Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Posts de janeiro 2011

Fies - inscrições iniciam nesta segunda-feira

31 de janeiro de 2011 0

Olá!

As inscrições para o Fies (Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior) podem ser feitas a partir desta segunda-feira. Apesar disso, o sistema para realização das inscrições ainda não estava liberado por volta das 11h.

Segundo o MEC (Ministério da Educação), não existe um horário definido para as inscrições sejam liberadas. O programa financia a mensalidade de estudantes de baixa renda em cursos superiores privados. O benefício pode ser solicitado a qualquer momento durante o período letivo.

Os estudantes devem estar matriculados em cursos que tenham resultado satisfatório nas avaliações do MEC e cujas instituições tenham aderido ao Fies. Também é necessário ter participado do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio).

O primeiro passo é cadastrar uma senha no site do programa, em seguida informar dados pessoais e acadêmicos. O estudante pode optar por solicitar o financiamento à Caixa Econômica Federal ou ao Banco do Brasil, que são os agentes financeiros do programa.

Concluída a inscrição, o aluno tem um prazo de dez dias para procurar a CPSA (Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento) de sua instituição de ensino que irá validar as informações. Com o documento de regularidade emitido pela CPSA, o candidato deve procurar a agência bancária para formalizar o contrato, em até 20 dias após a conclusão da inscrição no site do programa.

O Fies foi reformulado em 2010 e os juros tem agora juros de 3,4% ao ano. O participante começa a pagar depois da formatura, e tem no máximo três vezes o tempo de duração do curso para quitar a dívida.

Fonte: Folha.com

Colaboração Bárbara Vanzella

Estou desblogando!

Bookmark and Share

Sisu encerra matrículas nesta segunda-feira

31 de janeiro de 2011 0

Olá!

Os mais de 82 mil estudantes aprovados no Sisu devem fazer até esta segunda-feira a matrícula na instituição em que vai estudar.

A documentação necessária pode ser consultada pelo boletim individual, disponível no site do Sisu, e na própria faculdade. Já o horário de funcionamento das instituições deve ser consultado junto às universidades e institutos federais participantes.

Os postos que não forem preenchidos na matrícula serão oferecidos nas segunda e terceira chamadas, cujo resultado sairá em 4 e 13 de fevereiro, respectivamente. As listas serão divulgadas no site do Sisu.

Se elas não forem ocupadas depois disso, será feita uma lista de espera, que as universidades e institutos podem usar ou não.

Neste ano, foram oferecidas vagas em 83 instituições de ensino superior. Segundo o MEC (Ministério da Educação), o sistema recebeu 2.020.157 inscrições. O funcionamento do sistema foi marcado por problemas como lentidão no site e vazamento de dados de candidatos para seus concorrentes.

Fonte: Folha Online

Colaboração: Bárbara Vanzella

Estou desblogando!

Bookmark and Share

Pós-graduação no Brasil cresce e melhora em qualidade

30 de janeiro de 2011 0

Olá!

Cursos de mestrado (acadêmico e profissional) e de doutorado de todo o país receberam, em dezembro de 2010, suas notas finais após a quarta edição da avaliação trienal da Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior).

O panorama foi positivo. Foram avaliados 2.718 programas –20% a mais do que na avaliação passada–, e a qualidade deles melhorou. A maior parte (33,9%) obteve nota 4 em uma escala que vai de 1 (pior) a 7 (melhor).

O crescimento dos considerados excelentes e com qualidade de nível internacional, que recebem nota 6 ou 7, foi de 35,4% (são 321 no total).

Também houve mais descredenciamentos (notas 1 e 2). Foram 61 programas, 2,2% do total. Na anterior, somavam 1,7%. A reprovação cresceu mais entre os mestrados profissionais –7% de 243 programas, contra os 3,8% da avaliação anterior.

“Os cursos com excelência estão em instituições consolidadas, que pesquisam e são reconhecidas há muito tempo”, afirma Jorge Guimarães, presidente da Capes.

“Entre os descredenciados, há os que foram prematuramente credenciados, os que não receberam atenção devida e os que perderam parte dos docentes.”

Para acompanhar o crescimento dos cursos e consolidar os abertos recentemente, o processo de análise deve mudar. Os que têm o conceito máximo em avaliações seguidas devem ser analisados em intervalos maiores.

Já os que tiram 3 seguidamente podem ter exames mais frequentes. “O acompanhamento deve ser menos gerencial e mais pedagógico, com visitas e aconselhamento estratégico para melhorar”, explica Guimarães.

NOVAS REGRAS
A pós cresce, mas o número de pesquisadores na ativa é reduzido em relação a países em desenvolvimento, segundo levantamento de Carlos Henrique Brito Cruz, diretor científico da Fapesp (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo).

Em 2008, havia 1,3 pesquisador para cada mil trabalhadores no Brasil, enquanto na Argentina essa proporção é de 2 para cada mil e, na Coreia do Sul, de 9,7 para cada mil, segundo o Ministério da Ciência e Tecnologia.

“Um dos gargalos é o valor da bolsa, que não é compatível com o mercado. A portaria que permite trabalhar e pesquisar simultaneamente é um passo importante em áreas aquecidas”, opina a professora Denise Bomtempo Birche, da UnB (Universidade de Brasília).

Fonte: Folha.com

Colaboração: Bárbara Vanzella

Estou desblogando!

Bookmark and Share

MEC divulga a relação do ProUNI

28 de janeiro de 2011 0

Olá, 

O Ministério da Educação divulgou nesta sexta-feira (28) a lista dos candidatos pré-selecionados pelo Programa Universidade para Todos (ProUni). Os estudantes que foram selecionados deverão comprovar suas informações nas instituições de ensino até 4 de fevereiro. Caso ainda existam vagas disponíveis, será realizada uma nova chamada, em 11 de fevereiro.

O MEC distribui 123.170 bolsas de estudo oferecidas em cerca de 1.500 instituições de ensino superior. As inscrições foram abertas na sexta-feira (21) e terminaram às 23h59 desta terça. (25). 

Este ano, o ProUni registrou número recorde de 1.048.631 estudantes inscritos. No ano passado, o programa teve 822.254 candidatos para 165 mil bolsas – até então a maior marca.

O ProUni oferece 80.520  bolsas de estudo integrais e 42.650 parciais, de 50% da mensalidade.  Até 4 de fevereiro, o candidato pré-selecionado deve comparecer à instituição de ensino na qual foi aprovado para confirmar as informações declaradas na inscrição e fazer a matrícula.

Após esse prazo, caso ainda haja bolsas disponíveis, será feita uma segunda chamada de candidatos, em 11 de fevereirocom prazo para comprovação dos documentos até 17 de fevereiro..

Para concorrer às bolsas, os candidatos precisavam ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2010, ter atingido no mínimo 400 pontos na média das cinco notas do exame (ciências da natureza e suas tecnologias; ciências humanas e suas tecnologias; linguagens, códigos e suas tecnologias; matemática e suas tecnologias, e a redação) e ter nota superior a zero na redação.

Cronograma de inscrição
Nesse processo, serão realizadas duas etapas de inscrição, segundo o MEC. As etapas são independentes, ou seja, o candidato que não for pré-selecionado na primeira terá nova chance de se candidatar, inscrevendo-se novamente.

O candidato pré-selecionado na primeira etapa não poderá se inscrever na segunda etapa do processo seletivo, exceto nos casos em que tiver sido pré-selecionado em curso em que não houve formação de turma. Em cada etapa, o estudante poderá escolher até três opções de curso e instituição.

Segunda etapa
Entre os dias 21 e 24 de fevereiro acontece a segunda etapa de inscrições, com resultado a ser divulgado em 27 de fevereiro. Nessa etapa, a comprovação dos documentos necessários deverá ser feita até 4 de março. No caso de ainda existirem vagas disponíveis, uma segunda chamada será feita no dia 13 de março.

Podem se candidatar às bolsas integrais estudantes com renda familiar, por pessoa, de até um salário mínimo e meio. As bolsas parciais são destinadas a candidatos com renda familiar de até três salários mínimos por pessoa. Além de ter feito o Enem 2010 e ter alcançado a pontuação mínima, o candidato deve ter cursado todo o ensino médio em escola pública ou em escola particular na condição de bolsista integral.

Professores da rede pública de ensino básico, que concorrem à bolsa em curso de licenciatura, normal superior ou pedagogia, não precisam cumprir o critério de renda, desde que estejam em efetivo exercício e integrem o quadro permanente da escola.

Fonte: G1

Estou desblogando!

Bookmark and Share

Matrículas SISU a partir de quinta

27 de janeiro de 2011 0

Olá,

Se você conseguiu aprovação no SISU, não marque bobeira em se matricular. Leia a matéria abaixo com atenção.  

Os mais de 82 mil estudantes aprovados no Sisu devem fazer a partir desta quinta-feira a matrícula na instituição em que vai estudar. O prazo máximo para quem foi aprovado na primeira chamada se estende até a próxima segunda-feira (31).

A documentação necessária pode ser consultada pelo boletim individual, disponível no site do Sisu, e na própria falculdade. Já o horário de funcionamento das instituições deve ser consultado junto às universidades e institutos federais participantes.

Os postos que não forem preenchidos na matrícula serão oferecidos nas segunda e terceira chamadas, cujo resultado sairá em 4 e 13 de fevereiro, respectivamente. As listas serão divulgadas no site do Sisu.

Se elas não forem ocupadas depois disso, será feita uma lista de espera, que as universidades e institutos podem usar ou não.

Neste ano, foram oferecidas vagas em 83 instituições de ensino superior. Segundo o MEC (Ministério da Educação), o sistema recebeu 2.020.157 inscrições. O funcionamento do sistema foi marcado por problemas como lentidão no site e vazamento de dados de candidatos para seus concorrentes.

Fonte: Folha

Estou desblogando!

Bookmark and Share

Sobram vagas no SISU

26 de janeiro de 2011 0

Olá pessoal,

Sobrou vagas no SISU e todas elas foram reservadas para o programa de Ações Afirmativas (Cotas). Tenho certeza que existema alunos interessados, só que em muitos casos a informação não chegas até eles. O ensino superior brasileiro continua expandindo e  as universidades e o governo devem investir em comunicação com objetivo de informar e estimular  o sonho de cursar um faculdade.  Leia a notícia abaixo.  

Das 83.125 vagas oferecidas pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu) no primeiro semestre de 2010, 176 não foram preenchidas – 0,2% do total. Todas elas estavam reservadas para algum tipo de política afirmativa adotada pela instituição de ensino, como cota para a população indígena ou candidatos com deficiência.

A Universidade Estadual do Mato Grosso do Sul (UEMS) foi a que registrou a maior sobra de vagas: 79 ao total, todas reservadas para candidatos indígenas. A Universidade Federal do Pampa (Unipampa) também teve um número grande de vagas não preenchidas, 64. A maior parte era destinada a alunos que cursaram todo ensino médio em escola pública e tinham ascendência indígena ou candidatos com deficiência.

Essas vagas ainda podem ser redistribuídas pela lista de espera, última rodada de seleção do Sisu que deve ocorrer entre os dias 13 e 17 de fevereiro. Esta etapa é feita depois de convocadas a segunda e a terceira lista dos aprovados. A partir daí, as instituições de ensino podem preencher as vagas remanescentes a seu critério por meio de uma lista que será gerada pelo sistema a partir da nota do Enem.

Entre os cursos em que há sobra de vagas há alguns bastante concorridos como Engenharia Elétrica e Relações Internacionais na Unipampa.

Fonte: Estadão

Estou desblogando!

Bookmark and Share

Número de inscritos no Processo Seletivo supera 14 mil

25 de janeiro de 2011 2

Olá,

A Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) continua fazendo história. O proceso seletivo de 2011 conseguiu um número expressivo de inscritos e muitos de escola pública.  

Mais de 14 mil pessoas se inscreveram para o Processo Seletivo 2011 da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS). As inscrições, encerradas no domingo (23), superaram as 11.209 do primeiro Processo Seletivo da instituição, em 2010.

Na seleção para ingresso em 2011, puderam fazer as inscrições os candidatos que fizeram a prova do Exame Nacional de Ensino Médio (Enem) nos anos de 2009 e 2010. Neste segundo ano em que a UFFS realiza seleção para os 33 cursos de Graduação oferecidos nos cinco campi da instituição, foram registradas mais de 14 mil inscrições, sendo 58% delas de mulheres.

Deste total, 88% optou pela nota da prova realizada em 2010. Como no processo seletivo anterior e seguindo as diretrizes propostas pela UFFS, 83% dos inscritos frequentaram os três anos do Ensino Médio em escolas públicas.

De forma global, o curso que recebeu o maior número de inscrições foi o de Engenharia Ambiental e Energias Renováveis, oferecido nos campi de Chapecó, Erechim e Cerro Largo. Outros cursos com intensa procura foram o de Medicina Veterinária, oferecido no campus de Realeza, o de Arquitetura e Urbanismo, em Erechim, e o de Administração noturno no campus de Chapecó.

Conforme a diretora de Registro Acadêmico, Claudia Finger Kratochvil, as médias de candidatos por vaga em todos os cursos estarão à disposição nos próximos dias. “Já o resultado do processo seletivo com a lista dos aprovados está previsto para a primeira quinzena de fevereiro”, informa a diretora.    

Estou desblogando, até a próxima! 

 

       

Bookmark and Share

ProUni tem mais de 315 mil inscritos

25 de janeiro de 2011 0

Olá,

Um  programa bacana do MEC é o Pro-Uni, que tem mais alunos que as universidades federais.

É um dos projetos que mantém o ministro Fernando Haddad no poder, apesar dos problemas do ENEM.

Hoje é o último dia de inscrições não perca. Abaixo mais informações. 

O Programa Universidade para Todos (ProUni) registrou até as 18h desta sexta-feira (21) 316.910 candidatos inscritos. Eles vão concorrer a bolsas em universidades particulares. As inscrições começaram às 5h desta sexta-feira e seguem até terça-feira (25). O MEC avalia que  sistema de inscrição está funcionando bem. O programa oferece 123.170 bolsas, sendo 80.520 integrais e 42.650 parciais, de 50% da mensalidade, em aproximadamente 1,5 mil instituições de educação superior de todo o país.

O ministério vai disponibilizar às 3h da madrugada de sábado (22) as notas de corte dos cursos com bolsas oferecidas. A atualização das notas será diária neste horário. A partir do primeiro dia de inscrições, o sistema calcula, durante a madrugada, as notas de corte de cada curso, que podem ser verificadas em caráter meramente informativo pelo estudante. Durante o período em que o sistema estiver aberto para inscrições, o candidato poderá alterar suas opções a partir da observação da nota de corte.

A abertura das inscrições estava prevista para quarta-feira (19), mas foi adiada devido à prorrogação do prazo do Sistema de Seleção Unificada (SiSU) para quinta-feira (20). Assim como ocorreu no sistema do SiSU, o MEC garantiu que o site do ProUni – que segue o mesmo modelo – passou por uma manutenção para que novas falhas sejam evitadas. Estudantes relataram que ao acessar o sitema do SiSU entravam em páginas de outros candidatos. 

Para concorrer às bolsas, os candidatos devem ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2010, ter atingido no mínimo 400 pontos na média das cinco notas do exame (ciências da natureza e suas tecnologias; ciências humanas e suas tecnologias; linguagens, códigos e suas tecnologias; matemática e suas tecnologias, e a redação) e ter nota superior a zero na redação.

Duas etapas
Nesse processo, serão realizadas duas etapas de inscrição, segundo o MEC. As etapas são independentes, ou seja, o candidato que não for pré-selecionado na primeira terá nova chance de se candidatar, inscrevendo-se novamente.

O candidato pré-selecionado na primeira etapa não poderá se inscrever na segunda etapa do processo seletivo, exceto nos casos em que tiver sido pré-selecionado em curso em que não houve formação de turma. Em cada etapa, o estudante poderá escolher até três opções de curso e instituição.

As inscrições serão feitas exclusivamente pela internet no site do programa. Para fazer a inscrição, os candidatos deverão informar o número de inscrição e senha no Enem 2010, além de CPF.

Cronograma
O ministério divulgou o novo cronograma do Prouni, prorrogado após a extensão do prazo de inscrições para o SiSU. As inscrições tiveram início nesta sexta e vão até a próxima terça-feira (25), como já havia sido informado.

A divulgação dos candidatos pré-selecionados na primeira chamada será no dia 28 de janeiro. A etapa de comprovação de informações e processo seletivo próprio ocorre de 28 de janeiro até 4 de fevereiro. Já o resultado de candidatos pré-selecionados na segunda chamada ficou para 11 de fevereiro, e a comprovação de informações e processo seletivo próprio na segunda chamada está programada para o período de 11 a 17 do mesmo mês.

As inscrições para a segunda etapa serão de 21 a 24 de fevereiro. A divulgação dos candidatos pré-selecionados na primeira chamada sairá em 27 de fevereiro. A etapa de comprovação de informações e processo seletivo próprio ocorre de 28 de fevereiro até 4 de março. O resultado de candidatos pré-selecionados na segunda chamada ficou para o dia 13 de março, e a comprovação de informações e processo seletivo próprio na segunda chamada está programada para o período de 14 a 17 do mesmo mês.

Podem se candidatar às bolsas integrais estudantes com renda familiar, por pessoa, de até um salário mínimo e meio. As bolsas parciais são destinadas a candidatos com renda familiar de até três salários mínimos por pessoa. Além de ter feito o Enem 2010 e ter alcançado a pontuação mínima, o candidato deve ter cursado todo o ensino médio em escola pública ou em escola particular na condição de bolsista integral.

Professores da rede pública de ensino básico, que concorrem à bolsa em curso de licenciatura, normal superior ou pedagogia, não precisam cumprir o critério de renda, desde que estejam em efetivo exercício e integrem o quadro permanente da escola.

Abraços
 

Bookmark and Share

MEC quer criar empresa para gerenciar o Novo ENEM

21 de janeiro de 2011 1

Olá,

A centralização do MEC na elaboração e execução do ENEM esta rumando para caminhos no minímo questionáveis.

Depois de gerir com a máxima competência a incompetência que tisnou as últimas rodadas do Enem (2009 e 2010), o MEC flerta com o inusitado.

Nos subterrâneos, a pasta “administrada” pelo ministro Fernando Haddad cogita criar uma nova estatal para cuidar da aplicação de seus exames.

Além de se ocupar do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio), a ‘Examebras’ aplicaria o Saeb (Prova Brasil) e o Enad (Exame Nacional de Desempenho).

Deve-se a revelação ao repórter Demétrio Wéber. Ele conta que um grupo de trabalho dedica-se ao estudo da novidade.

Participam do debate representantes de dois ministérios: o da Educação e o do Planejamento.

O plano mastigado pelo grupo traz no miolo a ideia de aproveitar na nova estatal a estrutura do Cespe (Centro de Seleção e Promoção de eventos).

Vem a ser um órgão vinculado à UnB (Universidade de Brasília). Foi contratado pelo MEC para para realizar o novo Enem, em parceria com a Fundação Cesgranrio.

Longe dos refletores, a equipe de Haddad ocupa-se do debate sobre a ‘Examebras’ desde o ano passado.

Ouvido, o reitor da UnB, José Geraldo de Sousa Júnior, disse ter tratado da matéria num par de reuniões com Fernando Haddad.

Conversaram pela primeira vez no final de 2010. Voltaram a conversar no início deste mês de janeiro.

Cabe a José Geraldo, como reitor da UnB, responder pelo Cespe. Ele observa a movimentação do MEC de esguelha.

A despeito de afirmar que desconhece os detalhes da proposta, receia que a nova estatal acabe por assumir as rédeas do Cespe, desvirtuando-o.

Hoje, além de realizar avaliações do ensino, o órgão da UnB organiza concursos públicos.

No apagar das luzes da gestão Lula, o governo já havia pendurado no organograma do MEC uma nova estatal, dedicada à gestão de hospitais universitários.

Aplicando-se a mesma fórmula aos exames anuais, o MEC responderá ao inconcebível (a desmoralização do Enem) com o impensável (a criação da ‘Examebras’).

Fonte: Blog do Josias/Folha

Abraços

Bookmark and Share

Decisão judicial ameaça SISU

21 de janeiro de 2011 0
Olá,

Estreamos uma nova novela em 2011, chamada “Os problemas do SISU”. Logo abaixo mais um capítulo que você não pode perder.

O Ministério da Educação anunciou nesta sexta-feira (21) que vai pedir um prazo para adaptar o seu sistema para cumprir a decisão da Justiça Federal do Rio de Janeiro prorrogou as inscrições do Sistema de Seleção Unificada (SiSU) para 26 de janeiro, apenas aos estudantes daquele estado. A decisão é do juiz Alberto Nogueira Júnior, da 10ª Vara Federal do Estado do Rio de Janeiro.

Apesar da decisão judicial, as inscrições foram encerradas às 23h59 desta quinta-feira (20). No total, segundo o MEC, mais de 2 milhões de inscrições foram feitas.

Ainda nesta sexta-feira, segundo a assessoria do MEC, a Advocacia Geral da União (AGU) deve entrar com recurso em favor do ministério para derrubar a decisão da Justiça do Rio. Em nota, o ministério disse, ainda, que ao isolar somente os candidatos do Rio de Janeiro estaria configurando uma quebra da isonomia, uma vez que a disputa por vagas é nacional e envolve estudantes de todos os estados da federação.

O MEC mantém o calendário do SiSU que indica para a próxima segunda-feira (24) a divulgação da primeira chamada dos candidatos aprovados no SiSU. Os estudantes selecionados poderão efetuar a matrícula na instituição de ensino entre os dias 27 e 31 de janeiro, sempre nos dias úteis. Outras duas chamadas serão realizadas nos dias 4 e 13 de fevereiro.

2 milhões de inscritos


O balanço final divulgado pelo Ministério da Educação (MEC) no fim desta quinta-feira (20) indica que foram feitas pouco mais de 2 milhões de inscrições no Sistema de Seleção Unificada (SiSU). O prazo terminou às 23h59 desta quinta.

Segundo o MEC, 1.080.194 candidatos fizeram as inscrições (um candidato pode optar por até duas opções de cursos e instituições, configurando mais de uma inscrição) para uma das 83.125 vagas oferecidas em instituições públicas de educação superior. O número supera a marca de 793 mil candidatos inscritos em 2009.

O resultado do candidato estará disponível no site SiSU, nas instituições participantes e na Central de Atendimento do MEC, no telefone 0800-616161.

Fonte: g1

Estou desblogando, até a próxima!

Bookmark and Share