Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Metric na pista (mas não muito)

30 de dezembro de 2015 0

justin broadbent, divulgação
Este talvez seja o melhor momento para o grupo canadense Metric aumentar sua popularidade no Brasil. Emplacou músicas nas trilhas das novelas Verdades Secretas e Malhação e tem um bom disco (o sexto da carreira) lançado por aqui pelo selo Lab 344. Pagans in Vegas tenta ser profundo nas letras, entre o lado negro do amor e a auto-ajuda de araque, mas é com o tecnopop lapidado com mãos talentosas que o quarteto faz valer o investimento. Sim, é uma banda que ouviu muito Depeche Mode, New Order e Human League, e a reprodução dessas influências se dá por faixas ora luminares, como Cascades e Too Bad, So Sad, ora sombrias, como The Shades e Blind Valentine. No fundo, há um coração roqueiro no Metric (vide Lie Lie Lie e Fortunes), mas, independentemente do roteiro sonoro, a banda se esmera nas melodias e sai sempre ilesa dos refrões.



Envie seu Comentário