Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Posts com a tag "titãs"

Tributo aos Titãs: pulso firme

03 de agosto de 2016 0

capa1
Mesmo que os Titãs hoje estejam resumidos a um trio, a importância da banda para o rock brasileiro permanece intacta. E, ao que parece, é dona de uma obra que fascina uma nova geração, como faz suspeitar O Pulso Ainda Pulsa, coletânea virtual recém-lançada pelos blogs Crush em Hi-fi e Hits Perdidos. São 32 artistas do underground nacional, divididos em dois discos postados no site soundcloud.com (AQUI), que realizam um trabalho quase meticuloso ao reinterpretar músicas das muitas fases titânicas. Punk, hard, folk, eletrônica e experimentalismos mil atravessam o caminho de sucessos e lados B, uma oxigenação total de gente boa que inclui a itajaiense Ruca Souza (que refaz Flores com charme).


"República dos Bananas" - Titãs

23 de março de 2015 0

Os Titãs foram buscar na série de tiras República dos Bananas, de Angeli, a inspiração para a música homônima que integra Nheengatu, o discaço que a banda lançou no ano passado. Agora sai o clipe da faixa, que – não poderia ser diferente – é adornada pelos desenhos do cartunista, ilustrações da rica “fauna” social, com seus tipos (aparentemente) respeitáveis, divertidos, bizarros.

Fardado - Titãs

06 de junho de 2014 0

divulgação
Digo e repito (como explanado AQUI): o novo disco dos Titãs, Nheengatu, é uma volta da banda a sua melhor forma. E uma das faixas que melhor expressa o tom raivoso é a que abre o álbum, Fardado, herdada dos protestos que tomaram conta do País no ano passado. E a maquiagem do quarteto no clipe da música deixa transparecer a figura original do palhaço como ser subversivo.

O dinossauro que ruge (alto)

23 de maio de 2014 0

Marcos Hermes, divulgação
Em julho de 2012, quando os Titãs passaram por Joinville com a turnê dos 25 anos do disco Cabeça Dinossauro, um Tony Bellotto empolgado falava ao telefone sobre a influência do ataque sonoro e dos temas daquele clássico nas canções que o grupo então preparava. Mas, segundo o guitarrista, a banda queria mostrar que “não estava voltada só ao passado”. Agora, com Nheengatu (Som Livre) nas lojas, é possível ver o quão bem as duas pontas foram amarradas, resultando num álbum que exala raiva, acidez e um odor quase fúnebre ao pintar uma sociedade – e com ela um país – em processo degenerativo. De bom, só a volta dos Titãs à melhor forma.
A mesma visão pessimista e crítica que o grupo deflagrava na segunda metade dos anos 80 se reflete aqui. Ele volta a falar da repressão policial (Fardado), de religião (Senhor) e de comunicação – da falta ou do excesso, em Fala, Renata. Tudo punk, curto, quase minimalista, como República das Bananas, decalque sonoro da tira de Angeli sobre os “podres” que todos escondemos. Da ironia também nasce Chegada ao Brasil, velhaco retrato do encontro de Cabral com estas terras.
Outra qualidade do disco é o acerto do tom que os Titãs dão a cada assunto. Cadáver Sobre Cadáver, exemplo mais fúnebre da gravidade de Nheengatu, vem como marcha galopante, enquanto Mensageiro da Desgraça retrata a miséria dos moradores de rua emprestando algo do repente nordestino. Flores para Ela se disfarça de bolero roqueiro para denunciar a violência doméstica, e Quem São os Animais? recorre novamente ao punk na sua exposição do preconceito e do livro pensar.
Verdade seja dita: o rock mainstream no Brasil vive uma situação tão ruim, e os últimos discos dos Titãs vinham numa toada tão redundante, que a chegada de um disco como este provoca exaltação. De fato, as bases de comparação não ajudam. Seja como for, Nheengatu estende com méritos a validade da banda e, de quebra, pode apimentar essa sopa mista e sem gosto que ocupa as paradas nacionais.



Promoção: Ingressos para o show do Titãs em Joinville

11 de julho de 2012 0

Opa, não prometi que uma nova promoção no blog não demoraria? Dito e feito. E esta é pra alvoroçar antigos e recém-convertidos fãs dos Titãs, todos ansiosos pelo 20 de julho, data do show da banda no Joinville Square Garden.

E nunca é demais lembrar que os caras trazem à cidade a turnê que celebra os 30 anos da banda, na qual o disco “Cabeça Dinossauro” é executado na íntegra. Então… Tenho aqui nada mais, nada menos do que 10 ingressos pra apresentação, que serão entregues para os autores das respostas mais criativas à seguinte questão:

“Na sua opinião, por que ‘Cabeça Dinossauro’ deve ser considerado um clássico do rock brasileiro?”

A lista dos ganhadores será publicada aqui mesmo na próxima terça-feira, dia 17.

Nome (obrigatório)

E-mail (obrigatório)

RG (obrigatório)

Estado

Telefone (obrigatório)

Município

Escreva seu texto ou frase

Autorizo, total e definitivamente, a utilização de minha imagem, voz e texto, conforme dados por mim enviados para o clicRBS, para fins de divulgação no Portal da internet denominado clicRBS, de titularidade da RBS - ZERO HORA EDITORA JORNALÍSTICA S/A, podendo inclusive serem utilizados em qualquer outro meio e por quaisquer dos demais veículos de comunicação integrantes do denominado GRUPO RBS.
Declaro, ainda, que o faço sem qualquer ônus para as empresas do Grupo RBS, dentre elas, RBS - Zero Hora Editora Jornalística S/A.

Titãs e "Cabeça Dinossauro" em Joinville

18 de maio de 2012 0

Como já é de domínio público, os Titãs afugentaram o cansaço recorrendo a um velho rosnar. Cabeça Dinossauro, um dos mais importantes discos do rock nacional e favorito da maioria dos fãs, foi o escolhido pelos remanescentes pra comemorar os 30 anos da banda paulista. Opção que a jogou outra vez no olho do furacão e reacendeu o interesse pelo clássico lançado em 1986, que tá sendo executado na íntegra na turnê celebrativa. Depois de Floripa, onde passou no dia 12, essa estrada pré-histórica levará os Titãs ao Joinville Square Garden, no dia 20 de julho. Os ingressos já estão à venda (leia abaixo). Então, a partir de agora, é agulha no bolachão e dê-lhe Polícia, AAUU, Estado Violência, Porrada, Bichos Escrotos

O primeiro lote de ingressos, para a pista, custa R$ 30 + taxa. Se quiser acompanhar o show na pista vip, o preço sobe R$ 50 + taxa. Além das lojas credenciadas para venda de ingressos, eles podem ser comprados também na internet, no site oiingressos.com.br. Mais informações pelos telefones (47) 9104 0126 ou 3425 8060.

Pontos de venda:
Joinville
Victhoria Magazine
Mandi & Co.
Colcci
Teahuppo Surf House
Cia. do Esporte

Barra do Sul
Dyinks Bar

Jaraguá do Sul
Sacramentum Pub

São Bento do Sul

Quiosque Choppe Brahma