Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Sobral surpreende no Ideb

17 de julho de 2013 1

Com 97% das crianças alfabetizadas aos 7 anos de idade, a rede municipal de educação pública de Sobral, Ceará, aparece com destaque no mapa do índice desenvolvimento da educação básica (Ideb). A cada edição, o município registra avanços — em 2005, chegou a 4 pontos; em 2007, a 4,9; em 2009, a 6,6; em 2011, a 7,3. Ao obter tal pontuação, ultrapassou a meta final prevista somente para 2021, de 6,1 pontos.

Tais resultados, de acordo com o secretário municipal de Educação, Júlio César da Costa Alexandre, constituem a soma de 11 anos de política de alfabetização e de investimentos na formação das crianças da rede de ensino. Em 2001, 48% dos alunos, aos 8 anos de idade, não conseguiam ler palavras. Hoje, 97% dos estudantes, aos 7 anos, têm leitura, entonação e compreensão do que leem e escrevem.

http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_content&view=article&id=18897

Bookmark and Share

Comentários (1)

  • Stenio Gameleira diz: 18 de dezembro de 2013

    em algumas cidades a educação é uma grande mentira… gestores maliciosos da educação municipal com anuência de prefeitos, tem fraudado as avaliações de rendimento dos seus alunos para aumentar o repasse de verbas… a formula é muito simples… os alunos com baixo rendimento de aprendizagem são diagnosticados através de laudo médico como alunos especiais, nivelando-se com os portadores de autismo, down, dislexia e outras deficiências, alterando consideravelmente os resultados dos índices pois a avaliação é feita com base no rendimento dos melhores alunos, sem falar que grande parte dos quesitos não respondidos pelos alunos são complementados pelos próprios professores ou funcionários das chamadas “casa de avaliação” criadas em alguns municípios, antes de serem enviadas para o MEC… é preciso que o MPF – Ministério Público Federal investigue imediatamente tais ações… não é difícil provar… basta reaplicar a mesma avaliação aos mesmos alunos para ver a distorção nos resultados… basta o MEC eleger alguns municípios, principalmente os mais destacados, bem como eleger alguns dos alunos e aplicar a reavaliação…é uma vergonha!!!

Envie seu Comentário