a enchente causada pelas lágrimas da princesa Olhos D’Água quando o astro-rei se vai. O poema de Cecília Meireles (Ou Isto ou Aquilo) que deu origem ao texto original e uma lenda sobre a chuva criada pela atriz da Karla Concá incrementam a peça, que Humberto indica para crianças e adultos.

Envie seu Comentário