Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts com a tag "Brusque"

Deem graças pelo Avaí não estar no quadrangular

27 de março de 2014 81
Um pouquinho de organização e shazam! o melhor futebol de SC reaparece.

Um pouquinho de organização e shazam! a qualidade dos três tenores reapareceu.

Sem nenhum exagero, parece que podemos ouvir os suspiros de alívio daqueles times medianos do quadrangular do Campeonato Catarinense. Já é tradição o Avaí começar mal e crescer na reta final de quase todas as competições, o que a essas alturas significaria o terror nos adversários que disputam o título de 2014.

Mas além de não termos tido a “segunda época” do returno, os problemas financeiros, os técnicos mal escolhidos e a crise de liderança sufocaram o Avaí nesta temporada. Bastou chegar um treinador mais esperto e os jogadores resolverem colocar o pé na bola, e eis que o milagre aconteceu ao natural.

Se alguém ainda tinha dúvidas de que o Avaí havia entrado nos trilhos, esta vitória sobre o belo time do Brusque põe uma pá de cal nos argumentos dos secadores do Estado. Brusque que, não fossem os erros de arbitragem, não teria perdido a vaga para o “sortudo” Golfinho do Sul. Por isso rendam louvores aos céus pelo Maior de SC não estar nesse quadrangular medíocre e completamente desinteressante.

E quis o destino que justamente os três tenores – Marquinhos, Cleber e Eduardo – anotassem todos os gols nessa vitória por 3×1. Logo eles tão perseguidos por quem não sabe o que é ter um mísero craque no time. Fora os avaianos, os torcedores mais inteligentes de SC, a maioria dos “outros” não sabe nada de futebol!

Só sabem lamentar em oculto a pequenez de seus clubes. O nosso sempre foi grande, bando de chorão. Não importa em que divisão esteja, a realidade nua e crua é que o Avaí sempre foi e sempre será maior que o clube de vocês.

Pode relaxar que a vitória de hoje está garantida

16 de março de 2014 51
Com a camisa-amuleto-da-sorte já sabe: na dúvida, é do Avaí.

Com a nova camisa-amuleto-da-sorte agora não tem erro: é tudo do Avaí.

Vice-lanterna do hexagonal da morte, a missão de hoje do Brusque é segurar o Avaí, líder isolado do quadrangular decisivo do Campeonato Catarinense. Não, errei. Vice-lanterna do hexagonal da morte, a missão de hoje do Avaí é ir até o Vale do Itajaí enfrentar o líder Brusque e afastar de uma vez por todas essa ameaça sem pé nem cabeça de queda para a segundona de SC.

Para garantir uma vitória sem sustos ou decepções de última hora, o Maketing azurra vai trocar a homenagem às cidades do Estado na camisa do goleiro Diego por um novo modelito tri-colorido que dizem dar uma sorte desgraçada. Tá valendo tudo para sairmos de Brusque com mais três pontos na bagagem, dar o adeus definitivo a zona de rebaixamento e engrenar bonito para a série B.

Adivinha quem decidiu em Brusque? ● Atualização domingo 20h

Um erro de arbitragem, obviamente. Embora o Avaí não tenha alcançado a desejável organização tática perseguida por Pingo, o fato é que até os 40min do segundo tempo o Maior de SC fazia a sua segunda vitória consecutiva. Tudo dominado, não fosse o senhor Rodrigo D’Alonso Ferreira validar um gol impedido.

No lance, o auxiliar ergueu a bandeira assinalando impedimento, mas quis o homem de preto optar pela validação da jogada. Mas também, quem mandou o Avaí não usar a camisa-amuleto-da-sorte e optar por homenagear o município de Lontras? Deu nisso aí! Com 4 pontos, o Leão continua na vice-lanterna do hexagonal.

O melhor técnico de SC no maior clube de SC

08 de março de 2014 77
"É uma equipe grande do futebol catarinense e brasileiro. Eu teria de aceitar". Pingo

“É uma equipe grande do futebol catarinense e brasileiro. Eu teria de aceitar”. Pingo

Eis que o Avaí acaba de apagar mais uma de suas fogueiras artificialmente fabricadas. Paulo Turra, um equívoco desde sempre, já não é mais o técnico do Leão da Ilha. Amarelou no clássico, não acrescentou nada ao time, teve 0% de aproveitamento e “queimou” o elenco em todas as coletivas que deu. Fim.

Em meio ao turbilhão estrutural, a boa nova é a chegada do competente Pingo, aquele mesmo do Brusque que proíbe seus jogadores de darem chutões à esmo. É profissional, gosta do futebol bem jogado e prova ser macho para assumir esse Avaí. Sem medo de errar, é o melhor técnico de SC no Maior clube de SC.

Temos que afastar a ameaça do rebaixamento e encarar a série B. Se os cartolas ajudarem acertando os salários e o elenco corresponder em campo, muita coisa boa pode estar a caminho da Ressacada. Equação fechada. Foto Diplomata FM

Todo mundo de olho nos boleiros ● Atualização domingo 10h

Pingo só teve um dia para treinar a equipe que enfrenta o Marcílio Dias. Então nem precisa dizer que o foco de nossas atenções se voltam imediatamente para os jogadores que até agora se negaram a tocar na bola. Se havia uma “greve branca” por conta das pendências salariais – que precisa de uma solução da diretoria – saibam que os torcedores não aceitarão mais essa postura pré-perdedora.

Hoje não é o técnico que estará sendo julgado, mas o time. Não se aceita menos que uma disposição coletiva para a vitória. Se fora do gramado as coisas ainda estão embaçadas, se as promessas não estão sendo cumpridas, não compareçam aos treinos, esculachem na imprensa, mas quando a bola rolar, sejam profissionais com vergonha na cara. Porque de artistas estamos fartos e cheios.

A vergonha que se aproxima do limite

14 de fevereiro de 2014 116
Um momento que jamais combinará com o tamanho do Maior Clebe de SC.

Um momento que jamais combinará com o tamanho e a história do Maior Clube de SC.

Após uma campanha “antológica” de quatro derrotas em seis partidas, o Avaí atinge o limiar do vexame esportivo. Com o fracasso de ontem diante do Brusque, conquistou o direito de figurar na lanterna isolada do Campeonato Catarinense e já planeja sua participação no hexagonal dos perdedores.

A meta número um é não cair para a segundona estadual, agora com novo técnico, já que Emerson Nunes foi demitido ontem a noite mesmo. Excelente caráter, um homem que tem meu respeito, mas ainda não é um técnico de futebol.

A vergonha toma conta do torcedor avaiano ao assistir seu time tomar olé de um adversário com um orçamento que mal paga o salário mensal de um dos medalhões do Carianos. Foi uma derrota por um Pingo de diferença técnica, mas um oceano de distância do Avaí que sempre orgulhou a maior nação de SC.

Que o mago Nunes esteja certo

13 de fevereiro de 2014 71
Se os feitiços de Emerson Nunes não derem certo hoje, prepara que Dumbledore assume a vaga.

Se a magia de Emerson Nunes não der certo, prepara que Gandalf assume a bagaça.

Depois de comandar treinos fechados e esconder a escalação da equipe, o técnico Emerson Nunes dá toda pinta de que lançará mão de três volantes para enfrentar o não muito poderoso Brusque. Também há pistas de que mais uma vez Marquinhos, craque e capitão da equipe, será mantido no banco de reservas. Fechando o pacote de novidades, o novo sistema tático passa a funcionar com dois atacantes (Roberto e Betinho). Seja o que Deus quiser. Ao longo do dia atualizaremos esse post.

Moribundo não é morto ● Atualização 11h

Há quem acredite que a situação do Avaí teve uma sensível piora após os resultados que abriram a sexta rodada do Campeonato Catarinense. Considero Emerson Nunes e cia moribundos desde a derrota para o JEC em plena Ressacada.

Perder em casa para um adversário direto e daquela maneira teatral, foi o prenúncio do adeus. Mas moribundo não é morto, o que precisa se confirmar hoje a noite contra o lanterna Brusque, numa vitória que manterá acesa a tímida luz da esperança para o 17° caneco estadual.

Ano novo, vergonha na cara nova

17 de janeiro de 2014 43
Não interessa o tamanho, já fizemos a 1ª vítima do ano!

Agora é assim: não interessa o tamanho do adversário, já fizemos a 1ª vítima do ano!

Futebol é e tem que ser coisa séria o ano inteiro. Se havia espaço para frescura nesse time do Avaí, essa frescura ficou enterrada em 2013. Depois da palhaçada que vimos acontecer nas últimas rodadas da série B passada, o mínimo que se espera para essa temporada é um grupo de homens comprometidos.

Nesse ritmo, ontisdonti a cobra já fumou no Sul da Ilha. Jogo-treino uma ova, era final de Copa do Mundo para a primeira formação titular armada por Emerson Nunes. Embaixo da água que Deus mandava o Avaí venceu o Brusque por 3×2 no CT da Ressacada e um temor conhecido deu as caras: tomar dois duzalemão?

Já as parcerias que estavam sendo alinhavadas, essas parecem ter zicado. O Grupo Malucelli e a AS Esportes não vingaram e periga o presidente Nilton Macedo matar no peito a responsabilidade de tocar o elenco como está, talvez chegando apenas o zagueiro Canavesio e o meia Mateus, ambos do Grêmio.

E por falar em Nilton Macedo, a sua entrevista no Debate Diário dessa semana foi muito interessante. Num saudável chilique de sinceridade admitiu os problemas financeiros do clube e disse que a ordem é economizar até no papel higiênico da Ressacada. Indireta para os boleiros de egos inflados que por acaso já estejam pensando em fazer m… na temporada. Aqui não mais, molequinhos mimados!