Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

ProUni tem mais de 315 mil inscritos

25 de janeiro de 2011 0

Olá,

Um  programa bacana do MEC é o Pro-Uni, que tem mais alunos que as universidades federais.

É um dos projetos que mantém o ministro Fernando Haddad no poder, apesar dos problemas do ENEM.

Hoje é o último dia de inscrições não perca. Abaixo mais informações. 

O Programa Universidade para Todos (ProUni) registrou até as 18h desta sexta-feira (21) 316.910 candidatos inscritos. Eles vão concorrer a bolsas em universidades particulares. As inscrições começaram às 5h desta sexta-feira e seguem até terça-feira (25). O MEC avalia que  sistema de inscrição está funcionando bem. O programa oferece 123.170 bolsas, sendo 80.520 integrais e 42.650 parciais, de 50% da mensalidade, em aproximadamente 1,5 mil instituições de educação superior de todo o país.

O ministério vai disponibilizar às 3h da madrugada de sábado (22) as notas de corte dos cursos com bolsas oferecidas. A atualização das notas será diária neste horário. A partir do primeiro dia de inscrições, o sistema calcula, durante a madrugada, as notas de corte de cada curso, que podem ser verificadas em caráter meramente informativo pelo estudante. Durante o período em que o sistema estiver aberto para inscrições, o candidato poderá alterar suas opções a partir da observação da nota de corte.

A abertura das inscrições estava prevista para quarta-feira (19), mas foi adiada devido à prorrogação do prazo do Sistema de Seleção Unificada (SiSU) para quinta-feira (20). Assim como ocorreu no sistema do SiSU, o MEC garantiu que o site do ProUni – que segue o mesmo modelo – passou por uma manutenção para que novas falhas sejam evitadas. Estudantes relataram que ao acessar o sitema do SiSU entravam em páginas de outros candidatos. 

Para concorrer às bolsas, os candidatos devem ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2010, ter atingido no mínimo 400 pontos na média das cinco notas do exame (ciências da natureza e suas tecnologias; ciências humanas e suas tecnologias; linguagens, códigos e suas tecnologias; matemática e suas tecnologias, e a redação) e ter nota superior a zero na redação.

Duas etapas
Nesse processo, serão realizadas duas etapas de inscrição, segundo o MEC. As etapas são independentes, ou seja, o candidato que não for pré-selecionado na primeira terá nova chance de se candidatar, inscrevendo-se novamente.

O candidato pré-selecionado na primeira etapa não poderá se inscrever na segunda etapa do processo seletivo, exceto nos casos em que tiver sido pré-selecionado em curso em que não houve formação de turma. Em cada etapa, o estudante poderá escolher até três opções de curso e instituição.

As inscrições serão feitas exclusivamente pela internet no site do programa. Para fazer a inscrição, os candidatos deverão informar o número de inscrição e senha no Enem 2010, além de CPF.

Cronograma
O ministério divulgou o novo cronograma do Prouni, prorrogado após a extensão do prazo de inscrições para o SiSU. As inscrições tiveram início nesta sexta e vão até a próxima terça-feira (25), como já havia sido informado.

A divulgação dos candidatos pré-selecionados na primeira chamada será no dia 28 de janeiro. A etapa de comprovação de informações e processo seletivo próprio ocorre de 28 de janeiro até 4 de fevereiro. Já o resultado de candidatos pré-selecionados na segunda chamada ficou para 11 de fevereiro, e a comprovação de informações e processo seletivo próprio na segunda chamada está programada para o período de 11 a 17 do mesmo mês.

As inscrições para a segunda etapa serão de 21 a 24 de fevereiro. A divulgação dos candidatos pré-selecionados na primeira chamada sairá em 27 de fevereiro. A etapa de comprovação de informações e processo seletivo próprio ocorre de 28 de fevereiro até 4 de março. O resultado de candidatos pré-selecionados na segunda chamada ficou para o dia 13 de março, e a comprovação de informações e processo seletivo próprio na segunda chamada está programada para o período de 14 a 17 do mesmo mês.

Podem se candidatar às bolsas integrais estudantes com renda familiar, por pessoa, de até um salário mínimo e meio. As bolsas parciais são destinadas a candidatos com renda familiar de até três salários mínimos por pessoa. Além de ter feito o Enem 2010 e ter alcançado a pontuação mínima, o candidato deve ter cursado todo o ensino médio em escola pública ou em escola particular na condição de bolsista integral.

Professores da rede pública de ensino básico, que concorrem à bolsa em curso de licenciatura, normal superior ou pedagogia, não precisam cumprir o critério de renda, desde que estejam em efetivo exercício e integrem o quadro permanente da escola.

Abraços
 

Bookmark and Share

Envie seu Comentário