Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts com a tag "Catarinão"

No sufoco, paz volta ao JEC

15 de março de 2010 25

O que um time que passa por instabilidade precisa é de uma vitória para começar a botar ordem na casa.

E foi isso que aconteceu há pouco na Arena.

Os 3 a 2 sobre o Brusque, sofrido como não se imaginaria que pudesse ser, valeu mais do que a apresentação do JEC, que era tranquila até o pênalti para o Brusque e a expulsão de Lacerda, aos 15 do segundo tempo. Dali em diante foram 28 minutos de sofrimento para o torcedor tricolor, desde aquele que aproveitou a brisa fresquinha das arquibancadas da Arena aos que preferiram o sofá de casa ligados no PPV – os dois dão receita ao clube e não tem essa de que quem vai ao estádio é mais torcedor que o outro.

Na estreia do técnico Mauro Ovelha, o time, enquanto teve 11 jogadores em campo, pareceu um pouco mais organizado do que na era Sérgio Ramírez. Depois virou bagunça e não sofreu o empate por causa do goleiro André.  A partida contra o Atlético/IB é que vai dizer se o JEC terá condições de recuperar o moral para encarar a decisão do Catarinense. Tem mais cinco para isso.

A vitória leva o JEC a 24 pontos. Passa à frente de quase todos os concorrentes na classificação geral. Fica atrás só do Avaí. Teria essas cinco rodadas para descontar seis pontos, no que não acredito. A notícia ruim seria que, numa final bem possível contra o Leão, faria a ida na Arena e a decisão na Ressacada tendo de OBRIGATORIAMENTE vencer uma das partidas.

A vantagem só viria para o Tricolor em uma conquista também do segundo turno. A vitória sobre o Brusque botou o time na briga pela conquista também do returno. E como este blog vinha falando: ainda bem que o JEC conseguiu vaga na final na primeira oportunidade que teve. Se precisasse brigar por ela agora, a luta seria muito mais intensa.