Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts de maio 2015

Dez cartazes de "Mad Max - Estrada da Fúria" melhores que o oficial

29 de maio de 2015 0

il_570xN.773612273_czs0mad_max_fury_road_poster_hi_resmad_max_sml__by_zenithuk-d8qfyzdMad-Max-Fury-Road-768x1024TIOZ1i72Boneface_MadMaxFR_finalpresslovely_day___mad_max__fury_road_poster_by_edwardjmoran-d8u7y7vpetergray_madmax700tumblr_nos4yhKuFO1ssmbizo1_500

Outras pétalas

29 de maio de 2015 0

Na opinião de Orelhada, Dead Flowers entraria sem dificuldades em um top 10 de canções dos Rolling Stones. Ela ajuda a fazer de Sticky Fingers (1971) um dos três melhores discos da banda, o mesmo que ganhará uma reedição especial no dia 18 de junho. No meio das raridades-bônus está esta versão alternativa da faixa, marcada pela estridência da guitarra e sutis mudanças no vocal de Jagger e na letra.

"How to Be a Man" - Duff McKagan

29 de maio de 2015 0

Fãs de Guns n’Roses, saibam que Duff McKagan chamou Izzy Stradlin – e mais Jerry Cantrell (Alice in Chains) e Roy Mayorca (Stone Sour) – para participar de seu EP de três faixas, puxado pela balada tensa How to Be a Man. O resultado é trivial, mas um time desses chama a atenção em qualquer situação.


Decibéis renovados em Jaraguá

29 de maio de 2015 0

Talvez os fãs não tenham atentado para um fato importante quanto à dobradinha Ratos de Porão/Dead Fish, que baixa noite deste sábado (30) no Pirata Rock Bar: as duas bandas vêm à Jaraguá com trabalhos novos em folha embaixo do braço. João Gordo e cia. circulam com Século Sinistro (2014), primeiro disco de inéditas em oito anos e com o mesmo instinto matador que fez do grupo a maior instituição nacional do punk/hardcore. O quarteto capixaba, por sua vez, estreia por aqui Vitória, que lançou em março após uma bem-sucedida campanha de financiamento coletivo. Aos que preferirem deixar passar as novidades, certamente a dupla terá muito de seus festejados passados para oferecer.


Política na hora do recreio

29 de maio de 2015 0

divulgação
Quem não passou os últimos meses em Marte deve lembrar que A Entrevista acendeu a fúria de alguns radicais, resultando em ameaças terroristas e ataques de hackers que deixaram a Sony em péssimos lençóis. Nada é para tanto, ainda mais uma brincadeira de garotos como este filme, que sofreu para chegar aos cinemas e agora encontra porto nas locadoras. É uma piada com algum relevo porque toca num nervo exposto, que é a difícil relação do mundo com o ditador norte-coreano Kim Jong-un. Pois o filme coloca o apresentador de um talk show pueril (James Franco) e seu produtor (Seth Rogen) como encarregados pela CIA de matar o sujeito após conseguirem uma entrevista com ele. A chegada ao país detona uma série de situações que ridicularizam a política fechada de Kim Jong-un e sua própria personalidade, mas não economizam na ironia à futilidade da mídia americana e ao vício dos EUA em “patrulhar” o planeta. No fim, A Entrevista é tipo o recreio da escola: para qualquer tentativa de falar sério surgem 20 piadas chulas, e ninguém escapa da trolagem.

Quando o sol bater...

29 de maio de 2015 0

Mauro Artur Schlieck, divulgação
A apresentação na Feira do Livro de Joinville, em abril, foi um petisco da transposição do livro de imagens Cidade da Chuva para o teatro, algo que Humberto Soares oficializa desta sexta (29, 20h30) até domingo (31, 16 horas e 20 horas) no galpão da Ajote. Agora solo – o parceiro Alex Nascimento assumiu a direção do trabalho -, o desenhista/roteirista/ator se lança à contação da história sobre a mudança nos hábitos da cidade em questão com a chegada do sol e, depois, a enchente causada pelas lágrimas da princesa Olhos D’Água quando o astro-rei se vai. O poema de Cecília Meireles (Ou Isto ou Aquilo) que deu origem ao texto original e uma lenda sobre a chuva criada pela atriz da Karla Concá incrementam a peça, que Humberto indica para crianças e adultos.

"Miss Narcissist" - Courtney Love

28 de maio de 2015 0

Sem conseguir botar o Hole para andar, Courtney Love vai mesmo de carreira solo, algo no qual só se saiu bem como viúva de Kurt Cobain. Se depender de seu novo single, Miss Narcissist, nada vai mudar. Curiosamente, o lado B do dito-cujo, Killer Radio, parece mais promissor.


Salvador de ideias

27 de maio de 2015 0

Alan Moore, o excêntrico autor britânico que escreveu Watchmen e Do Inferno e outras HQs clássicas, transformado em herói de uma história a sua revelia? O conceito original é de Danyael Lopes, quadrinista paulistano que o empregou em sua graphic novel de estreia, Cidadão N (Editora Venetta). É, de fato, uma obra mergulhada em referências e tributos, pois além de Moore, outras figuras conhecidas dos quadrinhos, como o desenhista Moebius, Betty Boop, Jack Kirby (artista que ajudou a criar Capitão América, Hulk e outros personagens da Marvel) e Popeye transitam pela história de um super-herói que tem a missão de resgatar ideias descartadas e, no meio disso, salvar Moore das garras de uma figura misteriosa.

Exagerado e renovado

26 de maio de 2015 0

Maior hit da carreira de Cazuza, Exagerado acaba de completar 30 anos. Para comemorar, João Barone (Paralamas do Sucesso), Dado Villa-Lobos (Legião Urbana) e os produtores Liminha e Kassin regravaram a música usando a voz original do cantor, morto em 1990. O que render a venda online de Exagerado 3.0 será revertido para a Sociedade Viva Cazuza, que ajuda crianças e adolescentes portadoras do vírus HIV. Ouça a versão aí embaixo, até porque ficou bacana.

Uma revista para o teatro

26 de maio de 2015 0

divulgação
Não só Santa Catarina, mas o Brasil, ganha nesta terça-feira (26) um jornal integralmente dedicado ao teatro. Editado pelos poetas e críticos Marco Vasques e Rubens da Cunha, Caixa de Pont[o] será lançado logo mais à noite na Capital, ganhando as ruas e o mundo com três mil exemplares impressos e uma versão online. Em Joinville, cidade de Cunha, a apresentação está marcada para 6 de junho, no Porão da Liga Pub. No afã de abrigar toda e qualquer manifestação cênica, a nova publicação vai publicar entrevistas com atores, diretores e pesquisadores e dará espaço para dramaturgia inédita, ensaios, perfil de grupos, críticas, resenhas de livros, artigos e manifestos.  A noite no Bar Kibelândia também verá o lançamento do quarto livro de poemas de Rubens da Cunha, Curral, vencedor do Prêmio de Poesia da Editora da UFSC/2014.