Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts com a tag "Copa"

Os Brasileiros na Sul-Americana

24 de agosto de 2012 0

Após a rodada do meio de semana ficaram definidos os representantes brasileiros na Copa Sul-Americanacompetição que leva o nome de um patrocinador no meio, bem como a Copa Libertadores, algo inexplicável para mim. Os vencedores dos confrontos entre equipes tupiniquins foram São Paulo, Grêmio, Palmeiras e Atlético Goianiense.

Desses, apenas o São Paulo obteve a vaga com tranquilidade. Duas vitórias sobre o Bahia deram a classificação ao tricolor paulista. A diferença técnica entre os dois é grande. Apesar da fase do time de Ney Franco não ser das melhores. Agora, o time capitaneado por Rogério Ceni enfrentará LDU Loja(QUEEEEM?) ou Nacional do Uruguai.

O Grêmio passou trabalho. Marcou aos 45 do segundo tempo com Marcelo Moreno e eliminou o Cortiba. O primeiro jogo teve vitória do imortal tricolor por 1 a 0, em um campo que mais parecia piscina de polo aquático. Na volta, o Grêmio dormiu nos primeiros minutos do segundo tempo e viu o Coritiba abrir 3 a 1. O gol de Moreno salvou a vaga e a moral de Vanderlei Luxemburgo e seus comandados. Agora, os gaúchos pegarão Cobreloa do Chile ou Barcelona de Guayaquil(Equador) nas oitavas de final.

Passando pelo próximo desafio, o Grêmio pode cruzar com o Palmeiras. O time de Felipão também sofreu mas passou pelo Botafogo, mesmo perdendo o jogo de volta por 3 a 1 no Engenhão. Os alviverdes vem conseguindo repetir a “fórmula mata-mata” que deu certo na Copa do Brasil, visto que no Brasileirão, o time flerta com o Z-4. Luis Felipe Scolari prova, mais uma vez, ser especialista em torneios e pode ir longe na competição se mantiver essa competência. O Palmeiras enfrentará Guarani do Paraguai ou Millionarios da Colômbia na próxima fase da competição.

Quem também passou de fase mas não deve ir muito longe foi o Atlético Goianiense. No jogo dos dois últimos colocados no Brasileirão, o time enfrentou o fraco Figueirense – que não é mais treinado por Hélio dos Anjos. O resultado não poderia ser outro: dois empates por 1 a 1 e vaga para os goianos nos pênaltis. O time é fraco e não deve passar nem por Universidad Católica ou Tolima(de quem os corinthianos devem lembrar bem. Ou talvez não mais, depois do titulo continental de 2012).

A partir das quartas-de-final a competição tende a ficar mais quente com possiveis enfrentamentos entre Grêmio e Palmeiras, São Paulo e Olimpia do Paraguai ou Universidad de Chile, atual campeão da Copa Sul-Americana e Boca Juniors ou Independiente com franco favoritismo em seus cruzamentos com equipes de menor tradição.

Grêmio, Palmeiras, São Paulo ou um surpreendente Atlético Goianiense? Quem vai mais longe na Sul-Americana 2012?

Vida de Centroavante - Andy Carroll

14 de abril de 2012 0

Uma das tarefas mais ingratas no futebol é a do centroavante – talvez só perca para a do goleiro. Quando marca gols não faz mais que a sua obrigação. Do contrário, é “espinafrado” pelos torcedores.

O inglês Andy Carroll é um exemplo claro disso. Contratado em janeiro de 2011 pelo Liverpool junto ao Newcastle por 35 milhões de libras para ser o substituto do espanhol Fernando Torres - à época vendido pelos Reds ao Chelsea – não conseguiu corresponder às expectativas. Fala-se até em venda no final da temporada. Ou falava-se.

Hoje, Carroll pode ter ido do fundo do poço à glória.

O Liverpool não faz uma temporada boa na Premier League Inglesa, mas vai bem nas copas nacionais. Já venceu a Copa da Liga Inglesa e se classificou para a final da Copa da Inglaterra – a competição mais antiga do mundo.

E o responsável foi ele: Carroll.

O adversário na semifinal era o Everton – tradicional rival de Liverpool. Os azuis começaram na frente com um primeiro tempo convincente e avassalador.

No segundo tempo, o uruguaio Luis Suarez empatou a partida.

Enquanto isso, Carroll era vaiado e xingado pelos torcedores do Liverpool, que lotavam o estádio. Até o momento em que uma bola foi levantada na área e o cabeludo camisa 9 deu uma pequena desviada na trajetória da redonda e a colocou no fundo da rede. Eram 42 minutos da segunda etapa. Com esse gol, o Liverpool foi à final da Copa da Inglaterra. O adversário será definido amanhã entre Tottenham e Chelsea.

E Carroll pode ter salvado sua pele no Liverpool. É a ingrata(ou nem tanto assim) vida do centrovante.