Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts com a tag "Elenco"

O desfile avaiano e os cachorros de madames

19 de abril de 2014 32
Zagueiro Néris, volante Abuda e o atacante Jean Silva foram apresentados ontem - Foto André Palma Ribeiro

Zagueiro Néris, volante Abuda e atacante Jean Silva – Foto André Palma Ribeiro

Esse final de semana inicia nossa caminhada na série B 2014. Será mais um Brasileirão que disputaremos. Começamos o nosso desfile com uma base forte, jogadores experientes e talentosos, enfim, o Leão tem tudo para figurar entre os principais times em 2015.

Com alguns reforços pontuais que chegaram e outros que ainda chegarão, não tenho dúvidas que formaremos um elenco de respeito. Afirmo que temos um time forte. O Avaí começa sua luta hoje, na Arenas das Dunas em Natal, e finalizaremos a série B em grande estilo, disputando o título contra o Vasco na Ressacada.

Também tem início a série A para os nossos representantes (errei, eles não nos representam) catarinense. Vai ser um grande barato acompanhar esse campeonato este ano. Prevejo muitos motivos de gargalhadas até o final deste ano, não sobrando pedra sobre pedra para aqueles que não têm o mesmo pedigree do Maior de SC.

Os outros três catarinas estão oficialmente batizados como Cachorros de Madame. Tomarão banho nas quartas e passeios nos domingos. E antes que me esqueça dele, o Joinville já é carta pré-fora do baralho. O cavalo paraguaio só engana sua torcida, tanto que na semana passada conseguiu a proeza de perder no Scarpelli Park.

Que se iniciem as competições e que seja perfeito para Santa Catarina, ou seja, que o Avaí conquiste o acesso para a série A, lugar de onde nunca deveria ter saído. E se os outros do Estado caírem, sinceramente, não estou nem aí.

O Avaí acordou para a vida, pena que tarde demais

24 de março de 2014 86
O Avaí dormiu de toca e não viu o campeonato passar diante de seu nariz.

O Avaí dormiu de toca e não viu o campeonato passar diante do seu nariz.

Problemas financeiros, desencontros da transição administrativa, relacionamento truncado com empresários parceiros, técnicos mal escolhidos, bolas incríveis que não entraram, enfim, tudo isso e mais alguns problemas internos sufocaram o verdadeiro futebol do Avaí nesse Campeonato Catarinense.

Se não é um elenco de série A – coisa que em todo Estado não tem – também não faz sentido o Leão da Ilha estar no hexagonal da morte enquanto times inferiores disputam o quadrangular que decidirá o campeão estadual de 2014. Pingo chegou, deu uma mexidinha de leve, os jogadores resolveram colocar o pé e… shazam!

A vitória de goleada ontem em Ibirama parece por fim à crise existencial de um grupo de atletas que já não sabia se defendia um clube grande, mediano ou pequeno nos limites de SC. O pessoal acordou para a vida, infelizmente quando a única coisa em jogo é disputar com outros cinco os dois que cairão.

Uma vitória importante para dar sequência a retomada da confiança e do bom futebol, o que pode ser o projeto de uma série B vitoriosa. Claro que ainda é cedo para soltar fogos, há muito o que ser arrumado e fortalecido, mas tudo leva a crer que o verdadeiro melhor time catarinense ressurgiu. No quadrangular, sabemos que só há fakes, mas bem feito pra nós que acordamos tarde demais.

Cuidado, o cascalho está chegando na Ressacada

12 de fevereiro de 2014 31
Não quero ser boca maldita, mas acho que engabelamos o Curíntia de novo.

Não quero ser boca maldita, mas acho que engabelamos o Curíntia de novo.

Depois de conseguir um cascalhinho com a venda do contestado goleiro Renan para o Corinthians em 2011, o clube do Parque São resolveu fazer uma nova aposta, desta vez no também contestado atacante Luciano, aquele que botou Marquinhos no banco. O garoto teve seus direitos econômicos negociados com a parceira Plus Sport, que deve encaminhá-lo ao nosso melhor freguês em São Paulo. Louvado seja por esse dindim que chega para a alegria da rapaziada.

Outro que saiu foi o Coordenador de Futebol Júlio Rondinelli, já antecipando o poder que perderia com a entrada de Luiz Alberto, CEO da LA Sports, que costuma chegar chegando nos clubes onde faz parceria. Mesmo sem bons resultados, Nilton Macedo tentou demover Júlio de sua decisão, o que não é nenhuma novidade, já que no Avaí é tradição prestigiar os cartolas pouco produtivos. Foi assim com Fábio Araújo, Alexandre Parreira, Gustavo Mendes, Marcelinho Paulista etc e tal.

Noves fora, o Leão da Ilha vai conseguindo equilibrar os seus problemas financeiros e colocando os adversários em estado de alerta. Vamos combinar que o Avaí é hoje um moribundo no campeonato, mas nada que impeça o Newcastle da Praia do Cagão, por exemplo, cogitar poupar jogadores no jogo do meio de semana já de olho no primeiro clássico de SC em 2014 no domingo. Respeito é bom e eles sabem que aquele estádio torto é nosso salão de festas preferido.

As novas camisas do Avaí para 2014

24 de janeiro de 2014 55
Facebook da musa Cintia Muller

Mantos sagrados do Maior de SC apresentados ontem. Foto Facebook de Cintia Muller

A festa de ontem na Ressacada foi toda ela do povão. Segundo informações oficias foram cerca de 2.600 avaianos (um pecado ter menos de 3 mil) presentes no evento de apresentação do elenco e novos uniformes para a temporada 2014.

Não foi um desfile suntuoso porque não temos tempo para palhaçadinhas de luzes, confetes e serpentinas que os primos ricos do Estado arrotam antes do campeonato. Esse orgulho todo vai sair caro, pode escrever. Preferimos a simplicidade das famílias nas arquibancadas e da proximidade do torcedor com seu clube do coração. Aliás, invadimos o gramado porque era permitido, viu Barbies do Estreito?

Ainda não é possível fazer uma avaliação mais detalhada das novas camisas, mas a 2, à esquerda da foto, é simples e não possui características que careçam de comentários. A camisa 1 não inventou nas listras frontais, mas estas sumiram na parte de trás. Segundo o Avaí estarão à venda na segunda quinzena de fevereiro.

A noite de hoje vai ser uma festa na Ressacada

23 de janeiro de 2014 60
Uma noite especial para os clube e torcedores do Maior de SC.

Uma noite especial para os clube e todos os torcedores do Maior de SC.

É hoje que Ressacada abre as suas portas para um grande evento. A partir das 20h30 conheceremos o novo manto sagrado do Maior de SC, agora fabricado pela FILA, que promete ser o mais bonito dos últimos anos.

Com entrada franca e num palco montado no gramado, teremos a oportunidade de conhecer todo o elenco para a temporada 2014,  a presença das musas avaianas (muito gostosas, por sinal) e até o lançamento do Almanaque dos 90 anos do Avaí.

O torcedor poderá tirar fotos, catar autógrafos dos ídolos e bater aquele papo cabeça com a boleirada. Vale lembrar que ontisdonti no Estreito as catracas juraram que 2.500 almas estavam presentes para um evento similar. Embora seja uma brincadeira de mau gosto, hoje bateremos esse público com um pé nas costas.

E a coerência vai bem?

18 de janeiro de 2014 54
Como é bom ver os corneteiros da temporada passada mordendo a língua em 2014.

Como é bom ver os corneteiros da temporada passada mordendo a língua agora.

Legal perceber que aqueles mesmos que enxovalharam o Avaí em 2013 por ser o “time do INSS” estão vibrando com tantos reforços de idades tão alvissareiras. Fosse o Maior de SC a fazer isso e as críticas viriam em containers.

Se com 32 anos Marquinhos e Cleber Santana eram chamados de velhos, o que falar das 37 primaveras de Marcos Assunção e dos quase 40 verões de Paulo Baier? “Mas é que eles são craques, seo blogueiro”. Será que é por isso mesmo?

Ano novo, vergonha na cara nova

17 de janeiro de 2014 43
Não interessa o tamanho, já fizemos a 1ª vítima do ano!

Agora é assim: não interessa o tamanho do adversário, já fizemos a 1ª vítima do ano!

Futebol é e tem que ser coisa séria o ano inteiro. Se havia espaço para frescura nesse time do Avaí, essa frescura ficou enterrada em 2013. Depois da palhaçada que vimos acontecer nas últimas rodadas da série B passada, o mínimo que se espera para essa temporada é um grupo de homens comprometidos.

Nesse ritmo, ontisdonti a cobra já fumou no Sul da Ilha. Jogo-treino uma ova, era final de Copa do Mundo para a primeira formação titular armada por Emerson Nunes. Embaixo da água que Deus mandava o Avaí venceu o Brusque por 3×2 no CT da Ressacada e um temor conhecido deu as caras: tomar dois duzalemão?

Já as parcerias que estavam sendo alinhavadas, essas parecem ter zicado. O Grupo Malucelli e a AS Esportes não vingaram e periga o presidente Nilton Macedo matar no peito a responsabilidade de tocar o elenco como está, talvez chegando apenas o zagueiro Canavesio e o meia Mateus, ambos do Grêmio.

E por falar em Nilton Macedo, a sua entrevista no Debate Diário dessa semana foi muito interessante. Num saudável chilique de sinceridade admitiu os problemas financeiros do clube e disse que a ordem é economizar até no papel higiênico da Ressacada. Indireta para os boleiros de egos inflados que por acaso já estejam pensando em fazer m… na temporada. Aqui não mais, molequinhos mimados!

Avaí, mostra a tua cara

15 de janeiro de 2014 101
Outra vez eleito o Maior de SC e 5° maior do Sul do Brasil. Nenhuma novidade!

Outra vez o Avaí é eleito o maior de SC e 5° do Sul do Brasil. Nenhuma novidade!

Com nove garotos da base, os três “tenores” e mais 22 atletas que prometem se superar no Campeonato Catarinense, o Avaí começa a mostrar a sua cara para a temporada 2014. Ontem o técnico Emerson Nunes realizou o primeiro coletivo onde tivemos um esboço da equipe titular: Diego, Arlan, Pablo, Bruno Maia e Eduardo Neto; Eduardo Costa, Révson, Cleber Santana e Marquinhos; Héber e Felipe Alves.

Para quem estava no purgatório financeiro até poucas semanas atrás, vamos e venhamos, é um time de respeito. Por isso, certo mesmo está o meia Diego Jardel, que sem medo de ser feliz decretou a postura do grupo para, vejam só, o jogo-treino de hoje a tarde contra o Brusque: “O Avaí não pode entrar numa competição só por entrar. É o maior clube de Santa Catarina, o maior campeão, então não há jogo treino (…) queremos vencer tudo, desde o começo”.

Certíssmo esse garoto, como também está certa a pesquisa da Fox Sports que apontou o Leão da Ilha como o quinto maior clube do Sul do Brasil. Por mim esses estudos, pesquisas, análises de mercado, enfim, poderiam deixar SC de fora. Entra ano sai ano e todo mundo já sabe o resultado. Eu quero é novidade!

Têm coisas que não combinam com o Avaí

10 de janeiro de 2014 74
Não adianta. Nem que tivesse 10 anos a menos e jogasse o fino da bola caberia no Avaí.

Nem que o “substituto” tivesse 10 anos a menos e jogasse o fino da bola caberia no Avaí.

Ontem muitos mamíferos aquáticos do sul vieram dar aqui no blog. Depois de tomarem um corretivo histórico pelo topete de forçarem uma queda de braço com o Maior de SC por Cleber Santana, tiveram que se contentar com um substituto.

Nada como um dia após o outro para que a idade dos craques avaianos – entre 31 e 32 anos – fossem relativizadas por aqueles que tanto nos tripudiaram. Aliás, Marquinhos, Cleber e Eduardo formam uma bela base desse novo Avaí que vai surgindo sob a batuta do recém-empossado presidente Nilton Macedo.

No mais a imprensa da Capital ventila novidades estruturais para a temporada 2014. Só para não perder o costume, surgiu o boato de uma possível parceria com uma empresa de Curitiba que teria o poder de estancar a crise financeira da Ressacada. Também pode pintar uma multinacional como novo patrocinador cujo aporte se juntaria àqueles que o Avaí já tem renovados para o ano.

Em resumo, temos indicativos que devagarinho as coisas vão entrando nos eixos, o que é uma péssima notícia para os demais “primos ricos” de SC que não estão conseguindo fazer nada com seus futuros R$20 milhões da cota de TV da série A.

Mas é aquela velha história: Quer fortes emoções, torça para o Avaí. O resto não combina com esse clube, por melhor que seja o substituto.

Não é decepcionante, Golfinhos?

09 de janeiro de 2014 108
Parabéns a todos os lunáticos que acreditaram que o craque poderia deixar o Avaí.

Parabéns a todos os lunáticos que acreditaram que o craque poderia deixar o Avaí.

Estimados leitores, ontisdonti fui até a “Grande Criciúma” visitar alguns amigos e já ensaiava o que seria publicado onti no nosso horário padrão das 8h da manhã. A imagem já estava no pendrive e só precisava de um sinal de internet para completar o serviço, mas quis o destino que a cidade colada na capital do carvão estivesse isolada do mundo digital e me impedisse de por esse texto no ar:

Incrível essa insistência do time Golfinho em tentar levar Cleber Santana para o Heriberto Riu-se. Já é a terceira tentativa nos últimos três anos. É um caso de obsessão grave, um tipo de pomba-gira da paixão que faz esquecer a diferença monstra que separa a grandeza dos dois clubes. Usem óculos no espelho!

Duvido que Cleber troque a tradição do Maior de SC pelo primo emergente do Sul. Ademais, foi o próprio Ângelo Toni que afirmou em janeiro do ano passado que o jogador estava fazendo-o de bobo: “Ficou um mês e pouco usando o Criciúma para barganhar aqui e ali. Foi só o que ele fez”. Pensei que o hômi havia desistido.

Até o Passional deles entrou no oba-oba da contratação do craque avaiano e há poucos dias decretou: “Por fim a melhor notícia, quem também já está acertado com o Criciúma, assim como Paulo Baier, é Cléber Santana“. O carvoeiro cheio de espinhas chegou a usar uma montagem publicada aqui no blog e nem se deu ao trabalho de conceder os créditos. Também por isso, desistam de Cleber!

Então, chegando hoje em Florianópolis – onde você encontra sinal de internet de qualidade com facilidade – soube que o Avaí não só acertou seu contrato com a obsessão do Golfinho, como também com Marquinhos e Eduardo Costa. Não é uma maravilha, avaianos? Não é decepcionante, Golfinhos? Choooora cavaco!

Como diria a ministra, relaxa e goza, nação azurra

06 de janeiro de 2014 66
"Não existe maior loucura no mundo do que um homem entrar no desespero" Miguel de Cervantes

“Não existe maior loucura no mundo do que um homem entrar no desespero” Cervantes

A temporada começa em ritmo de dificuldades financeiras para o Avaí, o que está determinando o tamanho do nosso cobertor das esperanças. Um técnico até foi contratado, mas deitou o cabelo assim que soube da realidade no Sul da Ilha. A saída foi transformar o Maior de SC no primeiro clube do ex-auxiliar Emerson Nunes.

Contratações, até agora três: os laterais Bocão e Eduardo Neto e o volante Júlio César. Sobre quem são e suas qualidades, isso eu comento com vocês depois que a bola rolar contra o Atlético de Ibirama. A coisa está tão embaçada que periga chegar o lateral esquerdo Rafinha, reserva do Cavalo Paraguaio (?), antes que Marquinhos, Cleber e Eduardo Costa tenham suas situações resolvidas.

À princípio fiquei preocupado com esse cenário, mas resolvi apertar o botão ali de cima e agora desconfio que o Avaí será o Campeão Catarinense de 2014 e conquistará o acesso para a série A de 2015. F… se não faz sentido!

Kombi do Avaí, a mais enxuta de SC

27 de dezembro de 2013 40
Esta cada vez mais difícil acreditar na permanência dos três tenores do Avai.

Esta cada vez mais difícil acreditar na permanência dos três tenores do Avaí.

Não fiz o teste, mas se a gente digitar “Avaí” no Google periga aparecer apenas notícias relacionadas a problemas financeiros. Pelo menos no que diz respeito a contratações, essa tem sido a dificuldade número um de Júlio Rondinelli e Chico Lins na montagem do elenco para a temporada 2014.

Fora o lateral Bocão, nenhuma outra contratação deve ser anunciada antes do reveillon. Já as saídas não param de acontecer na Ressacada. Uma dúzia de jogadores já foi dispensada e agora todas as atenções se voltam para a manutenção de Marquinhos, Cleber Santana e Eduardo Costa.

Sem tempo e paciência para falsos romantismos e esperanças estabanadas, acredito que apenas um milagre empresarial poderá manter os três tenores no Maior de SC. Só espero não perder nenhum deles para outro clube de SC. Aliás, dizem que os Golfinhos do Sul estão voltando à carga com Cleber Santana.

Ué, não foi o presidente deles que no início desse ano afirmou que não queria mais saber desse “leiloeiro”? A língua não tem osso, meus amigos, principalmente a língua de mamíferos marinhos. Estou acompanhando esse boato só de boa no sofá.

Chegadas e partidas no Maior de SC

12 de dezembro de 2013 34
Hoje João Nilson Zunino passa o bastão presidencial para o novo Noé da Ressacada.

Hoje João Zunino passa o bastão presidencial para o novo Noé da Ressacada.

Na noite de hoje o valente Nilton Macedo Machado se torna oficialmente o presidente do Avaí pelos próximos quatro anos. Desafios não faltam, mas a eleição do último dia 20 de novembro deixou claro esse desejo dos sócios-torcedores do Maior de SC. Toda sorte, competência e paciência do mundo ao cartola azurra.

Nilton já vem comandando as chegadas e partidas do elenco com vistas a temporada 2014. Depois de Aelson, Alê, Márcio Diogo e Leandro Silva, ontisdonti o clube anunciou a dispensa de mais sete jogadores: o goleiro Tiago, o zagueiro Alex Lima, os laterais Vinícius Bovi e Ricardinho, o volante Rodrigo Thiesen e os atacantes Reis e Roberson. Sinceramente, não farão nenhuma falta.

Após a confirmação de Sidney Moraes como técnico, espera-se para a noite de hoje algumas diretrizes em termos de contratações. O gerente de futebol Júlio Rondinelli e seu fiel escudeiro Chico Lins não entregam os atletas já contratados ou alinhavados, mas acenam com uma barca chegando com 8 a 10 boleiros, todos dentro dos novos limites salariais que não admitem tiros nas águas do desperdício.

Um Avaí loteado entre muito egos

29 de julho de 2013 61

É tanta que não da para caber nesse banner, mas todos sabem do que se trata.

A Chapecoense entrou em campo, o Avaí não. A Chapecoense quis jogar bola, o Avaí não. A Chapecoense tinha um time pronto e organizado, o Avaí jogadores com metas pessoais e objetivos diferentes dentro do mesmo grupo. A Chapecoense fez um treino leve, o Avaí fez teatrinho presencial só para não perder por WO.

O Avaí está virado num bando de irresponsáveis que temporariamente envergam o manto mais tradicional e mais sagrado de SC de forma indigna. Aos 4.300 torcedores que pagaram para assistir um embate esportivo, o nosso mais sincero pedido de perdão. Não houve futebol, pelo menos não da nossa parte.

A garra, a vergonha na cara dos homens que defenderiam  nosso pavilhão, essas não viajaram para o Oeste. Desculpe o auê esportivo de mau gosto que os nossos meninos protagonizaram, É tanta vergonha que não cabe em nós. Perdemos para um time com um obeso em campo, vamos empatar com quem? Vergonha, apenas vergonha.

Pelo nome, vai carregar o time nas costas

12 de julho de 2013 22

"Semideus com grande força e sagacidade" agora é lateral do Avaí. Foto Marcelo Silva

Se o torcedor já estava meio “estranhado” com as possíveis negociações de Alef para o Internacional e Leandro Amaro pra o Náutico, uma espécie de mini-desmanche de intertemporada, então já pode ficar uma pouco mais tranquilo.

Ontem o lateral-esquerdo Héracles teve seu nome inscrito no BID e hoje será apresentado oficialmente em coletiva de imprensa na Ressacada. O guri tem 20 anos e veio por empréstimo do Atlético-PR, devendo permanecer por aqui até o fim do ano.

Hemerson Maria está todo faceiro porque já pode relacionar o atleta para o jogo de amanhã contra o Paraná Clube. Jogo onde fazer os três pontos é absolutamente imperativo, crucial, nem que a vaca tussa, meus amigos! Vamos labutá.

Avaí com faca nos dentes e laço na mão

21 de junho de 2013 25

Cartaz do protesto bem-humorado do @migueldebate no Twitter.

Os trabalhos começaram no Sul da Ilha e Hemerson Maria já botou os barbados tudo pra correr. Chega de folga-mumu, churrascadas noite adentro e cervejinha no boteco do bairro. Com o Avaí na 13ª colocação da tabela da série B, acabou a palhaçadinha. Vão ter que pegar pesado e levar o escudo do Maior de SC ao seu lugar de direito.

O gerente de futebol Júlio Rondinelli já passou o facão e mandou quatro atletas procurarem novos desafios profissionais. Julinho, Maranhão, Felipe Alves e Danilo já devem estar enviando seus currículos por e-mail para todo o Brasil. Pode contratar. Satisfação garantida ou seu dinheiro de volta.

Sobre contratações, chegou o lateral-direito mundialmente conhecido Alex Reinaldo, do não menos famoso União Barbarense. O guri já treinava na Ressacada e nessa semana molhou o dedo na almofada para assinar um contrato de dois anos.

Agora Júlio está saindo todo pilchado, com faca nos dentes e laço na mão para trazer um zagueiro canhoto, um lateral-esquerdo e um segundo volante. Isso tá gaudério, não?

Acabou a moleza, vamos trabalhar

19 de junho de 2013 28

Zuzu investiu o "olho da cara" e não está tendo retorno. Foto Flávio Neves / RBS

Paciência tem limite e creio que não é só o torcedor avaiano que está esperando uma virada de página de agora até o final da série B. Passamos da metade da temporada, o time titular não é uma incógnita, Sérgio Soares e Ricardinho nunca definiram um sistema de jogo e nesta quarta de manhã Hemerson Maria bate o ponto na coletiva de imprensa. Sem tempo a perder, primeiro treino já marcado para às 15h.

A diretoria montou um elenco caro, com alguns jogadores que poderiam estar tranquilamente na série A, está se virando nos 30 para pagar todo mundo, mas resultado que é bom, meus amigos, até agora nada. Chegou a hora dessa meninada criar vergonha na cara e produzir aquilo para o que estão sendo muito bem remunerados. Os “mais pobres” recebem mais que 90% dos leitores desse blog. É mole?

As metas do clube estão muito evidentes e o DC de ontem deu a letra sem precisar fazer muito esforço: arrumar essa defesa “queijo suíço”, reforçar as laterais, fazer Marquinhos, Cleber e Eduardo se entenderem, encontrar um atacante de área e reconquistar a ressabiada nação azurra. O grupo é bom, o treinador tem o respeito de todos e a galera só está esperando uma piscadela de olho para voltar a Ressacada.

Por “piscadela de olho” entenda-se futebol convincente. Gols, vitórias e conquista do acesso serão consequências naturais. E aí, boleirada, pode ser ou tá difícil?

Os fiscais de Maria

17 de junho de 2013 19

Sob nova direção, os craques da Ressacada voltarão a fazer diferença na série B.

A grande frustração do torcedor avaiano nessas primeiras seis rodadas foi o que a dupla Marquinhos e Cleber Santana não conseguiu produzir em campo. Jogaram abaixo do esperado, não reeditaram seu futebol de qualidade e produtividade mas, como ídolos que são, por certo virão com um novo ímpeto para a continuidade do campeonato.

O maior “entrave”, digamos assim, foi tirado do caminho na semana passada. O que se comenta livremente na imprensa e redes sociais, é que já havia desgaste na relação do técnico Ricardinho com alguns jogadores do elenco. Barrar Leandro Silva e Eduardo Costa foi a gota d’água. Olha, quando um treinador entrega o cargo, abrindo mão da multa rescisória, é porque a coisa estava ruim mesmo.

Hemerson Maria chega com o respaldo irrestrito do torcedor. Por mais que os medalhões do Avaí tenham o carinho e o respeito da nação azurra, é certo que agora terão que correr, marcar, chutar e produzir bem mais do que antes. Nas arquibancadas e nas telas de TV, os fiscais do novo comandante estarão de prontidão para identificar corpos moles, pés tirados de divididas, corridinhas para não chegar e miras excessivamente tortas.

Mas como nada disso será necessário, tenho a convicção que uma nova relação dos atletas para com o seu técnico está batendo à porta sem medo de ser feliz. E a torcida, claro, voltará a ser aquele 12° jogador que todos já conhecem.

O Avaí tem o que mais ninguém tem

15 de junho de 2013 39

Uma ajeitadinha daqui, um pouquinho de fé dali, e o Maior de SC vai para as cabeças.

Sejamos francos: o Avaí não repatriou Hemerson Maria por ter dinheiro sobrando ou porque o agora ex-técnico do Crac de Catalão de Goiás é a última bolacha do pacote. Podemos ser passionais, emotivos, às vezes cegos, mas pra burro ninguém aqui serve.

Foi, digamos assim, a união da fome com a vontade de comer. Dentro das possibilidades financeiras do clube, e pelo histórico de sucesso do gente boa do bairro Procasa no comando da equipe em 2012, foi sem sombras de dúvida o melhor custo-benefício disponível no mercado brasileiro. E para nós caiu como uma luva, vamos combinar!

Com isso não diminuo a competência de Maria, muito pelo contrário. Com suas características de liderança positiva, com o respaldo que tem da nação azurra, e com sua capacidade de organizar um time, põe no bolso qualquer outro técnico de aluguel destes que vemos no Estado. Professorzinho que posa de expert, sem identidade com o clube, todo marrento, como se diz aqui em Florianópolis, “só pra porco”.

Agora temos o que nenhum outro clube catarinense tem: pelo menos quatro craques, um bom elenco, um técnico competente e a maior e mais apaixonada torcida entre o PR e o RS. Mais um lateral direito e aí, meus amigos, aí é só correr pra galera.

Não precisa dizer muita coisa

23 de maio de 2013 63

Se uma imagem vale por mil palavras... Montagem com fotos do site do Avaí FC

Pensei em comentar hoje as razões que a nação avaiana tem para acreditar numa excelente campanha nessa série B, mas eis que ao concluir a arte do post, bateu aquela DESnecessidade de escrever algo mais longo. Não precisa.

O fato é que a imprensa e até os torcedores rivais concordam que o Maior de SC entra forte na competição. Não é ufanismo desmedido, passionalismo abobado, nada disso, mas a observação de um trabalho que nos parece estar sendo levado à sério.

Nenhuma equipe de Santa Catarina – repito, nenhuma – pode bater no peito e garantir que não será um coadjuvante em sua respectiva série. Todos querem se manter, no máximo se manter. Ousar nas contratações, formar um grande time e projetar um degrau mais acima no futebol brasileiro, essas são ambições do Avaí. Do Avaí.