Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.

Páginas que dançam

25 de setembro de 2015 0

Carlos Ernesto Lima, divulgação
O diálogo entre a expressão corporal que lhe dá nome e a literatura marca o trabalho da AMA Cia. de Dança, fundada em Joinville em 2007. Ele é retomado na segunda edição do projeto Literatura Encena, que o grupo leva ao galpão da Ajote nesta sexta (25) em dois horários: às 14 horas, para alunos de escolas públicas, e às 20 horas, para o público em geral. No dia 2 de outubro, uma segunda apresentação para estudantes ocorrerá no CEU Aventureiro. Na atual conversa entre os idiomas distintos, a AMA mostra as coreografias FP 299, de Amarildo Cassiano, que inspira-se no universo do poeta português Fernando Pessoa contido no livro Desassossego; e Ki-Chá, de Érika Rosendo, que bebe de A Erva do Diabo, do escritor Carlos Castañeda. As informações contidas nas obras literárias servem de matéria-prima para a pesquisa e a criação da companhia, na qual os bailarinos aparecem como intérpretes-criadores.

Envie seu Comentário