Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Posts de maio 2015

ENEM 2015: Começa hoje o período de inscrição e vai até o dia 05 de junho.

25 de maio de 2015 0

Não deixe para última hora. Saiba como se inscrever, conheça os prazos e entenda o que mudou

no edital deste ano.

A partir das 10h de hoje até as 23h59 (horário de Brasília) do dia 05 de junho estão abertas as

inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio – ENEM.

Como fazer a inscrição?

As inscrições para o ENEM 2015 são feitas exclusivamente pela internet através do site do

Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira) -

http://portal.inep.gov.br/ – .

Para preencher o formulário online de inscrição são necessários a identidade (RG) e CPF. A

documentação precisa ser do candidato que realizará as provas, não é possível se inscrever

usando a documentação dos pais.

Além dos documentos, o candidato precisa informar um endereço de e-mail válido. A partir

deste ano não será mais possível usar o mesmo endereço de e-mail para mais de um

candidato. Portanto, se você não tem um e-mail procure criá-lo antes de se inscrever no

ENEM.

 

No momento da inscrição você deve informar se tem mais de 18 anos, se tem a intenção de

obter a certificação do ensino médio através do ENEM, ou se precisa de algum atendimento

especial no dia da prova.

Taxa de Inscrição e Isenção

Este ano o valor da taxa de inscrição aumentou. Os candidatos deverão pagar R$ 63,00 para

realizar as provas.

Por outro lado, além dos candidatos que comprovarem baixa renda, todos os alunos de

escolas públicas que estão concluindo o ensino médio em 2015 estarão isentos da taxa de

inscrição.

O prazo final para o pagamento da taxa é dia 10 de junho até as 21h59.

Outra mudança no edital de 2015 diz respeito aos estudantes que recebem a isenção da taxa

de inscrição. Se estes candidatos não comparecerem nos dois dias de prova, perderão este

benefício para o próximo ano.

enem 15

Bookmark and Share

MEC autoriza curso de Medicina no Campus Chapecó

19 de maio de 2015 0

O curso tem início previsto para o segundo semestre de 2015, e a forma de seleção dos candidatos se dará pelo SiSU.

As atividades institucionais para a autorização do curso iniciaram em julho de 2013, quando foi constituída a primeira comissão, logo após a inclusão do Campus Chapecó na Política Nacional de Expansão das Escolas Médicas. A comissão, composta por membros da UFFS e da comunidade regional, trabalhou nas condições necessárias para instalação do curso, estabelecidas pela Portaria nº 02/2013. Para melhor desenvolvimento do trabalho, a comissão foi subdividida em cinco Grupos de Trabalho (GTs) específicos: GT Hospital Ensino, GT Convênios, GT Revisão do Projeto Pedagógico, GT Residências Médicas e GT Infraestrutura.

De 2013 para cá, muita coisa mudou com o trabalho da comissão. As três residências médicas solicitadas pela Portaria nº 2, Cirurgia Geral, Ginecologia/Obstetrícia e Clínica Médica, foram implantadas e estão em funcionamento no Hospital Regional do Oeste. Também foram concursados os primeiros professores do curso e constituído o Núcleo Docente Estruturante, que assumiu a revisão do projeto pedagógico do curso.

Ainda foram desenvolvidas ações para que o HRO pudesse ser credenciado como Hospital de Ensino: a aquisição e implementação do Protocolo de Manchester pela UFFS foi uma, entre as muitas ações. O projeto de construção de uma nova ala no Hospital Regional, fundamental para que as atividades acadêmicas se desenvolvam naquele espaço, também está sendo encaminhado para licitação. Além disso, a UFFS tem trabalhado na formalização de convênios com unidades hospitalares e secretarias de saúde da região para que os estudantes do curso de Medicina tenham diferentes experiências e espaços de práticas.

 Comissão avaliadora

Outro requisito para autorização do curso era a verificação in loco, pela Comissão de Acompanhamento e Monitoramento de Escolas Médicas (CAMEM), das condições para oferecimento do curso. O Campus Chapecó recebeu, em duas oportunidades, a visita dessa comissão. Uma em outubro de 2014 e outra em abril de 2015. A Comissão acompanhou in loco o projeto de implantação e o desenvolvimento do curso de Medicina, visitando os prédios de salas de aula, os laboratórios da UFFS e, ainda, alguns cenários de práticas, como UPA 24 Horas, Unidade Básica de Saúde São Pedro e Hospital Regional do Oeste (HRO) em Chapecó.

Esta é comissão responsável por elaborar e entregar ao MEC um parecer sobre a Implantação do curso.

O curso de Medicina do Campus Chapecó é o segundo curso da UFFS ofertado e autorizado pela Política Nacional de Expansão das Escolas Médicas das Instituições Federais de Educação Superior.

Fonte: Assessoria de imprensa UFFS

Medicina

Bookmark and Share