Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

TCU aponta falta de 32 mil professores no ensino médio

21 de março de 2014 0

Quando conversamos com professores escutamos que muitos colegas estão abandonando a profissão, e nas faculdades o número de alunos interessados na carreira de professor tem diminuído, principalmente na área de exatas. 

 No Brasil faltam pelo menos 32 mil professores com formação específica para lecionar no ensino médio da rede pública de ensino. Os maiores déficits estão nas disciplinas de física, química e sociologia. O problema foi apontado pelo Tribunal de Contas da União (TCU) que avaliou a oferta e a qualidade do ensino médio no Brasil em colaboração com outros 28 tribunais de contas.

O relatório mostra, ainda, que existem 46 mil professores que integram a rede, mas não possuem formação específica em nenhuma das disciplinas. Há, também, cerca de 61 mil professores fora da sala de aula (dos quais 40 mil em atividades administrativas, 16 mil em outros tipos de afastamento e 5 mil cedidos a outros órgãos não relacionados à área educacional).

Outro problema grave relacionado à política de pessoal nas redes estaduais é o elevado índice de contratação de professores temporários – 30%, em média, no Brasil. Em onze estados, o índice fica na faixa de 40 a 67%.

numero-jovens-negros-universidade-quadruplica-noticias

Bookmark and Share

Envie seu Comentário