Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Reitor da UFSC comemora criação de nova universidade federal

11 de agosto de 2011 0

Opah!

O reitor da UFSC, Alvaro Toubes Prata, considera “um fato muito positivo para o Estado” a criação de uma nova instituição federal de ensino superior em Santa Catarina. Depois da Universidade Federal da Fronteira Sul, que tem sede em Chapecó e funciona desde 2010, a Universidade Federal de Blumanau deve ser a próxima a oferecer ensino superior e gratuito aos jovens catarinenses. O anúncio oficial da criação da instituição será feito pela presidente Dilma Rousseff em solenidade programada para o dia 16, terça-feira, em Brasília. Na ocasião, o governo apresentará as próximas etapas do plano de expansão do ensino de terceiro grau no país.

“Esta conquista foi resultado de uma construção coletiva”, disse o reitor, informando que a Universidade Federal de Santa Catarina teve papel importante na expansão do ensino superior no Estado, o que incluiu também a criação de novos campi da própria UFSC em Joinville, Curitibanos e Araranguá. O reitor também defende que a federalização se dê a partir do aproveitamento da estrutura da Fundação Universidade Regional de Blumenau (Furb), que “já tem um bom trabalho nas áreas da graduação, pós-graduação, pesquisa e extensão” no Vale do Itajaí.

O reitor Alvaro Prata acredita que ainda neste semestre deverão ser definidas as bases da nova universidade. “Ainda não sabemos como será o processo, que depende de tratativas futuras”, afirmou. Depois do anúncio da presidente Dilma, o Congresso Nacional ainda deverá aprovar a criação da instituição. Só então é que se saberá qual será o tamanho e a estrutura da Universidade de Blumenau, que deverá funcionar a partir de 2012. “A educação tem pressa”, disse o reitor ao ressaltar que é de interesse do governo que a implantação ocorra no menor prazo possível.

Em Blumenau, a criação da universidade foi muito comemorada na quarta-feira, quando um interlocutor do ministro da Educação, Fernando Haddad, confirmou a notícia. Cerca de 400 professores e estudantes participaram de uma manifestação no período da noite em defesa da incorporação da Furb pela nova universidade. Autoridades municipais e representantes da Furb e da UFSC estarão presentes no ato marcado para dia 16, em Brasília.

Esperamos que governo agilize a estrutura e contratação de professores para possamos ter a terceira Universidade Federal no Estado de Santa Catarina. 

Fonte: AGECOM/UFSC

Estou desblogando!

Bookmark and Share

Envie seu Comentário