Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Projeto capacita pescadores no Mato Grosso

20 de dezembro de 2011 0

Pescadores do Rio Paraguai e pequenos agricultores de uma comunidade tradicional do município de Cáceres, em Mato Grosso, são protagonistas de projeto de alfabetização de jovens e adultos e ensino fundamental combinado com educação profissional, ganhador da Medalha Paulo Freire de 2011. O projeto Proeja-Fic, que reúne as duas comunidades, é desenvolvido há dois anos pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso, em Cáceres.

Para os pescadores, que têm idade de 30 a 80 anos, o instituto federal criou curso de alfabetização e ensino fundamental com profissionalização na área de pescados. A parte profissionalizante compreende uma série de itens, como coleta de peixes, limpeza, conservação, alimentação e segurança do trabalho. O curso é intensivo no período do defeso — época do ano em que a pesca é proibida —, que vai de novembro a fevereiro, com aulas das 17 às 21 horas, e de março a outubro, com aulas mensais em acampamentos à beira do rio.

O curso para os agricultores da Vila Aparecida tem o mesmo núcleo básico do ensino fundamental agregado à formação profissional em processamento de produtos de origem animal — produção de leite, queijo, iogurte, linguiça e hambúrguer; higiene e manipulação; perigos da reprodução de bactérias e contaminação.

As aulas acompanham o período letivo convencional, ministradas das 17h30 às 21h30 — o horário foi escolhido pelos alunos. Segundo Inêz, 23 alunos de uma das três turmas que iniciaram as aulas em janeiro receberão certificados em fevereiro próximo. Os demais, todos já alfabetizados, seguem com as aulas e a formação profissional.

Bookmark and Share

Envie seu Comentário