Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts com a tag "Torcida"

A noite de hoje vai ser uma festa na Ressacada

23 de janeiro de 2014 60
Uma noite especial para os clube e torcedores do Maior de SC.

Uma noite especial para os clube e todos os torcedores do Maior de SC.

É hoje que Ressacada abre as suas portas para um grande evento. A partir das 20h30 conheceremos o novo manto sagrado do Maior de SC, agora fabricado pela FILA, que promete ser o mais bonito dos últimos anos.

Com entrada franca e num palco montado no gramado, teremos a oportunidade de conhecer todo o elenco para a temporada 2014,  a presença das musas avaianas (muito gostosas, por sinal) e até o lançamento do Almanaque dos 90 anos do Avaí.

O torcedor poderá tirar fotos, catar autógrafos dos ídolos e bater aquele papo cabeça com a boleirada. Vale lembrar que ontisdonti no Estreito as catracas juraram que 2.500 almas estavam presentes para um evento similar. Embora seja uma brincadeira de mau gosto, hoje bateremos esse público com um pé nas costas.

Coisa mais triste esses times sem craques de SC

04 de janeiro de 2014 48
Marquinhos em dois tempos e no mesmo dia: pançudinho e magro feito um pau de vira tripa.

Marquinhos em dois tempos: pançudinho e magro feito um pau-de-vira-tripa.

Ontem o nosso Chefe da Redação de Esportes, Marcos Castiel, postou uma foto de Alvarélio Kurossu do que seria Marquinhos Santos com uma saliente barriga à lá Ronaldo Fenômeno. Sim, aquele mesmo que recebeu cerca de R$ 6 milhões dos patrocinadores para perder 18Kg no quadro Medida Certa do Fantástico.

Ao que tudo indica, uma simples ilusão de ótica, haja vista que em outra foto, essa feita pelo fotógrafo André Palma Ribeiro do Avaí, Marquinhos aparece num ângulo onde se percebe que está mais para anoréxico que para um atleta rechonchudo.

Mas o lado cômico dessa história foi o balançar de purpurina de centenas de torcedores dos clubes sem craques de SC caindo de pau pra cima do Galego. Acho absolutamente normal essa perseguição dos torcedores de times emergentes.

Deve ser muito duro ver que mesmo na série B e com sérios problemas financeiros, o Avaí é o único clube que pode dizer que possui craques em seu elenco. A pachorra é tão grande que tem time de supermercado querendo levar a nossa outra estrela, o mago Cleber Santana, e mesmo assim não conseguindo.

Estou pensando em enviar um e-mail para a diretoria do Avaí sugerindo criar o Departamento Para Olho Gordo, especializado em aniquilar obras de feitiçaria, destruir bonecos vudus, expulsar exus caveiras esportivos, desmanchar despachos nas esquinas do lado de lá da ponte e convocar a nação avaiana para uma vigília de oração contínua. Vai de retro, bando de secador com complexo de inferioridade!

Agora é oficial: Avaí tem a maior torcida de SC

03 de janeiro de 2014 176
    Não bastasse a tradicional supremacia avaiana, até a Capital dá de relho no interior.

Nem os maus resultados em campo afetam a liderança inconteste do Avaí.

Entra ano, sai ano e é sempre a mesma coisa. Nem bem raiou 2014 no horizonte e a Pluri Consultoria, empresa especializada em pesquisas voltadas ao esporte, publicou o resultado de um estudo com a estimativa de torcedores dos principais clubes do país, e o Avaí confirmou mais uma vez ter a maior torcida de SC.

Os números deste estudo foram resultados de várias pesquisas realizadas em todo o Brasil durante os últimos anos. Um dos principais critérios adotados é que cada torcedor poderia escolher apenas um clube de coração, o que explica os números preocupantes encontrados no interior de SC, um oásis para os mistos do Estado.

Mais uma vez (que saco) fica rovado que o Avaí é o único clube que pode ser oficialmente chamado de Maior de SC. Não é soberba ou humilhação aos adversários, mas um fato. Não adianta espernear, falar de média de público, problemas financeiros ou insucessos em campo: o Avaí é o maior e pronto!

Sozinho o Leão tem mais torcida que o Cavalo Paraguaio, o Golfinho e a Colonense somados. É uma supremacia incontestável, uma chinelada na bunda e uma baga de pimenta na língua dos secadores. O Avaí é o mais vezes campeão de SC, tem o melhor estádio e é o catarina mais bem posicionado nos rankings da CBF e da Conmebol. No Sul é superado apenas por Grêmio, Inter, Atlético/PR e Coritiba.

Agora imagina esse time na série A e ainda fazendo uma boa campanha, hein? Credo! É um clube com um potencial maravilhoso e que por direito merece voltar ao topo da cadeia alimentar do futebol regional e nacional. Podem chorar!

Obrigado Senhor pela graça alcançada

13 de dezembro de 2013 72
Associe-se ao Avaí e fique bonito na foto pagando uma merrequinha por mês.

Associe-se ao Avaí e fique bonito na foto pagando uma merrequinha por mês.

Festa bonita ontem a noite num hotel cinco estrelas de Florianópolis para a posse de Nilton Macedo Machado como novo presidente do Avaí. Foi também a despedida de João Zunino de seus 12 anos ininterruptos à frente do Maior de SC. Muitas coisas foram ditas e prometidas, as quais trataremos em conta-gotas.

Havia a expectativa pelo anúncio da nova política de preços para os jogos na Ressacada, já que aquele aumento sem noção de 2009 para 2010 afastou o torcedor de sua segunda casa. Foi um duro golpe no coração da nação avaiana e uma porrada maior ainda nas catracas do mais belo estádio de SC.

A mensalidade das cadeiras descobertas foram de R$50 para R$30, um valor muito interessante e que, se não me engano, faz o clube retornar aos patamares de 2007. Mexeram bem nos preços, mas ainda há muito o que fazer em relacionamento com o torcedor e, claro, vitórias dentro de campo. Logo abaixo a nova tabela:

Cadeiras descobertas …………. Cadeiras cobertas
Masculino: R$30 …………………… Masculino: R$50
Feminino: R$20 ……………………. Feminino: R$40

Setor A ……………………………… Outros
Masculino: R$90 ……………………. Sócio Mirim: R$15
Feminino: R$70 …………………….. Conselheiro: R$230 ….. Nação Avaiana: R$20

Até na pindaíba o Avaí dá de relho em SC

03 de dezembro de 2013 114
Em três jogos a Ressacada teve lotação máxima. Foto Jamira Furlani AFC

Reclame-se de tudo, menos da fidelidade dessa nação. Foto Jamira Furlani AFC

O Avaí fez de tudo, mas de tudo mesmo para que o torcedor sumisse do estádio nessa série B. O primeiro turno foi medonho; no segundo turno houve um renascer das cinzas; mas as últimas rodadas foram melancólicas ao extremo. Entretanto os números provam que a nação azurra esteve junto na maior parte do campeonato.

Embora o Avaí tenha feito uma campanha medíocre, as catracas da Ressacada provam que essa é a maior e mais apaixonada torcida de SC. Segundo o Globo.com o Leão da Ilha teve 6.054 torcedores por jogo contra os 5.111 do rival do Estreito que obteve o acesso. Até a Colonense, que fez uma uma excelente campanha em 100% da competição, por pouco não fica atrás do Maior.

No quesito maiores públicos, aí mesmo é que a coisa fica até engraçada. A diferença para o rival do Estreito é abissal, já que que contra a Colonense 16.077 pessoas estiveram na melhor praça esportiva do Estado. Contra o próprio rival, nada menos 15.739 pagaram ingressos. Note que aqui é público pagante e não total, já que em pelo menos três partidas batemos fácil nos 18 mil.

Agora imagina esse time lutando pelo acesso nas 38 rodadas. Já pensasse?

As eleições mais importantes da história do Avaí

20 de novembro de 2013 24
Te liga, tira a bunda da cadeira e toca pra Ressacada, ô vadio!

Te liga, tira a bunda da cadeira e toca pra Ressacada, ô vadio!

É uma pena que a maioria dos torcedores ainda não tenha se antenado para a importância do Conselho Deliberativo em um clube de futebol. Bem conduzido, cumprindo o papel de fiscalização, é o belo instrumento de organização dentro e fora dos gramados. Com um CD forte, atuante e independente, adeus bagunça.

Logo acima no quadro está o comparativo de todas as propostas apresentadas pelas Chapas 1 e 2 que concorrem no pleito de hoje, das 9h às 17h, nas dependências do estádio da Ressacada. Os itens ali colocados foram compilados do blog da situação (aqui) e da fanpage da oposição (aqui) nas propostas que dizem respeito ao Conselho Deliberativo, e não aquelas que serão atribuições do Executivo. O presidente do Avaí será eleito 30 dias depois.

Podem votar todos os sócios do Avaí com pelo menos um ano ininterrupto de associação, maiores de 18 anos de idade e com suas mensalidades em dia. Nenhum torcedor avaiano é obrigado a votar, mas se preferir abrir mão desse direito, saiba que não colaborou em nada para com o Maior de SC.

Disparado a maior, a mais fiel e apaixonada de SC

05 de novembro de 2013 95
Imagine então com uma campanha sempre nas cabeças e com adversários mais famosos.

Imagina na série A, com grandes times, boa campanha e + uma pista para chegar e sair.

O Avaí não é o único time de um centro urbano como acontece no interior de SC e Flonópix não é a cidade mais populosa do Estado. Com um estádio próprio e por isso mais caro – não dependendo da prefeitura para amortizar o aluguel – o pior acesso do Brasil é também convite para uma Ressacada vazia.

Nossos adversários são todos de segunda divisão, o que não atrai levas de torcedores e poderia afugentar o avaiano mais afeito aos grandes jogos. O número de sócios adimplentes é baixo, por volta dos 5 mil, o que não faz os ingressos caírem para R$15 em média por partida como acontece com os Golfinhos do Sul.

Completando o rosário de impedimentos para a ocupação da nossa “casa”, o Avaí faz uma campanha marcada pela instabilidade, que hora chama o povo para as arquibancadas e hora manda embora sem dó nem piedade. Mas sabe o que tudo isso significou na nossa média de público também das últimas quatro rodadas?

Nada, absolutamente nada!

Avaí firme no G4, rival já pensa em 2014

20 de outubro de 2013 73
Fora do campeonato, 50% de ocupação do remendão. Foto blog Paixão Alvinegra

Hoje caidaço, fora da série B e abandonado pela torcida. Foto antiga do Paixão Alvinegra.

Com a vitória sobre o Paysandu e os demais resultados da rodada, o Maior de SC não só voltou para o G4 como se manteve na quarta posição mesmo com um jogo a menos. Antes da partida da próxima sexta-feira diante do Bragantino na Resssacada, a missão é secar o Paraná na terça-feira, quando enfrenta o Atlético em Curitiba.

O que não anda nada bem é o clima do outro lado da ponte, principalmente depois de perder em casa para o Cavalo Paraguaio Catarinense. Além do fracasso dentro de campo, registre-se a frustração do Real Madrid Fail após sonhar superar o público de 17 mil de Avaí x Chape e empacar na casa dos 9.500 pagantes.

Sintam o devaneio verbal do vídeo que rodou na Capital para tentar lotar o estádio mais assimétrico do mundo: “Estão dizendo que o campeonato já acabou. Estão dizendo que o G4 já está definido. Estão dizendo até que o maior público do ano na série B já aconteceu. Só esqueceram de avisar você!”

Se é por falta de aviso prévio, pode contar com a nossa sinceridade. Sim, o campeonato já acabou para você! Sim, o G4 já está definido sem você! Não, o maior público de SC na série B de 2013 ainda vai acontecer no dia 03 de novembro, no clássico da Ressacada! Pronto, agora você está informado de tudo!

Um Avaí estranho, mas que a gente não abandona

15 de outubro de 2013 59
Garra, determinação e eficiência tática. E não foi do Avaí. Imagem de alguém por aí.

Garra, determinação e eficiência tática. E não foi do Avaí – Imagem Google

Embora a derrota tenha sido, sim, mixuruca em termos de impacto para a nossa autoestima, é preciso registrar que foi a Chape que venceu o jogo, e não o Avaí que perdeu. Os colonos mostraram o porquê de estarem no G4 desde a primeira rodada, com uma equipe organizada e esganada pela série A de 2014.

Entretanto, foi uma pena que os meninos de Dal Pozzo não tenham encontrado um Avaí com sua melhor formação e ainda num dia tão distante de suas tradições de garra e superação. A ausência de Eduardo Costa criou uma cratera no time, que acabou presenteando o meio de campo para o adversário.

Mas à rigor ninguém do Leão da Ilha escapou da mediocridade nesse justo insucesso. Como bem resumiu o avaiano Rodrigo Silveira em seu Twitter, “a Chapecoense foi Chapecoense e o Avaí não foi o Avaí”. Ok, passou, e de positivo ficaram as mensagens incisivas dadas pelas bilheterias da Ressacada:

  • Uma boa campanha e ingressos razoáveis levam renda e público ao estádio;
  • A nação azurra está com a equipe no objetivo da conquista do acesso;
  • Se lutarem até o limite, jogadores e comissão técnica terão o apoio incondicional das arquibancadas (no sábado, apesar da derrota, aplausos).

Que coisa mais linda é a torcida do Avaí

14 de outubro de 2013 110
Avaí x Chape, Cri x Vasco, Chape x JEC, JEC x Icasa, Fig 1x1 Atl/GO

FIG x ATL :: JEC x ICA :: CHA x JEC :: CRI x VAS :: AVAÍ x CHA

Com esses dados acima fica decretado que esse blog é o mais repetitivo do Sul do Brasil. Todos os institutos de pesquisa também são chatos bagarai pois só fazem confirmar o que as catracas da Ressacada já sabem desde sua inauguração.

Quando o assunto é a grandeza e paixão, simplesmente não há quem faça frente à Maior do Estado, mesmo tendo o estádio com o pior acesso do Brasil. Agora imagina se o Leão estivesse na série A ou nas cabeças da série B desde o início, hein!

Missão dada para "os caveiras" é missão cumprida

06 de outubro de 2013 52
Aquele "velhinhos" viraram todos caveiras e estão dando de relho na reta final.

Aqueles “velhinhos” viraram CAVEIRAS e estão dando de relho na reta final.

Nada como o tempo, esse sábio senhor da razão. Apontado como um dos favoritos ao acesso antes do início da série B, o Avaí teve que trilhar caminhos tortuosos até estar novamente dentro do campeonato. Apesar dos muitos pontos bobos perdidos, é fato que a tradição de time de chegada está prevalecendo.

Os resultados dos últimos quatro jogos do Maior de SC foram fundamentais nesse processo de retomada. Importante também foi a vitória da  Chapecoense sobre o Joinville, cravando o selo de “cavalo paraguaio” no time do norte. Uma pena a vitória do Sport sobre o América/RN, que impediu o Avaí de já ter entrado no G4.

Para completar o cenário de boas energias, Hemerson Maria conseguiu incendiar o seu grupo e toda a nação azurra ao afirmar que o Avaí é o time dos caveiras. Maria, que em 2012 já havia se apresentado como um “soldado a serviço no quartel”, hoje convoca time e torcida para a batalha do acesso. Sim, senhor!

Legítima, só se for manezinha e avaiana

25 de setembro de 2013 52
Presta atenção nessa "cavala". Avaiana e manezinha da gema.

Presta atenção nessa “cavala”. Camilla Ventura é avaiana e manezinha da ilha.

Eis que surge a notícia da prisão de uma modelo acusada de participar de uma quadrilha que fraudava fundos de pensão. Nada demais se não fosse o detalhe da moça ter sido a “Bela do Avaí” do ano passado e não ter nascido em Florianópolis. A essas alturas imagino que nem para o Avaí a loirinha torça.

Sinceramente, se tem três itens que a Capital não precisa de reforço é time de futebol de fora, praias paradisíacas e mulheres bonitas. Esperamos que os responsáveis por estas promoções selecionem moças naturais de suas respectivas cidades e que comprovadamente sejam torcedoras dos clubes que representam.

Olhando para a foto acima vocês concordam que estamos muito bem de musas avaianas? E olha que nem dá pra ver o “fundo de pensão” da miserenta. Mas não vamos nos estressar com essa notícia. Problema mesmo a gente teria se a direção resolvesse trocar Hemerson Maria por… Argel Fucks. Deuzulivre!

Em breve saberemos o nosso destino

13 de setembro de 2013 26
Há seis pontos do G4, sem reforços e com jogos duros pela frente.

Avaí há seis pontos do G4, com jogos casca-grossa pela frente e nada de reforços.

A verdade é que a água já está encharcando a bunda do Avaí. A derrota para o Guaratinguetá não estava nos planos e as partidas dentro de casa contra Icasa e Palmeiras se tornaram vitais para a continuidade das pretensões do Maior de SC.

Isso porque depois teremos duas pedreiras complicadíssimas diante do Cavalo Paraguaio no estádio da prefeitura de Joinville e América/MG no Independência. Trocando em miúdos, em quatro rodadas saberemos se o Avaí está vivo ou morto.

Organizadas barradas
Parece que pelo menos três clubes de SC não tem muito o que celebrar em relação às suas torcidas organizadas. Ontem o MP, a PM, a FCF e a Associação de Clubes suspenderam três delas: União Tricolor (três meses), Mancha Azul (cinco meses) e Gaviões Alvinegros (cinco meses). A razão são incidentes provocados pela gurizada. Faixas em espanhol no estádio é bem menos constrangedor, eu diria.

Jogo importante, nação presente

26 de agosto de 2013 34
O Avaí está fazendo a sua parte. Vamos fazer a nossa. Foto Flávio Neves

O Avaí está fazendo a sua parte. Vamos fazer a nossa. Foto Flávio Neves

Já são sete rodadas de invencibilidade, com o Avaí abiscoitando nada mais, nada menos que 17 pontos dos 21 disputados. O Maior de SC resolveu sair de seu limbo esportivo e emocional e declara abertamente que está a fim de entrar no G4.

Isso ainda não se dará nessa sexta-feira, contra o ABC na Ressacada, mas não se descolar do pelotão da frente é a meta de curto prazo traçado por Hemerson Maria e cia. Apenas quatro pontos nos separam da zona celestial e fazer mais uma vitória é fator fundamental para tomar fôlego e entrar no returno passando a régua. A camisa 12 tem que voltar pra casa!

Atualização das 21h

O top comentário de ontem
Todos sabem que a torcidinha iludida, modinha e geladeira do Estreito é isso mesmo! Se fosse contra o MAIOR e MAIS VEZES CAMPEÃO ou contra algum grande do Brasil, teria dado 3.000 simpatizantes da praia do cagão e mais 5.000 do adversário. O Scarpelli-Park é o parquinho de diversão de todos os times de fora, inclusive liberado para dar volta olímpica! Comentário do Torcida Modinha

Hora de uma bandeira branca no Avaí

03 de julho de 2013 13

Tem clube com ingresso a R$120 que acha que tá arrombando. Foto Flávio Neves

O torcedor avaiano anda meio desconfiado com seu time e dirigentes. Esse não é um sentimento de agora, mas vem lá do início de 2010, quando a diretoria errou a mão feio em duas atitudes de fundo econômico e completamente equivocadas.

A primeira foi desmanchar 90% da equipe 6° colocada na série A de 2009 prámodi de levantar um bom capital. O segundo erro foi majorar os valores dos ingressos em até 100%, acreditando que tudo daria certo e a equipe continuaria em alta nos gramados.

Futebol não funciona assim e o mercado consumidor menos ainda. O fato é que houve uma quebra da confiança em relação aos cartolasa, que não souberam retribuir o apoio do torcedor na época das vacas magras, “traindo-os” com aumentos abusivos dos ticket,

Os resultados não vieram, o tesão da nação azurra caiu assustadoramente e hoje não saímos de uma média de 4 mil pessoas por jogo dentro de casa. Diria até que ainda é um milagre, haja vista todas as dificuldades de acesso na nossa “segunda casa”.

Penso que uma bandeira branca tem que ser levantada por ambas as partes. Os dirigentess precisam colocar em prática ações que chamem os torcedores para “discutir a relação”. Para o bem do clube, espero que se promova uma aproximação séria e continuada, já que cada um imunado de um canto, isso não vem dando certo.

Papo franco para começar a semana

27 de maio de 2013 102

Sei que o seu tempo é precioso, mas algumas coisas precisam ser esclarecidas.

Embora poucos saibam da importância dos comentários dos leitores em um blog, são eles que muitas vezes determinam o próximo tema a ser tratado. Nesse espaço a opinião de todos é fundamental para a discussão sobre o Avaí FC, o que inclui os pitacos dos milhares de secadores que aqui aportam diariamente.

Pois bem, baseado naquilo que se comentou no post anterior, algumas coisas precisam ficar claras já neste início de semana. A primeira é que se o Avaí não venceu na primeira rodada da série B, isso não é motivo para os espasmos de alegria daqueles que não têm em seu time um mísero craque da estatura técnica de Marquinhos, Cleber Santana e Eduardo Costa. Contentem-se com seus atletas medianos e parem de nos azarar.

A segunda é que é óbvio que os outros três adversários do Estado começariam bem a competição. Iniciar mal e depois engatar uma sexta marcha largando poeira para trás é característica do Avaí, o único time realmente de chegada entre o PR e o RS.

A terceira e última coisa é que recebemos uma informação no mínimo inusitada. Depois de imitar a torcida do Grêmio com seus cânticos argentinos, agora a torcida do Golfinho estaria usando faixas onde plagia o slogan – O MAIOR DE SC – e a frase símbolo – NUNCA ESTARÁS SÓ – da torcida azurra. Por favor, digam que isso não é verdade! Não creio em bruxas! Mas pelo sim, pelo não, adianto que o hino do Avaí já está registrado, ok?

O predador é o de azul e branco

03 de maio de 2013 70

Pelo certo a luva azul deveria ser maior, mas manda a educação sermos humildes.

Como já era de se esperar, o discurso na Ressacada é de enxergar a partida de amanhã como uma final de campeonato. Há quem diga que realmente é, opinião da qual 100% dos torcedores de Criciúma e da parte insular de Florianópolis concordam plenamente. Da outra semifinal, venha quem vier, será devorado ao natural.

E para quem espera um Avaí ressabiado, pode ir tirando o cavalinho da chuva porque o Leão chega encarando os golfinhos sem medo de cara feia ou pó de carvão nos olhos. Postura de time grande, não menos que isso. Valorizar a posse de bola, dosar a ansiedade, minar os nervos do adversário, impor o silêncio para os 15 mil secadores das arquibancadas e não dar atenção para seus cânticos copiados da Geral do Grêmio.

Como bem disse Julinho, esse coro gauchesco importado não vai fazer diferença: “Entre a torcida deles e a nossa, a nossa faz muito mais pressão”. Respeito sim, temor jamais, até porque o predador é o de azul e branco, com time completo e repleto de confiança de voltar para casa com o passaporte carimbado para a finalíssima. O Maior de SC entra em campo classificado, mas terá que confirmar isso nos 90min. E assim será!

Todo ano é a mesma coisa

27 de março de 2013 87

Eu já sabia, você já sabia, todo mundo já sabia. A maior é do Avaí. Eu quero é novidade.

Pensei duas vezes se abordaria a pesquisa da Pluri Stochos sobre as maiores torcidas do Brasil. Assim como já é normal que Marquinhos seja sempre escolhido como o camisa 10 da seleção da rodada, olha só quem apareceu novamente como a maior torcida de SC.

Há cinco dias o blog já havia adiantado que Isso é a pura verdade, o que só reafirma todas as pesquisas dos últimos anos que só fazem se confirmar em seus resultados em terras catarinenses. E como a margem de erro é de 0,68%, podemos desconfiar que o Avaí tenha na verdade algo em torno de o,98% da preferência nacional.

A chocadeira da Tombense aparece lá atrás e cumpre seu papel de comedor de poeira do Leão da Ilha. Jo-inveja, Cri-ciúme e Colonense, ninguém sabe, ninguém viu, estão fora do mapa de torcidas do Brasil. Ou melhor, estão misturados entre os torcedores de times de RS, SP e RJ. Voltamos agora com nossa programação normal. Obrigado.

O Avaí evolui e o "outro" ganha castigo

23 de março de 2013 13

Cada torcida tem o "borrachudo" que merece. Montagem em foto de Alvarélio Kurossu/RBS

Vamos comninar que para quem era dado como “morimbundo” pelos adversários, estas duas últimas partidas mostraram que maluco é quem duvida do Avaí. Particularmente não gosto dessa montanha russa emocional que o Maior de SC proporciona ao seu torcedor, mas se é assim que tem que ser, assim será. A gente aguenta.

Aquele bumba-meu-boi da era Sérgio Soares não existe mais. O time já está mais bem organizado em campo, cada um está assimilando a sua função e os resultados já estão aparecendo. Não fosse o deslize visual de “Ceguinho Amorim” e hoje o Avaí estaria todo prosa no G4. Mas contra o Leão, isso também é normal.

O Avaí permanece em 6° lugar na classificação geral, separado por dois pontos do Atlético/Ib, 4° colocado, que soma 18. Hoje o time de Ibirama pega o “chato” Guarani em Palhoça e amanhã nós vamos para Jacarepaguá… não, Jaraguá em busca dos três preciosos pontos sobre o Moleque Travesso.

E o meu salve desanimado de hoje vai para aquela “meia dúzia” de torcedores fails da chocadeira da Tombense, que provocou a punição de seu clube pelo TJD ao avançar sobre a torcida do Avaí no clássico o primeiro turno (veja o vídeo aqui). Multa de R$15 mil e mais a perda de campo por um jogo. Bonito pra cara deles.

Isso é a pura verdade

22 de março de 2013 85

Ressacada, o maior e mais fervente caldeirão do futebol de SC. Foto divulgação Avaí FC

Para um time ter bastante torcida no estádio, são necessários alguns fatores:
1) Boa localização
2) Facilidade de locomoção (trânsito)
3) Condição financeira do torcedor
4) Boa condição climática
5) Horário adequado
6) Qualidade do plantel e, principalmente,
7) Bons resultados no campo.

Se essas condições não fossem verdadeiras, Grêmio, Internacional, Flamengo, Vasco, Palmeiras, São Paulo etc, que estão colocando público inferior a 3 mil pessoas nos estádios, não poderiam ser considerados times com as maiores torcidas do Brasil!

Aqui mesmo na capital, Avaí e Janelense estão colocando público nesta faixa. O Avaí, que tem a maior torcida em SC, é o maior clube catarinense e o mais vezes campeão estadual, é muito exigente em relação à plantel e resultado em campo.

A torcida do Avaí vai para assistir o Leão e não o time adversário, como a maioria das outras torcidas do estado. Se o Avaí tivesse um time confiável e estivesse agradando a sua imensa torcida, a média não estaria abaixo de 8 mil pagantes por jogo. Mesmo tendo um estádio com a maior dificuldade de chegada do país!

(…) Isso é a pura verdade, o resto é inveja por ser torcedor de time inferior! Comentário de ontem do torcedor com perfil de “Maior, Mais Vezes Campeão e de Maior Torcida em SC”.