Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Posts de outubro 2013

Enem com cara de vestibular

29 de outubro de 2013 0

 

enem2

A edição deste ano do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) mostrou que o exame do Ministério da Educação (MEC) vai mudando seu perfil “interpretativo” de edições anteriores e está com mais “cara de vestibular”. As provas aplicadas no sábado (26) e domingo (27) foram mais focadas no conteúdo, tinham enunciados mais curtos e exigiam menos interpretação na avaliação dos especialistas.

A edição deste ano exigiu conhecimentos específicos dos candidatos em quase todas as áreas avaliadas, aproximando-se do que é pedido nos vestibulares tradicionais pelo país.

Bookmark and Share

MEC elimina 36 candidatos por foto

29 de outubro de 2013 1

enem-2013-apostila-gratis

No segundo dia de provas do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) de 2013, o Ministério da Educação desclassificou mais 12 candidatos que postaram imagens das provas e dos cadernos de respostas nas redes sociais. No sábado foram 24 estudantes eliminados por postagem fotos, contrariando o edital que proíbe o uso de equipamentos eletrônicos durante as provas.

No ano passado, 65 candidatos foram eliminados por postarem fotos na rede social quando já estavam no local de prova.

Ao todo, 7.173.574  pessoas se inscreveram no Enem neste ano – um recorde desde o surgimento do exame, em 1998. Em relação ao ano passado, um aumento no número de inscritos de 23,87%.

A prova é utilizada na seleção de todas as universidades e institutos federais, pré-requisito para o acesso a programas como Ciência sem Fronteiras, Prouni e Fies, e certifica conclusão do ensino médio.

Bookmark and Share

Enem teve balanço positivo, diz ministro

29 de outubro de 2013 0

enem-logo

Encerrados os dois dias de provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2013, o ministro da Educação, Aloizio Mercadante, fez um balanço positivo dos dois dias de provas. Em coletiva à imprensa em Brasília, o ministro afirmou que a realização do exame transcorreu sem incidentes graves.

Ao lado do presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), Luiz Cláudio Costa, e do secretário executivo do MEC, Henrique Paim, Mercadante informou que o Enem deste ano registrou abstenção média de 29%. De acordo com dados preliminares do MEC e do Inep, 5 milhões de candidatos fizeram as provas este ano. Esta edição teve o número recorde de 7.173.574 milhões de inscritos.

Os gabaritos serão divulgados até amanhã, 30/10, na página do Inep na internet. O resultado final será divulgado na primeira semana de janeiro. O ministro ainda lembrou que, assim como no ano passado, os candidatos terão acesso ao espelho da correção para fins pedagógicos. 

Bookmark and Share

Enem - uma operação de guerra

25 de outubro de 2013 0

enem-passo-a-passo2013

O MEC está preparando uma “operação de guerra” com Exército e Polícia Militar para aplicar a maior prova do Enem neste final de semana. Ao todo, 7,8 milhões de alunos devem fazer a avaliação amanhã (26) e no domingo (27)  - são 2 milhões de candidatos a mais do que em 2012.

De acordo com informações divulgadas pelo Inep (Instituto Nacional de Educação e Pesquisa), do MEC, o exame vai envolver 648 mil pessoas, dentre coordenadores estaduais, municipais e de locais de aplicação, chefes de sala, fiscais e apoio. É o maior número de pessoal de apoio já registrado. Esses profissionais vão cuidar de 15,7 milhões de provas que foram embaladas em malotes com lacres eletrônicos. Isso permite que a abertura dos pacotes fique registrada.

Amanhã (sábado), os candidatos fazem, no total, 90 questões das áreas ciências humanas e ciências da natureza.

Bookmark and Share

MEC selecionará locais para cursos de medicina

24 de outubro de 2013 0

maismedicos_0233

O Ministério da Educação vai habilitar municípios onde serão implantados cursos de graduação em medicina por instituições de educação superior privada. O anúncio foi feito pelo ministro Aloizio Mercadante, durante a cerimônia de sanção da lei que institui o programa Mais Médicos, pela presidenta da República, Dilma Rousseff, nesta terça-feira, 22, no Palácio do Planalto, em Brasília.

 Lançado em 8 de julho, o Mais Médicos faz parte de um amplo pacto de melhoria do atendimento aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS), com objetivo de acelerar os investimentos em infraestrutura nos hospitais e unidades de saúde e ampliar o número de médicos nas regiões carentes do país. Entre as ações propostas está a criação de mais 11.447 vagas de graduação em medicina, bem como mais de 12 mil vagas em residência médica. A proposta do governo federal é universalizar até 2018 a oferta de residência médica no país.

 Os municípios interessados deverão se inscrever e cumprir uma série de requisitos. O prazo para inscrição será de 29 de outubro a 8 de novembro. O primeiro edital de pré-seleção dos municípios para a implantação dos cursos será publicado nos próximos dias pelo Diário Oficial da União.

 O objetivo do edital é formar um cadastro de municípios considerados habilitados pelo Ministério da Educação. O resultado final da seleção deve ser publicado em 20 de dezembro. “Nosso objetivo é o Brasil formar mais profissionais competentes e com visão humanista”, afirmou o ministro da Educação, Aloizio Mercadante.

Bookmark and Share

Durante Enem, 712 bebês podem nascer

24 de outubro de 2013 0

enem 1

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) identificou 712 gestantes inscritas no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2013 que podem dar à luz até o dia 31 próximo. O levantamento dos locais de prova, realizado pelo Inep, mostra que 351 municípios terão participantes nessas condições nas provas de sábado, 26, e domingo, 27.

 São Paulo é o estado que reúne mais gestantes com previsão de parto no período: 78 inscritas. Em seguida, Minas Gerais, com 74. Rio Grande do Sul e Rio de Janeiro registram 55. Roraima, com quatro, tem o menor número.

As provas do Enem, tanto no sábado quanto no domingo próximos, terão início às 13 horas (de Brasília). Os portões de acesso aos locais de provas serão abertos às 12 e fechados às 13 horas, também de acordo com o horário de Brasília. Será impedido o acesso do participante que se apresentar após o fechamento dos portões.

 No primeiro dia, os participantes terão quatro horas e meia para fazer as provas de ciências humanas e suas tecnologias e ciências da natureza e suas tecnologias, cada uma com 45 questões. No segundo dia, serão cinco horas e meia para as provas de redação, linguagens, códigos e suas tecnologias e matemática e suas tecnologias. As duas últimas também terão 45 questões cada uma.

Bookmark and Share

Enem - orientações para a imprensa

24 de outubro de 2013 0

Enem 1O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), autarquia vinculada ao Ministério da Educação (MEC), informa que o atendimento e a cobertura de imprensa durante a realização do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2013, nos dias 26 e 27 de outubro, serão da seguinte forma:

 Os dados disponíveis sobre a aplicação do exame são nacionais e estaduais;

  • Não será permitida, por motivo de segurança, a entrada de equipes de reportagem nos locais de aplicação do exame;
  • Não serão autorizadas, por motivo de segurança, imagens internas dos locais de prova;
  • Todas as informações oficiais sobre o Enem 2013 serão repassadas pelas autoridades do Inep/MEC, em Brasília;
  • Não há pessoas credenciadas do Inep/MEC nas demais unidades da Federação para dar informação jornalística;
  • Coordenadores locais de aplicação e fiscais não estão aptos nem autorizados a conceder entrevistas;
  • No sábado, 26, ao final do dia, será publicada nos portais do MEC e do Inep matéria com balanço do primeiro dia de aplicação do Enem;
  • No domingo, 27, está prevista a realização, em Brasília, de entrevista coletiva do ministro da Educação, Aloizio Mercadante, e do presidente do Inep, Luiz Cláudio Costa, que farão balanço, com dados preliminares, dos dois dias de aplicação;
  • Os gabaritos das provas serão divulgados até o dia 30 de outubro, no endereço www.enem.inep.gov.br, conforme prevê o edital do exame;

 As assessorias de comunicação social do Ministério da Educação e do Inep trabalharão em regime de plantão durante todo o fim de semana, nos telefones (61) 2022-3660/3636/3630 ou nos celulares:

(61) 9274-4298 – Danilo Almeida

(61) 9944-0076 – Rivadavia Severo

(61) 9944-0018 – Letícia Tancredi

(61) 9944-0127 – Paula Filizola

 Também haverá atendimento no e-mail: imprensa@inep.gov.br;

 O serviço de atendimento ao cidadão funcionará nesta quinta-feira, 24, até 22h, na sexta-feira, 25, das 8h à meia-noite,  sábado, 26, e domingo, 27, das 8h às 20h, pelo telefone 0800-616161.

Bookmark and Share

Enem vem aí...

23 de outubro de 2013 0

enem2

Faltam dois dias para as provas da edição de 2013 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Mais de 7 milhões de pessoas realizaram a inscrição para participar das provas dos dias 26 e 27 de outubro (sábado e domingo), um recorde entre todas as edições do Enem. Elas serão locadas em 15.576 locais de prova, em 1.661 municípios brasileiros. Outras 648 mil pessoas participarão da organização do Enem 2013 como coordenadores estaduais, municipais e de locais de aplicação, chefes de sala, fiscais e apoio.

Os números do Enem crescem a cada edição, assim como sua importância. Além de avaliar o desempenho no ensino médio, o exame é utilizado hoje principalmente para acesso ao ensino superior. O Enem substitui o vestibular de várias universidades públicas, vale como certificado de conclusão do ensino médio e serve como pré-requisito para bolsa de estudo do Programa Universidade para Todos (ProUni) e Ciência sem Fronteiras e para solicitar financiamento pelo Fies.

Com tanta gente envolvida e com essa diversidade de funções que o Enem tem, é de se imaginar a grande quantidade de dúvidas que o Brasil Escola recebe diariamente sobre o exame. Por isso, vamos utilizar esta página para responder as principais dúvidas que surgem antes da realização das provas do Enem 2013.

Bookmark and Share

Ciência sem Fronteiras - experiências e superação

23 de outubro de 2013 0

PRONATEC_logo

Franklyn e Luiz Henrique, alunos de graduação em engenharia mecânica, Marta, Sivanilde e Carlos Henrique, do curso de licenciatura em matemática, são estudantes do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Piauí. Eles falam das experiências acadêmicas e pessoais de intercâmbio em universidades na Espanha e em Portugal, com bolsas do Programa Ciência sem Fronteiras. Os cinco jovens fazem parte do contingente de 44 mil bolsistas de graduação contemplados pelo programa desde 2011. Incluída a pós-graduação, as bolsas concedidas pelo governo federal chegam a 54,7 mil.

 Na Universidade do País Basco, no norte da Espanha, Franklyn Guimarães, 22 anos, fez nove disciplinas entre setembro de 2012 e julho deste ano. O orgulho do estudante foi obter notas 7 e 8 — a instituição exige nota 5 para aprovação. Dentre as disciplinas, ele considerou hidráulica e mecânica de motores como as mais interessantes.

 Um estágio de três meses numa empresa fabricante de pneus, que tem matriz na França e filiais em diversos países, como Espanha e Brasil, foi outra vantagem destacada por Franklyn. No escritório da empresa, o estudante conheceu a parte de gestão e de recursos humanos. Nas oficinas, fez a parte prática, com supervisão de engenheiros.

http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_content&view=article&id=19183

 

Bookmark and Share

Fies tem 505,7 mil contratos assinados

23 de outubro de 2013 0

financiamento-estudantil

O Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) atingiu na quarta-feira, 23, a marca de 505.723 contratos firmados somente este ano. Desde 2010, foram formalizados 1.113.173 compromissos com instituições particulares de ensino.

 A procura pelo financiamento do governo federal registra aumento significativo a partir de 2010, quando o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) tornou-se o agente operador do Fies. Na época, foram estabelecidas novas regras, como a redução da taxa de juros de 6,5% para 3,4% ao ano.

 Entre as principais mudanças, estabelecidas desde então, estão a redução dos juros para 3,4% ao ano, o aumento do prazo de carência para 18 meses, contados a partir da conclusão do curso, e a ampliação do prazo de quitação do financiamento, agora de três vezes o período financiado, acrescido de 12 meses. No caso de um curso com duração de quatro anos, por exemplo, após a carência, o aluno terá 13 anos para amortizar a dívida.

 Pode requerer o financiamento o estudante regularmente matriculado em curso de graduação não gratuito, com boa conceituação no Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes), oferecido por instituição de educação superior participante do Fies. Durante o período em que estiver cursando a faculdade e até o término da fase de carência do financiamento, o estudante pagará apenas prestações trimestrais de R$ 50. Professores e médicos que se formaram com o apoio do Fies poderão abater 1% da dívida por mês de trabalho.

Bookmark and Share