Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts com a tag "Jogadores"

Kombi do Avaí, a mais enxuta de SC

27 de dezembro de 2013 40
Esta cada vez mais difícil acreditar na permanência dos três tenores do Avai.

Esta cada vez mais difícil acreditar na permanência dos três tenores do Avaí.

Não fiz o teste, mas se a gente digitar “Avaí” no Google periga aparecer apenas notícias relacionadas a problemas financeiros. Pelo menos no que diz respeito a contratações, essa tem sido a dificuldade número um de Júlio Rondinelli e Chico Lins na montagem do elenco para a temporada 2014.

Fora o lateral Bocão, nenhuma outra contratação deve ser anunciada antes do reveillon. Já as saídas não param de acontecer na Ressacada. Uma dúzia de jogadores já foi dispensada e agora todas as atenções se voltam para a manutenção de Marquinhos, Cleber Santana e Eduardo Costa.

Sem tempo e paciência para falsos romantismos e esperanças estabanadas, acredito que apenas um milagre empresarial poderá manter os três tenores no Maior de SC. Só espero não perder nenhum deles para outro clube de SC. Aliás, dizem que os Golfinhos do Sul estão voltando à carga com Cleber Santana.

Ué, não foi o presidente deles que no início desse ano afirmou que não queria mais saber desse “leiloeiro”? A língua não tem osso, meus amigos, principalmente a língua de mamíferos marinhos. Estou acompanhando esse boato só de boa no sofá.

Que ano pomboca, meus amigos

09 de novembro de 2013 65
"Tem que ser sofrido" = "Não sabemos fazer o simples".

Não dá pra entender essa preguiça. O que deu nessa rapaziada do Avaí?

“Tem que ser sofrido” significa que “Não sabemos fazer o simples”? Se não tem um homem que faça gol, então que tenha um roupeiro que faça uma boa macumba. Avaí com posse de bola de Barcelona e eficiência menor que a do ASA.

Faltou luz nas pombocas do estádio de Arapiraca, mas o verdadeiro apagão começou na semana passada, lá no Serra Dourada. Três rodadas atrás o Avaí estava no G4 com até gordurinhas extras. Era colesterol ruim? Puramordedeus!

Parabéns pela resposta dos jogadores do Avaí ao sacode do clássico: “SOMOS ISSO AÍ MESMO”. Uma vergonha de futebol contra o lanterna da série B. O título Estadual não veio e se o Avaí subir esse ano será por descuido dos deuses!

A nossa nada mole vida

07 de março de 2013 10

A manchete é antiga. A "garoa" se foi e a tempestade de gols não veio. Foto Globo.com

Três semanas, três jogos, nenhum gol e ausência num treinamento é o retrospecto de Adriano Chuva. E como aqui ninguém é bobo de ficar patinando na burrada, seu contrato foi rescindido ontem mesmo. Com caixa baixo, o Avaí teve que arregimentar algumas apostas e fazer figa para que engrenassem, mas algumas desandaram.

Júlio Rondinelli cometeu esse equívoco escatológico ao trazer um reserva de 33 anos do rebaixável Canoas, mas se refez rapidamente e não tardou a dispensá-lo. Um pouco mais de pesquisa seria desejável da próxima vez, mas o fato é que Chuva já é passado.

Voltamos ao mercado. O atacante Róberson já chegou e ainda há buchichos das possíveis vindas do volante Misael, do zagueiro Sabiá e do atacante Reis. Querem saber deles, procurem no Wikipedia e no Youtube. Rondinelli deve ter feito pelo menos isso.

A missão para o returno é complicada. Na 6ª posição da tabela com apenas 12 pontos, precisamos de pelo menos mais 20 dos 27 pontos restantes em disputa para estar no quadrangular final. Essa é a nossa nada mole vida daqui para frente, mas não tenho dúvidas que o caneco será novamente do Maior de SC.

Cleber Santana não vem

01 de fevereiro de 2013 34

Com a hastag #VoltaCleberSantana o torcedor avaiano do Twitter iniciou uma corrente virtual para o retorno do Maestro. O seu pré-contrato com o Flamengo acabou ontem e à partir de hoje, jogador e diretoria tratariam da difícil renovação.

Tudo ia bem até Cleber marcar um golaço no clássico contra o Vasco, o que foi a gota d’água para que o diretor executivo do rubronegro, Paulo Pelaipe, garantisse que o clube irá registrar o novo contrato do atleta ainda hoje por 15 meses.

Segundo o portal Lance, o Flamengo ainda tem uma dívida junto ao Avaí referente à sua contratação. Zunino reclama do débito no negócio de R$ 3,2 milhões, que foram divididos em 4x de R$ 800 mil, sendo que os cariocas pagaram apenas uma parcela e meia.

Se saísse da Gávea, o maestro seria do Avaí, já que um pool de empresários das “redondezas” dariam aquela mãozinha para o João, mas parece que a coisa degringolou geral. Confirmando-se essa tendência, o Leão da Ilha deve partir em busca de uma alternativa para sua posição mais carente, o comando do ataque.

A gente aceita esse esforço final

29 de outubro de 2012 2

Embora não canse de repetir o pouco apreço que tenho pela categoria dos boleiros brasileiros, tenho a impressão que o elenco do Avaí está realmente com vergonha por tudo o que não foi produzido nessa série B.

De certa maneira o grupo de atletas nunca teve a confiança do torcedor e a média de público na Ressacada não deixa margem para nenhum tipo de dúvida.

Se vão aproveitar as últimas rodadas para mostrar algo parecido com qualidade e assim amolecerem o coração do João para a próxima temporada, o Avaí também ganha com isso.

E se nesse meio tiver um resquício de respeito ao clube que não está lhes pagando salários, aceitamos de bom grado. Conforme for, pode ser uma sequência de jogos para que os corações se desarmem.

Poético, isso, não?

Aqui não se faz, aqui se paga

17 de outubro de 2012 8

Com um espasmo de qualidade aqui e outro ali, o fato é que o Avaí fez jus a todos os investimentos que não foram realizados para a série B. Elenco limitado, jogadores encostados de outros clubes, dirigentes despreparados, presidente ausente, planejamento fantasma, salários atrasados, enfim, uma série de razões que explicam os pobres 51% de aproveitamento até aqui.

A atual 7ª colocação na tabela é a melhor posição do Avaí em todo o campeonato. Embora o torcedor não esteja nem aí para que se faça justiça (deseja mais é um sprint final e o acesso à série A), não se espera que tantos erros possam ser premiados com algo diferente do fracasso. Não podemos reclamar. A bola pune, dentro e fora do gramado, essa é a regra e não a exceção.

Graças a derrota de ontem para o Atlético/PR, o discurso de jogadores e comissão técnica é lutar até o fim, até que a calculadora diga que não dá mais. Estão certos, até porque é preciso manter acesa a chama do… pagamento de salários. Sejamos francos, o Avaí joga agora só para cumprir tabela, e se é possível fazer isso de uma forma minimamente digna, que seja assim até a 38ª rodada.

O Avaí merece mais garra

15 de outubro de 2012 10

Apesar da vitória sobre o CRB, o torcedor vaiou a equipe no final da partida. Se alguém pode vaiar o seu time, esse é o torcedor, o dono do clube, e isso independe de momento. Acredito, inclusive, que a maioria já está praticando o desapego pela série A de 2013

Menos que uma questão de pessimismo ou excesso de realismo, o fato é que o Avaí suou lágrimas de sangue para vencer um adversário ruim, desfalcado, que luta contra o rebaixamento, com um atleta a menos no 2° tempo e que por pouco não saiu com um empate.

Se o elenco é sabidamente limitado, então causa desgosto ao torcedor o que o time não tem em termos de planejamento tático e o que não faz em relação àquela que era a nossa marca registrada: a garra.

A menos que o Avaí não mereça o respeito de seus próprios funcinários, o que não é o caso, vaias mais que merecidas.

Apareceu o seo Flores

10 de outubro de 2012 5

Foto divulgação Avaí FC

Ricardo Jesus, um dos oito atacantes lotados na folha salarial do Avaí, deve ser o próximo a pegar um banquinho pedagógico. Seu nome gerou trocadilhos ligados a salvação azurra, mas a verdade é que milagre não é coisa que se encontre em qualquer esquina.

No coletivo de hoje dirigido por Argel Fucks, o meia Erick Flores foi testado no camando do ataque. Desde que chegou ao Avaí na transação que envolveu Cleber Santana e Renato Santos com o Flamengo, o atleta não havia sido relacionado para as partidas. Lá se vão mais de 20 dias de molho, mas quem não tem cão, caça com gato.

Se os “matadores” não matam nem pernilongos, crie-se um meia-atacante e vamos ver no que dá. Fonte base ClicRBS

A rapadura é doce mas não é mole

09 de outubro de 2012 5

Foto Fávio Neves - Agência RB

Faltando 10 rodadas para a conclusão da segundona, reza a lenda que ao Avaí basta vencer sete jogos, alcançar os míticos 64 pontos e correr para os abraços na série A de 2013.

Se ainda dá ou não dá, como ja comentamos anteriormente, essa é uma questão a ser respondida pela comissão técnica e elenco. O estresse não é do torcedor, pelo menos aquele que produz apenas unhas ruídas. Se já não é salutar com o time na ponta dos cascos, que dirá agora, onde a necessária parcela de superação não está em suas mãos.

Para a partida contra o CRB no próximo sábado, aqui na Ressacada, Argel Fucks já sabe que não poderá contar com Rafael e Bruno, lesionados. Bruno, por sinal, já estaria suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Fred e Thiesen estão de sobreaviso.

No mais é curtir esse restinho de temporada, torcendo por boas apresentações do Leão e, quem sabe, um milagresinho de última hora.

Avaí naquele ritmo, não tem?

05 de outubro de 2012 5

Elenco cobra a saída de Arini na semana de estreia na série B - Foto Charles Guerra

Ontem foi um dia típico. Enquanto Cleber Santana comanda a reação do Flamengo na série A sendo, inclusive, aclamado pela imprensa nacional como o Messias da Gávea, por aqui as coisas estão paradas feito água de poço.

As duas contrapartidas na negociação de CS10 e Renato Santos, Thiago Medeiros e Erick Flores, até o momento não foram relacionados sequer para o banco de reservas.

Já na esfera administrativa, o jornalista Rodrigo Faraco informou que aquela parceria com um grupo português – não tem? – prometida pelo João, foi para o quinto dos infernos.

E fechando com chave de ouro, uma consultoria elegeu a atual administração como a 12ª mais transparente do Brasil. Esqueceram de dizer isso para o grupo de sócios que desde novembro de 2011 briga na justiça para obter respostas das perguntas feitas ao clube.

Avaí, de primeira

12 de setembro de 2012 3

Foi a 11ª vitória na série B em 24 jogos disputados. No rescaldo da vitória de ontem sobre o Ipatinga o Avaí ganhou uma posição na tabela – agora é o 9° colocado com 37 pontos – e está à seis do G4. Já foi pior, mas nada que serene a ansiedade do torcedor avaiano.

Para quem precisa de um sprint final para estas últimas 14 rodadas, a desarrumação da equipe de Maria inspira cuidados. Mais que cuidados, na verdade um choque de “E ae, vai demorar muito pr’esse motor pegar? Tá precisando de uma chupeta, meu filho?”.

E por falar em arranque, Wagner Diniz, Julinho, Pirão, Thiesen, Camilo, Felipe Alves, Laércio e Ricardo Jesus devem estar com seus motores “afogados”. O tempo passa, as rodadas minguam e Maria não consegue tirar o máximo dessa rapaziada.

Ou será que já tirou tudo que podia e a gente não sabe? Os adversários começaram a voar em campo enquanto ontem os meninos do Carianos tiraram uma soneca. Assim, não. E sobre a lesão de Cleber Santana, não foi fratura, mas apenas uma pancada forte. É muita tensão para um coração só, vamos combinar.