Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Da crítica a evolução

30 de julho de 2014 1

Como a palavra da moda é evolução, vista até no futebol das Barbies, mesmo depois de tomar uma sapatada de 5×0 para o Cruzeiro no Mineirão, enxergo uma melhora  muito grande na zaga avaiana. E ainda pode melhorar, já que tem João Felipe para estrear, pois ele encontra-se aprimorando a parte física.

Na minha vida como atleta, aprendi que um bom ataque faz vencer jogos, mas uma boa defesa faz vencer campeonatos. É lógico que o ideal e ter equilíbrio, uma boa defesa e um ataque eficiente é a receita de boas campanhas. Principalmente em campeonatos longos, a regularidade é que faz toda diferença e ditará os times que irão brigar na ponta da tabela ou na parte de baixo.

Digo isto porque desde o início da temporada, ou melhor desde o ano passado, a defesa do Avaí vem sendo muito questionada. Inclusive por mim, mas a verdade é que o desempenho melhorou muito e os números comprovam isso, pois o Leão já aparece entre os 4 classificados. Nas últimas 6 rodadas, o Leão tomou apenas 2 gols. Sendo que nas primeiras 7 rodadas, foram 10 gols tomados.

Tudo isso fruto de uma melhor organização tática, principalmente no setor defensivo. Méritos para o interino Raul Cabral que pegou um abacaxi das mãos de Pingo e conseguiu descascar. Mais bem postado em campo, mesmo que ainda necessite de um melhor ajuste principalmente no setor ofensivo, o Leão vem correndo pouco perigo nos jogos.

Esperávamos chegar no G4, porém agora vem a parte mais difícil que é manter-se entre os 4 clubes que ascenderam a elite na temporada de 2015. Geninho terá trabalho principalmente para ajustar o setor de meio e ataque. Penso que um time precisa ser arrumado de trás para frente, o que parece que esta acontecendo, pelo menos baseado nos números. Que venha a Luverdense, que chegue logo sexta feira, e principalmente que o Leão possa manter a boa fase e fazer outra vitória, desta vez na Ressacada, deverá receber um bom público.

Ela voltou

28 de julho de 2014 20

 

Argel Fuck5 chegou, e trouxe reforço.

Argel Fuck5 chegou, e trouxe reforço.

Depois de um final de semana perfeito para o futebol de Santa Catarina, onde as bailarinas perderam o confronto regional, o Cri-ciúme e os Índios tomaram bomba e as Barbies levaram uma biabada, apenas o maior do estado venceu, e de quebra entrou no G4. Com a esperada vitória na Capital Brasileira do Ballet, o Leão engatou uma sequencia de três vitórias consecutivas.

Sobre o jogo de Joinville gostei muito da postura do Avaí, em nenhum momento fomos pressionados ou corremos muitos riscos de perder o jogo. Sempre bati na tecla que tínhamos bons jogadores, em se tratando de série b, mas que o coletivo deixava muito a desejar. É claro que temos deficiências e não adianta escordemos, mas com o que temos e crescendo como time, brigaremos até o final pelo acesso.

Sobre as Bailarinas Flanelinhas, este ano começaram cair bem antes do esperado. Chegamos a 1/3 da competição e o Maior Cavalo Paraguaio da história começa a dar sinal de fraquezas. Os índios voltaram a realidade, foram a Vila mais famosa do Brasil e esqueceram que precisavam jogar. Ficaram admirando o estádio famoso e tomaram sonoros 3×0, do Santos.

No sul do estado, o time do empresário da rede famosa de supermercados, perdeu a segunda consecutiva, desta vez para o Vitória, e em seus domínios. Nem com o reforço dos argentinos nas arquibancadas, o Cri-ciúme teve forças para vencer o Vitória da Bahia, time que namorava a zona de rebaixamento.

Mas o melhor da noite foi a estreia do treinador Argel Fucks, as Barbies continuam a nos dar uma dose de alegria extra. Argel chegou e junto com ele trouxe cinco pilhas, e logicamente a lanterna de volta. E parece que as pilhas são alcalinas, pelo jeito terão que ter carga para aguentar até Dezembro. O Cruzeiro passeou no Mineirão, e a sorte das Barbies, se é que podemos falar assim, é que choveu muito, deixando o campo com muita agua.

Enquanto isso estamos de sangue doce, já começamos a projetar o jogo contra a Luverdense, na sexta feira, na Ressacada. Engana-se quem pensa que o Leão terá jogo fácil, podemos sim tornar alguns jogos mais fácies, mas acredito que a cada jogo será uma luta muito grande. O Avaí esta com uma campanha fora de casa de campeão, são 7 jogos disputados, com expressivas 4 vitórias e 1 empate, sendo derrotado apenas em duas oportunidades.

Em casa, a campanha já começou a melhorar: temos 3 vitórias e 1 empate em nossos domínios, além de duas derrotas. Porém as 2 últimas partidas disputadas em casa obtivemos 2 vitórias, o que aumenta a confiança do time. Não adianta pensar lá na frente, é preciso pensar jogo a jogo. O Luverdense é o nosso próximo adversário,, portanto será o jogo mais importante. Só nos resta curtir esse início de semana, mas as com todas a certeza as atenções já estão voltadas para a próxima rodada.

Ei, eu sei que vocês estão ai....

26 de julho de 2014 22

Resultado normal, sabíamos que dificultaria um pouco pela ausência do craque Marquinhos Santos. Mas a vitória seria a lógica, e ela aconteceu. As Bailarinas Flanelinhas, que estavam guardando a nossa vaguinha no G4, sentiram a pressão de enfrentar o maior de Santa catarina.

E outro detalhe, as Bailarinas só estão na nossa frente por uma vitória por WxO, e mesmo assim pelo saldo de gols, porque esta “vitória” é considerada 3×0. E agora, o que falará a imprensa “ixpecializada” de Floripa, que exaltava o treinador Emerson Maria? São mais três pontos na conta do Leão, pena que só tem um jogo na capital brasileira do balé.

Agora é descansar e pensar no próximo jogo,  na próxima sexta feira contra a Luverdense, na Ressacada. Com toda certeza teremos um bom público. Foi o jogo do Cavalo Puro Sangue x Cavalo Pangaré, eu avisei a torcida bailarina para não ir porque a derrota seria certa, Não quiseram me ouvir, deixaram a vitória ainda mais divertida.

Pré-jogo

26 de julho de 2014 1

 

 

 

 

Hoje teremos mais um compromisso pela Série B, jogo válido pela 13° rodada, o Leão vai em busca de mais uma vitória para seguir na escalada rumo ao G4. Geninho terá importantes retornos de atletas que não puderam atuar contra o Palmeiras. Bocão, Carletto e Diego Felipe devem voltar naturalmente a formação titular.

Por outro lado, Geninho tem uma dúvida, Marquinhos sentiu a coxa e fará teste amanhã para saber se poderá ou não atuar. Caso seja vetado, as Bailarinas terão um pouquinho mais chances de pontuar. Geninho também acenou com uma dúvidas no ataque, Roberto ou Paulo Sérgio? Eu ainda aposto que Paulo Sérgio deverá iniciar como os titulares.

Caso o craque Marquinhos não possa atuar, eu faria um meio de campo com Eduardo Costa, Eduardo Neto, na proteção para dar sustentação de marcação, com Diego Felipe e Cléber, este último com liberdade para chegar ao ataque. Com isso tanto Carletto quanto Bocão teriam também liberdade para chegar ao ataque.

Será um jogo difícil, principalmente se confirmar o desfalque de Marquinhos. Só para lembrar, no ano fomos a Joinville sem  Marquinhos e também vencemos. O Joinville não tem nada de mais que possa nos deixar com uma preocupação excessiva, Jael é o cara que deverá ter atenção especial.

É mais um jogo chave, de confronto direto (embora as Barbies estejam guardando a nossa vaguinha no G4), com características que será um confronto equilibrado e provavelmente decidido nos detalhes. Espero que o glorioso Paulo Henrique de Godoi Bezerra faça uma grande arbitragem e não tenha influência no placar final. Independente de tudo, sou mais Avaí. Vai pra cima delas Leão!!!

 

Pós-jogo

23 de julho de 2014 21

Todos sabiam que seria um jogo difícil, afinal enfrentaríamos o Palmeiras e não Bragantino, Novo Hamburgo ou Londrina. Era um jogo grande, com um bom público presente, embora o péssimo horário.

Em um primeiro tempo equilibrado, com Avaí bem postado em campo, mas poucos oportunidades de gol para os dois lados. Eltinho sentiu novamente a lesão e teve quer substituído,  em seu lugar entrou o volante Revson, mas não conseguiu fazer uma boa partida.

Marquinhos, que fez uma boa partida, comandava o Leão, mas novamente esbarrávamos na ineficiência do nosso ataque. Cedíamos espaços entre os nossos meias e volantes, onde o Palmeiras as vezes levava algum perigo a meta avaiana. Deu tempo ainda de Vagner fazer uma grande defesa, evitando que o Palmeiras virasse o primeiro tempo em vantagem.

Na volta para o segundo tempo o cenário continuava o mesmo, Paulo Sérgio teve a chance clara de colocar o Leão na frente, mas finalizou muito mal permitindo a defesa do goleiro palmeirense. O Palmeiras estava começando a tomar conta do jogo quando Felipe Menezes achou um espaço em nossa entrada da área,  finalizou com perfeição para colocar o time paulista em vantagem,

A partir dai o Palmeiras tomou conta do jogo, fez o segundo gol novamente com Felipe Menezes, e ficou apenas esperando o fim do jogo. Anderson Lopes ainda teve grande chance de diminuir, mas mandou para longe, isolando de dentro da grande área.

Venceu o time de melhor qualidade técnica, conseguimos manter o equilíbrio grande parte do jogo, mas prevaleceu a melhor técnica dos jogadores do Palmeiras. Wesley comandou o time paulista, embora Felipe Menezes tenha feito os dois gols, o volante Palmeirense ditou o ritmo o tempo todo.

Do lado do Avaí, Marquinhos fez um bom jogo. Eduardo Neto e Marrone fizeram um bom primeiro tempo, mas não conseguiram repetir na segunda etapa o mesmo futebol, principalmente Eduardo Neto. Anderson e Paulo Sérgio também não foram bem, não conseguiram repetir as boas atuações de outras jornadas. Sofremos mais uma vez com a falta de efetividade de nosso ataque, por fim é preparar-se para o “nosso” campeonato que será já no sábado, contra o Joinville.

Pré-jogo e Creu com lingüiça

23 de julho de 2014 16

Hoje o Avaí, representante de Santa Catarina na Copa do Brasil, começa a decidir sua sorte na competição contra o Palmeiras.

Jogando na Ressacada e com a força do torcedor, temos tudo para fazer um bom jogo. O Palmeiras não virá a Floripa com todos os seus titulares, o treinador Roberto Gareca, decidiu poupar alguns jogadores para o clássico do final de semana, contra o Corinthians.

Quem irá atuar do lado de lá é problema deles, Geninho terá que alterar o time, pois Diego Felipe e Carleto já jogaram por outros times na Copa do Brasil. Bocão esta suspenso pelo 3° amarelo e será substituído por Marrone. Eltinho e Eduardo Neto serão os outros dois escolhidos pelo treinador avaiano.

Ainda falando em Copa do Brasil, as Barbies sucumbiram novamente em casa. Já não bastasse a derrota, ainda tiveram que ver Renan e Nunes dançarem o creu no salão de festas. Estas Barbies só nos fazem rir, amanhã ficarão assistindo e secando o maior de Santa Catarina pela TV, segue o baile.

Avaí em um novo momento

21 de julho de 2014 19

Após a derrota para o ABC, na 9º rodada, o Leão não sabe mais o que é perder. São três vitórias e um empate, sempre lembrando que o Avaí tinha um jogo atrasado, cumprido antes da parada para a Copa do Mundo. O Avaí vive um outro momento, com o pagamento de algumas pendencias financeiras (ainda há alguns jogadores com salários atrasados da gestão passada), e com os resultados aparecendo dentro de campo, a confiança mudou e o Leão colou no G-4.

O tempo para esta inter temporada fez muito bem ao Avaí, o time voltou com uma força diferente do início da competição. Nitidamente houve uma evolução na parte física, já na parte técnica e tática ainda tem muito que melhorar. Diego Felipe acrescentou muito ao time, embora Tinga viesse sendo o jogador mais regular da temporada, Diego Felipe tem uma presença ofensiva muito grande. Ele ainda não esta a vontade, acredito que Diego Felipe ainda evoluirá muito e será muito importante nesta caminhada.

Carletto é outra atleta incorporado nesta parada, tem boa técnica mas fisicamente ainda esta longe de suas melhores condições. Ele acrescentará muito, a potencia de seu chute será fundamental, assim como foi decisivo no difícil jogo de sexta feira contra a Ponte. O Avaí ainda aguarda pelas condições físicas ideias de João Felipe, outro atleta que tem tudo para dar qualidade ao time do Avaí.

Mesmo com as limitações financeiras, acredito que o Leão contratou três excelentes reforços. Agora é voltar as atenções para a Copa do Brasil, já na quarta feira as 19:30 hs, quando enfrentaremos o Palmeiras, na Ressacada. É preciso a torcida comprar a ideia e comparecer em grande número, ficamos pedindo a contratação de um atacante diferenciado, mas o torcedor esta em dívida com o Leão. Quarta feira, é hora de começar a pagar a dívida.,

Já na Série A, a coisa esta divertida, cada jogo das barbies é uma beleza. A lanterna batendo a porta novamente, é legal ver as desculpas do seu treinador dizendo que o time esta evoluindo e só precisa de maturidade. O Cri-ciúme também esta voltando a realidade, tomou uma chinelada em Curitiba e voltou com o rabinho entre as pernas.

Os índios já fizeram a gracinha deles, agora já podem contar para todo mundo que jogaram no Morumbi, e até ganharam do São Paulo. E as Bailarinas Paraguaias já estão caindo na tabela mais rápido do que eu imaginava, sábado se nada de estranho acontecer, serão mais três pontos na conta do Leão. Antes elas jogarão, na quarta feira pela Copa do Brasil… Há desculpa, elas perderam a classificação em casa para o poderoso Novo Hamburgo, segue o baile.

 

Pós jogo

19 de julho de 2014 14

Seria difícil como imaginavamos, mas a vitória era mais do que necessária. O Leão colou na parte de cima da tebala e mais, engata uma sequência de resultados positivos.

Em um 1°  tempo onde a Ponte Preta foi melhor, ganhando o setor de meio de campo, e ficava sempre com a segunda bola. O Avaí saia apenas em chutões, favorecendo sempre a defesa adversaria. No final do 1° tempo, o placar de igualdade ficou de bom tamanho para o Leão.

No 2° tempo a coisa mudou de cenário, o Avaí voltou melhor e comandava as ações do jogo. Numa cobrança de falta muito bem executada, Carletto deu a vitória ao Leão.

Melhorou muito a parte física do Avaí, Marquinhos correu e se doou o tempo todo. Aliás fez uma boa partida assim como Anderson Lopes, que saiu extenuado.

O resultado da moral, estamos há apenas 3 pontos dos líderes. A Ressacada voltou a fazer a diferença, o que torna a chance de acesso muito maior. Agora é trocar o chipe e pensar no Palmeiras , já na quarta feira pela Copa do Brasil. No mais é saborear mais um bom e felizmente final de semana.

Pré Jogo

18 de julho de 2014 2

Hoje temos mais um importante compromisso, da série de 3 jogos seguidos na Ressacada, chegamos ao segundo embate.

A Ponte Preta é o adversário da vez, com certeza um time com muito mais qualidades que o Atlético Goianiense.

Teremos o desfalque do destemperado Antônio Carlos, em seu lugar entrará Bruno Maia, sinais de fortes emoções na noite de hoje.

Geninho da sinais que pouco mudará a equipe, o time deverá ter apenas a substituição acima citada. É preciso haver evolução como time, ainda precisamos ter mais intensidade durante os jogos.

É fundamental que a torcida compareça, embora seja um horário muito ruim, um resultado positivo, jogará o Leão lá para cima. A torcida terá papel fundamental, se as coisas não estiverem fluindo dentro de campo, o grito das arquibancadas será importantíssimo.

Espero também uma evolução individual, o craque Cleber Santana precisa voltar a reeditar suas belas atuações. Precisamos muito do talento de nossa craque.

Por outro lado, ganhamos muito com a presença de Diego Felipe no meio de campo, jogador de passadas largas e que nos deixou com uma arma muito forte, a bola aérea.

Espero um bom jogo, e mais do que isso, uma apresentação melhor do Avaí, para que comece a passar confiança ao nosso torcedor. Temos compromisso no dia de hoje, então bora para a Ressacada.

Pós jogo

15 de julho de 2014 12

Caminhava tudo para um cenário péssimo, tomamos o gol e logo em seguida, em um lance ridículo, e sem nenhum nexo, Antônio Carlos, fez falta violenta e foi expulso.

Por incrível que pareça o Avaí melhorou mesmo com 10 em campo. No final do primeiro tempo tivemos a chance de empatar, Pablo sofreu pênalti, desperdiçado por Cleber Santana.

No princípio do a segundo tempo veio o empate, Marquinhos colocou a bola na cabeça de Pablo que não desperdiçou. O Leão partiu para cima e perdeu pelo menos duas chances claras, uma delas estourando na trave no chute de Anderson Lopes.

Já no acréscimos, o Leão chegou à vitória, Diego Felipe, que fazia sua estréia, subiu no terceiro andar para dar os três pontos ao Avaí.

Foi a vitória do time que procurou vencer, o Atlético fez cera o jogo todo e foi penalizado com a derrota. Não gostei da estreia de Geninho, deixou o ineficiente Bocão até quase o final da partida sem produzir absolutamente nada.

Também não sei o que ele quis com Héber, infelizmente mais um atacante que parece que não vingará com a camisa do Leão. O importante foi a vitória, agora é descansar e já pensar na partida de sexta contrabando perigosa Ponte Preta.

Pré-Jogo

15 de julho de 2014 13

avaí x atlétio go

 

Chegou o dia, o torcedor avaiano já não aguentava mais ficar sem assistir aos jogo do Leão. Foram longos 39 dias sem jogos do Avaí, e hoje estaremos matando as saudades em nosso belo reduto.

Neste tempo, algumas coisas mudaram, Geninho e sua comissão técnica assumiram o Leão e ditaram o ritmo daqui para frente em busca do acesso a série a. Os salários que estavam atrasados foram pagos,  chegaram 2 atletas de muito boa qualidade, e ainda estamos na eminência de receber outro bom reforço, o zagueiro João Felipe.

É lógico que o tão sonhado atacante, o camisa 9 que tanto pedimos e desejamos não veio e dificilmente virá, pelo menos agora,  o clube passa por uma reestruturação financeira e um atleta que seja diferenciado custa caro.

Mesmo assim o Avaí vem forte, Geninho deverá promover a estréia de Carletto e Diego Felipe, mas a base é a mesma que terminou o jogo contra o Sampaio Correia, lá no Maranhão. Bocão volta a ganhar uma chance na lateral direita e o ataque será formado por Paulo Sérgio e Anderson Lopes.

Nossas estrelas também estarão em campo e formaram o meio de campo, e a zaga titular deverá ter Antônio Carlos e Pablo. Essa retomada da Série B, era tudo que o Leão poderia desejar, voltar ao campeonato com 2 jogos na Ressacada com grandes chances de vitória, e colar de vez no pelotão da frente, já que as Bailarinas estão guardando nossa vaga no G4.

Neste momento o importante é a vitória, mas uma boa apresentação poderá aumentar consideravelmente o público do jogo de sexta feira, contra a Ponte Preta. Estamos ansiosos para voltar a Ressacada, para ver o Avaí, que Copa do Munda nada, o que importa é o Avaí!

 

 

De volta ao que nos interessa

14 de julho de 2014 11

Passada a Copa do Mundo, nossas atenções voltam-se inteiramente ao reinício da série b, o Avaí joga na  terça feira, na Ressacada, contra o Atlético Goianiense. Teremos a estréia oficial do treinador Geninho, que chegou no início da inter temporada, tendo tempo suficiente para pelo menos dar ao time a sua cara

Continuamos com algumas carências, mas os atletas que chegaram são bons jogadores e tem tudo para serem titulares ao longo do Campeonato. Diego Felipe e Carletto deverão fazer suas estreias já na terça feira, enquanto ainda aguardamos a confirmação e anuncio de João Felipe.

Com os salários em dia e com dois jogos seguidos em casa, temos todas as condições de alcançar o G4 muito mais cedo do que pintava no início da série b. A caminhada será longa, mas confesso que a saudade é grande de voltar a Ressacada e ver o Leão em campo.

Algumas coisas permanecem as mesmas, as Barbies continuam na lanterna e as Bailarinas a cuidar direitinho de nossa vaga no G4. O Criciú-me a ter um dono, que contratou um excelente excecutivo de futebol, que tratou de trazer o craque Danilo, e os Índios atrás de um cacique que toque aquela barca furada.

Não da para deixar passar em branco também os torcedores desinformados, que dizem que o maior e mais vezes campeão esta com salários atrasados. As Barbies, por exemplo, criaram um plano de previdência privada, fazem contrato de 24 meses e o atleta precisa cumprir apenas 18 meses,enganando de jogar futebol, e vai a justiça fazer um acordo muito bom para o clube.

No caso de Júlio César,  serão apenas 111 parcelas de R$ 25 mil. Juntando apenas Júlio César e o ídolo Fernandes o  o montante passa de mais de R$ 4 milhões, sem falar no que vem ai com o goleiro e também ídolo Wilson. Realmente por lá, a coisa esta muito feia.

Você ai, agora eu sei o que sentiram...

08 de julho de 2014 36
Scarpelli Park

Scarpelli Park, placar acima diz tudo!

Era o Campeonato Brasileiro de 2008, exatamente no dia 24 de Julho, as Barbies enfrentavam o Grêmio em seus domínios, e o adversário iria pintar o SETE. Na maior e mais acachapante derrota de um time catarinense em seus domínios não poderia pertencer a outro time, se não as Barbies.

Após essa desastrosa e frustante apresentação da Seleção Brasileira, só um fato que nos consola, é que o nosso co-irmão também já nos deu uma alegria parecida ao que o torcedor alemão esta sentindo. Para provar que o futebol é cíclico, Victor era o goleiro do Grêmio, e naquele dia viveu o lado da alegria, da goleada. Hoje esta cabisbaixo por estar do outro lado, sendo goleado.

Hoje eu posso me solidarizar com os torcedores Babies, realmente não é fácil tomar de 7 em casa e sair ileso. Torcendo para o Brasil, pude perceber o quanto é difícil ser humilhado em seus domínios, realmente é daquele resultados que nunca mais saíram de nossas memórias.

Recordar é viver

03 de julho de 2014 15

Avaianos na Copa

28 de junho de 2014 9
Nestor e sua bela família, representando a nação avaiana no Mineirão, no jogo Brasil x Chile

Nestor e sua bela família, representando a nação avaiana hoje no Mineirão, Brasil x Chile

Com a Série B parada por causa da Copa do Mundo, nos resta apenas torcer pela nossa seleção. Hoje o Brasil conseguia a classificação no sufoco contra o Chile, com um bom primeiro tempo, o escrete canarinho passou trabalho para passar as quartas de finais, que será contra a Colômbia.

Com o gol no princípio do jogo, o Brasil tomou conta da partida. Com uma boa marcação e chegando com perigo, a seleção brasileira estava mais perto de fazer o segundo gol, do que o Chile empatar. Ai veio o erro que mudou o jogo, Hulk recuou mal um lateral cobrado na fogueira por Marcelo, Vargas roubou e serviu Sanches, para empatar a partida. A partir dai o Chile conseguiu equilibrar  partida, e assim seguiu-se até o final do primeiro tempo.

No segundo tempo o Brasil se perdeu, passou por maus momentos e o empate, já no tempo normal, saiu barato para a nossa seleção. O cenário seguiu o mesmo na prorrogação, porém o Chile mostrava-se satisfeito com o empate, e consequentemente a decisão por penaltis. A sorte mostrou estar ao nosso lado quando aos 14 minutos do segundo tempo da prorrogação, o atacante Pinilla acertou o travessão brasileiro, o que seria o gol da classificação chilena. Nas penalidades, brilhou a estrela de Júlio César.

Algumas constatações, Daniel Alves esta sem condições nenhuma de ser titular nesta Copa do Mundo. Fred e Oscar são dois telespectadores, completamente fora de sintonia. Hulk, também precisa melhorar muito para merecer ser titular do Brasil no ataque, onde já brilhou Romário, Ronaldo, Bebeto e Rivaldo, só para lembrar os mais recentes.

Outras considerações precisam ser ditas, o Estreito continua muito iluminado. O gasto de quase R$ 4 milhões com apenas duas ações trabalhistas esta abaixo com que as Barbies estão gastando com pilhas, pois a lanterna consome muito. E consideração importante é que as Bailarinas/flanelinhas nunca passaram tanto tempo na Série A quanto agora, nesta parada para a Copa do Mundo. De resto, segue o baile.

Surgem os primeiros nomes

19 de junho de 2014 14

O Avaí não confirma mas já repercute na imprensa as prováveis chegadas de dois reforços para juntar-se ao grupo de jogadores e iniciar a preparação pós-copa, o zagueiro Renato Silva e o volante-meia Diego Felipe, já estariam acertados com o Leão para o restante da competição nacional.

Renato Silva é um zagueiro experiente, rodado e prestes a completar 31 anos tem em seu currículo passagem pelos 4 grades clubes do Rio de Janeiro e também pelo São Paulo Futebol Clube. Zagueiro de boa estatura, Renato destaca-se pela seriedade e força física. Chega para trazer mais experiência em um setor muito criticado tanto pela imprensa como pelo torcedor avaiano.

O outro atleta que esta chegando é Diego Felipe, formado nas categorias de base do Criciúma, o jogador chega para ocupar o lugar deixado pelo volante Tinga, negociado pelo Palmeiras para o futebol japonês. Com boa estatura, passadas largas e com boa qualidade técnica, o Avaí esta fazendo uma excelente contratação. Se vai dar certo só o tempo dirá, mas gostei muito da contratação deste atleta, inclusive era sempre lembrado por nós quando ainda estava no Criciúma.

Dois bons nomes, duas excelentes contratações que chegaram para aumentar a qualidade do grupo de jogadores, e que dificilmente não serão titulares. Ainda devemos ter novidades esta semana com relação a novos jogadores, o Avaí tem negociações avançadas com um meia de velocidade e um atacante de área. Não é o momento de falarmos em nomes para atrapalhar as tratativas finais, mas se confirmar estas contratações, estes atletas chegaram para elevar a qualidade de nosso elenco. O negócio é esperar.

Apresentação de Geninho

17 de junho de 2014 9

Geninho

Esta marcado para hoje a apresentação do novo treinador avaiano, Geninho será apresentado no auditório da Ressacada. O novo treinador avaiano fez um bom trabalho na Portuguesa no brasileirão da série A, m 2012, e em 2013 conseguiu o acesso com o Sport Recife.

Geninho é um treinador muito experiente, com passagens por grandes clubes do futebol brasileiro, teve como seu principal título o brasileiro de 2002, defendendo o Atlético Paranaense. Chega ao Avaí com grande aceitação por parte tanto dos torcedores do Avaí, como da imprensa de Florianópolis.

Junto com Geninho poderemos ter alumas novidades, alguns atletas que estão praticamente certos com o Leão, dependendo apenas pequenos, poderão ser anunciados para começar a inter temporada junto com o restante do grupo.

Por outro lado além de Tinga, que retornou para o Palmeiras, time detentor de seu passe, Rafinha também não faz mais parte do elenco avaiano. O lateral acertou sua saída do Leão e foi para o Vila Nova, time de Goiás que também disputa a série b.

Portanto, é aguardado com muita expectativa não só a apresentação do novo treinador avaiano, mas como o início dos trabalhos da nova comissão técnica. Nesta série b muito nivelada, e diga-se de passagem muito por baixo, quem aproveitar melhor esses dias de trabalho terá grande chance de êxito na competição.

Os números para o acesso

11 de junho de 2014 9

Mesmo em clima de Copa do Mundo, minhas atenções especias seguem voltadas ao Avaí. Com 14 pontos conquistados em 10 jogos, o Leão precisará melhorar seu aproveitamento para chegar ao acesso.

A história mostra que com 64 pontos fatalmente o clube consegue o acesso, desde de 2010 em apenas um ano, e foi um ano atípico, o São Caetano ficou de fora da série a com 71 pontos conquistados, que foi exatamente em 2012. Com 84 pontos a serem disputados até o fim da série b, o Leão precisará de um aproveitamento entorno de 60% para atingir o objetivo.

Destes 28 jogos, 15 serão disputados na Ressacada. Estarão em disputas em nossa bela Ressacada 45 pontos, o que poderá facilitar e muito a nossa vida se voltarmos fazer valer o mando de campo. Para ser ter uma ideia, no ano do acesso em 2008, não perdermos um jogo se quer dentro de casa.

Por outro lado nosso aproveitamento fora de casa é muito bom, até o momento disputamos 6 jogos com 2 derrotas, 1 empate e 3 vitórias. Aproveitamento este, que se continuar, nos credenciará a disputar uma das 4 vagas de acesso a série a.

A conclusão é simples, manter o aproveitamento que tivemos até o momento fora de casa, ou pelo menos parecido, e fazer o dever de casa, melhorando e fazendo valer o fator campo, nos fará entrar na briga forte pelo acesso. É claro que assim em números parece fácil, porém para se tornar fácil é preciso que consigamos atingir um bom nível de regularidade, e que não conseguimos ver nestas 10 rodadas que passaram.

Enquanto isso o Estreito continua muito iluminado, o sul do estado voltou a ter a corda no pescoço com um erro juvenil de escalação irregular de jogadores, os índios seguindo certinho a cartilha do rebaixamento quando especulan-se  Argel Fucks e PC Gusmão, e as Bailarinas Flanelinhas guardando a nossa vaga. Que a Copa do Mundo venha, nos traga alegria, mas passe rápido, pois eu quero mesmo é voltar logo a Ressacada e ver o Maior do Estado.

 

 

 

Pós-Jogo

07 de junho de 2014 19

Sampaio x Avaí

Assim como o dilúvio que tomou conta do segundo tempo do jogo de hoje, o empate para o Leão também caiu do céu. Com um bom começo de jogo, tocando bem a bola e chegando com certa facilidade no gol adversário, bastou uma falha coletiva para o Leão se perder no jogo.

O gol tomado bagunçou o Avaí, muito mal individualmente e desorganizado, o primeiro tempo passou e no final das contas o placar adverso de 1×0 saiu barato. Vagner, que havia falhado no gol, redimiu-se fazendo pelo menos duas defesas dificílimas evitando um prejuízo ainda maior.

Na parte ofensiva, tivemos algumas boas jogadas, mas pecando nas finalizações ou as vezes nem finalizando. Com o gramado pesado e com dimensões maiores, o Leão já dava mostras que estava sentindo na parte física.

O Avaí voltou com a mesma formação para o segundo tempo de jogo, no intervalo do jogo a chuva aumentou e a dificuldade para o Leão também. Raul trocou Diego Jardel por Eltinho, mas o Sampaio Corrêa era  mais perigoso e estava mais perto do segundo gol.

Foi quando a estrela de Raul Cabral brilhou, o treinador avaiano colocou Roberto no lugar de Marquinhos, e na sua primeira participação no jogo, em uma falta cobrada por Cléber Santana, o atacante avaiano subiu de cabeça para empatar o jogo.

Ainda deu tempo de Abuda entrar no lugar de Anderson Lopes, mas com as fortes chuvas o campo ficou totalmente impraticável, e o empate ficou de bom tamanho para o Leão. Não era a pontuação que eu imaginava no início da competição para esta parada para a Copa do Mundo, mas diante do cenário que estava se desenhando, não deixa de ser uma boa recuperação.

A notícia ruim ficou por conta da saída de Tinga, por questões contratuais o atleta despede-se do leão rumo ao Japão. Agora é arrumar a casa, receber o novo treinador e atletas que virão contratados, e fazer uma grande retomada depois da para da Copa. Hoje podemos dizer que o saldo foi positivo.

Pré-Jogo

07 de junho de 2014 4

Hoje cumpriremos nosso último compromisso antes da parada para a Copa do Mundo, com um ambiente de tranquilidade que há muito tempo não víamos, o Leão enfrentará o Sampaio Correia em São Luiz, na capital do Maranhão.

Com o anuncio do novo patrocinador, com um aporte grande que esta prestes a se concretizar para modernizar o complexo da Ressacada, o anuncio do novo treinador, o experiente Geninho, e principalmente, vindo de uma bela vitória fora de casa contra o Icasa, o Leão chega em busca dos três pontos para confirmar a recuperação.

Espero um jogo complicado, mais do que nunca precisaremos tirar a velocidade do jogo, o Sampaio Correia tem muita velocidade, mas é um time que pensa pouco. Ao contrário do Leão, precisaremos impor nossa maior qualidade técnica para poder ter maior chance de vitória.

Com o retorno de Tinga, fica a dúvida de quem o treinador Raul Cabral mandará a campo no início da partida. Eu ainda apostaria no retorno de Tinga e a saída de Anderson Lopes, com isso o Leão iria com uma formação com 5 jogadores de meio de campo.

Raul Cabra ganhou uma opção interessante, gostei da estréia do atacante Willen no jogo contra o Icasa. Vejo o Sampaio Correia com sua principal arma o atacante Pimentinha, rápido e habilidoso, precisará ter uma atenção especial. Outros velhos conhecidos do torcedor avaianao deverão atuar na partida de hoje a tarde, o meio campista Válber, o atacante Márcio Diogo e o polivalente Arlindo Maracanã também fazem parte da equipe maranhense.

Mesmo com uma campanha irregular na bela Ressacada, uma vitória na tarde de hoje nos deixará há um ponto do tão sonhado G-4. Seria uma ótima reação, haja visto o péssimo início de campeonato e a grande irregularidade que tomou conta destas primeiras 9 partidas disputadas pelo Leão. Será o jogo da tranquilidade, espero que o Leão consiga se impor e trazer mais 3 preciosos pontos para Florianópolis.