Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts de setembro 2009

O Milan de Ronaldinho é um time preguiçoso

30 de setembro de 2009 5


Ronaldinho no jogo contra o Zurich. Foto: Antônio Calanni, AP

Não foi por acaso que o Milan, time dos brasileiros Dida, Ronaldinho e Pato perdeu em casa para o Zurich. Dos 32 times que entraram em campo esta semana pela Champions League, o comandado por Leonardo foi o segundo que menos correu. Ficou atrás só do Bourdeux, que passou no sacrifício pelo potente Maccabi Haifa.

Teses não faltam para justificar o atual momento rossonero. Há quem diga que o time está velho, há quem diga que o período é de reformulação. Mas é o Milan. E time desse porte não pode jogar do jeito que está jogando.

Ronaldinho parece ser o Milan personificado: já foi o melhor do mundo, agora não consegue se encontrar. Ronaldinho não se aposenta e não joga. Está mais me lembrando um atacante brasileiro que fez fama no Japão e que no fim da carreira era mais famoso pelos bonequinhos que vendia. Lembram do Alcindo? Pois é, Ronaldinho é o Alcindo do final desta década.

Ronaldinho correu 4.297 metros no segundo tempo, depois de entrar no lugar de Seedorf. Deveria correr muito mais por duas razões: sabia que teria só 45 minutos pela frente, portanto não precisava se poupar; está em baixa e precisa justificar o investimento feito nele.

Aproveitando a deixa da preguiça, vejam quem são os motorzinhos da Champions League e divirtam-se, impedidos:

Jogador        Clube           Distância (m)
Dzagoev        CSKA              13.032
Semak          Rubin             12.898
Ryazantsev     Rubin             12.730
Ekrem          Besi              12.561
Montolivo      Fiorentina        12.440
Jovetic        Fiorentina        12.331
Noboa          Rubin             12.319
Stankovic      Internazionale    12.310
Mamaev         CSKA              12.286
Xabi Alonso    Real Madrid       12.108
Kas            Besiktas          12.060
Krasic         CSKA              11.979
Gobbi          Fiorentina        11.973
Fábio Aurélio  Liverpool         11.958
Apostol        Unirea            11.927
Zanetti        Fiorentina        11.886
Helio Pinto    Apoel             11.821
Varga          Debrecen          11.785
Clerc          Lyon              11.645
Daniel Alves   Barcelona         11.589
Aegerter       Zurich            11.478
Khedira        Stuttgart         11.459
El Hamdaoui    AZ                11.454
Czvitkovics    Debrecen          11.452
Lucho          Olympique         11.422
Fàbregas       Arsenal           11.417
Benayoun       Liverpool         11.389
Josué          Wolfsburg         11.356
Paulo Assunção Atlético de Madri 11.336
Lucas          Liverpool         11.230
Milevskiy      Dynamo            11.179
Raul Meireles  Porto             11.119
Raúl Bravo     Olympique         11.107


O quanto correu quem marcou
pelo menos um gol
Jogador        Clube           Distância (m)
Ekrem          Besiktas           12.561
Jovetic        Fiorentina         12.331
Stankovic      Internazionale     12.310
Krasic         CSKA               11.979
El Hamdaoui    AZ                 11.454
Kallstrom      Lyon               11.218
Carrick        Man. United        11.176
Konko          Sevilla            10.830
Falcao         Porto              10.764
Giggs          Man. United        10.350
Govou          Lyon               10.185
Arshavin       Arsenal             9.962
Van Pearse     Arsenal             9.631
Varga          Unirea              9.930
Messi          Barcelona           9.087
Anelka         Chelsea             8.994
Rolando        Porto               8.819
kaká           Real Madrid         8.735
Kanoute        Sevilla             8.516
Luis Fabiano   Sevilla             8.200
Pjanic         Lyon                7.540
C. Ronaldo     Real Madrid         7.516
Adriano        Sevilla             7.261
Gomis          Lyon                5.702
Pedro R.       Barcelona           5.115
Novo           Rangers             3.736
Traore         Liège               2.029


Os times que mais correram
Time             Distância (m)       Placar
CSKA               121.704             2×1
Besiktas           120.069             1×2
Rubin              118.787             1×1
Fiorentina         117.848             2×0
Liverpool          114.983             0×2
Lyon               112.558             4×0
Debrecen           112.011             0×4
Apoel              111.684             0×1
Porto              104.450             2×0
Wolfsburg          110.439             1×2
Chelsea            110.192             1×0
Real Madrid        109.504             3×0
Sevilla            109.316             4×1
AZ                 108.893             1×1
Unirea             108.596             1×1
Atlético de Madrid 107.450             0×2
Liège              107.151             1×1
Arsenal            106.972             2×0
Barcelona          106.950             2×0
Dynamo             106.657             0×2
Rangers            106.207             1×4
Internazionale     105.761             1×1
Olympique          105.517             1×3
Manchester United  105.339             2×1
Stuttgart          105.139             1×1
Olympiakos         103.791             0×2
Maccabi Haifa      103.085             0×1
Zurich             101.082             1×0
Milan               99.851             0×1
Boudeux             96.139             1×0

* Bayern x Juventus não teve esta estatística.

Postado por Cioatto

18, o número mágico para o Figueirense

30 de setembro de 2009 3


Reta final de campeonato de pontos corridos é assim: um olho no adversário da rodada seguinte, um olho no concorrente direto e a cabeça na calculadora. É assim que o Figueira está depois das duas últimas rodadas e aqueles seis pontos que não eram computados. Sim, niguém, nem o mais ferrenho torcedor acreditaria em vitórias longe do Scarpelli contra Paraná e Vasco.

Bem, fui atrás da média histórica dos times que subiram para a Série A na era dos pontos corridos. Média história não é bem termo, na verdade, já que foram só três edições. Em 2006, o América/RN foi o quarto colocado com 61 pontos; em 2007, o Vitória subiu com 59; e no ano passado o Barueri garantiu vaga com 63.

Tomemos este número mais alto como referência. Quer dizer que o Figueira precisa de 18 pontos nas próximas 11 rodadas (33 pontos), um aproveitamento de 54% – hoje tem 55%.

O professor Tristão Garcia, do site infobola, diz que as chances de subir para a Série A são de 52%, nove pontos percentuais a menos que o Atlético/GO. Isso quer dizer que ainda dá, é só não vacilar.

Uma vantagem em relação aos concorrentes diretos (Atlético/GO, Ceará, São Caetano e, va lá, Portuguesa): a tabela está bem melhor para os alvinegros. Veja o que cada um tem pela frente:

Atlético/GO
Joga cinco vezes contra times que estão depois do décimo lugar e seis contra a turma de baixo;

Ceará
Joga seis contra a parte de cima da tabela e cinco contra times da rabeira;

São Caetano
É com quem o Figueira precisa ter mais cuidado: joga quatro contra a cúpula e sete contra os plebeus;

Portuguesa
Tá na média com cinco jogos difíceis e seis fáceis;

Figueirense
A mamata: oito jogos contra times que estão na parte inferior da tabela e só três pedreiras. (na sequência: Bahia (C), Fortaleza (F), Juventude (C), Vila Nova (F), Ponte (C), Brasiliense (F), Campinense (C), América/RN (F), Bragantino (C), Duque de Caxias (C) e São Caetano (F).

ps: na minha conta, Vasco e Guarani já estão lá no céu estrelado.

Postado por Cioatto

Chapecoense no Maracanã

29 de setembro de 2009 8

Impedidos, vejam o simbolismo das linhas abaixo.

A Chapecoense, o time do Oeste de Santa Catarina promovido à Série C no fim de semana vai ter a chance de jogar no Maracanã, bem ou mal, o templo do futebol brasileiro.

E talvez jogue para o maior público da história do clube (pelo menos no fim do segundo tempo deve ser). É que a partida contra o Macaé pela semifinal da Série D será a preliminar do Fla-Flu de domingo, marcado para as 18h30.

A conquista da Série D pela Chapecoense seria o quinto título nacional catarinense: Avaí (Série C de 1998) e Criciúma (Copa do Brasil 1991, SérieB 2002 e Série C 2006).

Postado por Cioatto

A bagunçada tabela da Série A

29 de setembro de 2009 4

Juro a vocês, impedidos, que não entendo o que leva uma emissora a solicitar, e a CBF a aceitar, a antecipação de uma partida da Série A para a noite de quarta-feira. Se não houvesse futebol no Brasil, beleza, seria um jeito de manter a data e o horário marcados, mas tem a Copa Sul-americana, o que deveria ser suficiente, mesmo que a competição seja levado pouco a sério pelos clubes brasileiros.

Por causa dessas antecipações (ou às vezes adiamentos), como foi com o Corinthians duas vezes, o Palmeiras uma e agora o São Paulo, alguém sempre paga um pouco mais. Tricolor e Náutico, por exemplo, jogaram no domingo e três dias depois entram em campo outra vez. Isso quer dizer que eles têm menos tempo para recuperar jogadores machucados que as outras 18 equipes.

No fim de semana, o Palmeiras reclamou. Havia ficado dez dias sem jogar e precisou fazer duas partidas em 72 horas. Sabendo o resultado de amanhã à noite, por três dias nós todos, de jornalistas a torcedores, falaremos sobre… Saquei! Serve para gerar notícias.

Postado por Cioatto

O São Paulo não precisa do apito amigo

28 de setembro de 2009 3

Sim, o Washington estava impedido quando marcou o gol de empate do São Paulo contra o Corinthians. Assim como o Gilberto, pela segunda vez desde que voltou ao Brasil, marcou em impedimento, agora contra o Barueri. Nós, do blog, ficamos lisonjeados com a homenagem que estes atletas nos fazem, mas para o bem do campeonato é bom que os erros de arbitragem diminuam. Ninguém precisa da ajuda dos MIB para fazer pontos.

Vejam o caso do Botafogo. Estaria em uma situação bem confortável, mas sistematicamente é garfeado. E isso só faz aumentar a depressão no Lonely Star. Por causa disso (não só) é que a tendência é de o Rio de Janeiro ter três times na Série B do ano que vem: Botafogo, Fluminense e Duque de Caxias.

A Classificação sem os erros de arbitragem
1   Palmeiras          50   (50)
2   Internacional      47   (44)
3   Goiás              44   (45)
4   São Paulo          43   (45)
5   Grêmio             40   (39)
    Atlético/MG        40   (44)
    Vitória            40   (39)
8   Avaí               39   (37)
9   Flamengo           37   (38)
10  Barueri            36   (36)
    Cruzeiro           36   (35)
    Corinthians        36   (38)
13  Botafogo           34   (25)
14  Santos             33   (36)
15  Coritiba           31   (30)
16  Atlético/PR        30   (31)
17  Santo André        28   (25)
18  Sport              25   (23)
19  Náutico            23   (26)
20  Fluminense         21   (21)
ps1: entre parenteses, a pontuação real no campeonato;
ps2: os pênaltis que deveriam ter sido marcados são considerados gol.

Postado por Cioatto

Algo estranho com Celso Roth - RIP

28 de setembro de 2009 0

Não sei se vocês, impedidos, compartilham do mesmo pensamento que eu. Mas acho raro, raríssimo, um time treinado por Celso Roth passar uma rodada sem tomar um amarelo. Não que o carrancudo treinador mande bater, longe disso, mas é que o nível de exigência dele na marcação é alto. E quando isso acontece os cartões são inevitáveis.

Mas contra o Santos não é que o Galo não recebeu um só amarelinho? E,  surpreendente outra vez, o Peixe também não recebeu cartões? Parabéns aos dois, que fizeram um dos poucos jogos “zerados” desse campeonato. No mais, a atualização está abaixo:

Ranking Impedidos da Pancadaria
Depois da 24ª rodada
Pos. Time             P     A     V
1    Coritiba       110     92    6
2    Sport          104     75    9
3    Palmeiras      103     82    7
4    Cruzeiro       100     66   12
5    Inter           99     72    9
6    Vitória         98     74    8
7    Santo André     98     77    7
8    Grêmio          97     73    8
     Náutico         97     73    8
10   Flamengo        94     82    4 
11   Goiás           93     69    8

     São Paulo       93     69    8
13   Barueri         92     68    8
14   Fluminense      90     69    7
15   Atlético/PR     83     68    5
16   Botafogo        83     71    4
17   Atlético/MG     82     70    4

18   Avaí            78     63    5
19   Santos          77     68    3
20   Corinthians     71     62    3

P – pontos
A – amarelos
V – vermelhos

Critérios:
Cartão amarelo = 1 ponto
Cartão vermelho = 3 pontos
Desempate dado pelo número de cartões vermelhos.
Valem todos os cartões recebidos. Se um jogador levar dois amarelos e em seguida um vermelho ele terá, para efeito de pontuação, três cartões somados.

Postado por Cioatto

Chapecoense é Série C. Ótimo para o JEC

27 de setembro de 2009 44


Foto: Guto Kuerten

Não houve foguetório pela cidade, nem carreata, mas o torcedor do Joinville fez uma comemoração contida da classificação da Chapecoense à Série C do Brasileirão.

E nem é por ser uma conquista catarinense – em se tratando de futebol, as glórias são dos clubes.

Mas é que Chapecoense deixa de ser uma pedra no sapato ao ressurgimento do JEC. É um concorrente a menos na briga por um lugar no cenário nacional. O JEC vai brigar por uma vaga na Série D contra Atlético/IB, Metropolitano, Brusque e quem subir da Segundona estadual. Fica o time do Oeste, por enquanto, dois estágios acima. Se tudo der certo para os tricolores, antes do fim do ano ficará um só.

O objetivo do ano, o Verdão conseguiu. Nem a tempestade nem a derrota para o Araguaia estragaram a festa. E aposto com qualquer um de vocês que o torcedor de Chapecó agora não está nem aí para o  Estadual. A alegria do Brasileirão é muito maior. Que venha o Macaé. Serve de exemplo ao JEC. E a todos que pretendem figurar no cenário nacional.

Só falta agora a CBF fazer um campeonato de Série C nos moldes da A e da B (turno e returno, todos contra todos). No Brasil há times para três divisões fortes. E quem não tiver dinheiro para isso, que feche as portas.

Postado por Cioatto

Quem é quem nos pontos corridos

24 de setembro de 2009 6


Foi o máximo de clubes que encontrei em uma imagem só. Reparem  Figueirense e Criciúma no Mato Grosso do Sul, e o Avaí em Rondônia, para ficar só nos catarinenses.

O que o impedido verá abaixo é um pouco de pesquisa em outros sites e muito das informações que carrego aqui no teamstats e que servem como base para muitas linhas escritas neste blog.

Curiosidades:
- Dos que hoje disputam a Série A, cinco nunca tiveram o prazer de ver os outros pelo espelhinho: Avaí, Barueri, Coritiba, Santo André e Sport;
- Na linha do rebaixamento, uma ironia. Flamengo, Fluminense e Botafogo são três dos quatro times que mais fizeram o torcedor sofrer. Mas foi o Vasco, quem caiu;
- O Criciúma foi dos times que estiveram na Série A o que menos tempo passou na zona do rebaixamento. Para azar dele, uma delas foi na última rodada de 2004;
- Da Série A de hoje, só Barueri nunca andou na zona do rebaixamento. Coisas de novato;

Quantas vezes seu time…

… liderou o Brasileirão…

São Paulo           58
Cruzeiro            46
Santos              30
Corinthians         20
Grêmio              18
Palmeiras           18
Botafogo            15
Atlético/PR         12
Internacional       12
Flamengo            10
Atlético/MG          9
Ponte Preta          9
Fluminense           4
Criciúma             3
Figueirense          3
Goiás                1
Náutico              1
Paraná               1
São Caetano          1
Vasco                1
Vitória              1

… esteve na zona de rebaixamento…

Paysandu            58
Flamengo            57
Botafogo            54
Fluminense          52
Atlético/MG         48
Grêmio              48
Náutico             42
Fortaleza           41
Goiás               41
Atlético/PR         40
Juventude           39
Paraná              39
Figueirense         39
Santa Cruz          36
Corinthians         36
América/RN          35
Ipatinga            34
Guarani             33
Vasco               28
Santos              24
Sport               23
Brasiliense         22
Ponte Preta         21
Portuguesa          17
São Caetano         17
Coritiba            16
Palmeiras           14
Vitória             10
Bahia                8
São Paulo            7
Avaí                 7
Internacional        6
Santo André          4
Cruzeiro             3
Criciúma             2

… ou passou na lanterna.
América/RN          30
Grêmio              29
Santa Cruz          29
Ipatinga            26
Paysandu            21
Goiás               17
Fluminense          14
Atlético/PR         11
Botafogo            11
Guarani             11
Flamengo             9
Náutico              9
Atlético/MG          7
Brasiliense          6
Corinthians          6
Figueirense          6
Palmeiras            4
Ponte Preta          4
Sport                4
Avaí                 3
Bahia                3
Coritiba             3
Paraná               3
Vasco                3
Fortaleza            1
Internacional        1
Portuguesa           1
Vitória              1

Ps.: e se você impedido quiser acrescentar alguma curiosidade, escreve aí…

Postado por Cioatto

Pênaltis não marcados. Justiça para o Palmeiras

24 de setembro de 2009 1

Os Impedidos acompanham os erros de arbitragem desde a primeira rodada. As regras estão no pé da classificação abaixo. Isso nos dá o direito de afirmar que os pênaltis não marcados em favor do Cruzeiro e contra o Palmeiras só devolveram aos paulistas a pontuação que eles deveriam ter no campeonato.

Podem espernear, mas é a pura verdade.

O que dá, por enquanto, para se dizer da tabela.

- Palmeiras e Fluminense são os únicos times que teriam a mesma pontuação se fossem descontados os erros de arbitragem;

- Os times que estariam na Libertadores seriam os mesmos: Palmeiras, Inter, São Paulo e Goiás;

- Três dos quatro times que estão na zona de rebaixamento seriam os mesmos: Fluminense, Sport e Santo André. O Botafogo, que é clube que mais teve pontos tirados pelos árbitros (9) escaparia da degola. O Náutico acabaria caindo.


A Classificação sem os erros de arbitragem
1   Palmeiras          47   (47)
2   Internacional      46   (43)
3   São Paulo          43   (44)
4   Goiás              41   (42)
5   Grêmio             40   (39)
6   Avaí               39   (37)
7   Atlético/MG        37   (41)
    Vitória            37   (36)
9   Flamengo           36   (37)
10  Barueri            35   (36)
11  Cruzeiro           35   (32)
12  Botafogo           34   (25)
13  Santos             33   (36)
    Corinthians        33   (37)
15  Atlético/PR        30   (31)
16  Coritiba           28   (27)
    Santo André        28   (25)
18  Náutico            23   (26)
19  Sport              22   (20)
20  Fluminense         18   (18)
ps1: entre parenteses, a pontuação real no campeonato;
ps2: os pênaltis que deveriam ter sido marcados são considerados gol.

Postado por Cioatto

RIP: só três centenários até agora

24 de setembro de 2009 0

Rodada tranquilinha. Ninguém dessa vez quis se destacar no Ranking Impedidos da Pancadaria (RIP). Barueri e Palmeiras tentaram, foram os únicos que tiveram jogadores expulsos, mas não foram além dos sete pontos.

Ranking Impedidos da Pancadaria
Depois da 24ª rodada
Pos. Time             P     A     V
1    Coritiba       106     88    6
2    Sport          101     72    9
3    Palmeiras      100     79    7
4    Cruzeiro        99     63   12
5    Inter           98     71    9
6    Grêmio          95     71    8
7    Náutico         94     70    8
8    Vitória         93     69    8
     Goiás           93     69    8
10   Santo André     92     71    7

11   Flamengo        92     80    4 
12   São Paulo       87     66    7
     Fluminense      87     66    7
14   Barueri         85     64    7
15   Atlético/PR     82     67    5
16   Atlético/MG     82     70    4
17   Santos          77     68    3
     Botafogo        77     68    3
19   Avaí            75     60    5

20   Corinthians     68     59    3

P – pontos
A – amarelos
V – vermelhos

Critérios:
Cartão amarelo = 1 ponto
Cartão vermelho = 3 pontos
Desempate dado pelo número de cartões vermelhos.
Valem todos os cartões recebidos. Se um jogador levar dois amarelos e em seguida um vermelho ele terá, para efeito de pontuação, três cartões somados.

Postado por Cioatto