Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts com a tag "Escalação"

Avaí sem mistérios encara os colonos do Oeste

22 de fevereiro de 2014 66
Eduardo e M10 assistindo o clássico na arquibancada. Só o Avaí tem jogadores-torcedores.

Eduardo e M10 assistindo o clássico na arquibancada. Só o Avaí tem jogadores-torcedores.

Paulo Turra sabe que está em dívida com o Avaí. Ter amarelado para o clássico é daqueles “cartões de visitas” que queima qualquer técnico junto ao torcedor. Talvez por ter consciência que já atingiu o limite de elasticidade sacal de todo mundo, Turra impôs trabalhos em dois turnos, treinos abertos para a imprensa e nenhum mistério em relação time que enfrenta a Colonense amanhã na Ressacada.

Sem Eduardo Costa e Marquinhos, suspensos, o novo professor adiantou que o time muda para o 4-4-2 com o meio de campo formado por Revson, Tinga, Diego Jardel e Cleber Santana, e o ataque com Roberto e Paulo Sérgio. Já a equipe do Oeste vem com seus jogadores nacionalmente conhecidos, responsáveis pela campanha maravilhosa no campeonato. Não pera. Se vencer, o Avaí passa os colonos?

Leão e Índio, aquele abraço fraternal ● Atualização Dom 10h

O novo técnico avaiano teve seis dias para conhecer os nomes dos jogadores, implantar sua filosofia e treinar aquilo que considera ser o melhor formato de jogo. Como bom zagueiro que foi e seguindo a “escola” brasileira de estratégia, está dando prioridade à socialização da marcação: todo mundo pegando junto.

A Colonense é um bom teste para que possamos azeitar a máquina. Time fraco, desmobilizado, só pensando nas cotas da série A, deve ser uma presa fácil. A partida acontece às 18h30, com o Avaí já sabendo o que quer do campeonato. Periga morrerem abraçados na praia, indo para a última rodada cumprindo tabela.

Que o mago Nunes esteja certo

13 de fevereiro de 2014 71
Se os feitiços de Emerson Nunes não derem certo hoje, prepara que Dumbledore assume a vaga.

Se a magia de Emerson Nunes não der certo, prepara que Gandalf assume a bagaça.

Depois de comandar treinos fechados e esconder a escalação da equipe, o técnico Emerson Nunes dá toda pinta de que lançará mão de três volantes para enfrentar o não muito poderoso Brusque. Também há pistas de que mais uma vez Marquinhos, craque e capitão da equipe, será mantido no banco de reservas. Fechando o pacote de novidades, o novo sistema tático passa a funcionar com dois atacantes (Roberto e Betinho). Seja o que Deus quiser. Ao longo do dia atualizaremos esse post.

Moribundo não é morto ● Atualização 11h

Há quem acredite que a situação do Avaí teve uma sensível piora após os resultados que abriram a sexta rodada do Campeonato Catarinense. Considero Emerson Nunes e cia moribundos desde a derrota para o JEC em plena Ressacada.

Perder em casa para um adversário direto e daquela maneira teatral, foi o prenúncio do adeus. Mas moribundo não é morto, o que precisa se confirmar hoje a noite contra o lanterna Brusque, numa vitória que manterá acesa a tímida luz da esperança para o 17° caneco estadual.

Avaí, mostra a tua cara

15 de janeiro de 2014 101
Outra vez eleito o Maior de SC e 5° maior do Sul do Brasil. Nenhuma novidade!

Outra vez o Avaí é eleito o maior de SC e 5° do Sul do Brasil. Nenhuma novidade!

Com nove garotos da base, os três “tenores” e mais 22 atletas que prometem se superar no Campeonato Catarinense, o Avaí começa a mostrar a sua cara para a temporada 2014. Ontem o técnico Emerson Nunes realizou o primeiro coletivo onde tivemos um esboço da equipe titular: Diego, Arlan, Pablo, Bruno Maia e Eduardo Neto; Eduardo Costa, Révson, Cleber Santana e Marquinhos; Héber e Felipe Alves.

Para quem estava no purgatório financeiro até poucas semanas atrás, vamos e venhamos, é um time de respeito. Por isso, certo mesmo está o meia Diego Jardel, que sem medo de ser feliz decretou a postura do grupo para, vejam só, o jogo-treino de hoje a tarde contra o Brusque: “O Avaí não pode entrar numa competição só por entrar. É o maior clube de Santa Catarina, o maior campeão, então não há jogo treino (…) queremos vencer tudo, desde o começo”.

Certíssmo esse garoto, como também está certa a pesquisa da Fox Sports que apontou o Leão da Ilha como o quinto maior clube do Sul do Brasil. Por mim esses estudos, pesquisas, análises de mercado, enfim, poderiam deixar SC de fora. Entra ano sai ano e todo mundo já sabe o resultado. Eu quero é novidade!

Apareceram várias "margaridas"

19 de outubro de 2012 5

Hoje, 19 de outubro do ano da graça de 2012, o Avaí joga contra o Goiás, realiza a 31ª rodada na série B, completa cerca de 260 dias desde o início da pré-temporada e ainda assim estará estreando jogadores. Não são reforços, mas atletas até então encostados em algum canto da Ressacada.

Com os desfalques de Julinho, Pirão, Maranhão, Érick Flores e Cássio, Argel resolveu surpreender com mais algumas novidades já em sua lista de pré-selecionados para a partida desta noite.

Thiago Medeiros e Fábio Santos finalmente sentarão no banco de reservas. Além disso, o treinador que já jogou em esquemas com três, dois e um atacante, e que levou cinco deles para Curitiba na última rodada, hoje terá nada menos que seis “matadores” no grupo.

Sem mais delongas nesse samba do crioulo doido, os 11 meninos barbados que entrarão em campo logo mais às 21h50 da “madrugada” são: Moretto; Arlan, Rafael, Fred e Aelson; Bruno, Mika, Bonilha e Camilo; Diogo Acosta e Fábio Santos. No banco estarão Vitor, Thiago Medeiros, Thiesen, Laércio, Ricardo Jesus, Felipe Alves e Evando.

Argel pode até não vencer os jogos ou dar um padrão tático à equipe, mas vai aumentando em muito o seu networking no futebol made in Carianos.

Aqui não se faz, aqui se paga

17 de outubro de 2012 8

Com um espasmo de qualidade aqui e outro ali, o fato é que o Avaí fez jus a todos os investimentos que não foram realizados para a série B. Elenco limitado, jogadores encostados de outros clubes, dirigentes despreparados, presidente ausente, planejamento fantasma, salários atrasados, enfim, uma série de razões que explicam os pobres 51% de aproveitamento até aqui.

A atual 7ª colocação na tabela é a melhor posição do Avaí em todo o campeonato. Embora o torcedor não esteja nem aí para que se faça justiça (deseja mais é um sprint final e o acesso à série A), não se espera que tantos erros possam ser premiados com algo diferente do fracasso. Não podemos reclamar. A bola pune, dentro e fora do gramado, essa é a regra e não a exceção.

Graças a derrota de ontem para o Atlético/PR, o discurso de jogadores e comissão técnica é lutar até o fim, até que a calculadora diga que não dá mais. Estão certos, até porque é preciso manter acesa a chama do… pagamento de salários. Sejamos francos, o Avaí joga agora só para cumprir tabela, e se é possível fazer isso de uma forma minimamente digna, que seja assim até a 38ª rodada.

Avaí e CRB, duelo de esperanças

13 de outubro de 2012 0

Se o Avaí deseja manter acesas as esperanças dos torcedores que ainda acreditam no acesso, a vitória hoje contra o CRB é obrigatória. Mas não apenas pela necessidade de se fazer três pontos dentro de casa, mas também pelo time que o CRB não é. Atual 16° na tabela da série B, segunda defesa mais vazada e desfalcado de seu atacante titlular, a equipe alagoana só não quer cair.

Em plena 29ª rodada o Avaí ainda encontra tempo para apresentar uma novidade antiga e realizar a estreia de jogador. Juro por Deus. Fred, zagueiro execrado pela torcida do outro lado da ponte, assume a posição de Rafael, lesionado, e promete uma apresentação inesquecível… de boa.

Já Erick Flores, finalmente, dará o ar de sua graça atuando como segundo atacante. Embora tenha entregue um “cartão de visitas” de meia na coletiva de apresentação, Argel Fucks garante que o rapaz do cabelo moicano feio bagarai é atacante. Com isso, o treinador reconhece que aquele leque de opções de matadores que tem nas mãos não é lá essas coisas.

Sem nenhum mistério – também era só o que faltava a essas alturas – o Avaí vai a campo com Moretto; Arlan, Fred, Cássio e Julinho; Thiesen, Mika, Pirão, Camilo e Erick Flores; Acosta. Venceremos.

A rapadura é doce mas não é mole

09 de outubro de 2012 5

Foto Fávio Neves - Agência RB

Faltando 10 rodadas para a conclusão da segundona, reza a lenda que ao Avaí basta vencer sete jogos, alcançar os míticos 64 pontos e correr para os abraços na série A de 2013.

Se ainda dá ou não dá, como ja comentamos anteriormente, essa é uma questão a ser respondida pela comissão técnica e elenco. O estresse não é do torcedor, pelo menos aquele que produz apenas unhas ruídas. Se já não é salutar com o time na ponta dos cascos, que dirá agora, onde a necessária parcela de superação não está em suas mãos.

Para a partida contra o CRB no próximo sábado, aqui na Ressacada, Argel Fucks já sabe que não poderá contar com Rafael e Bruno, lesionados. Bruno, por sinal, já estaria suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Fred e Thiesen estão de sobreaviso.

No mais é curtir esse restinho de temporada, torcendo por boas apresentações do Leão e, quem sabe, um milagresinho de última hora.