Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Futuro da Orquestra Cidade de Joinville patina na burocracia

24 de março de 2016 0

paulo jr., divulgação
Neste sábado (26), vão se completar dois anos desde a estreia da Orquestra Cidade de Joinville, mas nem um acorde celebrativo será tocado. O motivo é simples: no presente momento, o grupo só existe no papel. As últimas apresentações ocorreram em janeiro, e em fevereiro venceram os contratos dos músicos. No lugar, ficaram a expectativa e uma leve incerteza sobre a continuidade do projeto. Em conversa com Orelhada, Guilherme Gassenferth, diretor executivo da Fundação Cultural, explicou que o processo da nova orquestra está na fase (demorada) de pré-licitação, tocada pela Secretaria de Administração e Planejamento. Antes, já havia passado por correções no regimento e no edital, que precisará voltar à Prefeitura para ser analisado. Entre idas e vindas, Gassenferth espera que o edital seja lançado por volta de maio. Passadas as inscrições, a seleção de músicos e os ensaios, é possível que em agosto a orquestra reestreie.
- Nós subestimados a burocracia. Em 2013, esse processo foi conduzido pela Fundação Cultural, e em 2014, foi centralizado na Secretaria de Administração – conta o diretor, que iniciou as tratativas em novembro, crente de que em março os acordes eruditos estariam soando.

Envie seu Comentário